Melhores celulares em 2021: 16 aparelhos para comprar no Brasil

Veja quais são as melhores opções de celulares para comprar no Brasil em 2021

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 14 min. de leitura.

Compartilhe:

Escolher qual smartphone comprar é uma tarefa difícil para grande parte dos consumidores. São muitos modelos disponíveis no mercado, cada um com diferentes características e preços. Para te ajudar nesta tarefa, o Zoom preparou uma lista com os melhores celulares para se comprar em 2021.

Nós dividimos a nossa seleção em quatro categorias diferentes, que estão separadas por valores. Aqui você vai encontrar celulares básicos, intermediários, intermediários premiums e até modelos avançados. Estaremos atualizando essa lista ao longo de 2021, para que ela esteja sempre com as melhores opções do mercado.

Aqui você vai encontrar celulares da Samsung, Apple, Motorola, Xiaomi, Asus e LG. Tomamos o cuidado de selecionar os melhores celulares de cada categoria, então cada modelo indicado aqui oferece a maior quantidade de recursos e funções possível pelo preço que lhe é cobrado.

Leia também: Celulares Samsung baratos: 7 modelos para comprar em 2021

Melhores celulares até R$ 1.000

O Galaxy A01 é um celular baratinho para o uso no dia a dia (Foto: Shutterstock)
O Galaxy A01 é um celular baratinho para o uso no dia a dia (Foto: Shutterstock)

Os celulares até R$ 1.000 se encaixam na categoria de “modelos de entrada”. Isso não significa que eles sejam aparelhos "ruins", mas sim que oferecem uma ficha técnica mais simples e, consequentemente, são mais baratos. São bons modelos para o uso no dia a dia com apps leves.

Samsung Galaxy A01

O Galaxy A01 é o aparelho mais básico da nossa lista. Por ele ter um processador simples, o Snapdragon 439, é recomendado apenas para uso de apps do dia a dia, como o WhatsApp, redes sociais, navegação na internet, entre outros que sejam leves. Seu armazenamento interno é de 32 GB, mas é possível aumentar esse espaço com um cartão de memória.

A tela do Galaxy A01 tem 5,7 polegadas, boa para quem ainda não se acostumou com os painéis grandes. Ele já chega com Android 10 instalado de fábrica e tem 3.000 mAh de bateria, que em uso moderado pode chegar a até um dia de autonomia.

Ficha técnica:

  • Tela: 5,7 polegadas com resolução HD+
  • Processador: Snapdragon 439 Octa-core
  • Memória RAM: 2 GB
  • Armazenamento interno: 32 GB Expansível
  • Câmeras traseiras: 13 MP + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 5 MP
  • Bateria: 3.000 mAh

LG K41S

Outro modelo baratinho é o LG K41S, que se destaca por ter um conjunto quádruplo de câmera. A principal tem 13 MP e foco automático por detecção de fase; a segunda tem 5 MP com lente ultra-wide, para fotos com enquadramento maior; a terceira tem 2 MP e lente macro, que tira imagens ricas em detalhes quando o objeto está próximo; a quarta também tem 2 MP e é usada para o efeito de desfoque no modo retrato.

Esse celular possui tela de 6,5 polegadas com resolução HD+. O som DTX: X 3D melhora a experiência do usuário ao assistir vídeos. Seu processador é indicado para tarefas leves do dia a dia e os 32 GB de armazenamento interno podem ser expandidos via cartão de memória. A bateria, de 4.000 mAh, oferece duração de até um dia em uso moderado.

Ficha técnica:

  • Tela: 6,55 polegadas HD+ (720 x 1600) e tecnologia IPS
  • Processador: Mediatek MT6762 octa-core
  • Memória RAM: 3 GB
  • Armazenamento interno: 32 GB (expansível)
  • Câmera traseira: 13 MP + 5 MP (ultra-wide) + 2 MP (macro) + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 8 MP
  • Bateria: 4.000 mAh

Asus Zenfone Max Shot

Entre os celulares “baratos” o Zenfone Max Shot é um dos poucos que possui tela com alta qualidade. A deste modelo tem 6,26 polegadas e conta com resolução Full HD, excelente para quem gosta de assistir vídeos constantemente no celular. Com os 64 GB de armazenamento interno, o usuário pode salvar uma boa quantidade de vídeos, entre outros arquivos.

O Zenfone Max Shot possui conjunto triplo de câmeras. A principal tem 12 MP e foco automático por detecção de fase; a segunda tem 8 MP e lente ultra-wide, para fotos com enquadramento maior; a terceira tem 5 MP e é usada como sensor de profundidade. O celular usa o processador SiP 1, modelo octa-core que entrega bom desempenho no uso cotidiano, seja no WhatsApp ou redes sociais.

Características:

  • Tela: 6,26 polegadas com resolução Full HD+
  • Processador: Snapdragon SiP 1 octa-core
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento interno: 64 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 12 MP + 8 MP (ultra-wide) + 5 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 8 MP
  • Bateria: 4000 mAh

Motorola Moto G8 Play

O Moto G8 Play é o modelo “básico” da linha G8, mas conta com muitas características modernas. A primeira delas é a presença de um conjunto triplo de câmeras, cujo sensor principal tem 13 MP; o secundário tem 8 MP e lente ultra-wide; e o terceiro de apenas 2 MP, para aplicar o efeito de desfoque em fotos no modo retrato.

Seu processador é o Helio P70, modelo octa-core que alcança até 2,1 GHz. Como o celular tem apenas 2 GB de memória RAM, não indicamos que o use para jogos ou aplicativos pesados, pois ele pode apresentar travamentos. O armazenamento interno é de 32 GB, mas é possível aumentar esse espaço com cartão de memória.

Características:

  • Tela: 6,2 polegadas com resolução HD
  • Processador: Helio P70 octa-core
  • Memória RAM: 2 GB
  • Armazenamento interno: 32 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 13 MP + 8 MP (ultra-wide) + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 8 MP
  • Bateria: 4.000 mAh com carregamento turbo de 10W

Melhores celulares entre R$ 1.000 e R$ 1.500

O Redmi Note 9 é um bom custo-benefício da Xiaomi (Foto: Shutterstock)
O Redmi Note 9 é um bom custo-benefício da Xiaomi (Foto: Shutterstock)

Os celulares entre R$ 1.000 e R$ 1.500 já entram na categoria de “modelos intermediários”. Eles oferecem mais recursos que os citados anteriormente e possuem bom custo-benefício para quem não deseja um celular tão básico, mas também não quer pagar caro nos modelos avançados.

Motorola Moto G8 Power

Mais um modelo da linha Moto G8 aqui, mas desta vez a versão focada em bateria! O Moto G8 Power tem 5.000 mAh de bateria, quantidade que, de acordo com a Motorola, pode passar de um dia de autonomia sem muitos problemas. Ele também possui suporte a carregadores turbo de 15W, então não demora para o celular estar totalmente carregado.

Esse celular usa o processador Snapdragon 665, que além de ter um ótimo desempenho, também ajuda a bateria a ter mais autonomia. O Moto G8 Power possui conjunto quádruplo de câmeras, com direito a lente ultra-wide, teleobjetiva e macro. Seu armazenamento interno é de 64 GB, mas o usuário pode aumentar esse espaço com cartão de memória.

Ficha técnica:

  • Tela: 6,4 polegadas com resolução Full HD
  • Processador: Snapdragon 665 octa-core
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento interno: 64 GB expansível
  • Câmeras traseiras: 16 MP + 8 MP (Teleobjetiva) + 8 MP (ultra-wide) + 2 MP (Macro)
  • Câmera frontal: 12 MP
  • Bateria: 5.000 mAh

Samsung Galaxy A21s

Entrando no segmento intermediário de celulares temos o Galaxy A21s, que se destaca por ter um preço camarada e bateria acima da média. Esse modelo chega equipado com 5.000 mAh, que de acordo com a Samsung pode chegar a até dois dias de autonomia. Ele ainda tem suporte ao carregamento rápido de 15W, por isso, garante mais tempo de bateria e menos tempo na tomada.

O Galaxy A21s tem conjunto quádruplo de câmeras, cuja principal possui 48 MP e inteligência artificial para melhorar as fotos. Além dela, ele também possui sensor de 8 MP com lente ultra-wide; um com 2 MP e lente macro; o último também de 2 MP, dedicado para o efeito de profundidade.

Esse celular usa o processador Exynos 950, que junto aos 4 GB de memória RAM, tem um ótimo desempenho no uso do dia a dia.

Ficha técnica:

  • Tela: 6,5 polegadas com resolução HD+
  • Processador: Exynos 850 Octa-core
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento interno: 64 GB Expansível
  • Câmeras traseiras: 48 MP + 8 MP (ultra-wide) +2 MP (macro) + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 8 MP
  • Bateria: 5.000 mAh

Samsung Galaxy M21s

Ainda falando de intermediários com bateria gigante, temos o Galaxy M21s. Esse chega com nada mais nada menos que 6.000 mAh, quantidade cuja autonomia chega a dois dias de uso. Ele também conta com suporte ao carregamento turbo, então mesmo sendo uma bateria grande, o usuário não precisa esperar muito tempo para ela carregar.

O restante do conjunto não decepciona, pois o M21s possui tela Super AMOLED de 6,4 polegadas, com resolução Full HD+. Ao todo são três câmeras traseiras, com destaque para a principal que tem 64 MP. A câmera de selfies também dá um show, pois tem 32 MP e faz filmagens em até 4K.

Seu processador é o Exynos 9611, modelo octa-core de fabricação da própria Samsung. Apesar de não ser um chip avançado, consegue rodar grande parte dos apps e jogos da Play Store com ótimo desempenho. O Galaxy M21s é vendido com 4 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno.

Ficha técnica:

  • Tela: 6,4 polegadas com resolução Full HD e tecnologia Super AMOLED
  • Processador: Exynos 9611 octa-core
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento interno: 64 GB expansível
  • Câmeras traseiras: 64 MP + 8 MP (ultra-wide) + 5 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 32 MP
  • Bateria: 6.000 mAh com carregamento turbo

Xiaomi Redmi Note 9

A linha Redmi Note é conhecida pelo seu bom custo-benefício, por isso em 2020 a Xiaomi lançou os modelos Redmi Note 9. Esse celular possui tela de 6,53 polegadas, tem resolução Full HD e proteção Gorilla Glass, que evita aqueles pequenos arranhões. Sua bateria tem 5.020 mAh, com duração para o dia inteiro mesmo em uso “pesado”.

O processador MediaTek G85 é potente e tem otimizações voltadas para jogos. Aqui no Brasil, o Redmi Note 9 pode ser encontrado com 3 GB ou 4 GB de memória RAM, cujo armazenamento interno varia entre 64 GB e 128 GB. Ele tem conjunto quádruplo de câmeras, sendo a principal de 48 MP o destaque, pois tem tecnologia quad-pixel, que a deixa quatro vezes mais sensível à luz e melhora fotos em ambientes noturnos.

Ficha técnica:

  • Tela: 6,53 polegadas com resolução Full HD+ e proteção Gorilla Glass
  • Processador: MediaTek Helio G85
  • Memória RAM: 3 GB ou 4 GB
  • Armazenamento interno: 64 ou 128 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 48 MP + 8 MP (ultra-wide) + 2 MP (macro) + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 13 MP
  • Bateria: 5.020 mAh com carregamento turbo
  • Tem carregamento reverso

Leia também: Como cuidar do celular no verão? 4 dicas para proteger o aparelho do calor

Melhores celulares entre R$ 1.500 e R$ 2.500

O Galaxy A71 é um intermediário com recursos de modelos avançados (Foto: Shutterstock)
O Galaxy A71 é um intermediário com recursos de modelos avançados (Foto: Shutterstock)

Os celulares entre R$ 1.500 e R$ 2.500 são os “modelos intermediário premium”. Eles são aqueles que já oferecem vários recursos dos modelos mais caros, mas ainda não possuem uma ficha técnica muito potente. Consequentemente, os preços também não estão tão altos.

Eles são bons celulares para quem deseja aparelhos acima da média e com funções modernas, mas também não deseja desembolsar os valores cobrados pelos melhores do mercado.

Samsung Galaxy M31

O Galaxy M31 foi o primeiro celular intermediário aqui no Brasil a ter uma bateria de 6.000 mAh, cuja autonomia chega a dois dias sem muito esforço. O carregamento rápido o ajuda a ficar menos tempo na tomada, mesmo tendo essa bateria “gigante”. Parte da boa eficiência energética vem do Exynos 9611, processador potente o suficiente para uso no dia a dia sem travamentos.

Além de bateria grande e processador potente, o M31 também impressiona na qualidade da sua tela, que tem 6,4 polegadas e resolução Full HD. Com o conjunto quádruplo de câmeras, o usuário tem boa versatilidade na hora de tirar fotos, mesmo em ambientes pouco iluminados. Esse aparelho é vendido com 6 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno, com entrada para cartão de memória.

Ficha técnica:

  • Tela: 6,4 polegadas com resolução Full HD+
  • Processador: Exynos 9611 Octa-core
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 64 MP + 8 MP (ultra-wide) + 5 MP (macro) + 5 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 32 MP
  • Bateria: 6.000 mAh com carregamento turbo de 15W

Samsung Galaxy A51

O Galaxy A51 foi um dos modelos mais populares em 2020 e continua sendo uma boa opção de compra em 2021. Ele é um intermediário premium com ótimo custo-benefício, pois tem ficha técnica completa e um preço "camarada" considerando tudo o que oferece.

Seu processador, o Exynos 9611, consegue rodar vários apps da Play Store sem problemas de desempenho, incluindo jogos. Esse celular possui 4 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno, com espaço para cartão.

Sua tela tem 6,5 polegadas, tecnologia Super AMOLED e resolução Full HD, que vai agradar quem gosta de assistir vídeos em boa qualidade. O Galaxy A51 tem quatro câmeras traseiras, com destaque para a principal de 48 MP. A câmera frontal não decepciona, tendo 32 MP e recurso HDR.

Ficha técnica:

  • Tela: 6,5 polegadas com resolução Full HD e leitor biométrico integrado
  • Processador: Exynos 9611 Octa-core
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 48 MP + 12 MP (ultra-wide) + 5 MP (macro) + 5 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 32 MP
  • Bateria: 4.000 mAh com carregamento turbo de 15W

Samsung Galaxy A71

Outro modelo que se destacou em 2020 e chega forte para 2021 é o Galaxy A71, esse que chega mais perto dos modelos “avançados” da Samsung. Seu processador é o Snapdragon 730, cujo desempenho é suficiente para praticamente qualquer aplicativo ou jogo da Play Store. Esse celular chega com 6 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno, então espaço para fotos e vídeos não vai faltar.

Sua tela é grande, de 6,7 polegadas. Ela usa a tecnologia Super AMOLED, tem resolução Full HD e leitor biométrico integrado, recurso moderno e bem prático. O Galaxy A71 tem conjunto quádruplo de câmeras, sendo que a principal tem incríveis 64 MP e tecnologia quad-pixel, que a torna quatro vezes mais sensível à luz.

Ficha técnica:

  • Tela: 6,7 polegadas Full HD+ (1080 x 2400 pixels) Super AMOLED
  • Processador: Snapdragon 730 octa-core de até 2,2 GHz
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB (expansível via microSD)
  • Câmeras traseiras: 64 MP + 12 MP ultra-wide + 5 MP profundidade + 5 MP macro
  • Câmera frontal: 32 MP
  • Bateria: 4.500 mAh com carregamento rápido
  • Leitor biométrico integrado à tela

Galaxy Note 10 Lite

O Galaxy Note 10 Lite é excelente para quem procura um celular com preço “acessível” e suporte à S Pen, caneta inteligente da Samsung. Graças ao processador Exynos 9810, você pode usar diversos apps, fazer anotações de reuniões, desenhos e até controlar algumas funções pela caneta. Os 128 GB de armazenamento interno garantem espaço para você armazenar todos os seus arquivos pessoais.

Ele possui tela grande, de 6,7 polegadas e que tem a tecnologia AMOLED. Com cores vívidas e brilho alto, você poderá assistir vídeos em alta resolução, já que ela é Full HD+. Além do conjunto triplo de câmeras, o Galaxy Note 10 Lite tem bateria maior até que os modelos “avançados” da linha, com 4.500 mAh e autonomia para mais de um dia de uso.

Ficha técnica:

  • Tela: 6,7 polegadas com resolução Full HD+ e tecnologia AMOLED
  • Processador: Exynos 9810 octa-core
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 12 MP + 12 MP (teleobjetiva) + 12 MP (ultra-wide)
  • Câmera frontal: 32 MP
  • Bateria: 4.500 mAh com carregamento turbo de 15W
  • Suporte a S Pen

Melhores celulares acima de R$ 2.500

O iPhone 12 é um dos celulares mais desejados pelos consumidores (Foto: Shutterstock)
O iPhone 12 é um dos celulares mais desejados pelos consumidores (Foto: Shutterstock)

Os celulares acima de R$ 2.500 já são os “premium”, ou seja, modelos caros e que possuem fichas técnicas com os melhores recursos e componentes. Esses modelos são para os consumidores mais exigentes, que buscam as melhores câmeras, telas, processadores, entre outras coisas.

Galaxy S10+

O Galaxy S10+ é um dos celulares “premium” com melhor custo benefício, pois tem uma ficha técnica excelente e preço “bacana”. O processador Exynos 9820, apesar de não ser o mais recente, ainda é excelente e consegue rodar qualquer app ou jogo da Play Store sem muitos problemas de desempenho.

O celular é vendido aqui no Brasil com 8 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno, mas é possível achar versões com 1 TB. É válido destacar que ele possui certificação IP68, por isso, pode ser mergulhado em até 1,5 metros de profundidade por 30 minutos.

Ele tem três câmeras traseiras de ótima qualidade, sendo duas de 12 MP e outra de 16 MP. Na parte frontal são duas câmeras, o que o torna excelente para criadores de conteúdo, por exemplo. Sua tela tem 6,2 polegadas e resolução 2K, uma das melhores do mercado, ela já possui leitor biométrico embutido.

Ficha técnica:

  • Tela: 6,4 polegadas 2K (1440 x 3040) e tecnologia Dynamic AMOLED
  • Processador: Exynos 9820
  • Memória RAM: 8 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB ou 1 TB
  • Câmeras traseiras: 12 MP + 12 MP (teleobjetiva) + 16 MP (ultra-wide)
  • Câmeras frontais: 10 MP + 8 MP (sensor de profundidade)[
  • Bateria: 4.100 mAh com carregamento turbo
  • Carregamento sem Fio
  • Carregamento reverso
  • Leitor biométrico integrado à tela
  • Tem proteção contra água IP68

Leia também: 6 celulares à prova d’água para tirar fotos na praia ou piscina no verão 2021

Apple iPhone 11 (64 GB)

O iPhone 11 continua sendo uma ótima opção de compra e é o melhor benefício da linha 11, pois usa o mesmo processador dos modelos avançados, o Apple A13 Bionic. Além de um ótimo desempenho para o dia a dia, esse celular consegue rodar apps e jogos pesados sem problemas com travamento, graças a otimização do iOS 14, seu sistema operacional.

A versão de 64 GB é a menos cara, mas é possível encontrá-lo com 256 GB também, então escolha bem qual será o suficiente para guardar seus arquivos pessoais, pois ele não tem slot para cartão de memória adicional.

O celular possui conjunto duplo de câmeras, ambas com 12 MP, e se destaca principalmente ao tirar fotos noturnas, que saem ricas em detalhes. A frontal também tem 12 MP e grava vídeos em 4K, ótima para quem trabalha com criação de conteúdo. Esse celular possui bateria para um dia de uso e suporte ao carregamento sem fio.

Ficha técnica:

  • Tela: 6,1 polegadas HD+ (828 x 1792) e tecnologia Retina
  • Processador: Apple A13 Bionic hexa-core
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento interno: 64 GB
  • Câmeras traseiras: 12 MP + 12 MP (ultra-wide)
  • Câmera frontal: 12 MP
  • Bateria: 3.110 mAh com carregamento turbo
  • Carregamento sem Fio
  • Face ID aprimorado
  • Tem proteção contra água IP68

Galaxy S20

Se você quer um celular mais recente, o S20 é uma das melhores opções premium da Samsung. Apesar de ser a versão “convencional”, ele possui o mesmo processador do modelo Plus e Ultra, o Exynos 990. Você pode rodar desde apps até jogos pesados, isso tudo com bom desempenho e sem travamentos, já que o celular possui incríveis 8 GB de memória RAM.

Sua tela é de 6,2 polegadas, usa a tecnologia Dynamic AMOLED 2X, tem HDR10 e 120 Hz de taxa de atualização. Além da imagem ficar mais fluida, você terá a experiência de assistir vídeos e filmes em até 2K. Ela também já tem leitor biométrico ultrassônico embutido, versão mais rápida, precisa e segura que os modelos anteriores.

Ele possui três câmeras traseiras. A principal tem 12 MP, dual-pixel e estabilização óptica; a secundária tem 64 MP e lente teleobjetiva, com zoom de até três vezes sem perder a qualidade; a terceira tem 12 MP e lente ultra-wide, para um enquadramento maior. O Galaxy S20 realiza gravações em até 8K, e na câmera frontal, de 10 MP, em até 4K.

Ficha técnica:

  • Tela: 6,2 polegadas 2K (1440 x 3040) e 120 Hz de taxa de atualização
  • Processador: Exynos 990
  • Memória RAM: 8 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB
  • Câmeras traseiras: 12 MP + 64 MP (teleobjetiva) + 16 MP (ultra-wide)
  • Câmera frontal: 10 MP (sensor de profundidade)
  • Bateria: 4.000 mAh com carregamento turbo
  • Carregamento sem Fio
  • Carregamento reverso
  • Leitor biométrico integrado à tela
  • Tem proteção contra água IP68

iPhone 12

A linha iPhone 12 é a mais recente da Apple e conta com quatro aparelhos diferentes. O iPhone 12 é o “convencional”, mas não se deixe enganar, pois ele usa o mesmo processador dos modelos mais potentes. O Apple A14 Bionic foi o primeiro produzido com tecnologia de 5 nanômetros, que o torna mais rápido e econômico.

A tela do iPhone 12 tem 6,1 polegadas e chega com tecnologia XDR OLED de Retina, que junto ao HDR10 torna as cores vívidas, naturais e ainda aumenta o brilho. O recurso de True Tone configura a tonalidade da imagem automaticamente dependendo da luminosidade do ambiente em que você está.

O iPhone 12 chega equipado com duas câmeras traseiras de 12 MP, que se destacam principalmente em ambientes com pouca iluminação, já que o modo noturno foi aprimorado. O celular oferece até 17 horas de uso contínuo em vídeos, tem carregamento sem fio com sistema MagSafe e até mesmo proteção IP68 contra água.

Ficha técnica do iPhone 12:

  • Tela: 6,1 polegadas, com tecnologia XDR OLED Retina, HDR10, True Tone, dolby vision, brilho de 1200 Nits e resolução de 1170 x 2532 pixels
  • Processador: Apple A14 Bionic
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento interno: 64 GB, 128 GB ou 256 GB
  • Câmeras traseiras: 12 MP + 12 MP (ultra-wide)
  • Câmera frontal: 12 MP
  • Bateria: Até 17 horas de autonomia em reprodução de vídeo
  • Tem carregamento turbo
  • Tem carregamento sem fio com sistema MagSafe
  • Tem proteção contra água IP68

Confira todos os nossos artigos sobre celulares no Zoom.