Mulher loira aplica creme anti-idade com ácido glicólico na pele do rosto

Ácido glicólico: já conhece os benefícios? Veja 6 melhores produtos com o ativo

Entenda para que serve o ácido glicólico e aproveite nossas dicas de produtos para usar na rotina de cuidados com a pele

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 6 min. de leitura.

Compartilhe:

É bem provável que você já tenha ouvido falar sobre o ácido glicólico, certo? Esse é um ativo presente em muitos produtos dermatológicos, com benefícios que vão desde a ação antienvelhecimento até o controle da acne. Por isso, não é à toa que ele vem ganhando cada vez mais espaço na rotina de skincare de mulheres de todas as idades.

Agora, se você se interessou por esse ativo e quer descobrir mais detalhes sobre para que serve e como usar o ácido glicólico, é só conferir nossas dicas abaixo! Para te ajudar ainda mais, conversamos com a médica dermatologista Betina Stefanello (@drabetinastefanello) e tiramos as principais dúvidas. Além disso, separamos também uma lista com cinco produtos com o ativo para você conhecer e testar. Só não se esqueça de consultar o médico dermatologista antes, combinado?

Confira dicas para acertar na rotina de skincare para pele oleosa

O que é ácido glicólico?

O ácido glicólico é um tipo de ácido produzido a partir de derivados da cana-de-açúcar. Muito usado na dermatologia, está disponível não apenas nos peelings dos consultórios, mas também na fórmula de produtos em gel, cremes e séruns para usar na pele do rosto e do corpo.

Não sabe como fazer Skincare masculino? Veja 6 produtos para começar

Para que serve o ácido glicólico?

O ácido glicólico serve para promover a renovação celular da pele. Ele tem propriedades capazes de fazer uma esfoliação química, acelerando a formação de uma camada de pele renovada.

"Ele é utilizado de uma forma geral para fazer renovação celular, ou seja, é capaz de fazer uma leve esfoliação na pele, removendo as células mortas. Além disso, ele tem poder antienvelhecimento porque tem ação sobre o colágeno, estimulando e reduzindo rugas finas", explica a médica.

Com tudo isso, o ácido glicólico acaba sendo considerado um ativo muito versátil, que previne e trata sinais de envelhecimento, além de proporcionar uma pele mais viçosa.

Mas, afinal de contas, o ácido glicólico é melhor que os outros ácidos?

Existe uma infinidade de ácidos com diferentes tipos e potências que servem para diferentes propósitos - isso você já deve ter percebido, né? No entanto, as funções se sobrepõem muitas vezes - por isso, a médica explica que não dá pra dizer que um ácido é necessariamente melhor que outro.

"Por exemplo, o ácido mandélico pode ser 'inferior' ao glicólico quando utilizamos para clareamento, mas é muito 'superior' quando transpomos isso para a pele negra. Na prática, o ácido mandélico é superior a outros ácidos atuando na pele negra", detalha a especialista.

Descubra o que causa cicatriz de acne e como evitar

O ácido glicólico pode ser usado por todos os tipos de pele?

A princípio, com cautela, a médica afirma que o ácido glicólico pode ser usado por todos os tipos de pele. Mas é preciso ter um cuidado extra no uso se você tem pele sensível, ok?

"Devemos ter um cuidado extra nesses pacientes, pois existe uma baixa tolerância a ácidos de uma maneira geral. Pacientes com pele seca, por exemplo, ficarão com pele mais seca. Minha dica nesses casos é já utilizar o calmante da pele ou hidratante na hora da aplicação do ácido - assim já prevenimos o desconforto", indica Betina.

Como usar o ácido glicólico?

Como usar ácido glicólico vai depender de cada produto escolhido e da recomendação de um dermatologista. Mas a boa notícia que Betina destaca é que o glicólico é um ácido melhor tolerado pelos pacientes do que o ácido retinóico, por exemplo, pois não causa descamação tão intensa.

Assim, na prática, é possível fazer um peeling com o ácido glicólico no consultório, com concentrações maiores do produto; usar na etapa de limpeza, quando o ativo está presente no sabonete ou gel de limpeza; ou até na hidratação da pele, usando um creme ou sérum com o ingrediente que promove a renovação celular.

Mulher jovem faz peeling na pele com ácido glicólico
O ácido glicólico pode ser aplicado em concentrações mais altas como peeling que renova a superfície da pele (Foto: Shutterstock)

Geralmente, não há problemas em usar esses produtos durante o dia, mas fique atento caso haja recomendação para evitar exposição ao sol. Se houver, o uso do protetor solar é indispensável, lembrando sempre de retocar o produto ao longo do dia.

"Eu gosto de utilizá-lo a noite e gosto mais ainda de associar com outros produtos clareadores, pois eles têm uma sinergia muito boa", observa a especialista.

Já ouviu falar de ácido mandélico? Veja o que é e para que serve o ativo

Quais são os benefícios do ácido glicólico?

A renovação celular promovida pelo ácido glicólico tem vários benefícios. Um deles é minimizar linhas de expressão, já que ele promove a produção de colágeno. O ácido glicólico também ajuda a controlar a oleosidade, ótimo para quem tem acne, e consegue clarear manchas e suavizar a aparência de cicatrizes na pele.

Confira as 5 melhores opções de sérum vitamina C mercado para investir

5 produtos com ácido glicólico para testar

Agora que você já sabe o que é e quais os benefícios do ácido glicólico, é hora de conhecer alguns produtos com o ativo para cuidar da sua pele. Aqui abaixo, separamos opções que são conhecidas por seus bons resultados no uso a longo prazo. No entanto, como já reforçamos, vale bater um papo com o seu médico dermatologista para definir qual produto é o mais indicado para o seu tratamento.

1. Gel Antidade Neostrata Oily Skin Gel Plus

O gel anti-idade Neostrata Oily Skin Gel Plus é um produto que minimiza sinais de envelhecimento e cuida das peles oleosas. Ele consegue uniformizar o tom da pele, suavizar poros, dar firmeza e ainda corrigir rugas e linhas de expressão. Deve ser usado após a etapa de limpeza da pele, até duas vezes ao dia.

Cruelty Free: conheça 7 opções de cosméticos livres de crueldade animal

2. Esfoliante Facial Neutrogena Purified Skin

O esfoliante Neutrogena Purified Skin purifica os poros com micropartículas esfoliantes. A combinação com o ácido glicólico promove a renovação celular, combinada com a função de reduzir a oleosidade da pele. Ele limpa os poros sem deixar uma sensação de ressecamento, e é ideal para peles mistas e oleosas. Deve ser usado de uma a duas vezes por semana.

Dúvida na hora de comprar o sabonete facial? Tudo que você precisa saber sobre

3. Sérum Antidade Vichy Liftactiv Peptide-AHA

O sérum Vichy Liftactiv Peptide-AHA previne sinais de envelhecimento, mas também controla a oleosidade dos rosto. Ele tem uma alta concentração de colágeno e pode ser usado pela manhã ou à noite. Com uma textura leve, renova a aparência da pele, reduzindo linhas finas e poros.

Quer economizar? Confira dicas de skincare com produtos acessíveis

4. Solução Neostrata Resurface

Essa opção de creme facial Neostrata Resurface é uma ótima opção para peles secas, normais e oleosas. O produto promove renovação celular de alta potência na pele, diminuindo marcas profundas de rugas e também as linhas finas. Com isso, é possível perceber uma melhorar na textura e firmeza no rosto. O Neostrata Resurface é formulado com Vitamina E e Ácido Glicólico a 15% em liberação gradual.

Para acalmar a pele: 5 opções de água termal para você

5. Creme Antienvelhecimento SkinCeuticals Glycolic 10 Renew Overnight

O creme SkinCeuticals Glycolic 10 é um tratamento anti-idade com alta concentração de 10% de ácido glicólico, capaz de causar um efeito rejuvenescedor, reduzindo linhas de expressão, uniformizando textura e deixando a pele mais luminosa. A fórmula também contém ácido fítico, que atua no clareamento de manchas, e um complexo de substâncias calmantes. Esse produto deve ser usado à noite, após a etapa de limpeza do rosto, e é indicado para pele normal, mista e oleosa.

6. Glycare Sérum Mantecorp

O sérum anti-idade Glycare tem ácido glicólico associado à nicotinamida, que tem ação calmante - por isso, acaba sendo um produto melhor tolerado pelas peles mais sensíveis. Na prática, esse produto ajuda a reduzir os primeiros sinais de envelhecimento da pele do rosto, pescoço e colo. E um diferencial importante: o ácido glicólico é entregue em 3 formas na fórmula: Livre, Matriz Nano 3D e Nanoencapsulado. Dessa forma ele entra ainda mais eficiência na melhora da textura, uniformização da pele e demais benefícios propostos pelo sérum.