Mouse Mouse Logitech M280 branco com detalhes em amarelo em fundo preto

Mouse Logitech M280: um básico que funciona e ainda é estiloso

Disponível em três cores, o mouse Logitech M280 traz o que você precisa para o dia a dia sem perder criatividade

Filipe SallesRedator

Publicado e atualizado 7 min. de leitura.

Compartilhe:

O mouse Logitech M280 surpreende por ser barato e apresentar alguns detalhes que o destacam, algo incomum nessa categoria de preço. Afinal de contas, é normal passar em lojas de informática para comprar um mouse que dê conta do recado para suas tarefas do dia a dia. Muitos custam por volta de R$ 50, mas logo apresentam defeitos. Esse não é o caso desse modelo, que custa um pouco mais que isso, mas te entrega um mouse funcional e com três opções de cores.

O Logitech M280 vai muito além do que um mouse básico e sem fio tem a oferecer? A resposta é não. Só que os detalhes adicionais, sem significar um preço maior que R$ 100, o tornam a melhor opção de mouse econômico no momento. É isso que vamos te mostrar a seguir, após esses dias de avaliação.

Antes disso e para entender mais sobre o nosso processo de avaliação, não deixe de conferir como avaliamos mouses.

Mouse Logitech M280: Prós e contras

Prós do Logitech M280

Mesmo sendo um mouse baratinho, ele é bastante funcional e tem boa construção. Além disso, ele traz áreas texturizadas que aumentam o conforto, especialmente para quem trabalha o dia inteiro no computador. Seu receptor USB permite usá-lo no momento em que pluga o mouse na entrada, sendo leve e fácil de usar.

Disponível em três cores, ele atende tanto quem precisa de mouses para o escritório quanto quem quer uma opção mais personalizada. O aplicativo Logitech Options também permite algumas opções de personalização, algo que não ocorre em mouses da mesma categoria. Ele também é uma boa opção para quem usa o mouse com a mão esquerda.

Contras do Logitech M280

Alguns mouses econômicos contam com botões extras, mesmo que poucos, o que não acontece aqui. Isso o torna uma opção menos razoável caso queira um mouse com botões personalizáveis para incluir mais atalhos.

Além disso, não há alternativa para trabalhar com o mouse no cabo, já que ele não traz entrada USB, tampouco receptor Bluetooth. Ou seja, caso perca o receptor, terá de comprar outro mouse para conseguir usá-lo.

Conheça mais sobre mouses e outros periféricos:

O que vem na caixa?

  • Mouse Logitech M280
  • Folheto no papelão ensinando como remover a porta inferior, onde estão a pilha inclusa e o receptor USB

Mouse Logitech M280: Ficha técnica

Mouse Logitech M280: Design e acabamento

Simples, fácil e bonito: são palavras que definem o Logitech M280
Simples, fácil e bonito: são palavras que definem o Logitech M280

O Logitech M280 é simples para o escritório, mas é bem estiloso, com parte inferior em um amarelo fluorescente, que se repete na logo da Logitech localizada na parte superior. Tanto que o modelo recebeu o carinhoso apelido de "Pikachu" aqui na redação.

Esse "Pikachu" não dá "Choque do Trovão", mas te ajuda no escritório
Esse "Pikachu" não dá "Choque do Trovão", mas te ajuda no escritório

No entanto, se não pode (ou não gosta!) de detalhes tão exuberantes e precisa ter um equipamento com tons mais sérios, existem opções mais conservadoras. O mouse também está disponível nas cores preta ou vermelha.

Calma, se o seu escritório não te deixa ter um Pikachu, ainda há outras duas cores do Logitech M280 para escolher (Fonte: Divulgação/Logitech)
Calma, se o seu escritório não te deixa ter um Pikachu, ainda há outras duas cores do Logitech M280 para escolher (Fonte: Divulgação/Logitech)

Além disso, ele é pequeno, mas não o suficiente para ser muito desconfortável. Se você costuma manipular o mouse com a ponta dos dedos, ele é ideal para usar com notebook.

Principalmente por contar com uma superfície texturizada nos pontos de descanso da mão, como se fosse uma almofada embutida para dar mais conforto. O rolo central do mouse também possui essa textura, oferecendo uma rolagem suave e confortável.

Vale mencionar que essas superfícies também estão presentes nos pontos onde canhotos costumam pegar no mouse, sendo uma boa opção para quem o usa com a mão esquerda.

Mouse Logitech M280: Botões

O mouse Logitech M280 não conta com botões extras, se atendo ao convencional
O mouse Logitech M280 não conta com botões extras, se atendo ao convencional

Sem botões extras, contando apenas com os dois botões principais e o botão de rolagem no centro, além do botão de ligar e desligar na parte inferior. Há pouco espaço para personalização, que pode ser feito por meio do app Logitech Options, também usado para configurar o mouse MX Vertical que já testamos aqui.

Tanto que só há a opção de inverter a posição dos botões, o que torna o mouse uma opção mais interessante para quem costuma usar o periférico com a mão esquerda. Além dele, também é possível diminuir a sensibilidade da rolagem do botão central. O app é grátis e pode ser baixado direto da página da Logitech.

Mouse Logitech M280: Sensibilidade

O Logitech M280 possui sensibilidade máxima de 1.000 DPI, usado em modelos convencionais que não são gamers. Para tarefas do dia a dia, um usuário médio dificilmente precisará de mais do que isso. Ainda assim, você pode ajustar a sensibilidade por meio do Logitech Options.

Dica: quer saber o que significa a sigla acima? Então separe um aba para aprender o que é DPI!

Por outro lado, isso significa que sua performance em jogos multiplayer que exigem mais reflexo terá um certo limite. Com menor sensibilidade máxima, sua movimentação pode ficar mais travada. Vale considerar aqui também o fato do Logitech M280 ser um mouse sem fio, que possui um tempo de resposta maior que os mouses à cabo.

Mouse Logitech M280: Bateria

Funcionando à pilha, o Logitech M280 dura cerca de 18 meses sem precisar trocar, de acordo com a fabricante
Funcionando à pilha, o Logitech M280 dura cerca de 18 meses sem precisar trocar, de acordo com a fabricante

O Logitech M280 funciona a pilha, o que significa que apenas a conexão wireless por meio do adaptador USB é possível. Mas calma! O mouse já vem com uma pilha de fábrica e não é necessário comprar uma adicional nesse pimeiro momento.

A porta para trocar pilha é fácil de remover e nela também está localizado o receptor USB que você deverá plugar no seu computador ou notebook. A fabricante promete cerca de 18 meses sem a necessidade de trocar a pilha, dependendo da frequência com que se usa o mouse.

Como nosso teste dura dois dias, não temos como avaliar se a promessa é cumprida. Ainda assim, é normal que mouses do tipo realmente demorem bastante até precisarem de uma nova pilha.

Mouse Logitech M280: Custo-benefício

Apesar de não ter grandes funcionalidades ou botões personalizáveis, o Logitech M280 oferece excelente custo-benefício justamente por custar menos de R$ 100. Em nosso site, você consegue encontrá-lo custando por volta de R$ 69.

Sua versão prata pode não ter a iluminação RGB que mouses gamers com os que já listamos, mas o fundo amarelo fluorescente ainda dá um tom de personalização. Além disso, o receptor USB do mouse é ótimo e funciona perfeitamente, com uso quase instantâneo. Sua pegada confortável, que não costuma estar presente em mouses dessa faixa de preço, também é um bônus bem-vindo e que nos ajuda nessa avaliação.

Produtos similares

Como costumamos fazer em nossas reviews, aproveitamos esta seção para apresentar alguns produtos similares que podem ter exatamente as funcionalidades que busca quem está pesquisando o Logitech M280. Nossa primeira alternativa é o mouse MO215 da Multilaser, com características semelhantes.

Esse modelo chega a ter um pouco mais de sensibilidade máxima, chegando a 1200DPI. Ele é vendido nas cores preto, azul e prata, também oferecendo pelo menos uma chance de personalização, embora pessoalmente eu goste mais do estilo do M280 da Logitech. Além disso, ele necessita de duas pilhas AAA que não vêm com o mouse., enquanto o modelo rival precisa de apenas uma AA.

Dica: se você quer conhecer mais modelos parecidos ao Logitech M280, não deixe de explorar nossa seleção com os melhores mouses sem fio de 2021!

A segunda opção é idel para quem não liga de ter um mouse cabeado. O Bluetrack USB da Microsoft é uma opção sólida e também funcional, embora seja difícil de dar um apelido como fizemos com o nosso "Pikachu" da Logitech. Uma vantagem dele é a maior quantidade de botões em relação aos modelos citados, já que ele possui dois botões extras, totalizando cinco botões.

Por fim, um modelo de mouse gamer econômico da própria Logitech. O Prodigy custa pouco mais de R$ 100 e tem detalhes e logo com iluminação RGB azul, mais indicado ao público gamer que ele quer atender. Funcionando por cabo USB, ele tem sensibilidade máxima de 6.000 DPI, ideal para quem precisa de melhor performance em jogos competitivos.

Mouse Logitech M280: Conclusão

Um mouse sem fio que não foge ao convencional, esse modelo da Logitech entrega o que se dispõe a fazer: ser um bom mouse de escritório ou para uso rotineiro. Sua única firula é realmente a cor prata com o amarelo fluorescente, que é opcional caso esteja procurando mouses para o seu escritório e não possa ser tão criativo.

O fato dele ser wireless também ajuda na organização de fios, mantendo o seu ambiente organizado e com um periférico funcional e que não apresenta falhas. Além disso, sua alimentação por pilhas pode ser um inconveniente, mas que levará muito tempo para acontecer. Lembrando que baterias fazem com que o equipamento pese mais, o que não é o caso do mouse Logitech M280, que é leve, confortável e prático de usar.

Gostou do mouse Logitech M280? Então confira as ofertas desse modelo!