Produtos e novidades em Celular e Smartphone

Sucesso: Xiaomi Mi 9 e Redmi Note 7 somam 5 milhões de unidades distribuídas

Anúncio foi realizado pelo twitter oficial da marca de smartphones e pelo porta-voz global Donovan Sung.

Celular
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

Os chineses da Xiaomi seguem com tudo no mercado mundial de smartphones: com o final do mês de março, a empresa anunciou a marca de 5 milhões de unidades dos celulares Xiaomi Mi 9 e Redmi Note 7 enviadas às lojas ao redor do mundo.

Ao todo, desde o lançamento dos dois aparelhos, 1 milhão de Mi 9 foram vendidos, enquanto o Redmi Note 7, teve 4 milhões de unidades comercializadas. O anúncio foi feito pelo twitter oficial da Xiaomi e do seu porta-voz global, Donovan Sung na última segunda (1) e terça-feira (2), respectivamente.

Leia também: Xiaomi no Brasil: Redmi Note 6 Pro e Pocophone F1 chegam com preço alto

Os números expressivos apontam o “boom” que a marca, conhecida pela boa relação custo/benefício, causou na indústria mobile em poucos meses: o Xiaomi Mi 9 foi anunciado em fevereiro e, o Redmi Note 7, em janeiro deste ano, chegando à Índia e Europa em março.

Uma das razões do sucesso da Xiaomi no mercado mundial está na qualidade da câmera de seus aparelhos, já que ambos oferecem 48 megapixels: o Mi 9 conta com uma câmera tripla (48 MP + 16 MP + 12 MP) e o Redmi Note 7 traz uma dupla (48 MP + 5 MP). O primeiro garante gravações de vídeo em 4K a 60 fps e, o segundo, em Full HD a 120 fps.

Redmi

O desempenho também chama a atenção: o Mi 9 conta com opções de 6 GB ou 8 GB de memória RAM, processador Snapdragon 855 e 64 GB ou 128 GB de armazenamento. O aparelho ficou entre os smartphones mais poderosos do mundo nos testes do AnTuTu em março.

Já o Redmi Note 7 é um intermediário premium que dispõe de memória RAM de 3 GB, 4 GB ou 6 GB, chip Snapdragon 660 e espaço interno de 32 GB ou 64 GB, com possibilidade de expansão via microSD de até 256 GB.

Até o momento, o Xiaomi Mi 9 pode ser encontrado no mercado europeu pelo valor inicial de 449 euros, cerca de R$ 1,9 mil (conversão direta, sem impostos), enquanto o Redmi Note 7 é comercializado na China por preço a partir de 999 Yuan (R$ 540). A expectativa é que os smartphones desembarquem no Brasil em breve.

Enquanto o Mi 9 e o Redmi Note 7 não chegam ao Brasil, confira outras ofertas para celulares Xiaomi no Zoom:

 

Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone