Livros de Nietzsche: Conheça os 5 melhores do autor

Confira a nossa lista com os livros de Nietzsche para conhecer melhor o autor da frase "Deus está morto".

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 4 min. de leitura.

Compartilhe:

Qualquer livro de Friedrich Nietzsche vai te fazer refletir sobre suas convicções e no que de fato acredita. O autor e filósofo alemão incentiva o pensamento crítico e desperta, até hoje, um posicionamento normalmente claro entre os leitores: ou há concordância, ou discordância. Sem espaço para meios termos.

Para te ajudar a conhecê-lo melhor, separamos essa lista dos livros de Nietzsche e suas melhores obras. Assim, é possível aprimorar os conhecimentos de filosofia e, ainda, conseguir boas indicações de leitura caso já goste do autor.

1. A Genealogia da Moral fala sobre sentimentos

Em A Genealogia da Moral - Uma Polêmica, o autor discute a origem dos sentimentos morais. Ele investiga o surgimento do juízo do bem e do mal entre os povos, sem envolver nenhuma divindade no assunto.

Além disso, o livro também trata da origem da má consciência, da culpa e de outros assuntos afins. Em suma, o autor abre os olhos dos nossos sentimentos e razão para algo mais próximo da realidade humana, pois, para Nietzsche, resgatar as origens da moral do homem é resgatar a ele próprio.

Ficha técnica do livro A Genealogia da Moral:

  • Editora: BestBolso
  • Número de páginas: 176
  • Data de primeira publicação: 1887

2. Em Assim Falou Zaratustra Nietzsche obteve seu maior sucesso

Esse livro foi escrito entre 1883 e 1885 e se tornou o mais famoso de todas as obras de Nietzsche. Ele relata os discursos, andanças e encontros inusitados de Zaratustra, o profeta, o qual sai de seu esconderijo nas montanhas para pregar o novo evangelho aos homens.

Embora a maioria dos livros de Nietzsche sejam de natureza poética e com vários substantivos e expressões, Assim Falou Zaratustra tem suas particularidades que fazem dele o sucesso que é até hoje.

Ficha técnica do livro Assim Falou Zaratustra:

  • Editora: Martin Claret
  • Número de páginas: 325
  • Data de primeira publicação: 1883

3. A Gaia Ciência mostra a filosofia de Nietzsche com versatilidade

O livro A Gaia Ciência apresenta algumas discussões originais do filósofo a respeito da moral, conhecimento, arte, verdade e ilusão. A obra exibe diversas formas literárias, inclusive trechos humorísticos, poemas em prosa, parábolas, aforismo, diálogos breves e pequenos ensaios.

Esse livro de Nietzsche foi publicado em 1882, mas em 1887 o autor acrescentou um quinto capítulo à obra, o qual traz poemas que você não vai se arrepender de ler.

Ficha técnica do livro A Gaia Ciência:

  • Editora: Companhia das Letras
  • Número de páginas: 344
  • Data de primeira publicação: 1882

4. Além do Bem e do Mal é considerado, pelo autor, seu livro mais importante

Friedrich Nietzsche considera esse, juntamente com Assim Falou Zaratustra, sua principal e mais abrangente obra. Nela o leitor vai encontrar temas da filosofia madura, como a crítica da moralidade e a psicologia da religião.

O estilo de humor, drama e poesia encontrados no livro se unem a densidade de sua crítica e resumem bem o porquê do filósofo ser considerado um dos principais precursores das principais correntes de pensamento do século XX: a psicanálise, o existencialismo e a filosofia analítica.

Ficha técnica do livro Além do Bem e do Mal:

  • Editora: Martin Claret
  • Número de páginas: 232
  • Data de primeira publicação: 1886

5. O Nascimento da Tragédia é uma reflexão sobre existir

Esse livro de Nietzsche fala sobre um jovem professor de letras clássicas e gerou grande polêmica pela ousadia na abordagem e por seu caráter pessoal. Na obra, a concepção tradicional dos gregos como povo simples e sereno foi desafiada.

Além disso, dizia que a ópera de Wagner renovava o espírito alemão, misturando intuição psicológica e reconstrução histórica. Trata-se de uma reflexão apaixonada pela existência. Por isso, vale a pena ser lido do início ao fim.

Ficha técnica do livro O Nascimento da Tragédia:

  • Editora: Companhia de Bolso
  • Número de páginas: 184
  • Data de primeira publicação: 1872

[Dica extra!] Nietzsche para Estressados te ajuda aplicar a filosofia de Nietzsche na prática

Allan Percy reuniu nesse livro 99 frases de Nietzsche e criou um manual que incentiva mudanças na rotina através da sabedoria e utilidade das reflexões do filósofo. Cada capítulo se inicia com um de seus aforismos e, ao longo do texto, o autor interpreta de forma atual e inovadora as reflexões que auxiliam nos momentos de dificuldade ou de tomadas de decisão.

Entre as famosas frases que inspiram o conteúdo do livro estão: "O que não nos mata nos fortalece" e "O destino dos seres humanos é feito de momentos felizes e não de épocas felizes". Por esses motivos, apesar de não ser um livro de Nietzsche, achamos que seria válido trazer como extra e te dar essa dica.

Ficha técnica do livro Nietzsche para Estressados:

  • Autor: Allan Percy
  • Editora: Sextante
  • Número de páginas: 112
  • Data de primeira publicação: 2009

Sobre o autor

O filósofo e autor de livros Nietzsche é um dos mais conhecidos até hoje. (Imagem:Reprodução/Shutterstock)
O filósofo e autor de livros Nietzsche é um dos mais conhecidos até hoje. (Imagem:Reprodução/Shutterstock)

Friedrich Wilhelm Nietzsche nasceu na Alemanha e foi um filósofo e filólogo de grande influência no século XIX. Ele acreditava no pensamento livre, sem controle cultural ou moral. O escritor se denominava ateu militante e teceu várias críticas à religião. Os livros de Nietzsche têm grande relevância até os dias de hoje e são usados para estudos em faculdades de todo país, sobretudo nas áreas de Filosofia e Sociologia.

Nietzsche era um notável escritor e expressava suas ideias com muita força e segurança. Ao ler suas obras, é difícil um leitor ficar indiferente, pois elas fazem com que você fique contra ou a favor do posicionamento do escritor. Além do mais, ele também escrevia sobre temas nada convencionais para a sua época, como o socialismo e feminismo.

Leia também: