Produtos e novidades em Console de Video Game

PS5 tem suporte a Ray Tracing, retrocompatibilidade e SSD confirmados

O sucessor do PS4 recebeu informações oficiais e promete uma ficha técnica interessante, confira!

ps4
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

Depois de muitos rumores e especulações, finalmente temos informações oficiais a respeito do PlayStation 5!

Mark Cerny, líder de engenharia do console da próxima geração, deu uma entrevista ao site Wired e revelou algumas questões técnicas da próxima geração da Sony.

Controle PlayStation

O primeiro fato importante é que o PS5 - o nome ainda não está confirmado - terá um grande salto de performance em relação à geração anterior, como era de se esperar. Isso graças à parceria com a AMD, que fornecerá processadores Ryzen de terceira geração, com arquitetura Zen2 de 7nm, customizados para o console.

Mais detalhes sobre a nova arquitetura devem ser revelados apenas em junho, na Computex 2019: os processadores são aguardados com muita expectativa pelos entusiastas por hardware, e prometem um grande avanço em termos de performance.

Arquitetura Zen2

Hardware pontente promete uma grande evolução nos gráficos do PS5

As unidades de vídeo também serão responsabilidade da AMD, que vai fornecer GPUs Navi de última geração. Com isso, o PS5 será capaz de utilizar a tecnologia Ray Tracing em tempo real, tecnologia que está chegando agora aos computadores gamer de alto desempenho.

Essa tecnologia é utilizada para tornar reflexos e sombras mais realistas, simulando a forma como os raios de luz refletem nos objetos em uma cena, refletindo através de poças d'água ou de superfícies de vidro. Mark faz questão de enfatizar que a tecnologia também pode ser utilizada para implementar ambientações mais imersivas no som dos games, seguindo a mesma lógica de simular a tragetória do som.

Cerny também afirma que o time de desenolvimento do PS5 está trabalhando para melhorar a experiência sonora dos games, incluindo até mesmo um chip dedicado para o Som 3D. Alguns jogos da atual geração já utilizaram o som Surround, como Hellblade: Senua's Sacrifice, mas de maneira tímida. Cerny deixou claro que é uma prioridade que os jogos da próxima geração se utilizem disso, que abracem o som como algo que evoluiu junto com as gerações.

Demonstração de Ray Tracing

Outro detalhe relevante é que o PS5 terá suporte à 8K, resolução que chega esse ano às Smart TVs mais avançadas de marcas como LG, Sony e Samsung. Este é um bom indício de que o console tem poder de fogo suficiente para rodar alguns games acima dos 60FPS em resoluções mais baixas, marca que nem mesmo o PS4 Pro atinge com consistência.

Em relação ao armazenamento, uma informação que já era bastante especulada e foi confirmada por Cerny é que o PS5 virá equipado com um SSD, unidade de armazenamento que é consideravelmente mais rápida que os HDs tradicionais, e reduz bastante os tempos de carregamento de arquivos, o que reflete em menus e cenários muito mais responsivos nos games. Usando o game Spider-Man como exemplo, foi possível reduzir o tempo de carregamento de uma fase de 15 segundos para menos de 1 segundo.

PS5 oferecerá retrocompatibilidade com a biblioteca do PS4

Uma excelente notícia para quem já tem uma grande biblioteca no PS4 é que o PS5 oferecerá retrocompatibilidade com todos os jogos da geração anterior. Isso é um grande alívio para os gamers: se você teve de se livrar dos seus jogos do PS3 ao fazer a transição geracional, sabe o quão importante isso é.

Sobre uma possível data de lançamento, Mark Cerny deixou claro que o console não será lançado em 2019, embora muitas desenvolvedoras já estejam com o devkit em mãos para que o PS5 seja lançado com uma biblioteca razoável. Com isso, podemos esperar que os últimos games da geração, como The Last of Us 2, Final Fantasy VII Remake, Cyberpunk 2077 e Death Stranding sejam lançados para os dois consoles, como aconteceu com alguns títulos de PS3 e PS4 durante a transição.

Resumindo o que descobrimos a respeito do PS5, temos uma prévia da ficha técnica:

  • Processador Ryzen com arquitetura Zen2
  • GPU AMD Navi
  • Suporte a Ray Tracing
  • Suporte a som 3D
  • Resolução máxima: 8K
  • Armazenamento em SSD
  • Retrocompatibilidade com o PS4
  • PSVR será compatível com o novo console

 

Apenas boas notícias a respeito do novo console da Sony - e também para os donos do PS4, que podem continuar por mais algum tempo sem a preocupação de trocar de aparelho!

Leia também: Os Melhores Jogos de PS4 deste ano

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em console de video game