RTX 3060 Ti é boa? Veja análise da placa de vídeo GeForce

GPU lançada em 2020, a RTX 3060 Ti consegue executar jogos atuais em resoluções abaixo de 4K

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 5 min. de leitura.

Compartilhe:

A placa de vídeo GeForce RTX 3060 Ti é boa? Anunciada no final de 2020, a GPU offboard da NVIDIA faz parte da mais nova linha de componentes gráficos com suporte a recursos como Ray Tracing e DLSS 2.0.

Buscando máximo desempenho em resoluções intermediárias, a RTX 3060 Ti é mais uma placa de vídeo da geração RTX 30, por isso, o consumidor pode ficar em dúvida se o modelo é bom ou não para executar os jogos mais atuais.

Pensando nisso, nós do Zoom preparamos uma análise de ficha técnica do modelo para te ajudar na hora da escolha. Confira nas linhas a seguir tudo sobre a GeForce RTX 3060 Ti e veja se vale a pena investir na GPU.

Leia também: melhores notebooks com placa de vídeo dedicada em 2021

A RTX 3060 Ti é a nova placa da NVIDIA (Foto: Divulgação/NVIDIA)
A RTX 3060 Ti é a nova placa da NVIDIA (Foto: Divulgação/NVIDIA)

Ficha técnica da GeForce RTX 3060 Ti

  • Lançamento: 12/2020
  • Linha: GeForce
  • Série: RTX
  • Fabricante: NVIDIA
  • Velocidade do clock: 1.665MHz
  • Memória de vídeo (VRAM): 8GB
  • Módulo da memória: GDDR6
  • Interface da memória: 256 bits
  • Largura de banda: 448 GB/s
  • TDP: 200 Watts

Especificações técnicas da RTX 3060 Ti

Com promessa de desempenho superior à placa de vídeo RTX 2080 Super, da geração anterior, a RTX 3060 Ti conta com especificações interessantes que garantem alta qualidade de imagem.

De acordo com a NVIDIA, a placa tem fabricação em 8 nm (nanômetros) e 8GB de memória RAM GDDR6, mesma quantidade da RTX 2070 e RTX 2080 Super e mais veloz do que os modelos com RAM GDDR5.

Entretanto, há um aumento considerável de potência, principalmente para bater de frente com os consoles da atual geração. A RTX 3060 Ti conta com 16.2 Teraflops de potência e 4.864 núcleos CUDA ao todo, sendo que essas memórias operam a 1665MHz.

Veja os testes abaixo feitos com a RTX 3060 Ti, RTX 2080 Super e RTX 2060 Super:

Diferentes testes realizados com as três placas (Foto: Divulgação/NVIDIA)
Diferentes testes realizados com as três placas (Foto: Divulgação/NVIDIA)

Toda essa potência é capaz de reproduzir imagens na qualidade ultra e em resoluções intermediárias, como 1444p (2560 x 1440 pixels). Além disso, a GPU traz interface de 256 bits e uma capacidade de transferência de dados de 448GB/s.

Aliás, tanto a memória de vídeo quanto a velocidade do clock indicam a capacidade do modelo de processar os dados exigidos em jogos mais pesados. Uma GPU com 8GB de VRAM é mais potente - e tem mais capacidade - do que outra com 4GB, por exemplo.

Desempenho em jogos

RTX 3060 Ti é mais uma placa de vídeo da linha RTX 30 (Foto: Divulgação/NVIDIA)
RTX 3060 Ti é mais uma placa de vídeo da linha RTX 30 (Foto: Divulgação/NVIDIA)

O desempenho da RTX 3060 Ti promete ser o melhor possível para uma placa intermediária de última geração, perdendo em desempenho apenas para a RTX 3080 e RTX 3090, GPUs top de linha da marca.

Por conta disso, a NVIDIA afirma que é possível executar jogos com alta qualidade de imagem a 60 quadros por segundo (FPS) em resoluções menores que 4K, como Full HD (1920 x 1080 pixels) e 1444p.

Entretanto, caso queira executar seus jogos favoritos em 4K (3840 x 2160 pixels), saiba que a taxa de quadros pode diminuir um pouco, visto que os modelos top de linha são os únicos que conseguem manter a fluidez nessa resolução.

Se tratando de uma placa de vídeo da linha RTX, recursos como Ray Tracing e DLSS 2.0 aumentam a qualidade das imagens durante o jogo sem que haja perda considerável de desempenho. No caso do DLSS 2.0, a tecnologia consegue até melhorar a taxa de quadros quando o usuário escolhe por utilizar imagens de alta qualidade.

Além dos recursos citados anteriormente, a RTX 3060 Ti também conta com o NVIDIA Reflex, para diminuir a latência do sistema e o NVIDIA Broadcast, que usa Inteligência Artificial para aprimoramento de áudio e vídeo, melhorando a captura de movimento.

Desempenho em renderização

RTX 3060 Ti também promete bom desempenho em renderização 3D (Foto: Divulgação/NVIDIA)
RTX 3060 Ti também promete bom desempenho em renderização 3D (Foto: Divulgação/NVIDIA)

Assim como nos jogos, para quem busca uma GPU para trabalhar com edição de vídeo ou renderização 3D, a placa de vídeo GeForce RTX 3060 Ti também não deve decepcionar. Apesar de não ser o modelo mais potente da fabricante, a GPU garante dar conta do recado no processamento de dados, isso, claro, se você possuir um bom processador.

Com ela, é possível fazer animações, edições de vídeo em 4K e o uso de softwares de arquitetura e engenharia sem travamentos e maiores problemas com a reprodução das imagens.

Consumo de energia

Por se tratar de uma placa de vídeo poderosa, a RTX 3060 Ti também exige uma boa fonte de alimentação. De acordo com os dados divulgados pela NVIDIA, a GPU precisa de 200 Watts para funcionar em situações críticas. Entretanto, não é sempre que a placa de vídeo irá trabalhar com o máximo da sua potência, indicando que esse número pode ser menor em situações mais tranquilas de uso.

Porém, a fabricante recomenda o uso de uma fonte de 600 Watts para garantir a estabilidade do seu sistema, visto que os demais componentes também necessitarão de uma parte dessa energia disponibilizada pela fonte.

RTX 3060 Ti: Preço

RTX 3060 Ti ainda está indisponível no Brasil (Foto: Divulgação/NVIDIA)
RTX 3060 Ti ainda está indisponível no Brasil (Foto: Divulgação/NVIDIA)

Com um preço de lançamento menor do que a RTX 2080 Super, a RTX 3060 Ti garante um melhor custo-benefício para quem busca uma placa de vídeo atual e mais em conta. Ainda indisponível no Brasil, a GPU custa US$ 399, cerca de R$ 2.098 em conversão direta e sem a adição de impostos.

A NVIDIA afirmou que fabricantes como a ASUS, EVGA, Gainward, Galax, Gigabyte, MSI, PNY e Zotac serão as empresas responsáveis pelo fornecimento da placa no Brasil.

Conclusão

A placa de vídeo RTX 3060 Ti é uma placa de vídeo intermediária da atual geração da NVIDIA. Por não apresentar toda a potência que suas irmãs RTX 3080 e RTX 3090, sua capacidade gráfica é voltada para usuários que desejam executar seus jogos em resoluções abaixo do 4K e com boa qualidade de imagem.

Além disso, o preço da RTX 3060 Ti também é mais baixo, apesar de ainda não ser encontrada no Brasil. Com a RTX 3060 Ti, é possível executar jogos a 60 quadros por segundo, com Ray Tracing e DLSS 2.0, assim como os consoles da atual geração.

Por isso, caso você queira jogar os games mais recentes e pagando menos por isso, talvez possa valer a pena investir nessa atualização de componente. Aliás, se você for um usuário mais exigente e queira executar em resolução 4K, é recomendado o investimento em modelos mais potentes da linha RTX, como as placas citadas anteriormente.

Conheça o canal do Zoom no YouTube: