iPhone 12 vs Galaxy S21: comparamos os celulares da Samsung e da Apple

Veja todas as diferenças entre o Galaxy S21 e iPhone 12 e saiba qual a melhor opção de compra

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 9 min. de leitura.

Compartilhe:

Após o lançamento do iPhone 12 no último trimestre de 2020, a Samsung respondeu lançando o Galaxy S21 já no primeiro mês de 2021. Os dois celulares são modelos premium e possuem tecnologias de última geração, por isso é difícil decidir qual é o melhor na hora de escolher um aparelho novo.

O Zoom preparou um comparativo dos dois modelos - iPhone 12 e Galaxy S21 - para te ajudar nesta escolha. Vamos falar dos principais recursos de cada um, mostrar suas fichas técnicas e claro, os melhores preços deles no Brasil. Confira abaixo um comparativo entre os celulares da Samsung e Apple.

Você também pode conferir uma análise detalhada do Galaxy S21 e iPhone 12 aqui no Zoom.

Veja também: Celulares Samsung baratos: 8 modelos para comprar em 2021

Produto indisponível

Produto indisponível

Lançamento
Janeiro de 2021
Outubro de 2020
Linha
iPhone 12
Galaxy S
Tamanho da tela
6,2 polegadas Super Retina XDR OLED
6,1 polegadas Dynamic AMOLED 2x
Resolução da tela
1170 x 2532 pixels
Full HD+ (1080 x 2400 pixels)
Processador
Apple A14 Bionic (hexa-core de até 3,1 GHz)
Samsung Exynos 2100 (octa-core de até 2,9 GHz)
Memória ram
4GB
8GB
Armazenamento
64, 128 e 256GB
128 e 256GB
Memória expansível
Não
Não
Câmera traseira

Dupla:

12MP (f/1.6) com estabilização óptica e dual-pixel

12MP ultra-wide (f/2.4) com super estabilização

Tripla:

12MP (f/1.8) com estabilização óptica e dual-pixel

64MP teleobjetiva (f/2.0) com estabilização óptica e zoom híbrido de 3x

12MP ultra-wide (f/2.2) com super estabilização

Câmera frontal
12MP (f/2.2) + SL 3D
10MP (f/2.2)
Filma em
8K @ 24 fps
4K @ 60 fps
Resistência à água e poeira
Sim (IP68)
Sim (IP68)
Sistema operacional de fábrica
iOS 14
Android 11
Leitor de digitais
Não
Sim, na tela
Reconhecimento facial
Sim (Touch ID)
Sim
Dual chip
Sim
Sim
Bateria
Até 17 horas de uso contínuo
4.000 mAh
Acesso à internet
Sim (4G e 5G)
Sim (4G e 5G)
Bluetooth
5.0
5.0
TV Digital
Não
Não
Dimensões
146.7 x 71.5 x 7.4 mm
151.7 x 71.2 x 7.9 mm
Ofertas
Produto indisponível
Produto indisponível

Design

Design do Galaxy S21. (Foto: Divulgação/Samsung)
Design do Galaxy S21. (Foto: Divulgação/Samsung)

O Galaxy S21 é o modelo mais humilde da linha S21 e, apesar de a lateral ser feita de alumínio, é o único a ter construção de plástico, o chamado “Glastic” (com visual que simula o vidro).

O iPhone 12 já leva a melhor neste quesito, pois tem laterais em aço inoxidável e traseira de vidro, igual aos outros modelos da marca. Apesar da diferença na construção, os dois aparelhos possuem proteção contra água.

O iPhone 12 marca o retorno das laterais achatadas de modelos antigos. (Foto: Divulgação/Apple)
O iPhone 12 marca o retorno das laterais achatadas de modelos antigos. (Foto: Divulgação/Apple)

A Apple segue sem grandes mudanças na aparência do iPhone 12, com traseira lisa, módulo de câmeras em formato de “cooktop” e parte frontal com o entalhe retangular. Já a Samsung apostou em uma “armadura” retangular para as câmeras traseiras, que são colocadas verticalmente. A tela do Galaxy S21 possui bordas bem finas e apenas um furo para alocar a câmera frontal.

Os dois aparelhos apresentam alto-falantes estéreos, e compartilham de outra semelhança nada boa para os consumidores: falta da entrada 3,5mm para fones de ouvido. O iPhone 12 é o celular mais leve neste embate, pesando 164 gramas, enquanto o Galaxy S21 pesa 171 gramas.

Tela

O Galaxy S21 possui tela com 120 Hz de taxa de atualização. (Foto: Divulgação/Samsung)
O Galaxy S21 possui tela com 120 Hz de taxa de atualização. (Foto: Divulgação/Samsung)

Aqui a disputa é acirrada, pois os dois aparelhos possuem telas incríveis! O Galaxy S21 possui um painel de 6,2 polegadas, com resolução Full HD+, proporção 20:9 e 120 Hz de taxa de atualização, o que deixa as animações mais fluidas e naturais.

Leia mais - iPhone 'barato' em 2020: veja modelos antigos que ainda valem a pena

Além disso, ele usa a tecnologia Dynamic Amoled 2x, tem HDR10+ para melhorar a cor e brilho, que pode chegar ao pico de 1300 nits. O Galaxy S21 tem proteção Gorilla Glass Victus e chega com leitor ultra-sônico integrado ao Display.

Tela do iPhone 12. (Foto: Divulgação/Apple)
Tela do iPhone 12. (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 tem uma tela de 6,1 polegadas e usa a tecnologia Super Retina XDR OLED, que promete entregar cores vívidas, um bom contraste e brilho alto (até 1200 nits). Ele também tem o HDR10 e conta com a resolução de 1170 x 2532, que é um pouco maior que a Full HD.

O celular da Apple possui a tecnologia True Tone, que ajusta a tonalidade da tela de acordo com a luminosidade do ambiente. A empresa destaca a nova proteção Ceramic Shield, que dá uma resistência contra impactos quatro vezes maior do que a tecnologia adotada em modelos anteriores.

Desempenho

O Apple A14 Bionic foi o primeiro processador em 5 nm. (Foto: Divulgação/Apple)
O Apple A14 Bionic foi o primeiro processador em 5 nm. (Foto: Divulgação/Apple)

No quesito desempenho, nem precisa falar que estamos lidando com dois “monstros” da performance, né? O iPhone 12 usa o novo chip Apple A14 Bionic, modelo hexa-core que foi o primeiro do mundo a ser feito em litografia de 5 nm, com 11,8 bilhões de transistores. Isso se reflete em mais velocidade que a geração passada, além de mais autonomia de bateria, o que é excelente!

Já o Galaxy S21 usa o Exynos 2100, que é de fabricação da própria Samsung. É um modelo octa-core que alcança até 2,9 GHz e oferece um desempenho até 30% melhor que a versão anterior, da linha S20. Também feito em 5 nanômetros, esse faz até 26 trilhões de operações por segundo, então problemas de desempenho não será algo que este celular irá apresentar.

Os dois celulares são muito potentes e rodam qualquer app ou jogo das suas lojas de aplicativos. O S21 tem 8 GB de memória RAM e pode ser encontrado em versões de 128 GB ou 256 GB de memória RAM. Já o iPhone 12 tem 4 GB de memória RAM e pode ser encontrado em versões de 64 GB, 128 GB ou 256 GB de armazenamento interno. Nenhum dos aparelhos tem entrada para cartão de memória.

O iPhone 12 chega com iOS 14 de fábrica. (Foto: Divulgação/Apple)
O iPhone 12 chega com iOS 14 de fábrica. (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 usa o iOS 14, que é o sistema mais atualizado da Apple (saiba mais sobre ele, que já chegou na versão 14.4). Já o Galaxy S21 chega de fábrica equipado com o Android 11, novo sistema operacional do Google. Veja a lista de celulares que receberão esse sistema. É válido destacar que os dois celulares possuem suporte às redes 5G.

Câmeras

Câmeras traseiras

Câmeras do Galaxy S21. (Foto: Divulgação/Samsung)
Câmeras do Galaxy S21. (Foto: Divulgação/Samsung)

O Galaxy S21 tem conjunto triplo de câmeras. A principal tem 12 MP, abertura f/2.2, dual-pixel e estabilização óptica; a secundária tem 12 MP, lente ultra-wide e super estabilização; a terceira tem 64 MP, lente teleobjetiva e zoom óptico de até 3 vezes, podendo chegar a 30 vezes com o Space Zoom.

Modo noturno do Galaxy S21. (Foto: Divulgação/Samsung)
Modo noturno do Galaxy S21. (Foto: Divulgação/Samsung)

O sistema de câmera ajusta a cena automaticamente, enquanto o modo retrato foi aprimorado para fazer o recorte do objeto com mais precisão. Fotos em ambientes escuros devem impressionar, já que a empresa dá um grande destaque para o modo noturno do Galaxy S21. O modo Single Take foi aprimorado para melhores resultados. Com ele, o celular grava um pequeno vídeo e separa os melhores frames para transformar em fotos.

Câmeras do iPhone 12. (Foto: Divulgação/Apple)
Câmeras do iPhone 12. (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 tem dois sensores de 12 MP, sendo o principal abertura f/1.6, dual-pixel, foco automático por detecção de fase e estabilização óptica. O secundário tem abertura f/2.4 e lente ultra-wide, para fotos com maior enquadramento. A Apple destaca a tecnologia Deep Fusion, que analisa várias exposições para aumentar os detalhes em cenários com iluminação comprometida.

Já o HDR 3 usa aprendizado de máquina e inteligência artificial para destacar os detalhes do objeto principal da cena, preservando a cor do restante da cena. O modo noturno é um dos destaques, e agora a câmera secundária também pode usá-lo, captando 27% mais luz e deixando as imagens nítidas e ricas em detalhes.

Câmera frontal

O iPhone 12 tem modo noturno para a câmera frontal também. (Foto: Divulgação/Apple)
O iPhone 12 tem modo noturno para a câmera frontal também. (Foto: Divulgação/Apple)

A câmera frontal não decepciona nas selfies e também consegue fazer o efeito do modo retrato. O Galaxy S21 tem um sensor de 10 MP com abertura f/2.2 e HDR automático. A empresa destaca opções de iluminação de estúdio virtual, dessa forma você consegue mudar a iluminação do fundo que foi recortado, o deixando preto e branco e você com cores, por exemplo.

Na parte frontal, o iPhone 12 tem uma câmera de 12 MP, com abertura f/2.2 e recurso de HDR. Ele possui um sensor SL 3D, que melhora o recorte das selfies no modo retrato e é responsável pelo reconhecimento facial (Face ID), o tornando mais seguro e rápido. O usuário pode gravar vídeos em 4K com essa câmera.

Filmagens

Modo Director's View do Galaxy S21. (Foto: Divulgação/Samsung)
Modo Director's View do Galaxy S21. (Foto: Divulgação/Samsung)

O Galaxy S21 consegue gravar em 8K e possui uma excelente estabilização. O destaque é o modo Director’s View, que faz todas as câmeras do aparelho gravarem simultâneamente e mostrarem uma prévia na tela, assim você pode mudar de lente no meio da filmagem, tendo uma verdadeira “visão de diretor” para escolher qual a melhor câmera para cada momento.

As filmagens ainda contam com super estabilização e o recurso de Bluetooth Mix, que permite gravar com mais de um microfone ao mesmo tempo, usando a conexão bluetooth para se conectar a um microfone externo sem fio.

O iPhone 12 consegue realizar gravações em 4K a 60 FPS, mas tem o diferencial de conseguir gravar com o recurso Dolby Vision HDR ativado, esse que entrega até 60 vezes mais cores.

A Apple também anunciou o formato Apple ProRAW, uma melhoria do famoso RAW, usado por profissionais em edição de fotos. Esse formato já entregará as fotos com os ajustes de redução de ruídos e exposição prontos, economizando tempo na edição.

Bateria

O iPhone 12 tem autonomia de até 17 horas em reprodução de vídeo contínua. (Foto: Divulgação/Apple)
O iPhone 12 tem autonomia de até 17 horas em reprodução de vídeo contínua. (Foto: Divulgação/Apple)

A Apple informa que o iPhone 12 tem autonomia de até 17 horas de reprodução de vídeo contínua, ou 50 horas de reprodução de áudio. Ele suporta carregadores turbo de até 20W, carregando metade da bateria em apenas 30 minutos.

O celular também tem suporte ao carregamento sem fio pelo MagSafe, que é uma das novidades do celular. Com ele, o usuário pode usar o carregamento sem fio com indução aprimorada, e a traseira do celular possui um conjunto de ímãs e NFC para identificação de acessórios. Serão produzidos diferentes carregadores, capas, capa-carteira, entre outros acessórios que “grudam” no celular pelos imãs, ativando funções específicas.

Tecnologia MagSafe. (Foto: Divulgação/Apple)
Tecnologia MagSafe. (Foto: Divulgação/Apple)

Já o Galaxy 21 tem bateria com 4.000 mAh de capacidade, e a Samsung garante um dia completo de autonomia, mesmo com o 5G ligado. O celular tem compatibilidade com carregadores turbo de até 25W, bem como às tecnologias de carregamento sem fio QI (de 15W) e carregamento reverso, capaz de “doar” carga para dispositivos compatíveis.

Assim como o iPhone 12, o Samsung Galaxy S21 também chega sem carregador. (Foto: Divulgação/Samsung)
Assim como o iPhone 12, o Samsung Galaxy S21 também chega sem carregador. (Foto: Divulgação/Samsung)

A Apple estreou a estratégia de lançar seus celulares (iPhones 12) sem o carregador e fone de ouvido na caixa, com a justificativa de que busca diminuir a emissão de carbono na atmosfera. A Samsung acabou fazendo a mesma coisa na linha S21, que também chega sem fone e carregador na caixa.

No entanto, após um acordo com o Procon, a fabricante sul-coreana irá fornecer o carregador gratuitamente para quem desejar. Isso só é válido para o mercado brasileiro, ou seja, modelos comprados fora não terão direito ao acessório aqui no Brasil.

Conclusão: Qual celular é o melhor?

Neste comparativo, estamos lidando com dois celulares de alto nível, que oferecem alguns dos melhores recursos e tecnologias disponíveis neste segmento. Os aparelhos possuem um excelente conjunto de câmeras, e enquanto a Apple se destaca nas fotos, a Samsung busca chamar a atenção de quem gosta de gravar vídeos.

Os aparelhos também dão um show na qualidade de suas telas, com um destaque especial para a Samsung com seus 120 Hz de taxa de atualização. Em bateria, também tivemos praticamente um empate técnico, com a Apple trazendo o diferencial do sistema sem fio MagSafe.

Tanto o iPhone 12 quanto o Galaxy S21 possuem desempenho para rodar qualquer app ou jogo de suas lojas de aplicativos, mas o que vai separar os consumidores é o sistema operacional de cada um. Se você já usou o iOS ou deseja experimentá-lo, o modelo da Apple é a escolha certa. Para quem curte Android e deseja aproveitar a versão 11, o celular da Samsung será a melhor opção.

Já no quesito preço, o Galaxy S21 leva vantagem no momento da publicação desta matéria. Ele está sem pré-venda por *R$ 5.399 em sua versão de 128 GB, enquanto o iPhone 12 de 64 GB custa *R$ 5.798.

Veja também: iPhone 'barato' em 2020: veja modelos antigos que ainda valem a pena

*Alerta de flutuação de preços: os preços desta matéria foram coletados em 19/02/2021. Esses valores estão sujeitos à alteração mediante disponibilidade no mercado. Compare as ofertas no Zoom e use nosso histórico de preços para saber qual é a melhor hora de comprar seu novo celular.

Veja abaixo os melhores preços para cada aparelho:

Saiba como criar um Alerta de Preço no nosso canal do Youtube