Entenda antes de comprar em Celular e Smartphone

O que é Li-Fi? Saiba tudo sobre o novo Wi-Fi

Li-Fi transmite dados usando lâmpadas de LED e promete ser pelo menos 100 vezes mais veloz que o Wi-Fi.

O que é Li-Fi
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

Idealizado por Harald Haas, pesquisador da Universidade de Edimburgo, na Escócia, o Li-Fi vem sendo aprimorado para funcionar como uma evolução do Wi-Fi. A palavra Li-Fi é uma abreviação de Light Fidelity que, em tradução livre, significa fidelidade da luz.

A diferença do Li-Fi para o Wi-Fi é basicamente o meio usado para transmitir informações, o que pode fazer toda a diferença. Enquanto no Wi-Fi são usadas ondas de rádio, no Li-Fi a luz é a responsável por levar os dados, tornando a transferência muito mais veloz.

Enviando dados na velocidade da luz: Li-Fi é 100 vezes mais rápido que Wi-Fi

Testes realizados por pesquisadores provaram que lâmpadas de LED podem mesmo ser mais velozes do que antenas de telefonia na hora de enviar dados.

Para você ter uma ideia, em um laboratório na Estônia, a conexão estabelecida foi de 1GB por segundo, ou seja, 100 vezes mais rápida do que o Wi-Fi costuma alcançar. Já pesquisadores da Universidade de Oxford, na Inglaterra, conseguiram alcançar picos de 224GB por segundo!

Veja alguns preços de celulares:

E se você pensa que o Li-Fi ainda deve demorar a se tornar realidade, é bom ir se acostumando com a ideia, porque já em 2012, na Consumer Electronics Show (CES), a Casio demonstrou como é possível trocar dados entre dois dispositivos apenas usando cores.

Além disso, a tecnologia já está sendo testada em espaços públicos na Estônia, pesquisadores franceses também trabalham para desenvolver o Li-Fi, e há boatos de que até fabricantes como LG, Samsung e Apple estariam pensando em trazer o Li-Fi para seus celulares.

Li-Fi é restrito a um ambiente, o que tem prós e contras

Como a conexão Li-Fi é limitada ao alcance da luz da lâmpada, você já deve imaginar que fora da cobertura da luz não vai haver internet ou transferência de dados. Mas esse não é exatamente um problema, já que a previsão é que, no futuro, casas, empresas e outros ambientes sejam equipados para usar o Li-Fi por toda a parte.

Isso significa que cada cômodo vai precisar de uma lâmpada especial para que o Li-Fi funcione, já que a luz não atravessa paredes como as ondas de rádio do Wi-Fi. O lado positivo disso? Mais segurança, e nada de vizinhos roubando o seu sinal!

Li-Fi

Mas como funciona o Li-Fi?

Parece mágica, mas a explicação de como funciona o Li-Fi é relativamente simples. Assim como os bits assumem valores de 0 e 1, uma lâmpada pode ficar acesa ou apagada. Dessa maneira, uma lâmpada LED com a tecnologia Li-Fi acende e apaga em intervalos tão curtos que são imperceptíveis aos nossos olhos, e o fotodetector (espécie de modem) transforma esses sinais luminosos em informações.

E como a luz não emite ondas eletromagnéticas, o Li-Fi não interfere em outros equipamentos eletrônicos, o que torna seu uso seguro em locais como aviões e hospitais, por exemplo.

Isso sem falar que o Li-Fi é uma tecnologia mais barata do que a que usamos hoje em dia, e como tem velocidade muito superior, pode ser a grande responsável pela evolução da Internet das Coisas, em que todos os aparelhos estarão conectados entre si.

 

Parece mesmo que a tecnologia Li-Fi tem tudo para dar certo como o novo Wi-Fi. Mas enquanto ela não chega por aqui, que tal continuar navegando pelo Zoom para conhecer outras tecnologias, produtos e ainda poder comparar os preços para economizar em todas as compras?

 

Leia também: Top 5 melhores celulares custo/benefício

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone