O Samsung Galaxy J8 foi lançado em julho de 2018 e é, desde então, um dos mais buscados pelos brasileiros. A razão para isso é simples: apesar de ser um celular intermediário, ele tem algumas configurações que são equivalentes às de um celular premium, mas com um preço mais acessível para o consumidor.

Mas será que o modelo é o ideal para suas necessidades? Listamos a ficha técnica do Galaxy J8, bem como seus pontos positivos e negativos, para te ajudar a responder essa pergunta. Dá só uma olhada!

Leia também: Os Melhores Celulares Samsung do Momento

Vantagens do Galaxy J8:

1. O Galaxy J8 bastante espaço para seus arquivos

O Samsung Galaxy J8 serve bem aqueles usuários que gostam de guardar muitas fotos, vídeos e outros tipos de arquivo no celular. Com uma capacidade de armazenamento de 64 GB, o modelo garante espaço o suficiente para até o maior dos acumuladores. Para se ter uma ideia, esses 64 GB são o suficiente para mais de 3.500 fotos de 5 MB cada. É bastante espaço.

Mesmo assim, se toda essa capacidade de armazenamento não for o suficiente, o Galaxy J8 tem entrada para um cartão de memória microSD de até 256 GB.

2. A Memória RAM de 4 GB garante boa fluidez para o usuário

Jogando no Galaxy J8

O Galaxy J8 conta com memória RAM de 4GB, o que é o suficiente para lidar com as principais tarefas do dia a dia, como navegar na Internet, utilizar aplicativos de mensagens e assistir vídeos com filtros ou efeitos.

Essa quantidade de memória RAM dá conta dessas tarefas com boa velocidade, mesmo caso algumas delas estejam rodando simultaneamente, e é equivalente à de celulares premium (o Samsung Galaxy S9 tem a mesma quantidade).

Mesmo quem tem demandas maiores para o aparelho, como rodar alguns games mais recentes (e não muito exigentes), ficará satisfeito com o desempenho do celular.

3. O sistema traseiro de câmera dupla entrega fotos com o Modo Retrato

O grande atrativo do Samsung Galaxy J8 para muita gente é o seu sistema de câmeras. Na parte traseira do aparelho, são dois sensores: o primário com 16 megapixels e abertura f/1.7 e o secundário com 5 megapixels e abertura f/1.9.

As duas câmeras trabalham juntas para melhorar a qualidade das imagens, e a abertura focal deve proporcionar bons resultados mesmo em locais mais escuros. Além disso, esse sistema dual camera permite tirar fotos com o Modo Retrato, efeito que desfoca o fundo da cena, deixando uma pessoa ou objeto em destaque.

Disposição das câmeras traseiras do Galaxy J8

Já na parte frontal do aparelho, há uma câmera com 16 megapixels, abertura f/1.9 e flash LED, que deve capturar boas selfies, com baixo nível de ruído mesmo nos ambientes com pouca luz.

Outro ponto legal das câmeras do Galaxy J8 é a tecnologia que identifica pontos de luz na fotografia e os substitui por desenhos como corações ou losangos na imagem. Funciona como se fossem filtros aplicados na hora.

4. A tela infinita do Samsung Galaxy J8 é um atrativo extra

Apesar de ter sido lançada inicialmente entre os celulares mais caros da fabricante, a tela infinita chegou aos modelos intermediários, como o Galaxy J8. As vantagens desse display ficam por conta da melhoria da experiência ao assistir vídeos e executar jogos, uma vez que as bordas finas e o formato 18,5:9 melhoram a imersão.

Desvantagens do Galaxy J8:

1. A resolução da tela é HD+, e poderia ser melhor

O Samsung Galaxy J8 tem uma bela tela Super AMOLED de 6 polegadas. As cores são vibrantes, o preto é profundo e o resultado para fotos, vídeos e outros arquivos de mídia é muito bom. Mas a experiência poderia ser melhor se a resolução da tela fosse Full HD+.

A resolução HD+ é de 1480 x 720 pixels, e pode tornar as imagens pouco nítidas, ou mesmo com um aspecto serrilhado em letras e contornos. Isso não significa que a qualidade da imagem do aparelho é ruim – mas, definitivamente, poderia ser superior.

Tela do Samsung Galaxy J8 tem resolução HD+

2. O processador Snapdragon 450 fica abaixo do esperado

Com 4 GB de memória RAM, o Samsung Galaxy J8 tem um potencial muito bom. Porém, infelizmente, esse potencial não é plenamente realizado por causa do processador do aparelho.

O J8 usa um Snapdragon 450, lançado em 2017, com 8 núcleos de 1,8 GHz cada. Na prática, o processador dá conta do uso normal de um celular: navegar na Internet, ver o Facebook ou Instagram e assistir a vídeos.

Até games modernos em configurações intermediárias rodam bem no aparelho. Mas tarefas mais exigentes podem ser um problema para esse processador e você pode começar a ver quedas na taxa de atualização de jogos ou uma certa demora para algumas funções do celular.

3. O revestimento do Galaxy J8 é em plástico e não é à prova d'água

Esse smartphone tem acabamento feito em policarbonato com as laterais de alumínio. O policarbonato é um tipo de plástico muito usado em indústrias e em peças de design.  A razão para isso é simples: o policarbonato tem aparência semelhante ao do vidro, mas é bem resistente ao impacto, resistente a chamas, eletricidade e é leve: o Samsung J8 inteiro pesa somente 177 gramas.

Apesar dessas vantagens, o policarbonato é um ponto negativo no Galaxy J8 por ser um material simples e pouco elegante. O Motorola One, que pertence ao mesmo segmento intermediário, tem acabamento em vidro.

Além disso, o Galaxy J8 não conta com proteção IP68 contra água e poeira, como o Galaxy A8, por exemplo. Por isso, não é muito recomendado manuseá-lo próximo a piscinas.

4. O Samsung Galaxy J8 não tem um sensor de luminosidade

Um recurso recorrente em smartphones de linhas intermediárias ou de topo é o sensor de luminosidade. Sua função é detectar a claridade do ambiente ao redor do aparelho e ajustar a iluminação da tela para melhor configuração possível.

Por alguma razão, o Galaxy J8 não conta com esse recurso. A tela do aparelho tem uma iluminação forte o suficiente para que o usuário não tenha problemas para ver o conteúdo da tela mesmo em ambientes muito claros, mas o ajuste da configuração precisa ser feito manualmente, o que é trabalhoso e cansativo.

Conclusão: o Samsung Galaxy J8 é bom ou não?

Depende do nível de exigência do usuário. O Galaxy J8 é um smartphone intermediário muito bom para as tarefas mais comuns, como navegar na Internet, ver vídeos, conversar nas redes sociais e até mesmo rodar alguns jogos de médio porte.

Além disso, o celular tem um sistema de câmeras satisfatório, que tira fotos e selfies muito boas. Somando isso aos outros recursos do aparelho, como o App Air (para abrir vídeos e mensagens na mesma tela) e o Dual Messenger (que permite ter duas contas em mensageiros como o WhatsApp ou Messenger), o Galaxy J8 atende bem às demandas básicas do usuário.

Já quem exige mais poder para rodar games mais pesados ou uma tela com resolução melhor para assistir filmes, pode preferir smartphones mais avançados, como os modelos da linha Galaxy A.

Ficha técnica do Galaxy J8:

  • Tela de 6 polegadas HD+ (1480 x 720 pixels) (18,5:9)
  • Processador Qualcomm Snapdragon 450 (octa-core de até 1,8 GHz)
  • Memória RAM de 4 GB
  • Armazenamento de 64 GB (expansível até 256 GB via microSD)
  • Câmera traseira dupla de 16 MP + 5 MP
  • Câmera frontal de 16 MP
  • Bateria de 3.500 mAh
  • Leitor de digitais
  • Reconhecimento facial

Encontre os melhores preços para o Galaxy J8 aqui no Zoom!

Smartphone Samsung Galaxy J8 SM-J810M 64GB

Leia também:

Mais sobre o /deumzoom: