Eles são práticos e facilitam o dia a dia na cozinha. Têm design diferenciado e, uma vez instalados em casa, nos fazem perguntar: "Como consegui ficar tanto tempo seu meu micro-ondas?"

Contudo, existem várias dúvidas cercando esse eletrodoméstico. De doenças e contaminação dos alimentos, os micro-ondas já foram alvo de todos os ataques possíveis. Por isso, nada mais justo do que oferecer uma explicação pontual e objetiva sobre suas potencialidades e, claro, uso correto.

Ao usar um micro-ondas, existe risco real, quando:

Você aquece água, por exemplo. Uma vez dentro do forno de micro-ondas o líquido ferve, porém não entra em ebulição, ou seja, você não vê as bolhas se formando. Quando você retira o copo, o próprio movimento gera o efeito chamado "ebulição repentina" e, daí, já viu, pode voar água fervendo para cima de você, provocando um acidente.

Recipientes de plástico comum também são contraindicados, principalmente para alimentos gordurosos. Este tipo de plástico, quando aquecido, libera gases tóxicos, além de poder derreter.

O papel alumínio também não se entende bem com o micro-ondas, já que ele funciona como um refletor das ondas, podendo causar até mesmo incêndios no aparelho.

Crianças na sua casa (ou até mesmo você) ficam olhando a receita ser preparada dentro do micro-ondas? Cuidado! Borrachas envelhecidas podem falhar na vedação e liberar as micro-ondas nas proximidades.

O uso do micro-ondas é seguro quando:

Utiliza apenas recipientes de vidro ou de plástico próprio para micro-ondas, dentro da quantidade, potência e tempo determinado pelo manual do aparelho.

Prepara os alimentos de acordo com as informações do manual e/ou receita, evitando assim alterações no aspecto e no sabor. Existem micro-ondas com receitas pré-programadas para inúmeros pratos, desde um micro-ondas que faz brigadeiro até um micro-ondas que faz peixe. Além disso, fique atento ao tempo. Não exagere no período que os alimentos ficam dentro do micro-ondas.

A vantagem é que há inúmeros modelos para escolher, com diferentes recursos. Isso permite que você tenha mais praticidade na cozinha, além de garantir o bom uso do micro-ondas.

Por exemplo: com um micro-ondas com grill você nem precisa usar o forno do seu fogão para gratinar alguns alimentos. Mas, em contrapartida, o grill de muitos micro-ondas que contam com esse recurso exige certos cuidados. Algumas marcas indicam que é preciso esperar determinado tempo para que o eletrodoméstico possa ser usado novamente. Então, aqui vai a dica: leia atentamente o manual do micro-ondas, para fazer uso adequado dele.

Com todas essas dicas, agora ficou mais fácil preparar suas receitas, não é mesmo? E, se você quiser, aproveite para encontrar seu novo micro-ondas no Zoom. Aqui você confere diferentes marcas, capacidades e escolhe o modelo ideal para sua cozinha.