Na foto, celulares mostram fotos de gorilas

O que é Gorilla Glass?

Celulares com Gorilla Glass têm proteção adicional contra quedas e arranhões. Nesse artigo, vamos indicar produtos que contam com ela também

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 4 min. de leitura.

Compartilhe:

Todo mundo já sentiu aquele medo quando o celular cai, ao imaginar a possibilidade da tela estar trincada. Para evitar essas dores de cabeça, o vidro Gorilla Glass conta com uma tecnologia resistente a quedas. Ela evita arranhões no display de smartphones, tablets, wearables e até para notebooks.

Esse vidro é uma película que protege o telefone de possíveis acidentes. Isso deixa o dono do celular mais tranquilo se o aparelho cai no chão. Algumas das principais fabricantes de smartphones, como a Samsung, Xiaomi, LG e Motorola, contam com produtos que têm a tecnologia Gorilla Glass. A propósito, vamos indicar alguns modelos ao longo do texto e também no fim do artigo.

Neste artigo, você vai ler os tópicos a seguir. Se quiser seguir direto para algum deles, basta clicar em cima:

  • Como funciona a proteção contra quedas e arranhões
  • Diferenças entre as gerações do Gorilla Glass
  • Produtos com Gorilla Glass

Como funciona a proteção contra quedas e arranhões?

A tecnologia Gorilla Glass foi desenvolvida por uma empresa norte-americana chamada Corning Inc. O vidro chegou para tentar acabar com uma das maiores dores passadas por donos de smartphones: quedas e arranhões.

Foto mostra celular caído no chão com a tela trincada
O Gorilla Glass evita que quedas quebrem a tela do celular (Foto: Shutterstock)

Para evitar essas situações, a empresa criou uma película de vidro produzida por um material chamado aluminossilicato. Ele é composto por átomos de alumínio, silício e oxigênio. Juntos, os elementos dão resistência à quedas, pancadas e altas temperaturas.

Lançado em 2006, esse vidro foi se popularizando aos poucos ao longo dos anos. A fabricante foi criando diversas gerações, melhorando a resistência e proteção para cada novo modelo. Agora, essa tecnologia é conhecida como a principal contra danos de arranhões e quedas de smartphones, tablets e wearables.

Diferenças entre gerações do Gorilla Glass

A Corning desenvolveu o Gorilla Glass em 2006. Ao longo dos anos, novas tecnologias foram surgindo e o vidro foi ficando ainda mais resistente aos arranhões e quedas. Conheça cada uma das gerações e veja modelos equipados com o vidro Gorilla Glass.

Gorilla Glass 1

Esse tipo de vidro começou a se popularizar logo depois que a Corning lançou a tecnologia. A empresa conseguiu fazer parceria com a Apple logo no ano seguinte do lançamento do Gorilla Glass, em 2007. Assim, a empresa da maçã lançou o primeiro iPhone que contava com essa proteção.

Assim, o vidro se popularizou e a tecnologia se tornou muito desejada por donos de smartphones. A parceria com a Apple, no entanto, só durou até o iPhone 6.

Gorilla Glass 2

O sucesso do Gorilla Glass foi grande, mas a segunda geração demorou para chegar no mercado. Apenas em 2012 um novo modelo foi desenvolvido e lançado para os usuários de smartphones. O grande avanço foi desenvolver um vidro 20% mais fino.

A novidade possibilitou a produção de celulares finos, com boas imagens e com resistência a impactos. Um dos lançamentos mais badalados com Gorilla Glass 2 foi o Galaxy S3, principal celular da Samsung na época.

Foto mostra uma mão humana segurando o celular ao lado de uma mão de gorila
A partir da segunda geração, o Gorilla Glass começou a se popularizar (Foto: Corning/Reprodução)

Gorilla Glass 3

A terceira geração do Gorilla Glass chegou mais rápido, um ano depois da anterior. Os novos benefícios que a fabricante garantia era uma tela 35% mais resistente e quatro vezes mais segura contra arranhões.

A Samsung voltou a usar a tecnologia, desta vez no Galaxy S4. A Motorola foi outra fabricante a adotar o vidro resistente, que equipou modelos como o Moto G e o Moto X.

Gorilla Glass 4

Em 2014, a quarta geração chegou depois da fabricante constatar que mais de 70% dos danos causados nas telas de celulares aconteciam por causa de quedas. Para resolver esse problema, o Gorilla Glass dobrou a sua resistência a tombos.

Os resultados mostraram que os smartphones com esse vidro, como o Galaxy Note 5, o Galaxy S6 e o Zenfone 2 Laser, suportavam 80% das quedas de uma altura de até um metro.

Gorilla Glass 5

O Gorilla Glass 5 foi lançado em 2016. Seus testes mostraram 80% maior resistência a quedas de até um metro em superfícies mais rígidas. Além disso, a altura suportada passou para 1,2 metro.

Alguns modelos com esse vidro são da linha do Galaxy S8 e S9, One Plus e o LG G7 ThinQ. Todos apresentaram duas vezes maior capacidade de evitar arranhões na tela.

Gorilla Glass 6

Nos laboratórios da Corning, as telas equipadas com o Gorilla Glass 6 suportaram quedas de até 1,6 metro. Isso aproxima dos tombos no chão enquanto seguramos o smartphone. O vidro resiste a até 15 quedas em superfícies rígidas.

Por ser mais recente, modelos mais atuais contam com a segurança dessa tecnologia na tela. Entre os principais, estão o Galaxy S20 Ultra e o Oppo R17.

Gorilla Glass Victus

Essa é a versão mais recente da tecnologia da Corning. Em vez de ser chamada de sétima geração, a empresa decidiu colocar um novo nome, por isso Gorilla Glass Victus. Além disso, o vidro traz melhorias tanto na resitência às quedas como na capacidade de evitar arranhões.

A fabricante constatou que o Victus resiste a quedas de até dois metros e tem resistência quatro vezes maior a arranhões. O primeiro smartphone a sair de fábrica com o Gorilla Glass mais resistente até agora foi o Samsung Note 20 Ultra, em 2020.

Produtos com Gorilla Glass

Se você está em busca de um smartphone que dure, pode se interessar pelos modelos da marca Caterpillar e gostar dessa lista de celulares que são focados em resistência. Para saber quais são as principais opções de smartphones do ano, vale dar uma olhada na lista de melhores celulares de 2021. Alguns modelos possuem a tecnologia da Corning. Abaixo, algumas ofertas de smartphones que contam com essa proteção extra.