Produtos e novidades em Celular e Smartphone

Linha Galaxy A: entenda a mudança de estratégia da Samsung no Brasil

Gerente de produto da Samsung, Renato Citrini, confirma descontinuação de modelos Galaxy J e A.

fim da linha galaxy j
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

Há poucos dias a Samsung anunciou a sua nova linha Galaxy A no Brasil – totalmente repaginada e com um público-alvo mais abrangente. Para quem não está familiarizado, antes esta linha abrigava apenas os celulares intermediários com características premium, vindo logo abaixo dos smartphones Galaxy S, com preços logicamente mais altos do que os modelos intermediários Galaxy J. Agora, tudo mudou.

Enquanto a Samsung abre o leque da linha Galaxy A, dando espaço a modelos com ficha técnica menos avançada e preços sugeridos a partir de R$ 999, você deve estar se perguntando: “E o que acontece com o meu Galaxy J8?”, “E o meu recém-lançado Galaxy A7?!?”.

Review Samsung Galaxy A7 2018: câmera tripla e bom custo/benefício em 2019

Galaxy J8 será descontinuado no BrasilGalaxy J8 (foto) é um dos smartphones descontinuados com a chegada da nova linha Galaxy A - Foto: Zoom

A gente, aqui no Zoom, também ficou com essas dúvidas. Por isso, conversamos com o gerente de produto da Samsung, Renato Citrini*, para entender melhor o que acontece agora. Afinal, a linha J acabou? E os modelos mais baratos que R$ 1 mil?

Linha J: descontinuada, com exceção dos modelos com Android Go

É oficial. Você não terá um J8 (2019). Os primeiros indícios saíram quando a fabricante confirmou o fim da linha J em um canal do YouTube na Malásia. Porém, naquele momento, não houve um comunicado oficial da empresa aqui no Brasil.

Apesar de liderar a lista de celulares mais buscados pelos consumidores em março, a linha Galaxy J deixa de ser fabricada com a chegada na nova série A ao mercado, nesta segunda-feira (22). Mas os consumidores não estarão desamparados. Segundo Citrini, os modelos da linha  foi pensada para diversos perfis de consumidores “É uma família robusta”, afirma o executivo, “com evolução de câmera e bateria”.

Você provavelmente ainda encontrará modelos como o Galaxy J8, Galaxy J6 e o Galaxy J4 em lojas físicas e no e-commerce, mas só até os estoques acabarem.

Galaxy J4 Core ainda faz parte do portfólio da Samsung em 2019Galaxy J4 Core é um dos modelos da Samsung com Android Go - Foto: Divulgação/Samsung

No entanto, nem todos os modelos saem de linha. A fabricante ainda continua com os J2 Core e J4 Core, aparelhos de entrada com Android Go – versão do sistema do Google otimizada para celulares básicos, com memória RAM de 1 GB.

Citrini explica que o Android Go não chega à linha Galaxy A porque esta é uma linha de “modelos completos, que contam com a Samsung One UI”, nova interface da Samsung desenvolvida para a navegação com uma mão e com visual mais limpo.

Galaxy A7 (2018) e Galaxy A9 (2019): aproveite os preços mais baixos

Também descontinuados, os recém-lançados Galaxy A7 (2018) – que chegou ao Brasil em novembro do ano passado – e Galaxy A9 – anunciado em fevereiro deste ano – não terão mais fabricação no país e só estarão disponíveis enquanto durarem os estoques.

Galaxy A7 2018 também é descontinuado com a chegada da nova série Galaxy AGalaxy A7 2018 também será descontinuado com a chegada da nova linha Galaxy A - Foto: Ana Marques/Zoom

A boa notícia é que esse movimento de mercado acabou derrubando os preços dos smartphones. Apesar de saírem de linha, esses modelos ainda podem ser considerados interessantes já que contam com câmera tripla e quádrupla, além de fazerem parte da lista de smartphones da Samsung que receberão o Android 9 Pie, versão mais recente do sistema do Google.

O Galaxy A7 (2018), lançado por R$ 2.199, já é encontrado por ofertas de R$ 1.389 aqui no Zoom. E o Galaxy A9, que custava R$ 3.199 chegou a R$ 1.899 segundo o Histórico de Preços do nosso comparador, preço bacana para um smartphone com 4 câmeras traseiras.

Galaxy M: os novos “baratinhos” da Samsung?

Na próxima quarta-feira (24) a Samsung deverá apresentar um novo smartphone (e uma nova linha no Brasil). O aparelho pertence à série Galaxy M, que já teve os modelos Galaxy M10, M20 e M30 homologados pela Anatel – ou seja, podem ser vendidos no Brasil.

A expectativa é de que esse celular ocupe a faixa entre os telefones mais básicos (Galaxy J2 Core e J4 Core) e o Galaxy A10.

Mais informações sobre o lançamento você confere aqui no Zoom, no dia 24 de abril.

*Matéria desenvolvida após entrevista com Renato Citrini, gerente sênior de produto da Samsung Brasil, concedida à jornalista Ana Marques, representando o Zoom.

Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone