Produtos e novidades em Fone de Ouvido e Headset

Fone de ouvido JBL T110 é bom? Conheça preço e ficha técnica

Modelo com fios é opção barata para quem quer um bom fone de ouvido sem gastar muito.

fone de ouvido jbl t110 é bom
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

O JBL T110 é um fone de ouvido bastante popular entre os consumidores, principalmente por se tratar de um produto relativamente barato. Porém, antes de saber se o acessório oferece bom custo/benefício, é importante fazer uma análise em suas especificações para conhecer fatores como conectividade e qualidade sonora.

Também vale ressaltar que o JBL T110 tem uma versão sem fios, o JBL T110BT, que tem preço mais alto. Logo, é importante ficar atento para evitar confusões na hora da compra.

Mas vamos direto ao ponto: descubra se vale a pena comprar JBL 110 no Brasil!

Leia também:Os 11 Melhores Fones de Ouvido Intra-Auriculares em 2019

Design discreto e funcional

O JBL T110 tem visual simples, com foco na funcionalidade e na experiência, e menos em estética. O encaixe é caracterizado por uma pequena angulação para facilitar o conforto no uso e para que não caia dos ouvidos. As pontas de silicone são confortáveis e agradáveis ao uso.

Ainda, contém um botão de play/pause, que funciona também como função de avançar ou retroceder em playlists de músicas. Essas duas funcionalidades são muito úteis para quem gosta de ouvir música no dia a dia, principalmente em dispositivos móveis.

Fone de Ouvido JBL T110

O cabo é achatado, o que foi pensado para evitar problemas com fios emaranhados, comum para quem possui fones in-ear

A entrada é o padrão P2 (3,5 mm) – o que pode ser um alerta para usuários de iPhones mais recentes ou determinados modelos de Android que não contam mais com essa porta. Nesses casos, será necessário usar um adaptador (vendido separadamente).

O fone também dispõe de um microfone, que permite atendimento de chamadas quando conectado ao celular. Isso também viabiliza a utilização por usuários mais comuns, que precisam de uma opção para o cotidiano.

Graves na medida certa

O grande destaque do modelo é a tecnologia Pure Bass, que acentua as frequências mais baixas, permitindo maior definição para os graves das músicas. 

Já os seus médios e agudos também são satisfatórios para usuários comuns e possibilitam uma boa percepção de informações, como vozes de cantores. Para quem ouve música para prestar maior atenção às letras, é uma opção interessante.

No geral, ele entrega um som equilibrado, entre as principais frequências, que não deve desagradar ouvintes que não são muito exigentes.

Fone de Ouvido Com Fios JBL T110

Isolamento deixa a desejar

Para quem pretende ouvir música em locais barulhentos, como ônibus, metrô e na rua, o fone pode trazer alguns problemas na compreensão das informações sonoras. Isso porque sua capacidade de isolamento não é das melhores.

Além disso, por realçar as frequências mais baixas, esses fones podem soar um pouco baixos em algumas situações. A resposta de agudos dele é geralmente satisfatória, mas não é tão boa quanto a de graves, portanto, o brilho pode faltar em algumas músicas.

Aliás, os médios também são afetados pelo fato da tecnologia empregada na construção do fone priorizar os graves. Isso tudo prejudica a experiência, caso o usuário deseje ouvir em um ambiente de concorrência entre sons.

A versão Bluetooth: JBL T110BT

A opção Bluetooth (JBL T110BT) é interessante por conta da duração da bateria, que dura 6 horas, e da praticidade para realizar outras tarefas, como a prática de esportes. A versão traz, basicamente, as mesmas características do T110, como integração com funções do celular e microfone, mas dispensa os fios. 

Fone de Ouvido Bluetooth JBL T110BT Sem Fio

Custo/Benefício: o JBL T110 vale a pena?

O grande destaque desse modelo é o custo-benefício que ele propicia. Afinal, sua qualidade e tecnologia envolvida é bem interessante para um equipamento nessa faixa de preço, sendo uma opção de entrada bem mais robusta que outras disponíveis de outras marcas. 

Questões ergonômicas, que facilitam o uso e evitam alguns inconvenientes comuns para ouvintes, são outro diferencial que pesa na relação custo/benefício. Para ouvintes medianos, que não precisam de uma opção mais poderosa para monitoração profissional de palco, por exemplo, esse modelo compensa. 

Mas para o uso em lugares fora de casa, o fone acaba decepcionando um pouco e oferecendo uma experiência pouco satisfatória. Para quem deseja uma maior definição de som e fidelidade, o ideal é investir em modelos mais avançados, como o Senheiser CX 380.

Ficha técnica do JBL T110 (com fios):

  • Peso: 13 g
  • Cores: preto, azul e branco
  • Frequência de resposta dos drives: 20 Hz a 20 kHz
  • Impedância e sensibilidade: não informado
  • Microfone: mono
  • Driver: 9 mm
  • Conexão: cabo achatado P2 (plug de 3,5 mm) e com controle remoto.
  • Peso: 15 gramas
  • Dimensões: 1,17 x 1,17 x 2,27 cm
  • Cores: Preto ou branco
  • Frequência de resposta: 20 Hz a 20 kHz
  • Impedância de entrada: 16 ohm
  • Sensibilidade: 96 dB

Ficha Técnica do JBL T110BT (sem fio):

  • Peso: 15 gramas
  • Dimensões: 1,17 x 1,17 x 2,27 cm
  • Cores: Preto ou branco
  • Frequência de resposta: 20 Hz a 20 kHz
  • Impedância de entrada: 16 ohm
  • Sensibilidade: 96 dB


Leia também:

 

Mais sobre o /deumzoom:

 

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em fone de ouvido e headset