Produtos e novidades em Celular e Smartphone

Android 10 Q: principais novidades

Conheça as principais novidades e rumores sobre o Android 10 Q.

Android 10 Q
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

O Android Pie é ótimo, mas o update que o Google está preparando para substituí-lo tem tudo para ser ainda melhor. Os rumores sobre a próxima atualização do Android, chamada até então de Android 10 Q mostram que a empresa norte-americana está preocupada em resolver os problemas que seus usuários tinham com o sistema anterior e em incluir novidades nele.

Dentre elas podemos esperar um gravador de tela nativo, novas funções para proteger o aparelho e até um recurso similar ao Face ID da Apple. Veja as principais inovações que essa atualização do sistema operacional promete.

Atualização Android: confira as principais mudanças

Muita coisa vai mudar no Android 10 Q. Especialistas que já viram o código do sistema elencam novidades como:

  • Remoção do Android Beam, que não é muito popular entre os usuários;
  • Adição da capacidade de gravar a tela sem precisar instalar um app para isso;
  • Proteção dos arquivos no clipboard para que apps não consigam roubar senhas dos gerenciadores;
  • Opção nativa para voltar ao SO antigo se não se adaptar ao 10 Q;
  • Novas fontes, ícones e cores;
  • Mais telefones atualizados para o novo sistema, graças ao Project Treble do Google.

Além dessas novidades, funcionalidades diferenciadas e mais mudanças em prol da segurança virão com a atualização Android. Nos próximos tópicos você entenderá como as principais delas funcionarão.

Modo noturno em todo os sistema

Uma tendência no desenvolvimento de software, que pudemos ver inclusive no último lançamento do MacOS (chamado de Mojave) é a oferta de um modo noturno.

A versão dark dos sistemas operacionais é menos agressiva para os olhos, possui níveis de brilho menores e já é disponibilizada em aplicativos como o Twitter e o Telegram, sendo uma favorita dos usuários.

O Android 10 Q deve oferecer a opção para todo o sistema, diferentemente do que vemos no Android Pie. Até aplicativos que não disponibilizem essa modalidade de visualização poderão ser forçados a aparecer em modo noturno, se o usuário optar por isso.

Mas a grande mudança nessa versão será o Desktop Mode, ou a versão Android para PCs. A ideia é similar à que já é oferecida pela Samsung com o DeX e pela Huawei com o Projection Mode.

Todos os Androids passarão a entregar uma experiência similar à de computadores pessoais para que os usuários consigam executar tarefas mais complexas com o sistema operacional.

Suporte para reconhecimento facial similar ao do Face ID

A Apple surpreendeu a todos com o desbloqueio facial, conhecido como Face ID, com alta performance e precisão. O Android 10 Q deve entregar essa função para os seus usuários também.

Isso não quer dizer que todos os aparelhos contarão com o recurso, mas que aqueles que já oferecem tecnologia o suficiente (como os Galaxy S8 e Galaxy S9) terão suporte nativo do Google para executarem suas funções com muito mais eficiência. O que significa que podemos esperar pagamentos ativados por reconhecimento facial, uma novidade muito antecipada pelos usuários.

Mais privacidade para os usuários

Uma das principais reclamações dos usuários de Android é a respeito das opções de privacidade. O sistema permite que autorizemos e desautorizemos aplicativos de acessar certas funções, como o GPS ou a câmera, mas isso atrapalha as funcionalidades de boa parte deles.

Os usuários, então, se veem obrigados a dar permissões com que não estão confortáveis e que funcionam, inclusive, quando os apps estão rodando sem serem utilizados.

O Android 10 Q te dará controle sobre isso e oferecerá ícones na tela para que você entenda exatamente como um aplicativo opera.

Se a câmera, o microfone ou GPS estiverem funcionando no background o usuário verá isso na aba de notificações.
Uma página dedicada à privacidade integrará as configurações do sistema, segundo imagens conseguidas pelo website XDA Developers. Essa área sempre estará atualizada em tempo real com os apps que estão acessando os seus SMS, chamadas e outros aplicativos com informações sensíveis, como os gerenciadores de senhas e os apps de instituições financeiras.

Sistema deve ser disponibilizado para todos em agosto

É comum que os lançamentos de novidades no Android aconteçam em Março. É nesse mês que a versão de desenvolvedor começa a ser disponibilizada para quem trabalha com aplicativos e o preview é o que confirma as mudanças no novo sistema operacional.

Os usuários comuns, porém, devem esperar o mês de Agosto para verem o Android 10 Q nos seus telefones. A partir daí, fica a cargo de cada operadora dizer quando vai implementar a atualização e quais modelos de aparelho verão o update.

É provável que o SO venha a público antes, porém. Desde o Android Marshmallow o Google passou a entregá-los sempre um pouquinho mais cedo do que fez com versões anteriores, com diferenças de uma ou duas semanas em relação ao lançamento prévio.

Mais controle sobre o aparelho com o Super Lockdown

O Android Pie conta com um modo lockdown, em que o dono do telefone pode desautorizar coisas como o sensor de digitais em seu aparelho. No Android 10 Q a expectativa é de conseguir desativar todos os outros sensores do dispositivo de uma só vez, incluindo também aqueles cuja funcionalidade não é visível, como o acelerômetro e o giroscópio.

Sistema ainda não tem nome

10 Q não parece um nome natural para o Android, né? Afinal, até então todas as versões desse sistema operacional tiveram deliciosos nomes de doce. Antes do release, porém, o Google não divulga essa informação, apenas a sigla com que se refere ao projeto.

Os apaixonados pelo SO do Google e os especialistas na área antecipam nomes como Android Quiche, Android Queijadas e Android Quindim. É esperar para ver.


Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone