Como desativar o teclado do notebook

Se o teclado do seu notebook estragou e começou a digitar sozinho, você vai precisar desativá-lo e usar um teclado externo. Veja um tutorial Zoom de como fazer essa desativação de duas formas diferentes.

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 5 min. de leitura.

Compartilhe:

Quando o teclado de um notebook dá problema, ele pode digitar sozinho. Por isso, uma alternativa é desativá-lo e começar a usar um periférico USB externo, no entanto, fazer isso não é uma tarefa tão simples. Pensando nisso, o Zoom preparou um tutorial ensinando duas formas de desativar o teclado do notebook.

A primeira forma usa apenas o recurso de desinstalação do teclado, porém em muitos casos o próprio sistema já faz a instalação do dispositivo automaticamente, por entender que ele é crucial para o funcionamento adequado do aparelho. Por isso, além da forma convencional, nós também vamos mostrar um meio alternativo para deixar seu teclado desativado.

Leia também: Melhor notebook com Intel Core de 10ª geração: 7 modelos para comprar

Conheça nossos artigos e fique por dentro dos melhores produtos, guias de compra, lançamentos e mais!

Como desativar o teclado do notebook pelo Editor de Políticas do Windows

O processo abaixo de alterar um status no Editor de Políticas do Windows só está disponível no Windows 10 Pro e Enterprise. Caso o seu sistema não seja nenhum dos dois, vá direto para a segunda forma.

Importante: Em muitos notebooks o mesmo driver do teclado é o do touchpad, por isso ao desinstalar ele você também ficará sem o controle do mouse. Não se esqueça de ter mouse e teclado USB disponíveis para usar o notebook depois do processo.

Passo 1. Use o atalho “Windows + R” para abrir a janela de executar, digite o comando “gpedit.msc” e aperte o “OK”;

Digite o comando “gpedit.msc” na janela de executar. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)<span class="-mobiledoc-kit__atom">‌‌</span>
Digite o comando “gpedit.msc” na janela de executar. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)<span class="-mobiledoc-kit__atom">‌‌</span>

Passo 2. Na janela que aparecer na lateral esquerda, você deve abrir o seguinte caminho: Configuração do computador > Modelos administrativos > Sistema > Instalação de dispositivos > Restrições de instalação de dispositivos;

Entre na pasta “Restrições de instalação de dispositivos”. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)
Entre na pasta “Restrições de instalação de dispositivos”. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)

Confira as nossas apostas para a Black Friday e veja os melhores produtos para comprar com desconto!

Passo 3. Ao abrir essa última pasta, selecione a opção de configuração “Impedir a instalação de dispositivos não descritos por outras configurações de política”;

Selecione a configuração. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)
Selecione a configuração. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)

Passo 4. Com ela aberta, selecione a opção “Habilitado”, depois clique em “Aplicar” e em seguida ‘OK”;

Clique em habilitado e depois confirme a mudança. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)
Clique em habilitado e depois confirme a mudança. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)

Passo 5. Digite “Gerenciador de dispositivos” na barra de busca do Windows e entre na configuração;

Pesquise por gerenciador de dispositivos na barra de busca do Windows. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)
Pesquise por gerenciador de dispositivos na barra de busca do Windows. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)

Passo 6. Vá até à opção de teclados e clique na pequena seta para exibir os dispositivos instalados;

Procure a opção de teclados e clique para mostrar os dispositivos. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)
Procure a opção de teclados e clique para mostrar os dispositivos. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)

Passo 7. Clique com o botão direito no dispositivo com nome de “Teclado padrão PS/2” e selecione “Desinstalar”.

Clique em desinstalar para completar a operação. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)
Clique em desinstalar para completar a operação. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)

Após feito isso, o computador irá pedir para você reiniciá-lo para completar o procedimento. Basta clicar em “Sim” e pronto, o seu teclado estará desinstalado.

Quer saber mais sobre notebooks? Veja outros artigos aqui no Zoom!

Como desativar o teclado do notebook pelo Gerenciador de Dispositivos

Caso o processo acima não funcione, ou o seu Windows seja uma versão que não dá acesso ao Editor de Políticas do Windows, você pode usar essa “gambiarra” para forçar o teclado a ficar desativado.

Aqui vamos fazer a instalação de um driver incompatível, assim o teclado para de funcionar automaticamente, mas não se preocupe, pois isso não danifica nada no computador. No fim do método vamos ensinar a ativar o teclado novamente.

Passo 1. Digite “Gerenciador de dispositivos” na barra de busca do Windows e entre na configuração;

Pesquise por gerenciador de dispositivos na barra de busca do Windows. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)
Pesquise por gerenciador de dispositivos na barra de busca do Windows. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)

Passo 2. Vá até à opção de teclados e clique na pequena seta para exibir os dispositivos instalados;

Clique com o botão direito no teclado e vá em “atualizar driver”. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)
Clique com o botão direito no teclado e vá em “atualizar driver”. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)

Passo 3. Clique com o botão direito no dispositivo com nome de “Teclado padrão PS/2” e selecione “Atualizar Driver”. Selecione a opção “Procurar software de driver no computador”;

Selecione a opção de procurar driver no computador. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)
Selecione a opção de procurar driver no computador. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)

Passo 4. Selecione a opção “Permitir que eu escolha uma lista de drivers disponíveis em meu computador”;

Clique na opção para permitir uma lista de drivers disponíveis no computador. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)
Clique na opção para permitir uma lista de drivers disponíveis no computador. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)

Passo 5. Desmarque a opção “Mostrar hardware compatível. Agora você deve selecionar uma fabricante e modelo totalmente diferentes do seu teclado. A ideia aqui é instalar um driver incompatível para forçar a parada do teclado;

Selecione um teclado que não seja o seu. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)
Selecione um teclado que não seja o seu. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)

Passo 6. Ao clicar em avançar, um aviso irá aparecer na sua tela sobre o risco de instalar o driver escolhido, pois o Windows não pode verificar a compatibilidade. Aperte o botão “Sim”.

Clique em sim para confirmar a ação. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)
Clique em sim para confirmar a ação. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)

Em seguida clique em “fechar” e depois reinicie o seu computador para completar o processo.

Como ativar o teclado novamente

Passo 1. Digite “Gerenciador de dispositivos” na barra de busca do Windows e entre na configuração;

Pesquise por gerenciador de dispositivos na barra de busca do Windows. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)
Pesquise por gerenciador de dispositivos na barra de busca do Windows. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)

Passo 2. Vá até à opção de teclados e clique na pequena seta para exibir os dispositivos instalados;

Clique com o botão direito no teclado e selecione “Atualizar drivers”. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)
Clique com o botão direito no teclado e selecione “Atualizar drivers”. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)

Passo 3. Clique com o botão direito no dispositivo com nome de “Teclado padrão PS/2” e selecione “Atualizar Driver”. Feito isso, Selecione a opção ‘Pesquisar automaticamente software de driver atualizado”.

Selecione a opção de pesquisar um driver compatível automaticamente. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)
Selecione a opção de pesquisar um driver compatível automaticamente. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)

Feito isso, basta clicar em fechar e depois reiniciar o computador para garantir que o driver foi instalado corretamente.

Leia também: