Moto G8 Power é bom? Motorola tem 5.000 mAh para 2 dias de autonomia

Confira nossa análise de ficha técnica e veja mais detalhes do modelo

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 4 min. de leitura.

Compartilhe:

A busca por celulares com boa bateria está aumentando, por isso a Motorola tem a sua linha “Power”, focada em oferecer boa autonomia. O Moto G8 Power é uma opção que foi lançada em 2020 e tem 5.000 mAh, capacidade que se converte em até dois dias de autonomia, de acordo com a fabricante.

O aparelho também tem conjunto quádruplo de câmeras, tela Full HD e processador intermediário, o Snapdragon 665. Será que compensa comprar o Moto G8 Power em pleno 2021? Veja a nossa análise completa do aparelho logo abaixo para descobrir!

Ficha técnica do Moto G8 Power:

  • Tela: IPS LCD de 6,4 polegadas com resolução Full HD e proporção de 19.5:9
  • Processador: Snapdragon 665 octa-core de até 2 GHz
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento: 64 GB
  • Cartão microSD
  • Câmera tripla traseira: 16 MP (f/1.7) + 8 MP (Teleobjetiva) (f/2.2) + 8 MP (ultra-wide) (f/2.2) + 2 MP (Macro) (f/2.2)
  • Câmera frontal: 12 MP (f/2.0)
  • Bateria: 5.000 mAh
  • Sistema: Android 10
  • Dual chip híbrido
  • Conexão 4G
  • Cores: Azul Atlântico e Preto Titanium
  • Dimensões: 156 x 75.8 x 9.6 mm
  • Peso: 187 gramas

Design

Design do Moto G8 Power. (Foto: Divulgação/Motorola)
Design do Moto G8 Power. (Foto: Divulgação/Motorola)

Sem querer chamar muita atenção, a Motorola adotou um visual simples para o Moto G8 Power. Sua traseira tem pintura lisa, e o único detalhe é a logo da Motorola que camufla o sensor biométrico do aparelho. As câmeras são colocadas verticalmente, sendo que a principal é separada das outras.

Leia também - Melhores celulares em 2021: 16 aparelhos para comprar no Brasil

Na parte frontal, a empresa optou por bordas finas para dar mais aproveitamento a tela. A câmera de selfies fica alocada em um pequeno furo mais à lateral do Moto G8. Esse aparelho pesa cerca de 197 gramas e possui entrada para fones de ouvido. Ele é vendido em duas cores: preto ou azul.

Tela e Som

O Moto G8 Power possui tela Full HD. (Foto: Divulgação/Motorola)
O Moto G8 Power possui tela Full HD. (Foto: Divulgação/Motorola)

Sua tela tem 6,4 polegadas e usa a tecnologia IPS LCD, que tem cores mais naturais e boa taxa de brilho. Se você gosta de assistir filmes e vídeos em alta resolução, terá uma boa experiência com o Moto G8 Power, que possui resolução Full HD.

Confira: Celular com boa bateria: aparelhos intermediários para comprar em 2021

A Motorola destaca o som surround nítido graças aos alto-falantes estéreos com Dolby Audio, o que é ótimo para deixar os vídeos e músicas ainda mais imersivos.

Desempenho

O Snapdragon 665 usa IA para aprimorar seu desempenho. (Foto: Divulgação/Motorola)
O Snapdragon 665 usa IA para aprimorar seu desempenho. (Foto: Divulgação/Motorola)

O Moto G8 Power usa o Snapdragon 665, um chip octa-core que alcança até 2 GHz. Apesar de ser um modelo intermediário, esse processador consegue rodar os apps do dia a dia sem problemas de desempenho, além de alguns jogos populares como o Free Fire, Among US, PUBG Mobile, entre outros.

Ao todo, são 4 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno, espaço que é suficiente para aqueles usuários “moderados”. Se não for o seu caso, você pode comprar um cartão de memória microSDXC e expandir esse espaço. O Moto G8 Power chega com Android 10 instalado de fábrica, e a boa notícia é que ele já está na lista dos modelos que receberão o Android 11.

Saiba mais: Celular intermediário: os melhores aparelhos para comprar em 2021

Câmeras

Câmeras do Moto G8 Power. (Foto: Divulgação/Motorola)
Câmeras do Moto G8 Power. (Foto: Divulgação/Motorola)

O Moto G8 Power possui um conjunto quádruplo de câmeras, que o deixa mais versátil para fotografias. O sensor principal é de 16 MP e tem foco automático por detecção de fase. Além dele, o aparelho tem um de 8 MP com lente teleobjetiva, que possui zoom óptico de até 2 vezes; um de 8 MP para fotos com ângulo mais aberto; e um de 2 MP para fotos macro, em que o objeto está bem perto da câmera.

Apesar de a câmera não ser o foco desse aparelho, ele entrega bons resultados na luz do dia, e tem a vantagem de poder tirar fotos em diferentes estilos, graças às lentes secundárias. O Moto G8 Power faz o uso de inteligência artificial para adaptar as fotos ao ambiente e selecionar configurações específicas para ele.

A câmera frontal deste aparelho é de 16 MP, tem abertura f/2.0 e suporte ao HDR. É válido ressaltar que ele faz gravações de vídeo em 4K com as câmeras traseiras e Full HD com a frontal.

Bateria

A bateria é o destaque do Moto G8 Power, e tem 5.000 mAh. Em pleno 2021, essa quantidade não é mais “absurda”, mas quando o celular foi lançado, ela era uma das maiores do mercado. A Motorola promete até dois dias de autonomia em uso moderado, e você ainda pode usar carregadores turbo de até 18W, para que o aparelho fique menos tempo na tomada.

Vale a pena comprar o Moto G8 Power?

O Moto G8 Power pode ser encontrado a partir de *R$ 1.259 no mercado brasileiro, o que é um preço interessante considerando toda a sua configuração. No entanto, existem algumas outras opções com melhor custo-benefício que ele, inclusive com bateria maior!

O M21s, por exemplo, está custando *R$ 1.257 e entrega uma tela melhor, processador mais recente, câmeras atualizadas e bateria de 6.000 mAh. O Moto G8 Power continua sendo viável em 2021, mas dependendo do seu preço, talvez não seja a melhor opção do mercado. Veja celulares baratos da Motorola aqui no Zoom.

*Alerta de flutuação de preços: os preços desta matéria foram coletados em 01/03/2021. Esses valores estão sujeitos à alteração mediante disponibilidade no mercado. Compare as ofertas no Zoom e use nosso histórico de preços para saber qual é a melhor hora de comprar seu novo celular.

Veja abaixo os melhores preços para o Moto G8 Power: