Retrospectiva 2020: relembre os melhores notebooks lançados no ano

Notebook com duas telas da Asus, novos MacBook com chip M1 e linha Samsung Book marcaram 2020

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 8 min. de leitura.

Compartilhe:

O ano de 2020 está chegando ao fim. De janeiro a dezembro, tivemos vários lançamentos de notebooks bem interessantes. Para citar alguns, a Samsung atualizou sua linha intermediária de laptops; a Asus inovou com um notebook “de duas telas”; e a Apple anunciou modelos de MacBooks com chip de fabricação própria, o M1.

Para relembrar os principais notebooks que chegaram ao mercado brasileiro neste ano, nós do Zoom montamos um infográfico com a linha do tempo de lançamentos em 2020. No final, você confere os detalhes das fichas técnicas, preços iniciais e as melhores ofertas para os modelos que foram apresentados. Veja, a seguir, abaixo a retrospectiva de notebooks em 2020.

Leia também: Notebooks caros na pandemia? Veja modelos com menor variação de preço

Quer saber mais sobre notebooks? Veja outros artigos aqui no Zoom!

Abril

Asus ZenBook 14

Zenbook 14, da Asus. (Foto: Divulgação/Asus)
Zenbook 14, da Asus. (Foto: Divulgação/Asus)

Lançado em abril de 2020, o ZenBook 14 chegou com a proposta de aumentar a produtividade dos usuários com uma segunda tela. O painel extra substitui o touchpad, tem 5,5 polegadas, touchscreen e resolução Full HD. O recurso pode ser usado como o touchpad convencional, para atalhos de programas, ferramentas de programas específicos e até mesmo para assistir a vídeos.

Apesar de esse ser o grande destaque do aparelho, o restante da ficha técnica não fica para trás. O ZenBook 14 usa processador i7 de décima geração, tem 8 GB de RAM, 256 GB de SSD e bateria que dura até um dia em uso moderado, de acordo com a própria Asus. Ele é um notebook compacto, com tela de 14 polegadas que também oferece resolução Full HD.

O ZenBook 14 tem como público alvo os consumidores que buscam um notebook premium com algum diferencial perante a concorrência, mas foi lançado por um valor salgado, cerca de R$ 7,6 mil. No momento da publicação desta matéria, ele já pode ser encontrado por R$ 5.794.

Junho

Avell LIV

Linha Avell LIV. (Foto: Divulgação/Avell)
Linha Avell LIV. (Foto: Divulgação/Avell)

Em junho, a Avell lançou cinco notebooks da sua linha LIV, que é focada em alto desempenho e tem aparelhos com ficha técnica robusta para atender a gamers e profissionais que usam softwares pesados. Foram lançados os seguintes modelos: A52, A62, A65, C62 e C65. Os notebooks da linha A têm telas de 15 polegadas, enquanto os da linha C são equipados com painéis maiores, de 17 polegadas.

A numeração também determina o nível de performance de cada um; os que terminam com o número “2” são as opções de entrada, enquanto os que terminam com “5” entregam recursos premium. Todos os notebooks são equipados com processadores Intel de décima geração da série H, focados em alto desempenho.

Veja abaixo a comparação de ficha técnica de cada um dos notebooks:

 TelaProcessadorGPURAMArmazenamento
A5215,6 polegadas, Full HD com 120 Hzi5 10300HGTX 165016 GBSSD de 256 GB
A6215,6 polegadas, Full HD com 120 Hz ou 100% sRGBi5 10750HGTX 1650 Ti ou RTX 206016 GBSSD de 500 GB
A6515,6 polegadas, Full HD, 144 Hz e 100% sRGBi7 10750HRTX 2060 ou 207016 GBSSD de 500 GB
C6217,3 polegadas, Full HD e 60Hz ou 144Hz e 100% sRGBi7 10750HGTX 1650 Ti ou RTX 206016 GBSSD de 500 GB
C6517,3 polegadas, Full HD e 60Hz ou 240Hz e 100% sRGBi7 10750HRTX 2070 Super ou 2080 Super MaxQ16 GBSSD de 500 GB

Quando foram lançados, os notebooks eram considerados por muitos como uma boa escolha, já que, considerando suas fichas técnicas, outros modelos acabavam saindo mais caros. Com o aumento do preço de notebooks na pandemia, os modelos LIV, da Avell, deixaram ter bom custo-benefício, mas ainda são boa escolha para quem procura aparelhos potentes e modernos.

Julho

Samsung Book

Linha Samsung Book. (Foto: Divulgação/Samsung)
Linha Samsung Book. (Foto: Divulgação/Samsung)

Em julho, a Samsung lançou não só um ou dois, mas sim oito notebooks aqui no Brasil. A empresa substituiu todas as suas linhas já famosas, como a Essentials e Expert, pelos modelos Book, que são os: E20, E30, X20, X30, X40, X45, X50 e X55.

Os notebooks atendem uma grande parcela dos consumidores, desde aqueles que buscam aparelhos básicos, até os que precisam de opções com placa de vídeo dedicada.

O Book E20 e E30 são os mais simples e têm processadores Intel Celeron e Core i3 de décima geração, respectivamente. O destaque fica para o E30, que substitui o famoso Essentials E30 e mantém a principal característica do seu antecessor: a tela Full HD. Eles foram lançados por R$ 2.499 e R$ 2.999, mas já podem ser encontrados por preços menores.

O Book X20, X30, X40 e X45 são equipados com processadores Intel Core i5 de décima geração, sendo que os dois últimos contam com placa de vídeo integrada. De todos esses, apenas o X45 já tem SSD instalado de fábrica, mas todos contam com slot M.2, então o usuário pode instalar por conta própria. Eles foram lançados por R$ 3.999 (X30), R$ 4.699 (X40), R$ 5.499 (X45), mas também já estão mais baratos.

O Book X50 e X55 são os mais potentes da linha, indicado para os usuários que vão rodar aplicativos pesados. Ambos estão equipados com processadores Core i7 de décima geração e usam a GPU dedicada MX110, com 2 GB de memória. O X50 tem 8 GB de RAM, enquanto o X55 chega com 16 GB. Eles foram lançados por R$ 5.499 e R$ 7.199, mas hoje estão mais baratos.

Como a Samsung substituiu boa parte da sua linha intermediária pelos modelos citados acima, os modelos Book ainda estão em fase de “conhecimento” dos consumidores. O que mais se destaca é o Book E30, que tem design moderno, processador de 10ª geração e tela Full HD, ideal para quem gosta de assistir filmes, séries, mas não deseja gastar muito.

Dell XPS 13

O XPS 13. (Foto: Divulgação/Dell)
O XPS 13. (Foto: Divulgação/Dell)

Também em julho tivemos o lançamento da linha XPS 13, da Dell, aqui no Brasil. São notebooks bem leves e compactos, com design moderno e que tentam aproveitar ao máximo todo o espaço de seus corpos. As três versões lançadas têm processador de décima geração, sendo uma com Core i5 e outra com Core i7.

A memória RAM vai de 8 GB na versão com i5 e 16 GB na versão com i7, com SSD de 512 GB e 1 TB, respectivamente. Ambos os notebooks contam com tela com mais de 90% de aproveitamento de espaço, mas enquanto a versão “básica” e “intermediária” têm resolução Full HD, o modelo avançado chega com qualidade 4K.

Os preços de lançamento foram de R$ 8.999 na versão básica, R$ 10.499 na intermediária e R$ 11.499 na avançada. São notebooks que. além de ficha técnica potente, também apostam em uma qualidade de construção e acabamento impecáveis. Atualmente, todos eles podem ser encontrados com custo menor.

O XPS 13 é uma ótima opção de notebook premium, mas o seu valor, que ainda é bem salgado, acaba impedindo que ele seja mais popular, já que é direcionado para um grupo seleto de consumidores.

Agosto

Lenovo Legion 5i

Lenovo Legion 5i. (Foto: Divulgação/Lenovo)
Lenovo Legion 5i. (Foto: Divulgação/Lenovo)

Em agosto, a Lenovo lançou mais um notebook gamer no Brasil, o Legion 5i. Ele é um modelo indicado para quem busca alta performance, já que está equipado com um Core i7 de décima geração da série H, focada em desempenho. O seu destaque é a placa de vídeo RTX 2060, que, até então, é uma das melhores para notebooks e roda vários jogos da atualidade com bom desempenho.

Esse notebook tem 16 GB de memória RAM, 1 TB de HD e 128 GB de SSD. Sua tela é de 15,6 polegadas e tem resolução Full HD, mas não chegou com taxa de atualização acima do convencional. Ele foi lançado por R$ 9.899, mas já pode ser encontrado por R$ 9.096 em lojas varejistas de eletrônicos.

O Legion 5i tem o objetivo de conquistar o mercado de notebooks avançados, oferecendo um preço um pouco menor que dos concorrentes. Para isso, ele aposta em cortes de recursos, como é o caso da própria taxa de atualização da tela. Atualmente, ele é uma das melhores opções de notebook gamer de alto nível.

Acer Aspire Nitro 5 e Aspire 3 com processadores Ryzen

Aspire Nitro 5 e Aspire 3. (Foto: Divulgação/Acer)
Aspire Nitro 5 e Aspire 3. (Foto: Divulgação/Acer)

Com a popularidade que a AMD está ganhando, é normal que aos poucos as fabricantes passem a adotar os processadores Ryzen em seus notebooks. Em agosto de 2020, a empresa lançou novos modelos da linha Aspire 3 aqui, além de também atualizar sua linha gamer, a Aspire Nitro 5.

A linha Aspire 3 é indicada para uso no dia, e está equipada com processadores Ryzen 3, 5 ou 7, todos da série U, focada em economia de energia. A memória RAM varia entre 8 e 12 GB, enquanto o armazenamento interno já chega em formato de SSD, indo de 256 GB a 512 GB, dependendo da versão.

Eles são equipados com a placa de vídeo Radeon 540X, modelo dedicado de entrada que ajuda na hora de rodar programas pesados. Os valores de lançamento foram a partir de R$ 3.099.

Já os notebooks da linha Aspire Nitro 5 são para os gamers, e contam com processadores AMD Ryzen da série H para alto desempenho, o Ryzen 5 3550H ou Ryzen 7 3750H. Eles também têm 8 GB de RAM, HD de 1 TB e SSD de 128 GB ou 256 GB, dependendo da versão escolhida pelo usuário.

Os dois modelos mantém o visual clássico da linha Aspire Nitro 5, com acabamento que combina o preto e vermelho. Eles estão equipados com a placa de vídeo GTX 1650, modelo com 4 GB de RAM que roda vários jogos em boa qualidade, e têm tela em Full HD. Na época do lançamento, eram encontradas a partir de R$ 5.299.

O Aspire Nitro 5 já começa a ser uma busca frequente dos consumidores que precisam de um notebook gamer, já que a AMD é famosa entre esse público. Já as versões Aspire ainda estão começando a ser conhecidas pelo público, que em grande parte ainda vê mais “segurança” nos modelos com processadores da Intel.

Novembro

MacBooks com chip Apple M1

MacBook Pro e MacBook Air com M1. (Foto: Divulgação/Apple)
MacBook Pro e MacBook Air com M1. (Foto: Divulgação/Apple)

A Apple anunciou que está investindo no seu próprio processador, o M1. A empresa já está mostrando alguns modelos de MacBook com o chip, e em novembro lançou oficialmente versões do MacBook Air e MacBook Pro aqui no Brasil. Os preços de lançamento são de R$ 12.999 e R$ 17.999.

Os chips M1 entregam desempenho melhor que os notebooks com processador Intel da empresa, além de serem mais eficientes. Testes mostraram que o novo lançamento da empresa teve desempenho superior ao Intel i9, sendo que a sua placa de vídeo integrada conseguiu ultrapassar uma GTX 1050 Ti, modelo dedicado.

O MacBook Pro tem a mesma ficha técnica do modelo com Intel, cuja única diferença é o chip M1. Dessa forma, ele alcança um desempenho melhor e tem quase o dobro de autonomia de bateria, mas fica limitado ao máximo de 16 GB de RAM. O MacBook Air segue o mesmo caminho, sendo que até na parte de memória RAM é igual ao modelo 2020 com Intel.

Os novos notebooks da empresa são ótimas opções para quem já deseja comprar algo potente e atualizado. O Zoom preparou comparativos da versão com Intel e M1 tanto do MacBook Pro quanto do MacBook Air.

Leia também: