Xiaomi Redmi Note 9 Pro chega ao Brasil com preço de iPhone; veja lançamento

Celular intermediário premium promete boa experiência em fotos e vídeos por preço de R$ 4.199.

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 6 min. de leitura.

A Xiaomi anunciou, nesta quarta-feira, 3 de junho, o lançamento do Redmi Note 9 Pro no Brasil. O celular intermediário premium tem câmera quádrupla e bateria de 5.020 mAh, mas assusta no preço sugerido: R$ 4.199. A marca, que ganhou popularidade no último ano por apresentar smartphones baratos e com boas especificações, passa agora por dificuldades para manter o bom custo-benefício diante das concorrentes. Para fins de comparação, o iPhone 11 – celular com especificações mais avançadas – já é encontrado por R$ 4.089 no varejo.

Além da versão "Pro", o evento online da Xiaomi também revelou a chegada do Redmi Note 9 convencional ao mercado brasileiro. Este com preços mais amenos: a partir de R$ 2.699 (versão com 3 GB de memória RAM).

Leia também:

Redmi Note 9 Pro na cor verde. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Redmi Note 9 Pro na cor verde. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Redmi Note 9 Pro

Alto desempenho, mas não o mais avançado

O Redmi Note 9 Pro é o smartphone mais avançado da linha, ele traz o processador intermediário premium Snapdragon 720G, da Qualcomm, e nesse primeiro momento, chega ao mercado nacional apenas na versão com 6 GB de memória RAM.

Com essas configurações, o celular deve ser capaz de rodar sem engasgos qualquer aplicativo presente na Play Store, mesmo os mais complexos, como jogos e programas para edição de vídeos.

Ainda assim, temos aqui um chip bem menos eficiente do que os que estão presentes em smartphones de marcas concorrentes com preços similares, como o iPhone 11, da Apple, e o Galaxy S20, da Samsung.

Especificações do Redmi Note 9 Pro. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Especificações do Redmi Note 9 Pro. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Câmeras com recursos para profissionais

O conjunto de câmeras é um dos pontos que recebeu maior atenção durante o evento de lançamento do Redmi Note 9 Pro. O telefone traz quatro lentes na traseira: a principal acompanha sensor de 64 megapixels, e promete fotos grandes o suficiente para cortes ou impressões sem perda significativa de qualidade.

A Xiaomi incluiu a opção de fotografia em RAW, tipo de arquivo que possibilita maior flexibilidade em edição.

Redmi Note 9 Pro permite capturar fotos em RAW. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Redmi Note 9 Pro permite capturar fotos em RAW. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

A câmera quádrupla do Redmi Note 9 Pro também conta com uma lente ultra-wide com sensor de 8 MP, para registrar ângulos bem abertos, e uma lente macro com sensor de 5 MP, para fazer fotos de detalhes bem próximos. O Modo Retrato é garantido por uma lente com sensor de 2 megapixels, capaz de mapear o fundo e desfocá-lo.

Modos de foto do Redmi Note 9 Pro. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Modos de foto do Redmi Note 9 Pro. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Também há melhorias em vídeos, pensadas para quem produz conteúdo profissionalmente. Nesse sentido, a Xiaomi promete maior fluidez na hora de dar zoom em gravações, trava de foco, para evitar imagens desfocadas em filmagens, dentro outros recursos para controle de exposição, ISO e balanço de brancos.

O Redmi Note 9 Pro faz vídeos em 4K a 30 quadros por segundo. Cabe ressaltar que o iPhone 11 filma na mesma resolução em até 60 quadros por segundo, e o Samsung Galaxy S20 já faz vídeos em 8K.

Modos profissionais de vídeo do Redmi Note 9 Pro. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Modos profissionais de vídeo do Redmi Note 9 Pro. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

A fabricante chinesa também traz um recurso para gravar selfies em câmera lenta – algo semelhante ao que a Apple fez com as "Slofies". Nada extremamente útil, mas um recurso bacana para quem gosta de brincar com a câmera do celular.

Redmi Note 9 Pro permite fazer selfies em câmera lenta. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Redmi Note 9 Pro permite fazer selfies em câmera lenta. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Bateria "gigante" com carregamento ultra-rápido

A bateria é outro destaque deste smartphone. A capacidade é de 5.020 mAh, que deve oferecer mais de um dia longe das tomadas sem problemas. Além disso, a Xiaomi aposta em um carregamento ultra-rápido de 30W, e inclui um carregador de 33W na caixa, o que é uma "mão na roda" para os momentos de mais urgência.

Ficha técnica do Redmi Note 9 Pro

  • Tela: 6,67 polegadas com resolução Full HD+ e proteção Gorilla Glass
  • Processador: Snapdragon 720G octa-core de 2,3 GHz
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento: 64 ou 128 GB, expansível via cartão microSD de até 512 GB
  • Câmera traseira: 64 MP (f/1.7) + 8 MP (ultra-wide) (f/2.2) + 5 MP (macro) (f/2.4) + 2 MP (sensor de profundidade) (f/2.4)
  • Câmera frontal: 16 MP (f/2.48)
  • Vídeos em até 4K @ 30 fps
  • Bateria: 5.020 mAh, com carregamento rápido de 30 W
  • Leitor de digitais: sim, na lateral
  • Sistema operacional: Android 10
  • Cores: Cinza, verde e branco

Redmi Note 9 (convencional)

Cortes em desempenho, mesma capacidade de bateria

Redmi Note 9 na cor verde. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Redmi Note 9 na cor verde. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

O outro smartphone que desembarca no Brasil nesta quarta-feira é o Redmi Note 9, modelo convencional que consiste da evolução no tradicional intermediário da marca. Ele traz mudanças significativas em relação à versão "Pro", a principal fica no conjunto de processamento. O smartphone traz o chip Helio G85, da MediaTek, e está disponível com 3 ou 4 GB de memória RAM.

Desse modo, o Redmi Note 9 é indicado para o usuário comum que busca boa performance em tarefas do dia a dia e até em alguns jogos, mas nada muito além disso. A bateria, no entanto, mantém a capacidade de 5.020 mAh, o que é uma boa notícia para quem tem rotina agitada e não pode ficar na mão antes do fim do dia.

Processador do Redmi Note 9 é o Helio G85 da MediaTek. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Processador do Redmi Note 9 é o Helio G85 da MediaTek. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Câmera quádrupla com sensor principal de 48 megapixels

Nas câmeras, o Redmi Note 9 também traz um conjunto com quatro lentes na traseira, mas o sensor principal tem "apenas" 48 megapixels. As demais lentes são iguais às do modelo "Pro": uma ultra-wide, uma para fotos macro e outra para Modo Retrato.

A gravação de vídeo também sofre cortes. No Redmi Note 9 a resolução máxima de gravação é Full HD (1080p) a 30 quadros por segundo.

Especificações de câmera do Redmi Note 9. (Divulgação/Xiaomi)
Especificações de câmera do Redmi Note 9. (Divulgação/Xiaomi)

Ficha técnica do Redmi Note 9

  • Tela: 6,53 polegadas com tecnologia IPS LCD e resolução Full HD+ (1080 x 2340)
  • Processador: Helio G85 octa-core de até 2 GHz
  • Memória RAM: 3 ou 4 GB
  • Armazenamento: 64 ou 128 GB, expansível via cartão microSD de até 512 GB
  • Câmera traseira quádrupla: 48 MP (f/1.8) + 8 MP (ultra-wide) (f/2.2) + 2 MP (macro) (f/2.4) + 2 MP (sensor de profundidade) (f/2.4)
  • Câmera frontal: 13 MP (f/2.25)
  • Vídeos em até Full HD (1080p) @ 30 fps
  • Função dual chip: sim
  • Conectividade: NFC, Bluetooth 5.0, infravermelho
  • Bateria: 5.020 mAh, com carregamento turbo de 18W
  • Leitor de digitais: sim, na traseira
  • Sistema operacional: Android 10
  • Cores: Verde, azul e Branco

Xiaomi Mi Note 10 Lite

A Xiaomi também aproveitou o evento para confirmar a chegada do Mi Note 10 Lite ao Brasil, mas não especificou uma data para o início das vendas. O smartphone já foi anunciado no mercado internacional por preço inicial de 349 euros.

Preço no Brasil

Conheça os preços do Redmi Note 9 e Redmi Note 9 Pro no mercado nacional

  • Redmi Note 9 (64 GB + 3 GB): R$ 2.699 | promoção de lançamento: R$ 2.499
  • Redmi Note 9 (128 GB + 4 GB): R$ 2.999 | promoção de lançamento: R$ 2.699
  • Redmi Note 9 Pro (128 GB + 6 GB): R$ 4.199 | promoção de lançamento: R$ 3.699

Linha Redmi Note 9

Compare as especificações da linha Redmi Note 9

Comparativo de modelos da linha Redmi Note 9. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Comparativo de modelos da linha Redmi Note 9. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Compare preços

Encontre as melhores ofertas para celulares Xiaomi no Zoom