Tela de notebook com imagem do Google Pixel 6 e Pixel 6 Pro em cima de mesa ao lado de vaso de planta

Google Pixel 6: tudo que sabemos sobre o celular

O Google Pixel 6 é o novo celular premium da fabricante. Neste artigo, juntamos os rumores e vazamentos sobre o modelo

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 5 min. de leitura.

Compartilhe:

Os fãs dos celulares premium ficam sempre curiosos quando chega perto de um lançamento. E, com o novo Google Pixel 6, não é diferente. Muito tem sido falado sobre como vai ser esta novidade da fabricante. Informações já foram vazadas, incluindo dados importantes da ficha técnica, como seu processador, conjunto de câmeras, tela e bateria.

Mas o que mais está gerando burburinho é a sua data de lançamento. Até o momento, ela não foi divulgada de forma oficial. Muitos acreditavam que o Google ia tentar adiantar isso para concorrer com o novo modelo do iPhone. Mas, ao que tudo indica, ele deve ficar mesmo para o mês de outubro. O mesmo ocorreu nas suas versões anteriores.

Se você é desses que não aguenta esperar a data do lançamento e gosta de saber tudo antes, fique tranquilo. Reunimos todos os vazamentos e rumores para deixar você por dentro de tudo sobre o Google Pixel 6.

Qual é a data de lançamento do Google Pixel 6?

Tablet com imagem do novo Google Pixel 6 em cima de mesa ao lado de vaso de planta
O Google Pixel 6 não tem data de lançamento oficial (Foto: Shutterstock)

Como falamos antes, muito tem sido falado sobre a data de lançamento, mas nada de oficial foi divulgado pelo Google. Inicialmente foi vazado pelo site chinês Weibo que a fabricante iria adiantar o seu lançamento para o dia 13 de setembro para concorrer com o iPhone 13. Mas, ao que parece, a tradição de lançar os seus carros-chefes em outubro, deve permanecer.

O primeiro a divulgar que o lançamento deve ficar para o próximo mês foi o Leaker Max Weinbach. Famoso pelos seus vazamentos, Jon Prosser, por sua vez, divulgou uma data mais precisa. Ele disse garantir que tanto o Google Pixel 6 quanto o Pixel 6 Pro chegarão as lojas em 28 de outubro, com a pré-venda iniciada no dia 19. Como ele costuma acertar nos seus vazamentos, é muito provável que esta realmente seja a sua data de lançamento.

Como vai ser o Google Pixel 6?

Como falamos, a maior parte do que sabemos hoje é através de vazamentos e rumores. Mas alguns detalhes já foram divulgados de forma oficial pelo Google, como informações acerca do design. Confira agora tudo que reunimos sobre design e tela, desempenho, bateria e preço do Google Pixel 6.

Design e Imagens

Três Google Pixel 6 em cores diferentes em fundo branco
O Google Pixel 6 conta com design inovador (Foto: Divulgação/Google)

O design, que já foi até divulgado pelo Google, é um dos pontos altos do aparelho. Ele conta com uma barra retangular em preto na parte superior traseira que aloca as câmeras. Possui dois tons de cores. A principal, em acabamento fosco, na parte de baixo da barra retangular, e a menor parte, mais brilhante, em cima.

Já a sua parte frontal contará com bordas bem finas. Vai possuir um pequeno notch em formato de furo na tela. Isso deve garantir um bom aproveitamento do display. Outro detalhe é a ausência da entrada para fone de ouvido na parte de baixo da tela, garantindo espaço para um alto-falante tradicional.

O Google Pixel 6 contará com três opções de cores. São elas: rosa, cinza-azulado com detalhes em amarelo claro e preto com detalhes em cinza claro na parte de cima. Já a versão Pro deve ser lançada em preto com cinza, branco com detalhe em creme, e laranja-claro com detalhe em laranja mais brilhante.

Ficha técnica do Pixel 6

Apesar de a ficha técnica do Google Pixel 6 ainda não estar confirmada de forma oficial, vários itens já foram divulgados. A sua tela deverá ser uma de 6,4 polegadas com tecnologia AMOLED. Ela terá resolução Full HD+ e taxa de atualização de 90Hz.

Já a versão Pro deve ter 6,7 polegadas, de AMOLED. A resolução será QHD+ e a taxa de atualização de 120 Hz. Outro detalhe do display é que ele deve alocar o leitor biométrico. Na geração anterior, ele ficava na parte traseira.

Em relação ao desempenho, o destaque fica para o novo chip Tensor. Ele foi desenvolvido pela própria fabricante. Assim como na linha A da Apple, une CPU e GPU em apenas um chip. Este processador é focado em inteligência artificial e aprendizagem de máquina. Ele traz muitos recursos para fotografar e filmar, fazendo ajustes automáticos, por exemplo.

Completam o conjunto: 8 GB de RAM e versões com 128 GB e 256 GB no Google Pixel 6. Na versão Pro, 12 GB de RAM e versões em 128 GB / 256 GB / 512 GB. Nos dois modelos, não importando o tamanho da memória interna, você não terá problemas com apps e jogos.

 Traseira do Google Pixel 6 rosa em fundo branco
As câmeras do Google Pixel 6 ficam em barra retangular (Foto: Divulgação/Google)

Em relação ao conjunto de câmeras, o Google Pixel 6 vai contar com dois sensores. O principal será grande angular e terá 50 MP. De acordo com o Google, ele consegue captar até 150% mais luz que a geração anterior. O secundário terá 12 MP (ultra-wide).

Já a versão Pro contará com mais um sensor de 12 MP teleobjetivo com zoom óptico de 4x. Outro rumor indica que apenas a versão Pro fará filmagens em 4K nas câmeras traseiras e frontal. Mas o grande diferencial do conjunto vai mesmo ser o chip Tensor. Ele deve aprimorar bastante as suas fotos e vídeos.

Bateria

A fabricante indica que o Google Pixel 6 deve ter autonomia para um dia todo longe das tomadas. Mas não há mais muitas informações. Rumores (de Jon Prosser) indicam que ele deve contar com uma bateria de 4.614 mAh de potência. Isso seria um grande avanço em relação à geração anterior. A versão Pro deve contar com 5.000 mAh de potência. Ela contará com display maior e com maior taxa de atualização.

Como ponto falho, apesar de suportar carregamento de 33W, o Google Pixel 6 não contará com carregador na caixa. O mesmo ocorre com modelos recentes da Apple e Samsung e é uma tendência.

Outro rumor que tem crescido, entretanto, é a possibilidade de ser lançado um novo carregador sem fio. É o Pixel Stand de 23W. Se isso se confirmar, será o segundo mais rápido do momento. Os rivais da Samsung e Apple contam com 15W.

Google Pixel 6: preço e custo-benefício

Como não é lançado oficialmente aqui no Brasil, o preço cobrado é em dólar ou euro. A última versão, o Pixel 5, saiu de fábrica com o preço de US $ 699 / £ 599. Mas, como o Google já adiantou que o Pixel 6 terá o preço adequado para um produto premium, é muito provável que ele seja lançado custando ainda mais. De acordo com rumores, é possível até mesmo que ele comece a ser vendido por 999 dólares.

E como não estamos falando da versão Pro, o Google Pixel 6, que é a versão convencional do aparelho, vai custar mais que aparelhos concorrentes, como o iPhone 12 Mini e o Galaxy S21. Mas, como nada é oficial, teremos que aguardar. Mesmo com o alto preço, a fabricante já está esperando por muitas vendas. De acordo com a Nikkei Asia, o Google vai disponibilizar até 50% mais unidades. Enquanto o novo modelo não é lançado, conheça a lista de opções da linha Google Pixel disponíveis.