Zoom indica em Livros

J. K. Rowling: Conheça 7 obras da autora de Harry Potter

De fantasia a romances policiais, confira nossas dicas de livros da criadora da saga que mais vendeu livros no mundo.

Livros
por Luiza Ramalho - Especialista em Livros e Música.

Há 12 anos a jornada de Harry Potter, o bruxinho mais querido da literatura, chegava ao fim. Os fãs da série de livros paravam tudo para ler As Relíquias da Morte e descobrir o destino que a mãe desse universo fantástico, J. K. Rowling, daria aos protagonistas Harry, Rony e Hermione e ao mundo bruxo, ameaçado pelas intenções malignas do Lord Voldermort.

Milhões de cópias vendidas depois, muitos dos amantes das histórias contadas pela escritora britânica ficaram ansiosos por mais. Ela não decepcionou: após o fim da saga, entregou aos leitores novelas para adultos, romances policiais e, claro, novas aventuras que se passam na sua sociedade mágica.

Leu Harry Potter e ficou com saudades da escrita de J. K. Rowling? Nunca leu, mas gostaria de conhecer? Então venha saber mais sobre ela e conferir nossas dicas de sete obras de uma das autoras que mais vendeu livros na história. Dê um Zoom!

Conhecendo a autora

J. K. Rowling

Mais de 500 milhões de cópias vendidas por todo o mundo. Traduzida para mais de 80 países. Na média, uma a cada 15 pessoas tem um dos livros da sua saga de sucesso. Esses números, dados da editora Bloomsbury, são os de J. K. Rowling, escritora inglesa que ganhou o público leitor com a série de livros infantojuvenil Harry Potter.

Números que Joanne Rowling, a mulher por trás das iniciais, jamais imaginaria conseguir. A ideia de escrever sobre um menino que vai estudar em uma escola de bruxos veio na fase mais difícil da sua vida: durante os cinco anos de concepção da obra, entre 1990 e 1995, sua mãe havia falecido, seu primeiro casamento chegava ao fim e ela tentava sustentar, com dificuldades, a si e a filha pequena. Além disso, publicar seu trabalho também não foi fácil uma vez que ele foi recusado 12 vezes pelas editoras.

Na 13ª tentativa, porém, nasceu Harry Potter e a Pedra Filosofal e J. K. Rowling. A abreviatura do seu nome, assinatura sugerida por seu editor para que os leitores potenciais, meninos, não se afugentassem ao saber que o livro tinha sido escrito por uma mulher, se tornou uma das mais conhecidas entre as iniciais de autores de fantasia. Não só uma das mais célebres, mas uma das mais valiosas já que a britânica se tornou a primeira escritora de todos os tempos a arrecadar U$ 1 bilhão. 

No entanto, sua maior conquista não é mensurável. Duas décadas depois de apostar todas as suas fichas na literatura, Rowling arrebatou o amor de milhares de leitores, de oito a oitenta anos, que riram, choraram - e cresceram - com o seu bruxinho desajeitado que carrega na testa uma cicatriz em forma de raio.

Para os insaciáveis, mais do mundo bruxo em Animais Fantásticos e Onde Habitam

Os que ficaram órfãos das aventuras do bruxo adolescente podem matar as saudades do mundo mágico com Animais Fantásticos e Onde Habitam, um guia sobre as criaturas extraordinárias da história.

No livro a escritora faz um estudo dos seres incríveis saídos da sua imaginação a partir do ponto de vista do magizoólogo Newt Scamander, um feiticeiro especialista em animais nada comuns. Hipogrifos, sereias, centauros, aranhas gigantes e outros bichos singulares são catalogados nas páginas desse manual, que conta com duas edições: uma de 2001, com anotações dos protagonistas da saga, e uma de 2017, revisada pelo autor fictício e que traz mais criaturas à lista.

A atualização no suplemento aconteceu em função da adaptação cinematográfica de Animais Fantásticos, na qual o roteiro é assinado por Rowling. Serão cinco filmes para contar a jornada de Newt atrás das criaturas e derrotar o bruxo do mau, Gerardo Grindelwald.

Aproveite e confira o artigo: Animais Fantásticos e Onde Habitam - conheça o livro de J.K. Rowling que inspirou o filme

Título original Fantastics Beasts and Where to Find Them
Tradução Lia Wyler 
Editora Rocco 
Número de páginas 128
Primeira publicação 2017

Morte Súbita, vida após Harry Potter

Com o fim de Harry Potter, todos os olhos e ouvidos se voltaram para o próximo passo da escritora inglesa. Não foi à toa que quando Morte Súbita foi lançado em 2012, foi o livro que, na época, saiu mais rápido das prateleiras das livrarias durante a semana de lançamento no Reino Unido – no mundo todo, um milhão de cópias foram vendidas só na pré-venda.

Esqueça magia, seres fantásticos e a luta mitológica do bem contra o mal: no seu primeiro romance pós-“HP”, a autora sai do terreno da fantasia e da literatura infantojuvenil. J. K. Rowling deixa para trás a Inglaterra encantada e volta suas energias para Pagford, uma fictícia cidade interiorana que vê a sua dinâmica alterada com a morte do conselheiro local.

Mirando pela primeira vez no público adulto, a autora troca o extraordinário pelo prosaico, e trabalha com temas indigestos como política, disputa de classe, corrupção moral, violência doméstica e perda da inocência. Leitura obrigatória para quem quer ver o trabalho da autora fora da zona de conforto.

Título original The Casual Vacancy
Tradução Maria Helena Rouanet
Editora Casa dos Livros 
Número de páginas 512 
Primeira publicação 2012 

Supresa! J.K Rowling é Robert Galbraith em O Chamado do Cuco

Em 2013, O Chamado do Cuco, um romance policial escrito por um ex-militar identificado como Robert Galbraith, tem boa recepção da crítica especializada. A qualidade da escrita no livro de estreia de um autor desconhecido chamou a atenção e sua identidade passou a ser questionada.

Anos antes, o marido de J.K. Rowling havia sugerido que a esposa poderia estar escrevendo uma história de crime. Não deu outra: como dois e dois são quatro, a imprensa internacional fez a conta e confirmou que a obra misteriosa era, na verdade, da escritora bilionária. Sem a pressão que seu nome lhe traz, Rowling, através de seu pseudônimo, pode exercitar sem grandes pretensões outras formas narrativas.

Explorando o gênero que criou nomes como Arthur Conan Doyle e Agatha Christie, ela tece uma trama de investigação clássica em que o detetive Cormoran Strike é convocado a solucionar um caso que já parece ter resposta, o suicídio de uma supermodelo. Tudo com boas doses de suspense, pitadas de comédia e a escrita magnética de J. K. Rowling que estimula o apetite do leitor, que devora o livro.

Aproveite e confira os melhores livros escritos por Agatha Christie clicando aqui!

Título original The Cuckoo’s Calling
Tradução Ryta Vinagre 
Editora Rocco
Número de páginas 448
Primeira publicação 2013

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, a bruxaria invade os palcos de teatro

Enganou-se quem pensou que não encontraria tão cedo novas histórias de Harry Potter. Em 2016, J.K. Rowling matou nos palcos de teatro a curiosidade dos amantes da série em saber o que aconteceu depois do “tudo estava bem” que encerra a saga.

A resposta é Harry Potter e a Criança Amadiçoada, a oitava história do universo posta no mundo em forma de peça teatral. O texto é uma colaboração da escritora com o dramaturgo Jack Thorne e o diretor de teatro John Tiffany que trabalharam para contar o que aconteceu depois que Harry deixa seus filhos na estação de trem 9 ¾ para o primeiro dia de aulas em Hogwarts.

São dois volumes que se dividem em quatro atos e contam os conflitos do protagonista e seu filho do meio, Alvo, que sente o peso de carregar o sobrenome de uma personalidade do mundo bruxo.

A peça foi um sucesso de crítica e público. Em cartaz nos Estados Unidos e na Inglaterra, o espetáculo ganhou prêmios importantes para dramaturgia como o Lawrence Olivier Awards e o Tony Awards.

Título original Harry Potter and the Cursed Child
Autores J.K Rowling, Jack Thorne e Jonh Tiffany
Tradução Ana Vicentini 
Editora Rocco
Número de páginas 352
Primeira publicação 2016

O Bicho-da-Seda, mais histórias de detetive

Robert Galbraith caiu no gosto do público. O barulho que o pseudônimo de J. K. Rowling fez foi tamanho que, depois de O Chamado do Cuco, ela decidiu transformar as histórias de investigação do seu detetive em uma série de livros.

Cormoran Strike é um ex-militar, assim como a persona inventada pela autora, que lutou na guerra do Afeganistão e tem uma agência de investigações particular que muitas vezes se limita a solucionar casos de pequena importância, como esposas atrás de maridos infiéis.

Depois de sair do marasmo ao resolver o suicídio suspeito no livro de estreia, no segundo volume, O Bicho-da-Seda, ele e sua assistente, Robin Ellacot, recebem a missão de descobrir o que aconteceu um escritor polêmico que desapareceu após escrever uma obra que apontava os podres do mercado editorial de Londres. A continuação é mais um passo bem-sucedido de Rowling em direção ao suspense.

Título original The Silkworm
Tradução Ryta Vinagre
Editora Rocco
Número de páginas 620
Primeira publicação 2014

Literatura mais adulta do que nunca: J.K Rowling explora o sombrio em Vocação para o Mal

Depois de solucionar dois mistérios por encomenda, o detetive é o centro do seu próximo caso em Vocação Para o Mal, terceiro volume da série Cormoran Strike. Quando Robin, a assistente do protagonista, recebe uma encomenda ameaçadora, o investigador particular acredita que ele é o verdadeiro alvo e passa a buscar quem quer vê-lo prejudicado.

Um dos títulos mais pesados assinados por Robert Galbraith até agora, essa continuação pegou muitos leitores de surpresa. Com violência gráfica, temas dolorosos, como misoginia, e estrutura do enredo que não só acompanha Robin e Strike, mas o vilão da trama, um serial killer que mata mulheres a sangue frio, J. K. Rowling chacoalha quem está lendo e se consagra como autora de romances policiais. O passado dos personagens principais também vem à tona, outro ponto alto da narrativa.

O quarto volume da saga, Branco Letal, chegou esse mês às livrarias.

Título original Carreer for Evil
Tradução Ryta Vinagre 
Editora Rocco
Número de páginas 496
Primeira publicação 2016

Harry Potter, uma obra-prima contemporânea

O atraso de quatro horas durante uma viagem de trem entre as cidades inglesas de Manchester e Londres e a ideia de escrever sobre um menino que se prepara para estudar em uma escola de bruxaria: essa é a origem dos sete volumes da saga Harry Potter, a série de livros que mais vendeu na história.

Harry Potter, um garoto órfão que é criado com frieza pelos tios, descobre aos 11 anos que é bruxo e que nessa idade todos os indivíduos mágicos devem aperfeiçoar suas habilidades na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. O garoto, contudo, não é comum e descobre não só que existe uma sociedade mágica escondida aos olhos das pessoas comuns, mas que ele é filho de grandes feiticeiros que morreram para protegê-lo do ataque de um terrível mago das trevas, Lord Voldermort.

A partir desse conflito acompanhamos o crescimento de Harry Potter. Estamos com ele na descoberta da amizade, do amor, do medo, vemos de perto o processo de se encontrar um indivíduo no mundo. Tantos descobrimentos em uma trama fascinante, com personagens encantadores em um mundo de maravilhas em que as pinturas dos quadros falam, voar em vassouras é possível, assim como interagir com criaturas mitológicas.

Título original Harry Potter
Tradução Lia Wyler 
Editora Rocco
Número de páginas 3067
Primeira publicação 1997

Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em livros