Produtos e novidades em Console de Video Game

Anthem: salve o mundo da destruição no mais novo RPG cooperativo da BioWare

Em um mundo abandonado pelos deuses, somente os Freelancers poderão salvar a humanidade.

Anthem
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

Anthem é o mais novo jogo da BioWare em parceria com a Electronic Arts, disponível a partir do dia 22 de fevereiro para PS4, Xbox One e PC. Nesse artigo, o Zoom preparou um Raio X do novo game, mostrando as principais características do jogo, os seus requisitos mínimos e como são os gráficos e a jogabilidade.

A premissa de Anthem é atraente para os fãs de robôs gigantes, belos cenários e missões em equipe: em um mundo abandonado pelos deuses, uma facção maligna está atrás de uma tecnologia ancestral que pode levar a humanidade à extinção.

Assim, para enfrentar essa ameaça, nossos heróis (ou Freelancers) são recrutados e recebem uma armadura-robô chamada de Lança. Esse exoesqueleto tecnológico no estilo Homem de Ferro vem em quatro estilos diferentes, cada um com características e jogabilidades únicas: Patrulheiro, Colosso, Interceptador e Tempestade.

Dessa forma, o gameplay de Anthem permite a criação de equipes de até quatro integrantes que unem esforços e habilidades para vencer as missões que envolvem monstros gigantes, sobreviver a cataclismas naturais e o próprio cenário, que é totalmente interativo e pode muito bem te matar.

Encare o universo de Anthem como uma das quatro Lanças

Colosso

No começo da história, você só pode jogar com o Colosso, uma máquina de guerra com artilharia pesada, blindagem e lança-chamas. Assim, esse exoesqueleto funciona como tanque, perfeito para dar muito dano nos inimigos e deixá-los vulneráveis para que seus amigos terminem o serviço.

O seu ponto fraco, entretanto, é sua velocidade mais lenta, fazendo com que Freelancers equipados com um Colosso possam ser alvos mais fáceis das armas dos inimigos. Esse tipo de armadura também não pode carregar pistolas.

Patrulheiro

Conforme o desenrolar do gameplay, você poderá escolher entre as outras classes de Lança. Assim, você não vai precisar criar outro personagem caso queira adquirir um novo tipo de armadura.

O Patrulheiro é o mais versátil dos exoesqueletos e pode carregar não só granadas de gelo para congelar os adversários como também granadas guiadas para ter total controle de grupo.

Interceptador

Se você prefere agilidade e leveza, os Interceptadores vão ser sua melhor opção. Assim, suas chances de se infiltrar nas defesas inimigas são maiores. Essa classe ainda tem armas poderosas como o turbilhão de danos com adagas.

Tempestade

Como o próprio nome sugere, a classe da Tempestade utiliza a força elemental, podendo disparar raios e criar explosões durante as batalhas. Apesar de ter uma armadura comparativamente frágil, a força e potência do traje compensam, sendo uma boa opção para afastar hordas de adversários de uma vez só.

Game conta com jogabilidade fluida e gráficos surpreendentes

Agora que você já escolheu sua Lança, chegou a hora de explorar os belos cenários que a BioWare criou em Anthem. Em primeiro lugar, chama a atenção o visual pós-apocalíptico que mistura a natureza de Avatar com uma boa dose das tecnologias futuristas de Destiny (PS4, Xbox One) e Titanfall (PS4, Xbox One).

Todo esse visual incrível é palco de missões que envolvem quase sempre defender uma zona e eliminar os perigos existentes. Embora existam tarefas secundárias, a falta de variedade de missões é um problema, deixando o jogo um pouco repetitivo.

As missões quase sempre envolvem defender uma zona e eliminar os perigos, deixando o RPG cooperativo cansativo em certos momentos.

Anthem tem uma espécie de ponto de encontro entre os players que é a Fortaleza Tarsis, único lugar onde você não vai estar a bordo de sua armadura-robô. Nesse local é possível aceitar missões secundárias através de contratos com personagens do jogo.

A princípio, Anthem não terá a opção de pvp (jogador x jogador) e o modo em terceira pessoa será o padrão. Apenas em alguns momentos, como na Fortaleza Tarsis, é que haverá a troca para a primeira pessoa.

Além disso, outras características contribuem para a imersão do jogador, como o ciclo de dia e noite durante o gameplay e a grande interação com a fauna e flora do planeta. Outro ponto de destaque é a movimentação das Lanças, que é muito bem-feita. Dessa forma, é permitido que o jogador voe e atire com segurança e precisão.

Missões Pós-Campanha garantem a rejogabilidade

Uma forma de deixar o jogo interessante mesmo depois que você acabe a missão principal foi investir em missões pós-campanha. Dessa maneira, somente após a história principal você pode desbloquear missões e entrar em níveis de dificuldade mais trabalhosos.

Além disso, torna-se possível customizar celebrações de vitória e entradas do seu personagem. Quanto mais você avança, mais sua Lança fica com a sua cara.

Cinco coisas que você precisa saber antes de jogar Anthem

Gostou de Anthem? Então fique ligado: a Zoom listou cinco detalhes importantes se você ainda está em dúvida se vale a pena investir nesse mundo criado pela BioWare:

1. Não será preciso gastar dinheiro de verdade durante o jogo. Essa é uma ótima notícia para quem deseja uma experiência mais fluida e completa, sem necessidade de ter que desembolsar a mais para avançar no jogo.

2. Os loots são muito importantes. Ao vencer um inimigo, será possível coletar itens especiais, os chamados loots. Esses objetos terão diferentes níveis de raridade, variando de acordo com o seu nível.

3. Serão 30 níveis para você passar durante o jogo. Assim, você começa no nível 1 e conforme for jogando e vencendo seus desafios, poderá chegar em níveis maiores, desbloqueando acessórios e armas.

4. A sua armadura pode sobreaquecer. Assim, você não vai conseguir ligar o modo avião e sair voando por todo o mapa. Existem, entretanto, formas de esfriar rapidamente seu traje, como entrando dentro d'água.

5. Nenhum animal em Anthem é amigável! Ou seja, se você ver um pássaro voando perto de você, fuja para o outro lado o mais rápido possível.

Confira os requisitos mínimos do sistema para rodar Anthem no PC

Se você gostou de Anthem e está na dúvida se o seu PC vai suportar o jogo, essas são as configurações mínimas que você precisa ter:

  • Sistema Operacional: 64-bit Windows 10.
  • CPU: Intel Core i5 3570 ou AMD FX-6350.
  • RAM: 8 GB.
  • GPU: Nvidia GTX 760, AMD Radeon 7970 / R9280X.
  • GPU RAM: 2 GB.
  • Disco Rígido: Pelo menos 50 GB de espaço livre.
  • DIRECTX: DirectX 11

Veja ofertas do game Anthem para Xbox One e PS4:

 


Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em console de video game