Produtos e novidades em Impressora e Multifuncional

Por meio de impressoras 3D, L'Oreal vai reproduzir pele humana para testar produtos

Desenvolver tecido humano, com a ajuda da impressora 3D, pode evitar testes em animais.

Impressoras 3D
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

A gente vai contar agora para você uma notícia inovadora, mas também bastante curiosa. A marca de cosméticos L'Oreal, com toda sua tecnologia, é capaz de criar nos seus laboratórios amostras de pele humana. Mas, ao que tudo indica, a L'Oreal quer ir além. Em uma parceria com a Organovo, uma startup especializada em bioimpressão (tecnologia responsável por replicar tecidos humanos), a empresa de cosméticos quer imprimir pele humana por meio de impressoras 3D.

Toda essa novidade da L'Oreal parece ter um objetivo bem claro: ao imprimir em 3D os tecidos humanos, a empresa conquista um novo jeito de testar os seus produtos nos laboratórios. Afinal, são muitos os testes até que um shampoo, um hidratante e tantos outros cosméticos finalmente fiquem prontos, com segurança para os consumidores. Isso também pode ser uma aposta ousada, mas também consciente da marca, já que pode evitar que testes sejam feitos em animais.

... mas não é de hoje que a L'Oreal inova

Lá na década de 80, já era uma prática da empresa cultivar pele humana, o que evitava testes em animais. Hoje, há na França laboratórios que cultivam grande quantidade de derme. Porque, sim, a L'Oreal precisa de muito tecido para os seus testes. Só para você ter uma ideia, todos os anos são produzidas 100.000 amostras de pele!

E como a empresa consegue um número tão grande de tecido humano? Lá na França, vários pacientes que passam por cirurgias plásticas doam suas peles para os laboratórios. Nesses laboratórios, as peles são cortadas em partes pequenas, bem pequenas mesmo, até chegarem às células. Depois, essas células são alimentadas com uma dieta especial. Com bastante tecnologia, as células são colocadas em um ambiente parecido com o corpo humano, e vão se desenvolvendo.

Agora, com a parceria da Organovo, a L'Oreal quer tornar mais rápida a produção de pele. Para que isso aconteça, a L'Oreal deve disponibilizar toda o seu conhecimento no cultivo e desenvolvimento de tecidos. Já a Organovo vai usar sua experiência tecnológica de imprimir tecidos.

E você, o que acha disso? Imprimir pele, por meio de impressoras 3D, pode ser um tanto quanto curioso... e até assustador. Mas, pensando pelo fato de produzir novos cosméticos de um jeito seguro – e evitando testes em animais – faz a gente refletir sobre essa tecnologia da L'Oreal.

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em impressora e multifuncional