Zoom indica em Livros

Os 4 Melhores Livros De Machado De Assis Em 2018

Machado de Assis tem uma lista extensa de obras, confira 4 das mais famosas!

melhor livro machado de assis
por Luiza Ramalho - Especialista em Livros e Música.

A literatura brasileira floresceu junto com a introdução do idioma português no país. Por meio dela diversos autores trataram sobre o Brasil colônia, suas revoluções e acontecimentos históricos.

Após o declínio do romantismo, o período literário realismo dominou o país e foi justamente nessa época que um dos maiores escritores brasileiros desenvolveu parte de seus livros: Machado de Assis.

Neste artigo, mostraremos não só um pouco mais da história do autor de grandes clássicos literários brasileiros, mas uma lista com as suas melhores obras. Confira!

Helena

O livro Helena foi publicado em 1876 e é uma das primeiras obras de Machado de Assis. O romance conta a história de uma jovem que recebe uma grande herança do seu suposto pai, a qual ela sabia não ser o verdadeiro, mas aceitou para ascender socialmente.

A trama se desenvolve com Helena convivendo com a sua nova família, tia e meio-irmão, encantando todos ao seu redor, tanto que seu falso meio-irmão se apaixona perdidamente por ela.

Dom Casmurro

O clássico Dom Casmurro, publicado em 1899, conta a história de Bento Santiago e como recebeu o título de Dom Casmurro. A partir disso, ele começa a rememorar a sua vida, desde a sua infância.

O enredo mostra a promessa feita pela mãe de Bentinho de levá-lo ao seminário, sua paixão por Capitu e a promessa de fugir do seminário para casar-se com ela. A partir disso, a história se desenvolve com o casamento de Capitu e Bento e a sua suspeita de traição, especialmente pela semelhança do filho do casal com um amigo falecido.

Memórias Póstumas de Brás Cubas

O livro Memórias Póstumas de Brás Cubas, publicado em 1880, é narrado em primeira pessoa por Brás Cubas, um homem falecido, mas que desejava escrever a sua biografia.

A obra começa com a explicação sobre o funeral e a causa de sua morte, depois revive momentos da vida de Brás Cubas, como o que antecedeu ao óbito, suas paixões e até a sua infância.

 O Alienista

O Alienista, por sua vez, é uma obra literária humorística publicada em 1882. O livro conta a história de Doutor Bacamarte, que se casa com a sua mulher devido às suas características mentais e físicas para conceber um filho, o que não acontece.

Assim, ele busca se aprofundar nos seus estudos da medicina, especialmente sobre a loucura. Logo, cria a Casa Verde, uma espécie de manicômio, a fim de abrigar todos os loucos da região. Com o tempo, esse número vai crescendo devido aos desvios de personalidades encontrados na sociedade, fazendo com que 75% da cidade seja internada.

Quem foi Machado de Assis?

Joaquim Maria Machado de Assis nasceu em 1839 na cidade do Rio de Janeiro. O menino de família pobre, pouco estudou, nunca tendo frequentado a universidade. No entanto, segundo estudiosos, ele buscou ascender socialmente e, para isso, abasteceu-se de superioridade intelectual e cultura, ocupando cargos públicos no Ministério da Agricultura, Comércio e Obras.

A sua carreira como escritor foi marcada pela publicação de suas poesias e crônicas no jornal Diário do Rio de Janeiro. No entanto, seu primeiro soneto estampou as páginas do Periódico dos Pobres, publicação trissemanal que substituiu o jornal O Annunciador.

Após o trabalho como jornalista, Machado de Assis começou a escrever suas obras literárias, que até hoje são aclamadas pela crítica, além de serem objetos de estudo em muitas escolas. O seu primeiro livro foi Ressurreição.

Aliás, vale destacar que o seu legado não inclui somente escritos, mas também a criação da Academia Brasileira de Letras junto de outros amigos escritores. A seguir falaremos mais sobre algumas dessas obras marcantes.

A lista é apenas um pequeno recorte da obra literária de Machado de Assis. Esperamos que você tenha gostado do artigo. Não deixe de ler sobre os melhores livros de fantasia para ler!

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em livros