Xiaomi lança o Mi 10T e Mi 10T Pro no Brasil e valores partem de R$ 5.499

Os aparelhos possuem ficha técnica potente e preços bem "salgados".

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 5 min. de leitura.

Compartilhe:

Nesta quinta-feira (12), a Xiaomi lançou mais dois celulares aqui no Brasil: Mi 10T e Mi 10 T Pro, ambos aparelhos premium da fabricante. Lançados no começo de outubro, os aparelhos chegaram aqui no Brasil com um preço alto, já que o modelo mais barato está custando R$ 5.499.

A ficha técnica dos aparelhos não decepciona. O Mi 10T Pro, por exemplo, está ranqueado entre os melhores celulares do mundo para fotografias, ocupando a quarta posição no ranking do site DXOMark, especializado no assunto.

O Mi 10T e Mi 10T Pro são parecidos em vários aspectos. (Foto: Divulgação/Xiaomi)
O Mi 10T e Mi 10T Pro são parecidos em vários aspectos. (Foto: Divulgação/Xiaomi)

Preço no Brasil

Para celulares premium, já é esperado um preço alto e o Mi 10T e Mi 10T Pro não escaparam disso. O modelo convencional será vendido por R$ 5.499 e estará disponível em duas cores: preto e prata. Já o Mi 10T Pro custa R$ 6.999 e terá três opções de cores: preto, prata e azul.

Os valores são consideravelmente mais altos que o dos celulares lá fora. Confira quais foram os valores de lançamento dos aparelhos na Europa:

Mi 10T:

  • 6 GB de RAM e 128 GB: €499 (R$ 3.220)
  • 8 GB de RAM e 128 GB: €549 (R$ 3.542)

Mi 10T Pro:

  • ​8 GB de RAM e 128 GB: €599 (R$ 3.865)
  • 8 GB de RAM e 256 GB: €649 (R$ 4.188)

Veja abaixo as características e fichas técnicas dos dois celulares:

Xiaomi Mi 10T

Design do Mi 10T. (Foto: Divulgação/Xiaomi)
Design do Mi 10T. (Foto: Divulgação/Xiaomi)

Mesmo sendo o modelo “convencional”, o Mi 10T já tem uma ficha técnica potente. Seu acabamento é em vidro com laterais em alumínio e o conjunto de câmeras é alocado em um módulo retangular. Na parte frontal, a empresa colocou a tela com bordas bem finas e apenas um furo para alocar a câmera frontal. Por falar em tela, a deste aparelho tem 6,67 polegadas, tecnologia IPS, resolução Full HD e 144 Hz de taxa de atualização, para deixar o rolamento de imagens mais natural, fluida e rápida. A tecnologia Adaptive Sync é usada para escolher a melhor taxa de atualização para diferentes aplicativos, com valores indo de 30 a 144 Hz.

Tela com 144 Hz do Mi 10T e Mi 10T Pro. (Foto: Divulgação/Xiaomi)
Tela com 144 Hz do Mi 10T e Mi 10T Pro. (Foto: Divulgação/Xiaomi)

Seu processador é o Snapdragon 865, modelo octa-core que atualmente é um dos melhores do mundo e já chegará com o 5G habilitado aqui no Brasil. O celular será vendido em uma versão com 6 GB de memória RAM LPDDR5 e 128 GB de armazenamento interno, com tecnologia UFS 3.1 que torna a taxa de transmissão de dados mais rápida. Indo para as câmeras, este aparelho tem conjunto triplo de sensores. A principal tem 64 MP; a secundária tem 13 MP e lente ultra-wide; e a última possui 5 MP e lente macro. Na parte frontal, o Mi 10T possui um sensor de 20 MP. É válido destacar que o Mi 10T consegue realizar gravações de vídeo em até 8K a 30 FPS ou 4K a 60 FPS.

A bateria de 5.000 mAh também impressiona, podendo durar mais de um dia em uso moderado. A Xiaomi destaca o recurso de carregamento turbo, com suporte a carregadores de até 33W, que carregam o celular completamente em 59 minutos.

A Xiaomi ainda alfinetou a Apple com o aviso de "carregador na caixa" (Foto: Divulgação/Xiaomi)
A Xiaomi ainda alfinetou a Apple com o aviso de "carregador na caixa" (Foto: Divulgação/Xiaomi)

Veja sua ficha técnica:

  • Tela: 6,67 polegadas IPS LCD, resolução Full HD+, proporção 20:9 e taxa de atualização de 144 Hz
  • Processador: Snapdragon 865
  • Memória RAM: 6 GB LPDDR5
  • Armazenamento interno: 128 GB UFS 3.1
  • Câmeras traseiras: Câmera principal de 64 MP + ultra-wide de 13 MP + macro de 5 MP
  • Câmera frontal: 20 MP
  • Bateria: 5.000 mAh com carregamento rápido de 33W
  • Leitor biométrico: lateral
  • Sistema operacional: Android 10 e interface personalizada MIUI 12
  • Suporte a 5G

Xiaomi Mi 10T Pro

Design do Mi 10T Pro. (Foto: Divulgação/Xiaomi)
Design do Mi 10T Pro. (Foto: Divulgação/Xiaomi)

O Mi10T Pro tem a mesma aparência do Mi10T convencional. O conjunto de tela também foi mantido, bem como o processador Snapdragon 865 e suporte ao 5G. A diferença é que ele será vendido aqui no Brasil com 8 GB de RAM e 128 GB ou 256 GB de armazenamento interno. A bateria de 5.000 mAh também é a mesma, com suporte ao carregamento rápido de 33W.

A principal diferença fica no sensor principal do seu conjunto de câmeras, que tem 108 MP e estabilização óptica. Já a secundária tem 13 MP e lente ultra-wide, enquanto a terceira tem 5 MP e lente macro, essas que permanecem iguais ao modelo convencional.

Recursos da câmera do Mi 10T Pro. (Foto: Divulgação/Xiaomi)
Recursos da câmera do Mi 10T Pro. (Foto: Divulgação/Xiaomi)

A empresa destaca vários recursos da sua câmera, como a possibilidade de fazer gravações em 8K a 30 FPS, a possibilidade de gravar com a câmera frontal e traseira simultaneamente, várias ferramentas de edição, entre outras coisas.

O Mi 10T Pro conseguiu a incrível pontuação de 128 pontos do DXOMark, um site especializado em avaliar e fazer reviews detalhados de câmeras de celulares. No momento da publicação desta matéria, ele ocupa a quarta posição no ranking global do site.

Veja sua ficha técnica:

  • Tela: 6,67 polegadas IPS LCD, resolução Full HD+, proporção 20:9 e taxa de atualização de 144 Hz
  • Processador: Snapdragon 865
  • Memória RAM: 8 GB LPDDR5
  • Armazenamento interno: 128 GB ou 256 GB UFS 3.1
  • Câmeras traseiras: Câmera principal de 108 MP com estabilização óptica + ultra-wide de 13 MP + macro de 5 MP
  • Câmera frontal: 20 MP
  • Bateria: 5.000 mAh com carregamento rápido de 33W
  • Leitor biométrico: lateral
  • Sistema operacional: Android 10 e interface personalizada MIUI 12
  • Suporte a 5G