WhatsApp Pay: o que é e como utilizar o serviço de pagamentos

WhatsApp Pay: o que é e como utilizar o serviço de pagamentos.

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 6 min. de leitura.

Compartilhe:

Liberado no dia 30 de março de 2021 pelo Banco Central (BC), o WhatsApp Pay é o novo recurso para pagamentos digitais no Brasil, utilizando única e exclusivamente o aplicativo de mensagens para comprar produtos ou adquirir serviços.

Desde junho do ano passado, o Facebook, que é dono do WhatsApp, vem travando uma “briga” com os órgãos financeiros do país por diferentes motivos que levaram a adiar o lançamento do recurso no Brasil. Mas em 2021, o WhatsApp Pay foi autorizado a ser usado no país.

WhatsApp Pay: serviço de pagamentos pelo WhatsApp (Foto: Shutterstock)
WhatsApp Pay: serviço de pagamentos pelo WhatsApp (Foto: Shutterstock)

Com a liberação, bandeiras como Visa e Mastercard poderão ser intermediadoras dos pagamentos pelo WhatsApp. Isso garante maior segurança nesses procedimentos, sejam eles realizados tanto no crédito, quanto no débito.

Mas, se você ainda não sabe o que é o WhatsApp Pay ou ainda não faz ideia de como utilizar esse recurso, preparamos este guia justamente para te ajudar nisso. Por isso, não perca de vista as nossas dicas! Saiba também tudo sobre outra ferramenta de pagamentos via app, chamada PicPay.

WhatsApp Pay: o que é?

O WhatsApp Pay é o meio de pagamento lançado pelo Facebook para intermediar compras sem que o usuário precise sair do aplicativo de mensagens.

Com o WhatsApp Pay, os usuários que já fazem troca de mensagens poderão realizar um pagamento pelo WhatsApp de forma gratuita para qualquer conta, seja ela física ou jurídica.

Além disso, os pagamentos via WhatsApp inicialmente só poderão ser feitos por meio do dispositivo móvel, seja ele Android ou iOS. Aprenda também como usar o WhatsApp no PC ou como utilizar dois WhatsApps no mesmo celular.

Como funciona o WhatsApp Pay?

O primeiro passo para ativar o recurso do WhatsApp Pay no seu celular será baixar a última versão do mensageiro concorrente do Signal e do Telegram.

O pagamento via WhatsApp Pay foi liberado no Brasil em maio de 2021. As transações bancárias já podem ser feitas pelos brasileiros com o aplicativo.

Até o momento, o WhatsApp garante que as transferências via WhatsApp Pay sejam gratuitas para pessoas físicas e jurídicas. Contudo, é possível que os bancos tenham tarifas para que os clientes possam usar o serviço.

WhatsApp Pay: quem pode usar?

Para realizar pagamentos pelo WhatsApp Pay, o usuário do aplicativo deve possuir mais de 18 anos. A idade será checada por requerimento de CPF quando o serviço for utilizado. O usuário também deve possuir os cartões de débito e crédito das bandeiras e bancos autorizados pelo aplicativo. Mais adiante neste texto, você confere quais são.

Quem precisa receber dinheiro usando o WhatsApp Pay deve ter conta bancária e um cartão de débito funcionado em alguns dos bancos parceiros. É preciso também ser cadastrado no sistema do app. Depois de receber o pagamento, o usuário precisa aceitar para que a transferência seja concluída, verificando o valor na aba "Pendentes".

WhatsApp Pay cobra taxa ou tarifa?

O WhatsApp Pay não cobra taxas para que os usuários façam transferências com o cartão de débito ou realizem pagamentos pelos cartões de crédito e débito. O aplicativo também não cobra nenhum tipo de tarifa para esses serviços. Entretanto, essa gratuidade depende também do banco parceiro, que pode cobrar taxas dos clientes.

WhatsApp Pay tem como objetivo facilitar pagamentos (Divulgação/WhatsApp)
WhatsApp Pay tem como objetivo facilitar pagamentos (Divulgação/WhatsApp)

Como cadastrar uma forma de pagamento no WhatsApp Pay?

Para cadastrar uma forma de pagamento no WhatsApp Pay, é preciso seguir um passo a passo simples. Ele é feito dentro do próprio aplicativo. É preciso ser cliente de algum dos bancos que são autorizados a fazer essa transação via WhatsApp Pay. Veja o caminho:

Passo 1: Se o seu celular for Android, clique no menu do canto direito no alto da tela. Se você em iPhone, abra os "Ajustes" na engrenagem da tela;

Passo 2: Abra o item "Pagamentos" e, em seguida, clique em "Facebook Pay" e em "Continuar";

Passo 3: Para ter acesso à ferramenta com segurança, crie um PIN com seis dígitos;

Passo 4: Agora você pode cadastras sua biometria ou o reconhecimento facial, ou pular essa etapa;

Passo 5: Digite o seu nome, número de telefone e seu CPF para avançar ao próximo passo;

Passo 6: Coloque todos os dados do seu cartão solicitados e clique em "Salvar".

Pronto! Agora você vai receber um SMS ou um e-mail para verificar seu cadastro. A confirmação também pode ser feita pelo aplicativo do seu banco.

Quais bancos são aceitos no WhatsApp Pay?

Já existem alguns bancos que são aceitos no WhatsApp Pay. A leva inicial contava com apenas quatro bancos credenciados no Brasil. A lista está bem maior agora e já conta com alguns muito tradicionais. Confira a lista de instituições financeiras autorizadas a operar o WhatsApp Pay:

  • Banco do Brasil (Visa);
  • Banco Inter (Mastercard);
  • Bradesco (Visa);
  • Itaú (Mastercard);
  • Mercado Pago (Visa);
  • Next (Visa);
  • Nubank (Mastercard);
  • Sicredi (Mastercard e Visa);
  • Woop, banco digital da Sicredi (Visa).

Quais cartões são aceitos no WhatsApp Pay?

O Facebook relatou que serão aceitos dentro da carteira digital do aplicativo cartões de crédito e débito das bandeiras Visa e Mastercard dos bancos participantes do WhatsApp Pay. Após inserir as informações necessárias, bastará verificar o cartão para começar a fazer a transferência de dinheiro pelo app.

WhatsApp Pay: como ativar

Para ativar o WhatsApp Pay, você precisa estar com a versão mais atual do aplicativo de mensagens, já que essa função ainda é nova no Brasil. Se você estiver com o aplicativo já atualizado, vai encontrar o recurso de pagamentos nas configurações do aplicativo.

WhatsApp Pay terá pagamento dentro da mensagem (Divulgação / WhatsApp)
WhatsApp Pay terá pagamento dentro da mensagem (Divulgação / WhatsApp)

WhatsApp Pay: pagamentos e transferências

Um pagamento pelo WhatsApp Pay é realizado dentro da própria janela de conversa com a pessoa. Isso agiliza ainda mais a usabilidade e a transferência de recursos.

Para isso, basta acessar o menu das mensagens. Ao invés de escolher compartilhar um contato ou mandar um vídeo, clique em um botão para compartilhar valor com outro usuário. Depois de confirmar o valor e pagar, é preciso autenticar a sua transação. Isso é feito via biometria, reconhecimento facial ou código cadastrado.

Além de ter a possibilidade de transferir dinheiro de forma digital para outra pessoa por mensagem, o WhatsApp Pay permite que o pagamento em negócios físicos também seja possível.

Entretanto, essa alternativa só é liberada para negócios que já utilizam o aplicativo do WhatsApp Business.

Qual o limite do WhatsApp Pay?

O WhatsApp Pay conta com alguns limites nessa função. Um usuário pode pagar até R$ 1.000 por cada transação. O limite mensal de transações é de R$ 5.000, seja para pagar ou receber o dinheiro. É possível receber até 20 transações por dia.

O WhatsApp Pay pode facilitar golpes?

Por ser um dos aplicativos que mais recebem golpes no Brasil e no mundo, a preocupação com os dados e meios de pagamentos cadastrados pelos usuários é bastante grande com o WhatsApp Pay.

Mesmo que a empresa esteja tomando todos os cuidados necessários para evitar esse tipo de problema com o WhatsApp Pay, é fundamental que os usuários também se atentem a qualquer sinal atípico recebido pelo mensageiro.

Assim como o PIX, sistema de pagamento instantâneo do Banco Central lançado em novembro, será preciso estar atento e verificar com exatidão para quem os recursos estão sendo transferidos. A propósito, você pode saber tudo sobre o PIX aqui.

A princípio, a empresa vem tomando todas as devidas precauções para garantir a segurança dos usuários com o WhatsApp Pay.

Como evitar golpes que usam o WhatsApp Pay como isca

Pensando na proteção dos usuários, um dos temas que impossibilitou o lançamento da ferramenta no ano passado, os usuários conseguirão se proteger ao utilizar o WhatsApp Pay. Ao menos, é o que garante o Facebook.

Para que a transação seja realizada de forma efetiva, é necessário utilizar o PIN do Facebook Pay ou a biometria do celular para comprovar que a compra, de fato, está sendo realizada pelo dono do aparelho.

É preferível usar o PIN numérico, já que, em caso de furtos, é possível que abram sua conta e cadastrem uma nova digital para acesso ao WhatsApp Pay.

Também nos casos de roubo ou perda do celular, corra para configurar seu número do celular em um novo smartphone, para automaticamente excluir as formas de pagamentos cadastradas.

É importante evitar pagamentos para contas suspeitas que oferecem promoções muito atraentes ou prêmios suspeitos. Antes de realizar a transação, certifique que a conta é mesmo confiável.

Aproveite também para entender tudo sobre a nova política de privacidade do WhatsApp. Para não perder nenhum de seus dados, aprenda a fazer o backup do WhatsApp.

Em busca de um celular para uso de redes sociais e mensageiros como WhatsApp? Veja como criar um Alerta de Preço e receba notificações quando o produto que deseja chegar ao valor que quer pagar!

Abaixo, confira algumas ofertas de celulares básicos para o uso de apps como o WhatsApp:

Quer um celular novo para melhorar sua experiência com mensageiros instantâneos como WhatsApp? Conheça nossas listas: