Ômega 3: para que serve, o que é e como tomar

Descubra para que serve o ômega 3 e entenda como inclui-lo na sua dieta

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 6 min. de leitura.

Compartilhe:

O ômega 3 é um tipo de gordura saudável, capaz de regular o colesterol e com ação anti-inflamatória. Além disso, ele ajuda a prevenir doenças crônicas, melhorando, inclusive, sintomas de depressão e a aparência da pele. No entanto, o ômega 3 não é produzido pelo nosso organismo, devendo ser adquirido ou através de fontes naturais (peixes, algas, sementes ou oleaginosas) ou suplementos.

Se você quer saber para que serve o ômega 3 e como obter os benefícios desse suplemento, continue lendo esse artigo com todas as informações que separamos para você. Ah, e vale ressaltar que, na hora de escolher o ômega 3 ideal para você, é importante prestar atenção na concentração de DHA/EPA e se o produto é livre de metais pesados. Quer entender um pouco mais sobre para que serve, o que é e quais os tipos de ômega 3? Confira aqui!

E lembre-se: é imprescindível consultar um nutricionista antes de adquirir qualquer suplemento alimentar.

Já sabe qual é o melhor ômega 3? Explore agora o nosso artigo com os melhores ômega 3 de 2021!

Entenda para que serve, o que é e quais os tipos de ômega 3 (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
Entenda para que serve, o que é e quais os tipos de ômega 3 (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Ômega 3: o que é?

O ômega 3 é um composto é formado por três tipos de ácidos graxos: ácido alfa-linolênico (ALA), ácido eicosapentaenoico (EPA) e ácido docosa-hexaenoico (DHA). Quando estão presentes em quantidade, essa "gordura boa" ajuda a regular as funções das nossas células, controlando os níveis de outras gorduras que são consideradas ruins para o organismo.

Esse suplemento pode ser encontrado em peixes de água gelada (atum, sardinha, salmão, etc), bem como em sementes e oleaginosas (chia e linhaça). Ele atua protegendo a saúde da nossa circulação e dos nossos órgãos vitais, principalmente coração e cérebro, reduzindo os processos inflamatórios que levam a doenças crônicas.

Ômega 3: para quem é indicado?

O ômega 3 é recomendado para todo tipo de pessoa (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
O ômega 3 é recomendado para todo tipo de pessoa (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

A melhor forma de manter o corpo e a mente saudáveis é pela prática de exercícios físicos regulares e pela inclusão no cardápio de fontes diversas de nutrientes, dentre as quais o ômega 3. Ele é indicado para todo tipo de pessoa, desde bebês ainda na fase de gestação, até idosos, observando-se apenas qual a dosagem correta.

Nesse sentido, o ômega 3 pode ser utilizado no controle da obesidade, na melhoria da capacidade mental e da disposição, no pré-natal (para ajudar na formação do cérebro), na diminuição do desgaste físico durante atividades esportivas e na prevenção de doenças crônicas.

Ômega 3: quais são os tipos?

Existem alguns pontos a serem observados antes de comprar um um suplemento de ômega 3. Confira:

Concentração

O ideal é que o ômega 3 apresente uma boa proporção dos ácidos graxos EPA e DHA por cápsula. Quanto maior a concentração, melhor. Esse é o caso do ômega 3 da NowFoods, que possui o dobro da concentração geralmente encontrada em outros suplementos.

Pureza

Como o óleo de peixe corre o risco de se contaminar por metais pesados, é essencial que a pureza do óleo seja certificada por um órgão especializado. Para isso, vale buscar por produtos que tenham a certificação IFOS (International Fish Oil Standards), como o ômega 3 da LifeExtension e o ômega 3 da Nature Bounty, considerados de alto nível de pureza.

Forma

A gordura disponível no ômega 3 costuma estar na forma de triglicerídeos (TG) ou Etil Éster (EE). É indicado que haja uma maior quantidade do triglicerído TG, pois esse consegue ser absorvido de forma mais eficiente pelo corpo. Um ótimo suplemento com bom índice de TG e valor bem acessível, é o ômega 3 da Max Titanium.

Fórmulas aprimoradas

Para aqueles que são sensíveis ao forte gosto característico do óleo de peixe, há opções de ômega 3 gastrorresistentes. Esse tipo proporciona um maior conforto estomacal, tendo aroma mais agradável. Também existem suplementos à base de sementes ou algas marinhas, para vegetarianos e veganos, como o ômega 3 da Nutrify e o da Puravida.

Ômega 3: para que serve?

O ômega 3 serve para ganho de massa muscular, emagrecimento e nutrição (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
O ômega 3 serve para ganho de massa muscular, emagrecimento e nutrição (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Amplamente conhecido, o ômega 3 possui múltiplas funções e pode ser incluído na rotina por diversos motivos. Veja:

Ganho de massa muscular

O uso do ômega 3 permite treinar mais e melhor, devido à redução do desgaste causado pela inflamação dos músculos e das articulações, garantindo uma recuperação mais rápida e auxiliando na prática de exercícios de maior intensidade.

Estudos demonstraram alta nas taxas de síntese de proteína muscular e redução de gordura para quem faz uso do suplemento.

Emagrecimento e nutrição

Uma alimentação rica em ômega 3 pode ser uma forma de controlar a obesidade, pois reduz os processos inflamatórios causados pelo consumo excessivo de gorduras consideradas "ruins" para o corpo.

No caso de gestantes, o suplemento também auxilia no desenvolvimento neurológico e fetal, podendo ser tomado durante a fase de amamentação, já que o ômega 3 presente no leite materno é transmitido para o bebê.

Para os idosos, o ômega 3 otimiza a função cerebral, protege o sistema cardiovascular e pode ser associado a outras vitaminas e nutrientes como forma de prevenir a perda de força nos músculos.

Prevenção de doenças crônicas e mentais

O ômega 3 é eficaz na prevenção de doenças crônico-degenerativas. Seu consumo reduz ações inflamatórias, o que preserva o sistema imunológico. Essa proteção é devido ao nutriente aumentar a função responsável pela defesa do organismo.

Também é comprovado que o ômega 3 se trata de uma ótima fonte de nutrientes na prevenção de doenças psiquiátricas como a depressão, pela liberação de substâncias como a serotonina, que melhoram a disposição e o humor.

Redução de sintomas em doenças cardiovasculares

Uma dieta rica em ômega 3 ajuda a reduzir a pressão arterial e a prevenir doenças cardíacas, artrite e diabetes tipo 2.

Embora não seja possível tratar uma doença crônica já existente apenas com o consumo desse suplemento, seu uso ajuda a amenizar o quadro de sintomas dessas doenças.

Ômega 3: quais são os benefícios?

De forma geral, o ômega 3 traz benefícios em diversas funções do organismo, como, por exemplo:

  • Auxílio em processos mentais, na cognição (inteligência, de modo geral) e função neuroprotetora (proteção dos neurônios), melhorando o aprendizado e memória;
  • Em crianças, atua no desenvolvimento psicomotor e na prevenção de problemas, como o déficit de atenção (hiperatividade);
  • Em idosos, ajuda a amenizar o declínio natural das funções do cérebro;
  • Age na diminuição dos níveis de LDL e triglicerídeos (considerados tipos de gorduras "nocivas" ao organismo). Da mesma forma, melhora os níveis do HDL ("gordura boa");
  • Apresenta efeito anti-inflamatório;
  • Em obesos, minimiza o processo inflamatório que leva ao acúmulo de gordura;
  • É indicado para dores articulares e para a recuperação muscular após treinos intensos.

Confira já, nesse artigo, todos os benefícios do ômega 3 para a saúde, cérebro, fígado, cabelo, pele, e mais!

Ômega 3: como tomar?

O ômega 3 deve ser ingerido conforme indicação de um nutricionista (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
O ômega 3 deve ser ingerido conforme indicação de um nutricionista (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Na ingestão natural, a recomendação geral pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é a de 1 a 2 porções de peixe por semana, a fim de se evitar doenças crônicas relacionadas a dietas. No caso de vegetarianos, o recomendado é incluir porções de 30g de sementes (chia ou linhaça) em saladas de fruta ou iogurte, além do costumo de oleoginosas (castanha-do-Pará, nozes ou macadâmia).

Se você optar pela suplementação por cápsulas, a dose diária a ser tomada precisa ser decidida em conjunto com um médico ou nutricionista. Cada marca possui, ainda, uma recomendação de acordo com a quantidade de cápsulas presentes na embalagem. Em média, recomenda-se a ingestão de até 02 (duas) cápsulas por dia, conforme indicação no próprio produto.

Ômega 3: qual é o melhor?

O ômega 3 ideal para você é aquele que se encaixa com as suas necessidades reais e objetivos pessoais. É importante avaliar para qual finalidade aquele ômega 3 é indicado antes de fazer a compra, para, assim, você garantir o melhor ômega 3 para você. Só não se esqueça de avaliar isso com a ajuda de um nutricionista de confiança, hein?

Nessa lista, você conhece 10 opções de ômega 3 para comprar!

Veja mais: