O que é spam e como evitar ser vítima dessa prática na internet

Entender o que é spam é o primeiro passo para saber como se proteger dessa prática e evitar transtornos

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 6 min. de leitura.

Compartilhe:

Você sabe o que é spam? Provavelmente, você já ouviu esse termo inúmeras vezes, mas, na prática, muitas pessoas não sabem exatamente o que ele de fato quer dizer. Se esse é o seu caso, saiba que não é o único! Vale mencionar que o spam é um aspecto que afeta praticamente todos os usuários na internet e, isso independe de pessoas que navegam assiduamente ou não.

Infelizmente, não existe uma forma de fugir ou ignorar a sua existência. Mas, calma! Existem caminhos que ajudam a minimizar seus impactos e até mesmo reduzir os danos que ele pode provocar. E o primeiro passo é justamente entender o que é spam no celular ou em outros dispositivos.

Como estamos abordando a navegação na internet, já parou para pensar nas soluções que você usa na sua rotina? Pensar sobre isso também é algo fundamental para garantir qualidade e, claro, segurança! Por isso, vale a pena se atentar ao roteador que você anda usando na sua casa ou empresa.

  • Se você prioriza velocidade, uma boa dica é conferir os 6 modelos que já recomendamos por aqui de roteadores gigabit. Nesse conteúdo, nós não apenas indicamos bons modelos como também abordamos as vantagens do padrão.
  • Além disso, temos uma seleção dos melhores roteadores Wi-Fi mais procurados em 2021. Reunimos 11 modelos de destaque!
  • E, se tratando de uma boa experiência para navegação, que tal encontrar melhor roteador TP-Link? Veja quais são os 6 modelos mais disputados atualmente!

Afinal, o que é spam?

Spam consiste em envio e postagem de publicidade em massa (Fonte: Shutterstock)
Spam consiste em envio e postagem de publicidade em massa (Fonte: Shutterstock)

Não existe um só consenso do que quer dizer spam. Entretanto, o significado mais usado é que a sigla refere-se ao termo Sending and Posting Advertisement in Mass. Em tradução livre, isso quer dizer “Enviar e postar publicidade em massa”. Já deu para ter uma boa ideia do que estamos falando, certo?

Em linhas gerais, o spam nada mais é do que mensagens eletrônicas enviadas sem permissão para um usuário que não tem o desejo de receber essa avalanche de informações. Em geral, a maior dúvida das pessoas é sobre o que é spam no e-mail. Isso porque esse é o canal mais comum onde essas mensagens proliferam.

O que é caixa de spam?

A caixa de spam é para onde o provedor de e-mail envia mensagens que considere suspeitas e que sejam enviadas por disparos massivos. Além disso, você pode descobrir na prática o que é spam no celular, uma vez que seu dispositivo também permite que você mesmo marque mensagens suspeitas ou phishing.

A inteligência artificial dos serviços de e-mail identificam que uma determinada mensagem tem características de spam, seja pelo endereço que a enviou ou pela própria característica do conteúdo, e envia aquele e-mail diretamente para a caixa de spam de forma automática.

É importante o usuário tomar cuidado porque esse filtro automático não é perfeito, e volta e meia e-mails importantes podem acabar caindo na caixa de spam.

O spam também é comum em redes sociais

Engana-se quem pensa que esse é um aspecto exclusivo da sua caixa de e-mails. A procura para saber o que é spam no Instagram também é bastante comum. O mesmo vale para outros canais sociais ou até mesmo em comentários em posts publicados em um blog, por exemplo.

O mais comum é que o spam promova produtos ou serviços, mas, há também situações que ele tem um objetivo ainda mais nocivo: difundir informações falsas! Essas informações são denominadas por “hoax” e, em alguns casos podem colocar em risco dados bancários e pessoais dos usuários.

Uma avalanche de mensagens

As quantidades de mensagens enviadas por spam são extremamente elevadas, com o objetivo de atingir muitas pessoas de uma só vez. Para isso, são comumente usados softwares para disparo de mensagem em massa. Essa é uma maneira de estimular que mais pessoas abram as mensagens.

Quem promove esse tipo de prática?

Quem promove essa prática é chamado de "spammer" (Fonte: Shutterstock)
Quem promove essa prática é chamado de "spammer" (Fonte: Shutterstock)

Quando falamos sobre o que é spam, é fundamental darmos nomes aos responsáveis! Nesse caso, quem promove o envio dessas mensagens em massa é chamado de “spammer”. Esse indivíduos ou marcas sempre possuem um forte interesse financeiro – como atingir um maior volume de compras, por exemplo. Para isso, as propagandas são enviadas para inúmeros e-mails.

Mas, há também os “spammers” que querem realizar crimes, de forma a tentar acessar seus dados bancários e pessoais. Um bom exemplo desse tipo de captura criminosa é a criação de páginas clonadas de instituições financeiras, que são enviadas para milhares de e-mails solicitando que o usuário clique em um link para acessá-las.

A maioria dos bancos, por exemplo, tem guias sobre o que eles enviam ou não enviam por e-mail e SMS para evitar confusão por parte dos usuários. Dito isso, fica a dica: se receber um e-mail suspeito e não tiver certeza de que é de algum serviço que você utiliza, NÃO CLIQUE EM NADA e entre em contato com a empresa para se assegurar de que foi ela mesmo que o enviou.

Os principais tipos de spam

Além de saber o que é spam, é fundamental saber os diferentes formatos que ele possui (Fonte: Shutterstock)
Além de saber o que é spam, é fundamental saber os diferentes formatos que ele possui (Fonte: Shutterstock)

Como já falamos anteriormente, existem vários tipos de spam. Separamos abaixo os mais comuns nos dias atuais:

Correntes

As famosas simpatias para obter lucros, saúde, amor e, por aí vai. Quem nunca teve medo de passar adiante esse tipo de mensagem por pensar “quem sabe?”. Esse tipo de spam circula principalmente pelas redes sociais e pelo WhatsApp.

Boatos

Também denominados por hoaxes, eles simplesmente promovem fatos falsos e até mesmo conspiratórios. Em épocas de eleição, por exemplo, isso é bastante comum, e é preciso ter atenção para não passar isso adiante. Sempre busque uma fonte oficial!

Golpes e estelionatos

Os maiores vilões da prática do spam, sem a menor sombra de dúvidas! Fique sempre alerta com mensagens que fazem promessas absurdas, como ganhar dinheiro fácil ou emagrecer do dia para a noite. No caso de estelionato, jamais clique em mensagens duvidosas ou páginas que você simplesmente não conheça. Lembre-se: se é maravilhoso demais ou rentável demais sem esforço, desconfie!

Vírus

Quando você buscar saber mais sobre o que é spam, logo percebe que existem alguns astros nessa trama: cavalos de troia, backdoors e worms são vírus comuns e que sempre estão circulando. Isso ocorre porque algumas mensagens de spam carregam consigo inúmeros vírus.

Propagandas

O tipo mais comum e um dos mais incômodos! Consiste na divulgação em massa de produtos ou serviços, mas também virou uma prática comum durante propagandas eleitorais. Aqui, podemos considerar tanto propagandas ilícitas como lícitas e, claro, a segunda opção é felizmente a mais comum.

Como se proteger diante da ação de spammers?

Mantenha suas configurações de privacidade e evite acessar sites divulgados por spam (Fonte: Shutterstock)
Mantenha suas configurações de privacidade e evite acessar sites divulgados por spam (Fonte: Shutterstock)

Bom, como ficou claro, mais do que saber o que é spam, é preciso entender como se proteger dessa prática! Afinal, ela não apenas continuará acontecendo como também se fortalece constantemente. Dito isso, adote pequenos comportamentos na sua rotina, como marcar mensagens suspeitas como spam em seu e-mail, evitar a divulgação de boatos, tomar cuidados na hora de fazer seu cadastro em um site e manter suas redes sociais bem protegidas em relação às configurações de privacidade. Não entre em sites que são divulgados por spam e jamais responda esse tipo de e-mail.

Por fim, mantenha seu dispositivo sempre protegido! Use um bom antivírus, mantenha o sistema operacional e programas atualizados e seja vigilante sobre tudo que você baixa na internet!

  • Se o seu dispositivo está sem proteção, confira nosso guia sobre os melhores antivírus do mercado. Nós já recomendamos 4 opções para PC e celular.