Zoom indica em Celular e Smartphone

Os 10 Celulares mais Potentes de Fevereiro: Samsung, Huawei e Xiaomi dominam

Galaxy S10 Plus é o Android mais poderoso segundo AnTuTu; Honor V20 e Mate 20 X fecham o top 3.

celulares mais potentes de fevereiro
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

O Galaxy S10 Plus é o celular com Android mais potente do mundo segundo o AnTuTu, site que realiza testes de benchmark com smartphones. Além do lançamento da Samsung, o top 3 do ranking de fevereiro de 2019 conta dois celulares chineses: o Honor V20 e Huawei Mate 20 X. A famosa Xiaomi também entra na lista, com o Mi MiX 2S, Mi 8 e Mi Mix 3.

O levantamento mensal do AnTuTu é um bom parâmetro para usuários que buscam um novo telefone e pretendem investir em modelos com processamento avançado. Se esse é o seu caso, confira abaixo todos os detalhes que nós, do Zoom, reunimos sobre a ficha técnica dos celulares mais rápidos do momento.

 

 

celulares mais potentes

10. Xiaomi Mi Mix 3 tem câmera frontal de 24 MP para selfies

O Mi Mix 3 é um dos smartphones mais poderosos da Xiaomi, tendo como diferencial o seu belo visual quase sem bordas e o sistema de câmera que se esconde quando não está sendo usada. Além disso, ele também conta com um chipset Snapdragon 845, que garante um desempenho acima da média e a décima colocação dessa lista com uma pontuação de 296.920.

Para os amantes de selfies, o Mi Mix 3 traz sensor frontal de 24 MP, capaz de fazer imagens maiores que podem ser editadas com menor perda de qualidade.

Ficha técnica do Xiaomi Mi Mix 3:

  • Tela de 6,39 polegadas com resolução Full HD+
  • Chipset Snapdragon 845 com oito núcleos de processamento
  • 6 GB de memória RAM
  • 128 GB de armazenamento interno
  • Duas câmeras principais de 12 MP + 12 MP
  • Câmera frontal de 24 MP
  • Leitor de impressões digitais
  • Bateria de 3.200 mAh

9. Xiaomi Mi 8 é campeão em custo/benefício

Outro smartphone da Xiaomi que está na lista é o Mi 8. Essa é a linha principal da empresa chinesa, e o Mi 8 é um dos aparelhos mais potentes da marca, contando também com um chipset Snapdragon 845 e 6 GB de memória RAM. Porém, ele não dispõe do mesmo visual do Mi Mix 3, e conta com um design mais simples com bordas consideráveis e câmera fixa. Sua pontuação no Antutu foi de 297.001.

Vale lembrar que o Mi 8 já conta com um sucessor, o Xiaomi Mi 9, lançado em fevereiro. É provável que o celular, que conta com processador Snapdragon 855, dê as caras em próximos testes do AnTuTu.

Ficha técnica do Xiaomi Mi 8:

  • Tela de 6,21 polegadas com resolução Full HD+
  • Chipset Snapdragon 845 com oito núcleos de processamento
  • 6 GB de memória RAM
  • 256 GB de armazenamento interno
  • Duas câmeras principais de 12 MP + 12 MP
  • Câmera frontal de 20 MP
  • Leitor de impressões digitais
  • Bateria de 3.400 mAh

8. Asus ROG Phone promete ótimo desempenho para jogos

O oitavo smartphone da lista, com 297.037 pontos, é o Asus ROG Phone. Esse é um aparelho voltado para o público gamer e por conta disso conta com especificações técnicas realmente poderosas. Ele dispõe de um chipset Qualcomm Snapdragon 845, com oito núcleos de processamento, e 8 GB de memória RAM, além de um sistema de resfriamento avançado.

Ficha técnica do Asus ROG Phone:

  • Tela de 6 polegadas com resolução Full HD+
  • Chipset Snapdragon 845 com oito núcleos de processamento
  • 8 GB de memória RAM
  • 512 GB de armazenamento interno
  • Duas câmeras principais de 12 MP + 8 MP
  • Câmera frontal de 8 MP
  • Leitor de impressões digitais
  • Bateria de 4.000 mAh

7. OnePlus 6 é mais um celular chinês avançado "barato"

Ocupando a sétima colocação temos o OnePlus 6, que marcou 297.076 pontos. Esse é um smartphone que impressiona por conta do seu custo-benefício, já que é um dos smartphones Android mais poderosos do mundo, mas não custa tanto quanto os modelos top de linha da Samsung e LG, por exemplo. O preço de lançamento foi US$ 529, o que correspondia a cerca de R$ 1,9 mil na época.

Ficha técnica do OnePlus 6:

  • Tela de 6,28 polegadas com resolução Full HD+
  • Chipset Snapdragon 845 com oito núcleos de processamento
  • 6 GB ou 8 GB de memória RAM
  • 64 GB, 128 GB ou 256 GB de armazenamento interno
  • Duas câmeras principais de 16 MP + 20 MP
  • Câmera frontal de 16 MP
  • Leitor de impressões digitais
  • Bateria de 3.300 mAh

6. Xiaomi Mi Mix 2S tem câmera frontal embaixo da tela

O Mi Mix 2S é outro smartphone fabricado pela Xiaomi que aparece na lista. Ele ocupa a sexta colocação com 298.007 pontos e um hardware de respeito. Aqui você encontra um chipset Snapdragon 845 octa-core e 6 GB de memória RAM, o que garante um sistema fluído e uma ótima experiência de uso.

Para um melhor aproveitamento da tela, a câmera frontal do smartphone fica sob o display. O recurso é uma alternativa que a Xiaomi encontrou para fugir do polêmico notch.

Ficha técnica do Mi Mix 2S:

  • Tela de 5,99 polegadas com resolução Full HD+
  • Chipset Snapdragon 845 com oito núcleos de processamento
  • 6 GB de memória RAM
  • 128 GB de armazenamento interno
  • Duas câmeras principais de 12 MP + 12 MP
  • Câmera frontal de 5 MP
  • Leitor de impressões digitais
  • Bateria de 3.400 mAh

5. Honor Magic 2 é um smartphone com seis câmeras

Na quinta colocação temos o Honor Magic 2, o primeiro smartphone até aqui que não possui um chipset Snapdragon 845. No caso, esse aparelho usa o processador Kirin 980, que é o mais poderoso fabricado pela Huawei e compete entre os chipsets mais poderosos do mundo.

Aliado a ele encontramos também 6 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno, o que garantiu os 300.743 pontos. Outro destaque é o conjunto de câmeras triplas na frente e atrás.

Ficha técnica do Honor Magic 2:

  • Tela de 6,39 polegadas com resolução Full HD+
  • Chipset Kirin 980 com oito núcleos de processamento
  • 6 GB de memória RAM
  • 128 GB de armazenamento interno
  • Três câmeras principais de 16 MP + 24 MP + 16 MP
  • Câmera frontal tripla de 16 MP + 2 MP + 2 MP
  • Leitor de impressões digitais
  • Bateria de 3.500 mAh

4. Huawei Mate 20 tem bateria poderosa

O Huawei Mate 20 ocupa a quarta posição com 302.985 pontos e com um hardware poderoso. Ele também conta com o chipset Kirin 980 encontrado no Honor Magic 2, porém dispõe de menos memória RAM; no caso, 4 GB. Dessa forma, acredita-se que a integração entre hardware e software foi essencial para essa pontuação monstruosa do Huawei Mate 20.

Ficha técnica do Huawei Mate 20:

  • Tela de 6,53 polegadas com resolução Full HD+
  • Chipset Kirin 980 com oito núcleos de processamento
  • 4 GB de memória RAM
  • 128 GB de armazenamento interno
  • Duas câmeras principais de 12 MP + 16 MP
  • Câmera frontal de 24 MP
  • Leitor de impressões digitais
  • Bateria de 4.000 mAh

3. Huawei Mate 20 X: um upgrade do Mate 20

E se o Mate 20 já é muito poderoso, o que falar sobre a sua versão ainda mais potente: o Mate 20 X. Esse é um dos dispositivos com melhor performance da Huawei e marcou 304.588 pontos no teste do AnTuTu. Ele possui um chipset Kirin 980 e 6 GB de memória RAM, o que garante um dos melhores desempenhos em um smartphone Android.

Ficha técnica do Mate 20 X:

  • Tela de 7,2 polegadas com resolução Full HD+
  • Chipset Kirin 980 com oito núcleos de processamento
  • 6 GB de memória RAM
  • 128 GB de armazenamento interno
  • Duas câmeras principais de 40 MP + 20 MP
  • Câmera frontal de 24 MP
  • Leitor de impressões digitais
  • Bateria de 5.000 mAh

2. Honor V20 tem câmera única com 48 MP

O último smartphone com chipset Kirin 980 da lista é o Honor V20, que é o smartphone mais poderoso da marca. Com um hardware poderoso, que inclui 6 GB de memória RAM, ele foi capaz de marcar 305.599 pontos no teste de benchmark Antutu, o que o posicionou na segunda colocação.

O smartphone foge da tendência de múltiplas câmeras, mas aposta em um sensor principal de 48 MP, além de um TOF 3D para ajudar nos recursos de realidade aumentada, além de ser usada para aumentar a segurança no reconhecimento facial e na obtenção de fotos com o Modo Retrato.

Ficha técnica do Honor V20:

  • Tela de 6,4 polegadas com resolução Full HD+
  • Chipset Kirin 980 com oito núcleos de processamento
  • 6 GB de memória RAM
  • 128 GB de armazenamento interno
  • Câmera principal de 48 MP
  • Câmera frontal de 25 MP
  • Leitor de impressões digitais
  • Bateria de 4.000 mAh

1. Samsung Galaxy S10 Plus com Snapdragon 855 é o celular com Android mais poderoso do mundo

Por fim, na primeira colocação, temos o recém-lançado Galaxy S10 Plus com 332.850 pontos. Esse é atualmente o smartphone mais poderoso do mundo, contando com um chipset Snapdragon 855 (versão estrangeira) e nada menos que 8 GB de memória RAM. Ele também dispõe de um belíssimo visual e três câmeras poderosas.

Vale lembrar que no Brasil o chipset escolhido para ser o coração da família Galaxy S10 é o Exynos 9820, de produção da Samsung. Ele é comprovadamente menos potente do que o processador da Qualcomm, mas ainda assim deve entregar desempenho de ponta, principalmente com a memória RAM de 12 GB.

Ficha técnica do Galaxy S10 Plus:

  • Tela de 6,4 polegadas com resolução Quad HD+
  • Chipset Snapdragon 855 com oito núcleos de processamento
  • 8 GB ou 12 GB de memória RAM
  • 128 GB, 512 GB ou 1 TB de armazenamento interno
  • Três câmeras principais de 12 MP + 12 MP + 16 MP
  • Duas câmeras frontais de 10 MP + 8 MP
  • Leitor de impressões digitais sob a tela
  • Bateria de 4.100 mAh


Com informações: AnTuTu

Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone