Mouse Logitech G502 preto

Mouse Logitech G502 Lightspeed: conforto, potência e personalização

Testamos o mouse gamer Logitech G502 Lightspeed e foi uma experiência incrível! Veja o que temos a dizer sobre ele

Guilherme ToscanoEditor

Publicado e atualizado 11 min. de leitura.

Compartilhe:

Antes de receber o mouse Logitech G502 Lightspeed em casa para iniciar o teste deste review, um dos responsáveis pela nossa equipe de imagem, que acompanha a sessão de fotos do produto, me perguntou se eu tinha solicitado a compra de um mouse ou de um Transformer, aqueles carros que viram robôs do cinema e dos desenhos animados. De fato, o design desse mouse gamer chama a atenção de imediato.

Mas não é só o design que é o destaque. O mouse Logitech G502 Lightspeed é top de linha, possui 11 botões programáveis, opções de personalização, pesos para ajustar o mouse ao seu estilo e deixar a experiência mais confortável e um máximo de 25.600 DPI de resolução, um valor altíssimo e que garante sensibilidade e precisão em qualquer tarefa. Então, testamos esse mouse gamer para ver se ele é mesmo tudo isso. E, olha... é sim, viu?

Nos reviews de mouse aqui no Zoom, primeiro entendemos como ele deve ser classificado para não cometer injustiças na avaliação. Afinal, a exigência na hora de testar um mouse gamer avançado como o deste artigo deve ser maior do que a de um mouse simples e barato do dia a dia. Para entender os critérios e as notas, confira como avaliamos mouses no Zoom.

Mouse Logitech G502 Lightspeed: prós e contras

Muitos pontos positivos, mas um porém pode pesar: o preço

Prós: com uma pegada "palm", ou seja, em que você cobre o mouse todo com a palma da mão, o Logitech G502 Lightspeed oferece conforto imediato. As texturas e materiais do produto proporcionam uma excelente experiência. Ao começar a usar, cheguei até a estranhar, estando acostumado com um mouse comum do dia a dia. A precisão e velocidade de resposta são impressionantes e, se você achar que ele desliza muito rápido ou é muito leve, pode usar algum dos seis pesos que vêm com o Logitech G502 Lightspeed para personalizá-lo. São quatro pesinhos de 2g e dois pesinhos de 4g, totalizando até 16g.

Seus 11 botões programáveis podem ser cadastrados em esquemas de controle de games para que o jogador tenha atalhos imediatos para vários recursos do jogo. O mouse também tem botões que alteram as cores do LED que fica em cima e a configuração da barra de rolagem rápida. Pra finalizar, ele é fácil de usar tanto com quanto sem o seu fio e é plug and play: conectou no computador, o software é instalado imediatamente e ele já começa a funcionar.

Contra: por ser um mouse top de linha, o Logitech G502 Lightspeed é mais caro, com preços que podem superar R$ 1 mil. Portanto, ele deve servir normalmente para quem joga games competitivos, em que a velocidade e qualidade do mouse podem fazer toda a diferença para vencer. Outra possibilidade é o uso por profissionais que necessitam de uma grande precisão em seu trabalho gráfico, como pessoas que utilizam o mouse em serviços de animação, edição de fotos ou vídeos, design gráfico e afins.

Se você é um profissional de imagem, confira estas listas!

O que vem na caixa

Cabo USB que se liga diretamente ao mouse ou ao sensor, caixinha com sensor e pesos e o próprio mouse são o que vem na caixa (Foto: Zoom)
Cabo USB que se liga diretamente ao mouse ou ao sensor, caixinha com sensor e pesos e o próprio mouse são o que vem na caixa (Foto: Zoom)

A caixa do mouse Logitech G502 Lightspeed traz o próprio mouse, uma caixinha com seu sensor USB para uso wireless, cabo USB para uso com fio e os seis pesos para personalizar o mouse, termo de garantia e manual de instruções.

  • Mouse Logitech G502 Lightspeed
  • Caixinha com sensor USB, cabo USB e seis pesos totalizando 16g
  • Manual de instruções
  • Adesivo com a logo da Logitech
  • Termo de garantia
  • Livrinho com agradecimento da Logitech por comprar o produto

Mouse Logitech G502 Lightspeed: Ficha técnica

Mouse Logitech G502 Lightspeed: Design e acabamento

Um mouse gamer bonito e ajustável para o seu modo de usar

Pegada "palm", ou seja, em que a palma da mão suavemente se coloca sobre o mouse para o uso, é muito confortável no Logitech G502 Lightspeed (Foto: Zoom)
Pegada "palm", ou seja, em que a palma da mão suavemente se coloca sobre o mouse para o uso, é muito confortável no Logitech G502 Lightspeed (Foto: Zoom)

Como falei no início deste artigo, o primeiro detalhe que chama a atenção no Logitech G502 Lightspeed é o quão bonito é seu design. Ele tem texturas diferentes que servem não só para deixá-lo mais atraente como também para aumentar o conforto da pegada. Na parte superior do mouse, a logo da Logitech fica alternando de cor, um efeito esteticamente bem agradável. Essa luz é personalizável, como tantas das funcionalidades desse produto.

Por padrão, a luz da logo da Logitech muda de cor enquanto você usa o mouse (Foto: Guilherme Toscano)
Por padrão, a luz da logo da Logitech muda de cor enquanto você usa o mouse (Foto: Guilherme Toscano)

Os botões são todos fáceis de pressionar sem precisar contorcer a mão para chegar a algum deles. Quando for falar dos detalhes de personalização, entro no detalhe de para que serve cada um dentro do padrão do mouse e como você pode mudar suas configurações. Por enquanto, basta dizer que são 11 botões no total e que eles são programáveis. Se você contar na imagem, não vai ver todos: três deles estão na barra de rolagem, que você pode clicar puxando para a esquerda, para a direita ou a apertando de cima para baixo, no centro.

Está vendo as setinhas de cada lado da barra de rolagem, apontando para a direita e para a esquerda? Elas sinalizam que é possível clicar a barra nessas duas direções. São dois botões "escondidos"! (Foto: Zoom)
Está vendo as setinhas de cada lado da barra de rolagem, apontando para a direita e para a esquerda? Elas sinalizam que é possível clicar a barra nessas duas direções. São dois botões "escondidos"! (Foto: Zoom)

O mouse Logitech G502 Lightspeed vem com seis pesos para você poder personalizar e utilizar o que é mais confortável durante o seu uso. Eles são encaixados na parte de baixo do produto e podem ser usados todos simultaneamente ou não, ou só de um lado, se for sua preferência. Eu, particularmente, preferi usar sem os pesos, até porque, como mostrarei daqui a pouco, a resolução DPI, que representa a velocidade e sensibilidade do mouse, é ajustável.

Nesse exemplo, três pesos estão sendo usados no mouse: um de 4g, na tampa redonda, e dois de 2g na parte inferior (Foto: Zoom)
Nesse exemplo, três pesos estão sendo usados no mouse: um de 4g, na tampa redonda, e dois de 2g na parte inferior (Foto: Zoom)

Abrir a parte inferior do mouse para incluir os pesos é muito fácil porque ela é mantida no lugar por imãs. Não é preciso de muita força e é simples fechar novamente depois de incluir ou retirar os pesinhos. Cheguei a usar o mouse Logitech G502 Lightspeed com todos os pesos encaixados dentro dele, mas, como falei, uma vez que a resolução DPI é ajustável, acabei não vendo muito valor nisso. Porém, é questão de gosto; pode ser que faça toda a diferença para você.

Mouse Logitech G502 Lightspeed: Botões

Os botões são muitos e podem ser personalizados em games ou para outras tarefas

São 11 botões programáveis. Por padrão, eles vêm com as funções da imagem abaixo. No entanto, todos podem ser personalizados através do Logitech G Hub, um software que identifica produtos da marca automaticamente e oferece uma série de opções de configuração. Para baixar o software, basta ir até o site oficial do G Hub.

Esses são os comandos padrão dos botões de cima do mouse Logitech G502 Lightspeed (Reprodução: Guilherme Toscano)
Esses são os comandos padrão dos botões de cima do mouse Logitech G502 Lightspeed (Reprodução: Guilherme Toscano)

Os botões laterais, que ficam à esquerda do mouse, têm função de padrão de "voltar" ou "avançar" e o DPI shift, que explico no texto (Reprodução: Guilherme Toscano)
Os botões laterais, que ficam à esquerda do mouse, têm função de padrão de "voltar" ou "avançar" e o DPI shift, que explico no texto (Reprodução: Guilherme Toscano)

Vendo as imagens, você deve ter reparado que um dos botões superiores, o que fica logo atrás da barra de rolagem, não é personalizável. Isso porque ele é uma "trava" da própria barra. Ao apertá-lo, ele "solta" a barra de rolagem, que fica mais sensível na hora de girar. Se apertar novamente, ela volta à configuração inicial, em que ela tem mais resistência e precisa de mais força para rodar. Não que seja difícil, é apenas uma questão de conforto.

Em games, os vários botões também podem ajudar muito. Afinal, basta personalizar os controles e selecionar qual comando deve ser acionado ao clicar nele. Especialmente em jogos competitivos, essa pode ser uma vantagem estratégia altamente relevante. Fora que, ao definir no G Hub as configurações de DPI do mouse Logitech G502 Lightspeed, você poderá alterar com poucos cliques a resolução do produto para se adaptar a diferentes situações dentro do jogo.

Mouse Logitech G502 Lightspeed: Sensibilidade

De 100 a 25.600 DPI: a escolha é sua

No seu modo padrão, esse mouse já é muito, muito sensível. Acostumado no dia a dia a meu mouse básico, tive que me adaptar, inclusive, porque qualquer pequeno toque fazia o cursor correr rápido demais pela tela. Isso, naturalmente, é ajustável. O Logitech G502 Lightspeed tem resolução DPI personalizável de 100 a 25.600.

Na lateral da caixa do produto, as configurações técnicas dele dizem que ele chega a 16.000 DPI com seu sensor HERO 16K. No entanto, como é explicado no canal oficial da Logitech no YouTube (a explicação é em inglês), a resolução foi atualizada gratuitamente através de um software. Ou seja, não é preciso comprar um novo mouse para aumentar a quantidade máxima de DPI: por meio do upgrade automático, ele já chega a até 25.600 DPI.

Na lateral da caixa, as especificações técnicas revelam DPI personalizável entre 100 e 16.000. Porém, com atualização automática e gratuita, o sensor é capaz de chegar a até 25.600 DPI (Foto: Guilherme Toscano)
Na lateral da caixa, as especificações técnicas revelam DPI personalizável entre 100 e 16.000. Porém, com atualização automática e gratuita, o sensor é capaz de chegar a até 25.600 DPI (Foto: Guilherme Toscano)

Assim como a configuração dos botões, você pode ajustar a resolução DPI do seu mouse pelo Logitech G Hub. O ponto amarelo na linha é o ponto de "DPI Shift". Ou seja, ao clicar o botão lateral de baixo, o mouse vai automaticamente para essa configuração. Os dois botões da esquerda que ficam ao lado do botão de clique principal, por padrão, são configurados para aumentar ou diminuir a DPI do mouse com um clique.

A linha traz valores de 100 a 25.600 e você consegue ver a diferença na sensibilidade do mouse imediatamente após colocar um novo valor (Reprodução: Guilherme Toscano)
A linha traz valores de 100 a 25.600 e você consegue ver a diferença na sensibilidade do mouse imediatamente após colocar um novo valor (Reprodução: Guilherme Toscano)

Eu testei o aumento e diminuição do DPI tanto na barra quanto de forma automática, pelos botões. A barra permite uma maior precisão na escolha, enquanto os botões são atalhos e, portanto, têm a velocidade com principal vantagem.

De qualquer forma, o efeito sobre a DPI é o mesmo independentemente de como você configura e é nítida a diferença na sensibilidade do mouse Logitech G502 Lightspeed. Ele imediatamente responde à personalização do software e se torna mais ou menos sensível de acordo com o número que você escolheu.

Ao apertar o DPI Shift, que na imagem acima marquei em 10.000 DPI, o mouse foi instantaneamente para essa configuração. Uma notificação aparece no canto inferior da tela do Windows quando qualquer troca de DPI é feita.

Ao apertar o botão de troca de DPI, o G Hub faz uma notificação no Windows (Reprodução: Guilherme Toscano)
Ao apertar o botão de troca de DPI, o G Hub faz uma notificação no Windows (Reprodução: Guilherme Toscano)

Outro ponto positivo, especialmente para os gamers, é que o produto tem tempo de resposta de 1ms, perfeito para jogar.

Mouse Logitech G502 Lightspeed: Bateria

Fabricante promete entre 48h e 60h ininterruptas de uso

Ao contrário do que acontece com notebooks, a bateria dificilmente é uma questão tão complicada em mouses hoje em dia. A maioria deles suporta bastante tempo sem precisar carregar. Segundo a Logitech, com a iluminação e em uso ininterrupto, a autonomia chega a 48h. No caso da luz desligada, esse número sobe para 60h.

Nas 16h de teste do dispositivo sem usar o fio, ele gastou 20% da bateria, ficando ainda com 80%, e isso com a iluminação ligada e trocando de cor o tempo todo. Portanto, acho possível que ele até supere a previsão da Logitech, dependendo do uso.

Vale ressaltar também que o mouse Logitech G502 Lightspeed é compatível com mousepad PowerPlay, que carrega o produto enquanto ele desliza sem necessidade de cabeamento. Veja ofertas de mousepads com a tecnologia PowerPlay aqui no Zoom! Caso não queira gastar com isso, você pode também usar o G502 Lightspeed conectado no fio diretamente no seu PC ou notebook quando ele estiver com a bateria baixa.

A tecnologia PowerPlay em mousepads da Logitech é capaz de carregar mouses sem fio enquanto deslizam, efetivamente garantindo que a bateria não vai acabar durante a jogatina (Divulgação: Logitech)
A tecnologia PowerPlay em mousepads da Logitech é capaz de carregar mouses sem fio enquanto deslizam, efetivamente garantindo que a bateria não vai acabar durante a jogatina (Divulgação: Logitech)

Mouse Logitech G502 Lightspeed: Custo-benefício

É caro, mas vale a pena, viu?

Como falei no início desta avaliação, esse é um produto caro, o único ponto negativo que encontrei nele. No Zoom, as ofertas mais baratas superam R$ 500, sendo que a média é R$ 1.000 ou mais. Ainda assim, vale lembrar que nitidamente não é um mouse para uso apenas no dia a dia, embora ele logicamente sirva para isso também. O Logitech G502 Lightspeed vai muito além do uso básico e é indicado para tarefas específicas que exigem muita precisão, como jogar games competitivos ou trabalhos com imagem, como design gráfico, edição de vídeo, animação, arte, criação de projetos visuais, entre outros.

Por isso, avalio que o seu alto preço é justificado pelos muitos recursos, o conforto, a qualidade do material, a beleza do design e principalmente pela possibilidade de personalizá-lo para o seu melhor uso, inclusive podem criar perfis de configuração diferentes se você usá-lo para mais de uma tarefa. O fato do sensor ser atualizado gratuitamente quando há um upgrade de software ainda pode garantir o uso do mouse Logitech G502 Lightspeed por alguns anos sem necessidade de substitui-lo por um modelo mais recente.

Produtos similares ao mouse Logitech G502 Lightspeed

Mouses mais baratos que prometem boas experiências

Se você curtiu o G502 Lightspeed, mas achou caro demais, o G403 HERO pode ser uma opção mais barata que atende às suas necessidades. Com o sensor HERO, ele também consegue chegar a 25.600 DPI, mas tem um design mais simples. São seis botões programáveis e um peso de 10g para você usar ou não, como preferir. Só para comparar, o G502 Lightspeed tem 11 botões programáveis e seis pesos que, somados, chegam a 16g. Vale destacar que o G403 HERO não é um modelo sem fio. Ele funciona conectado ao PC ou notebook por um cabo USB de 2,13m, o que permite bastante mobilidade.

Se você quer muito um G502, existe outra versão dele, o G502 HERO, que também é mais barata. Isso porque, assim como o G403, ele não é sem fio. Além disso, em vez dos seis pesos (dois de 4g, quatro de 2g) do Lightspeed, ele traz cinco pesinhos iguais de 3,6g. O peso total acaba maior, 18g contra 16g, mas, como são todos iguais, a personalização não é tão intensa. Com o mesmo sensor dos demais mouses citados, ele alcança de 100 a 25.600 DPI, assim como os outros.

Saindo um pouco da Logitech e vindo para a indústria nacional, a Multilaser tem uma boa opção para quem quer gastar pouco e ter um mouse gamer razoável. O Warrior MO263 tem 3.200 DPI de resolução, seis botões programáveis e quatro opções de cores no seu LED.

Mouse Logitech G502 Lightspeed: Conclusão

Um mouse nota 10

Bonito, confortável, potente e altamente personalizável, O G502 Lightspeed vale muito a pena se você puder gastar um pouco mais e tiver atividades específicas que exigem mais precisão e adaptação por parte do seu mouse. Se pareado com um mousepad PowerPlay, você poderá usá-lo tranquilamente sem se preocupar com a bateria. Mesmo sem esse mousepad, ele pode ser usado com fio, que é longo e permite mobilidade. Seus botões são fáceis de alcançar e podem ser responsáveis pela tarefa ou comando que você bem entender, seja nos programas que usa ou nos games que joga. Em resumo, ele vale seu alto preço, e por isso recebeu a nota 10 nesta avaliação.