Xiaomi lança Redmi AirDots 2 com preço baixo e reforço nos graves

Novos fones TWS da Xiaomi prometem melhor qualidade sonora e já estão em pré-venda na China.

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 3 min. de leitura.

A Xiaomi anunciou o lançamento dos Redmi AirDots 2 na China. Os fones de ouvido true wireless (TWS) da marca chinesa chegam para substituir os Redmi Airdots de primeira geração – modelo com bom custo-benefício que é sucesso de vendas aqui, no Brasil.

Os novos fones trazem uma série de melhorias em recursos internos, mas continuam mantendo a principal característica da linha, que é entregar boa qualidade sonora por um preço baixo. O design também não traz nenhuma mudança significativa.

Veja também: 12 modelos de fones TWS para comprar em 2020

Design

Visual semelhante aos Redmi AirDots de primeira geração

O Redmi AirDots 2 manteve o design do seu irmão mais velho, com construção em plástico, formato arredondado e modelo intra auricular, daqueles que entram a fundo na orelha. O estojo também continua muito parecido a versão anterior, por isso no quesito estética podemos dizer que o lançamento não mudou praticamente nada.

Redmi AirDots 2 têm visual semelhante ao da primeira geração. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Redmi AirDots 2 têm visual semelhante ao da primeira geração. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Qualidade de som

Redmi AirDots 2 prometem graves reforçados

As principais diferenças estão no sistema interno do Redmi AirDots 2. Eles têm um novo driver de 7,2 mm, que é o mesmo tamanho do seu antecessor, mas que promete qualidade de som superior. De acordo com a Xiaomi, o novo modelo irá oferecer um som de baixa frequência, com graves potentes, médios de qualidade e agudos delicados.

Outra mudança é a adição de Bluetooth de última geração. Entre as vantagens do Bluetooth 5, se destaca a baixa latência na transmissão de dados, economia de energia e nova forma de envio das faixas de áudio.

Redmi AirDots 2. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Redmi AirDots 2. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Agora, cada lado dos Redmi AirDots 2 receberá as faixas de forma independente, por isso ele poderá ser usado no modo mono, com apenas um lado do fone. Em seu antecessor, apenas um lado recebe as faixas e transmite para o outro.

Recursos adicionais

Fones podem disparar fotos à distância

Os Redmi AirDots 2 terão tecnologia de redução de ruídos para chamadas e integração com o assistente de voz da Xiaomi, o XiaoAI. No entanto, ele não poderá ser usado com outros assistentes, como é o caso da Google Assistente ou Siri.

Os botões laterais para continuar ou pausar músicas também permanecem, mas agora é possível realizar outras ações fora do reprodutor, como abrir o app de mensagem, localizar o telefone, tirar uma foto, entre outras.

Bateria

Os Redmi AirDots 2 mantêm autonomia da primeira geração

Apesar das mudanças no sistema interno do Redmi AirDots 2, a autonomia de bateria continua a mesma da primeira geração. Cada carga suporta cerca de 4 horas de reprodução contínua, sendo que o estojo oferece mais 12 horas de bateria extra, totalizando 16 horas com o fone fora da tomada.

Preço e disponibilidade

Quanto custam os Redmi AirDots 2?

Por enquanto os Redmi AirDots 2 só foram anunciados na China e ainda não têm previsão de chegada a outros mercados, incluindo o Brasil.

Inicialmente a Redmi, que é a fabricante e subsidiária da Xiaomi, está arrecadando dinheiro em um financiamento coletivo para o lançamento dos fones, e quem fizer a compra nesta pré-venda pagará apenas 79 iuanes, cerca de R$ 60 em conversão direta e sem adição de impostos. Quando o fone for lançado, seu valor irá subir para 99 iuanes, algo em torno de R$ 76 em conversão direta e sem impostos.

A expectativa é de que os Redmi AirDots 2 cheguem ao Brasil (por meio de importação), até o final de 2020.

Compare preços

Enquanto a segunda geração não chega, aproveite as melhores ofertas para os Redmi AirDots no Zoom