Retrospectiva 2020: relembre os melhores jogos e consoles do ano

Nova geração de consoles, jogos de peso e adiamentos por conta da COVID-19 marcaram 2020

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 9 min. de leitura.

Compartilhe:

O ano de 2020 foi bastante agitado para os gamers. A nova geração de consoles começou com a chegada dos PlayStation 5 (PS5) e Xbox Series X/S, e jogos muito aguardados, como The Last of Us Parte 2 e Cyberpunk 2077, finalmente foram lançados mesmo depois dos adiamentos por conta da COVID-19.

Para relembrar os melhores jogos e acometimentos mais marcantes de 2020, nós do Zoom montamos um infográfico com os principais lançamentos de janeiro a dezembro. No final, você confere um texto com detalhes sobre cada um dos games citados nas linhas a seguir.

Leia também: PS5 vs Xbox Series X: comparativo de especificações, controle e jogos

Quer saber mais sobre games? Veja outros artigos aqui no Zoom!

Janeiro

Kentucky Route Zero (28/01)

Kentucky Route Zero traz uma misteriosa história sobre a estranha "Rota Zero" (Divulgação: Cardboard Computer)
Kentucky Route Zero traz uma misteriosa história sobre a estranha "Rota Zero" (Divulgação: Cardboard Computer)

O ano começou com o misterioso game de aventura Kentucky Route Zero, o qual apresenta uma jogabilidade de apontar e clicar semelhante a clássicos de PC, mas sem a tradicional coleta de itens e quebra-cabeças.

No jogo acompanhamos a história do caminhoneiro Conway, que se perde ao realizar uma entrega e precisa navegar pela enigmática "Rota Zero", pela qual reúne um grupo de figuras igualmente estranhas e tenta desvendar um mistério.

Menções honrosas:

  • Dragon Ball Z: Kakarot (17/01)
  • Journey to the Savage Planet (28/01)
  • Warcraft III: Reforged (28/01)

Fevereiro

Dreams (14/02)

Dreams permite que mesmo usuários sem experiência com programação criem seus próprios jogos (Reprodução: PlayStation)
Dreams permite que mesmo usuários sem experiência com programação criem seus próprios jogos (Reprodução: PlayStation)

Dos mesmos criadores da série LittleBigPlanet, Dreams não é exatamente um jogo, mas uma ferramenta de criar jogos. O título oferece opções simples e intuitivas para criar seus próprios personagens, inimigos, cenários, definir seus movimentos e as regras de seu jogo.

Dreams é capaz de dar asas à imaginação de usuários que nunca tiveram qualquer contato anterior com ferramentas de criação de games.

Menções honrosas:

  • Zombie Army 4: Dead War (04/02)
  • Darksiders Genesis (14/02)
  • Two Point Hospital (25/02)

Março

Animal Crossing: New Horizons (20/03)

Animal Crossing: New Horizons deu um passo adiante na série ao permitir personalizar sua ilha além de sua casa (Divulgação: Nintendo)
Animal Crossing: New Horizons deu um passo adiante na série ao permitir personalizar sua ilha além de sua casa (Divulgação: Nintendo)

A franquia da Nintendo deu um grande passo no Nintendo Switch ao permitir que usuários não apenas interagissem com os habitantes de sua vila e realizassem tarefas para pagar contas, mas também personalizassem sua ilha, além de sua casa.

Um novo sistema de coleta de materiais e bricolagem permite criar seus próprios itens, os quais podem ser colocados em sua ilha para criar um ambiente decorado do seu jeito. Até mesmo a topologia da ilha pode ser alterada com recursos para mudar seu relevo.

Menções honrosas:

  • Ori and the Will of the Wisps (11/03)
  • Doom Eternal (20/03)
  • Half-Life: Alyx (23/03)

Abril

Final Fantasy VII Remake (10/04)

Final Fantasy VII Remak reimagina as primeiras horas do clássico RPG do PlayStation One (Divulgação: Square Enix)
Final Fantasy VII Remak reimagina as primeiras horas do clássico RPG do PlayStation One (Divulgação: Square Enix)

O aguardado remake de Final Fantasy VII teve sua primeira parte lançada, a qual englobava toda a parte inicial do game que se passava na cidade de Midgard. As primeiras horas do jogo original do PSOne se transformaram em dezenas de horas com um novo sistema de batalha com ação em tempo real, missões extras, cenas inéditas e muito mais, tudo com um belo visual atualizado.

Para completar, o final dessa primeira parte do remake ainda surpreende com eventos que diferem do clássico e levantam questões sobre o futuro dos próximos capítulos do jogo.

Menções honrosas:

  • Resident Evil 3 (03/04)
  • Legends of Runeterra (29/04)
  • Streets of Rage 4 (30/04)

Maio

Minecraft Dungeons (26/05)

Minecraft Dungeons leva os personagens e monstros para um game de aventura e RPG multiplayer (Reprodução: Microsoft)
Minecraft Dungeons leva os personagens e monstros para um game de aventura e RPG multiplayer (Reprodução: Microsoft)

O novo game da franquia Minecraft se afasta um pouco do mundo aberto de construção para explorar um lado mais voltado para a ação. Com multiplayer cooperativo para até quatro pessoas, Minecraft Dungeons coloca jogadores para explorar masmorras e cavernas repletas de hordas de inimigos como zumbis, esqueletos e algumas criaturas originais criadas para o game.

O estilo de Minecraft Dungeons é bastante parecido com games do gênero "dungeon crawlers", ou seja, exploração de masmorras em busca de tesouros. Outros títulos desse tipo são Diablo, Hades e até mesmo Dark Souls.

Menções honrosas:

  • Huntdown (12/05)
  • Maneater (22/05)
  • Xenoblade Chronicles Definitive Edition (29/05)

Junho

The Last of Us Parte 2 (19/06)

The Last of Us Parte 2 continua a história de Ellie alguns anos após o original, em um mundo mais violento (Reprodução: Naughty Dog)
The Last of Us Parte 2 continua a história de Ellie alguns anos após o original, em um mundo mais violento (Reprodução: Naughty Dog)

Este é outro game que foi muito aguardado pelos jogadores em 2020 por ser a sequência do aclamado The Last of Us. A história do jogo se passa alguns anos após o primeiro, dessa vez com Ellie como protagonista.

O enredo mostra como o mundo evoluiu sem terem encontrado uma cura para os esporos que transformavam pessoas em um tipo de zumbi. Após a comunidade de Ellie ser atacada, ela se lança em uma violenta jornada de vingança contra os responsáveis.

Menções honrosas:

  • Valorant (02/06)
  • Desperados III (16/06)
  • SpongeBob SquarePants: Battle For Bikini Bottom – Rehydrated (23/06)

Julho

Ghost of Tsushima (17/07)

Em Ghost of Tsushima o jogador terá que escolher entre a honra de um samurai ou o caminho do fantasma (Reprodução: PlayStation Blog)
Em Ghost of Tsushima o jogador terá que escolher entre a honra de um samurai ou o caminho do fantasma (Reprodução: PlayStation Blog)

Um exclusivo da Sony que surpreendeu bastante este ano foi Ghost of Tsushima, desenvolvido pelos mesmos criadores da série Infamous. O jogo de mundo aberto conta a história de Jin Sakai, um samurai que tenta defender sua ilha da invasão dos Mongóis e se vê em um dilema entre manter sua honra ou tornar-se um fantasma que mata seus inimigos nas sombras. Recentemente o jogo ganhou também um modo multiplayer online chamado Legends, baseado na mitologia da ilha.

Menções honrosas:

  • Marvel's Iron Man VR (03/07)
  • Paper Mario: The Origami King (17/07)
  • Grounded (28/07)

Agosto

Fall Guys: Ultimate Knockout (04/08)

Fall Guys: Ultimate Knockout é um game multiplayer online extremamente caótico e divertido (Reprodução: PlayStation)
Fall Guys: Ultimate Knockout é um game multiplayer online extremamente caótico e divertido (Reprodução: PlayStation)

Baseado em game shows de provas físicas, que também inspiraram as "Olimpíadas do Faustão", Fall Guys é um game multiplayer caótico no qual o jogador tenta sobreviver até o fim contra as mais bizarras provas.

Os players controlam criaturinhas estranhas e desengonçadas em um grupo com até 60 participantes que precisam atravessar pistas de obstáculos enquanto contam tanto com habilidade quanto com sorte para serem os últimos sobreviventes.

Menções honrosas:

  • Microsoft Flight Simulator (18/08)
  • Spiritfarer (18/08)
  • Wasteland 3 (28/08)

Leia também: Lançamentos de jogos em agosto de 2020: os games mais esperados do mês

Setembro

Hades (17/09)

O game independente Hades que mistura "rogue" com mitologia grega foi uma das surpresas do ano (Divulgação: Supergiant Games)
O game independente Hades que mistura "rogue" com mitologia grega foi uma das surpresas do ano (Divulgação: Supergiant Games)

Uma das maiores surpresas do ano foi o jogo independente Hades, que conta a história de Zagreus, filho do Deus da Morte que deseja escapar do inferno. O game traz uma jogabilidade "rogue" na qual o usuário tenta várias vezes a mesma missão com diferentes habilidades, porém cada vez que morre pode aumentar um pouco seus status para chegar mais longe da próxima vez.

Durante sua aventura é possível também fazer amizade com outros deuses e figuras da mitologia grega, os quais podem oferecer novos poderes e habilidades de acordo com seu relacionamento com eles.

Menções honrosas:

  • Tony Hawk's Pro Skater 1 And 2 (04/09)
  • Super Mario 3D All-Stars (18/09)
  • Genshin Impact (28/09)

Leia também: Lançamentos de jogos em setembro de 2020: os games mais esperados

Outubro

Watch Dogs: Legion (29/10)

Watch Dogs: Legion traz um conceito ambicioso de poder recrutar qualquer personagem no game (Reprodução: PlayStation)
Watch Dogs: Legion traz um conceito ambicioso de poder recrutar qualquer personagem no game (Reprodução: PlayStation)

O novo capítulo da série Watch Dogs apresentou um conceito extremamente curioso para o game: a possibilidade de recrutar qualquer personagem do jogo para seu time.

Em um futuro distópico em Londres, no qual a cidade se tornou um estado policial, o grupo de hackers DedSec tenta montar uma resistência composta pelos mais diferentes tipos de pessoas. Todos os personagens do game têm habilidades únicas e motivos diferentes para se unir ao DedSec, se forem convencidos.

Menções honrosas:

  • Crash Bandicoot 4: It's About Time (02/10)
  • Star Wars: Squadrons (02/10)
  • FIFA 21 (09/10)

Leia também: Lançamentos de jogos em outubro de 2020: FIFA 21, Watch Dogs e mais

Novembro

Xbox Series X/S (10/11)

O Xbox Series X (Direita) e Series S (Esquerda) foram os primeiros consoles da nova geração em 2020 (Divulgação: Xbox)
O Xbox Series X (Direita) e Series S (Esquerda) foram os primeiros consoles da nova geração em 2020 (Divulgação: Xbox)

O novo console da Microsoft deu a partida na nova geração com um videogame que, pela primeira vez, veio em dois modelos distintos: Xbox Series X e Series S.

Enquanto o Xbox Series X traz mais potência com foco em resolução 4K e taxa de quadros a 120 FPS, o Series S oferece uma porta de entrada com foco em uma resolução menor por quase metade do preço. Tanto o Xbox Series X/S quanto o PlayStation 5 contam com iluminação Ray Tracing e armazenamento SSD para carregamentos mais rápidos.

PlayStation 5 (19/11)

O PlayStation 5 também deu início a nova geração e trouxe seu novo controle DualSense (Reprodução: PlayStation)
O PlayStation 5 também deu início a nova geração e trouxe seu novo controle DualSense (Reprodução: PlayStation)

Pouco depois, ainda em novembro, foi a vez da Sony também lançar seu console de nova geração, o PlayStation 5. As especificações técnicas de ambos os videogames são bem próximas, mas o PS5 investe também em um novo controle chamado DualSense, capaz de reproduzir diferentes níveis de tensão no gatilho e sensações físicas na mão do jogador.

O console da Sony também teve alguns exclusivos de peso em seu lançamento como o novo Spider-Man: Miles Morales e o remake de Demon's Souls.

Menções honrosas:

  • Assassin's Creed Valhalla (10/11)
  • Demon's Souls (12/11)
  • Marvel's Spider-Man: Miles Morales (12/11)

Leia também: Lançamentos de jogos em novembro de 2020: os games mais aguardados

Dezembro

Cyberpunk 2077 (10/12)

Cyberpunk 2077 é um dos jogos mais esperados do ano e promete fechar a geração com chave de ouro (Divulgação: CD Projekt Red)
Cyberpunk 2077 é um dos jogos mais esperados do ano e promete fechar a geração com chave de ouro (Divulgação: CD Projekt Red)

O game mais esperado de 2020 fechou o ano com chave de ouro no mundo futurista de Cyberpunk 2077. O game é um RPG que mescla partes de ação, tiro e carro no papel de V, um mercenário que procura por fama e riqueza na futurista cidade de Night City.

O jogo fica disponível inicialmente para consoles da oitava geração (PS4 e Xbox One), mas pode ser jogado também no PS5 e Xbox Series X/S por retrocompatibilidade. Em 2021, os novos consoles receberão uma versão própria do Cyberpunk 2077 com melhorias.

Menções honrosas:

  • Worms Rumble (01/12)
  • Immortals Fenyx Rising (03/12)
  • Call of the Sea (08/12)

Leia também: Lançamento de jogos em dezembro de 2020: Cyberpunk 2077 e mais

Leia também: