Zoom indica em Celular e Smartphone

Review Samsung Galaxy A7 2018: câmera tripla e bom custo/benefício em 2019

Com ofertas a R$ 1,5 mil, celular é opção com bom preço para quem gosta de fotos.

galaxy a7 2018 review
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

O Galaxy A7 (2018) é um smartphone intermediário premium da Samsung com câmera tripla. Mas não se engane, caro leitor, este conjunto não é o mesmo presente no poderoso Galaxy S10 e no S10 Plus, atuais carro-chefe da fabricante sul-coreana. Aliás, o aparelho, no geral, também tem bem menos glamour.

Ainda assim, é uma opção interessante para quem busca um celular bom para fotos por um preço mais em conta, e até mesmo para os gamers de plantão que não podem investir alto em um smartphone top de linha. Quer saber se vale a pena comprar o novo Galaxy A7? Nós testamos o smartphone e contamos a experiência neste review!

Galaxy A7 2018Galaxy A7 2018 é um smartphone intermediário premium da Samsung - Foto: Ana Marques/Zoom

Design metálico chama atenção, mas não é muito durável

O Galaxy A7 (2018) é realmente um celular bonito, para os padrões intermediários. A Samsung optou por uma construção em plástico com aparência de metal, e vidro na traseira. As opções de cores são preto, cobre e azul (modelo que recebemos para testes e o mais atraente, na minha opinião).

Não tivemos muita dificuldade para encontrar o primeiro ponto negativo: a moldura da câmera traseira já chegou às nossas mãos com a pintura descascada, o que indica que esse não é um smartphone para os usuários mais descuidados. Ah, e fica a dica: compre uma capinha para protegê-lo dos riscos de chaves e moedas, você vai precisar!

Galaxy A7 2018Bordas da câmera do Galaxy A7 2018 com desgaste na pintura - Foto: Ana Marques/Zoom

O Galaxy A7 (2018) traz leitor de digitais na lateral, embaixo do botão “Power”. A solução foi a encontrada para liberar mais espaço na tela, sem prejudicar a experiência do usuário (muita gente reclama do sensor traseiro de smartphones como Galaxy S8 e Galaxy S9).

Por um lado, é bom não precisar levantar o aparelho da mesa para desbloqueá-lo. Por outro, a quantidade de toques acidentais no sensor não está no gibi! Isso incomoda principalmente porque, com várias tentativas de desbloqueio sem sucesso, o celular acaba impedindo o processo quando você realmente deseja acessá-lo.

O A7 2018 não tem resistência à água e, para a minha grande decepção, em vez de USB-C, ele traz porta micro USB, padrão que já não é tão usado nos smartphones intermediários de 2018 e 2019. Poxa, Samsung, e se eu precisar de um carregador emprestado?

Galaxy A7 2018Sensor de digitais do Galaxy A7 2018 na lateral do celular - Foto: Ana Marques/Zoom

Tela grande com boa resolução

O Galaxy A7 (2018) manda bem no quesito tela. O display tem 6 polegadas com a tecnologia Super AMOLED, que é ideal para quem curte cores bem vivas e contrastes mais intensos. A resolução é Full HD+, que entrega uma boa nitidez de imagem e não as fontes serrilhadas.

É um celular com bastante “testa” e “queixo”. A Samsung não quis usar o notch para aumentar a proporção de tela na parte frontal do aparelho, como fez a maioria das fabricantes, e o Infinity-O (o tal furo da tela) só chegou para as linhas Galaxy A9 e Galaxy S10.

De qualquer modo, o novo Galaxy A7 é um bom smartphone para assistir aos seus vídeos favoritos. Também deve agradar quem curte jogar pelo celular, já que oferece bastante espaço para movimentação dos dedos e exibição dos gráficos.

Galaxy A7 2018Tela do Galaxy A7 2018 tem resolução Full HD+ - Foto: Ana Marques/Zoom

Desempenho: A7 roda jogos com qualidade intermediária, mas apresenta alguns travamentos

Apesar de toda a pose de top de linha, o Galaxy A7 continua sendo um smartphone intermediário, e em desempenho, ele se comporta como tal. O processador é o Exynos 7885, um octa-core de até 2,2 GHz, e a memória RAM é de 4 GB.

Durante nossos testes rodando PUBG Mobile com qualidade gráfica média, o smartphone apresentou engasgos por mais de uma vez. Ele também apresentou bugs com o app do Instagram – por algumas vezes não permitiu o envio de respostas nos Stories e em outros casos, travou na tela de publicação de um Story, me obrigando a sair reiniciar o app.

De resto, nas tarefas normais, o uso não apresentou problemas. Um ponto importante é que a esse celular vem com o Android Oreo e não conta ainda com a nova interface One UI da Samsung, apesar de permitir a navegação por gestos.

O Galaxy A7 2018 tem opções de armazenamento de 64 GB ou 128 GB, sendo a segunda mais indicada para os usuários acumuladores. Mas, se você optar pela primeira, não se preocupe: ainda há a possibilidade de expansão via microSD.

Câmera tripla sem glamour, mas que funciona

O Galaxy A7 2018 tem uma câmera tripla, mas o conjunto não é tão avançado quanto o do Galaxy S10. Na verdade, ele entrega resultados bem inferiores às fotos tiradas com o top de linha, como era de se imaginar.

Os sensores são de 24 MP (f/1.7) com lente grande-angular que consegue os bons resultados com iluminação baixa, 8 MP (f/2.4) com lente ultra grande-angular, para enquadrar paisagens ainda maiores, e um de 5 MP para profundidade, o que permite um Modo Retrato aprimorado.

Em um primeiro momento, percebe-se as cores mais lavadas, menos vivas do que as que consegui com o S10 ou mesmo o S8. Mas até que o A7 faz boas imagens para um celular intermediário. Vale sempre ficar atento ao brilho automático, já que, na tentativa de compensar a luz e evitar superexposição, a foto acaba ficando muito clara em algumas situações.

 Galaxy A7 2018Foto tirada com lente grande-angular do Galaxy A7 - Foto: Ana Marques/Zoom

Galaxy A7 2018Foto tirada com a lente ultrawide do Galaxy A7 - Foto: Ana Marques/Zoom

O Galaxy A7 2018 também tem reconhecimento de cena para identificar até 19 assuntos, como: plantas, animais, paisagem e comida. A partir daí o app otimiza o resultado para entregar a melhor foto possível.

Galaxy A7 2018Imagem capturada com a câmera do Galaxy A7 2018 com o otimizador de cena ligado - Foto: Ana Marques/Zoom

Galaxy A7 2018 Foto tirada com a câmera traseira do Galaxy A7, sem Modo Retrato - Foto: Ana Marques/Zoom

Galaxy A7 2018Foto tirada com a câmera traseira do Galaxy A7, com Modo Retrato - Foto: Ana Marques/Zoom

As selfies decepcionam um pouco mais. Não pela entrega do resultado final, que é até agradável para o segmento, mas pelo processo de fotografar. A câmera frontal tem lentidão para reconhecer a cena e demora um pouco para estabilizar a imagem, o que é chato, principalmente para quem gosta de pegar momentos e expressões espontâneas.

Esse efeito é ainda pior em ambientes com luz baixa, você realmente precisa se concentrar para não tremer com tudo.

Galaxy A7 2018Selfie tirada sem Modo Retrato com iluminação mediana (esq.) / Selfie com Modo Retrato e boa iluminação em ambiente interno (dir.) - Foto: Ana Marques/Zoom

Bateria de 3.300 mAh sem carregamento rápido

Com capacidade de carga para 3.300 mAh, o Galaxy A7 aguenta bem a uma jornada de trabalho longe das tomadas, com uso moderado de redes sociais, mensageiros, streaming de música, e eventuais ligações.

A coisa complica se você gosta muito de jogar ou assistir filmes inteiros no smartphone enquanto está na rua: aí talvez seja necessário investir em um power bank, para garantir.

Os resultados do meu teste com uso moderado foram de 22 horas e 40 minutos desde que tirei do carregador, com 100%, até a descarga completa, 0%, considerando o meu período de sono (aproximadamente 8 horas).

Uma má notícia é a falta de carregamento rápido do aparelho, o que é complicado para quem tem rotina agitada. O celular demorou quase três horas para conseguir carga completa.

Preço e custo/benefício: vale a pena comprar o Galaxy A7 (2018)?

O Galaxy A7 foi lançado em novembro de 2018 no Brasil com preço sugerido de salgados R$ 2.199. Poucos meses depois, ele já é encontrado em ofertas de R$ 1,5 mil, passando a valer muito a pena, principalmente se considerarmos os concorrentes na mesma faixa de preço, como o Moto G7 Plus e o Zenfone Max Shot.

Com boas câmeras, um desempenho legal para tarefas intermediárias e design elegante, o A7 2018 é definitivamente uma boa opção de custo/benefício em 2019. Ele também está na fila para receber a Samsung One UI com o Android 9 Pie.

Ficha técnica do Galaxy A7 2018

  • Lançamento no Brasil: novembro de 2018
  • Tela Super AMOLED de 6 polegadas com resolução Full HD+ (2220 x 1080 pixels) (18,5:9)
  • Processador Exynos 7885 octa-core de até 2,2 GHz
  • Memória RAM de 4 GB
  • Armazenamento de 64 GB ou 128 GB com expansão via microSD
  • Câmera tripla traseira com sensores de 24 MP (f/1.7) wide + 5 MP (f/2.2) profundidade + 8 MP (f/2.4) ultrawide
  • Câmera frontal de 24 MP (f/2.0) grande-angular
  • Sistema operacional de fábrica Android 8 (Oreo), com atualização garantida para o Android 9 Pie
  • Bateria de 3.300 mAh
  • Dual chip: sim
  • Peso: 168 gramas
  • Cores: azul, preto e cobre

Avaliação do Zoom:

Avaliação do Galaxy A7 2018

Pontos Fortes:

  • Tela Full HD+
  • Câmera traseira tripla eficiente (para um intermediário)
  • Bateria aguenta uma jornada de trabalho
  • Queda de preço trouxe custo/benefício interessante

Pontos Fracos:

  • Sem carregamento rápido
  • Pintura descasca facilmente
  • Sem USB-C
  • Câmera de selfie apresenta lentidão e pouca estabilidade

O menor preço para o Galaxy A7 2018 você encontra aqui no Zoom:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone