Como pintar o cabelo? Produtos e técnicas para tingir os fios

Quer mudar o visual ou cobrir os fios brancos? Veja o passo a passo e dicas práticas de como pintar o cabelo

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 8 min. de leitura.

Compartilhe:

Seja por economia, para se livrar dos fios brancos ou por desejo de mudar o visual, a tinta de cabelo (ou coloração) é uma opção para quem quer inovar na cor das madeixas. Cortar ou pintar o cabelo em casa são processos cada vez mais populares – e acessíveis. Afinal, nada que um passo a passo não ajude, né?

Portanto, se você quer descobrir como pintar o cabelo da forma ideal, comece escolhendo um produto que atenda o resultado que você deseja obter. Além disso, seguir algumas dicas ou técnicas práticas pode ajudar no processo de aplicação da nova cor nas madeixas e, ainda, evitar danos decorrentes da química nos fios.

Antes de qualquer coisa, é importante que você se sinta confortável para tingir os fios em casa. Esse processo não deve ser desgastante, mas, sim, uma maneira prática, autônoma e econômica de mudar o visual. Por isso, com a ajuda da hair designer Anna Dorneles (@hair.adorneles), vamos explicar como pintar o cabelo, com instruções e conselhos para tingir as madeixas com resultado de salão. Confira abaixo!

Está em dúvida sobre qual tinta de cabelo usar? Explore já o nosso artigo com as melhores tintas de cabelo de 2021!

Entenda como pintar o cabelo (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
Entenda como pintar o cabelo (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

O que fazer antes de pintar o cabelo?

Veja como preparar o cabelo antes de tingi-lo (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
Veja como preparar o cabelo antes de tingi-lo (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Antes de partir para a aplicação da coloração, é fundamental que você realize o teste de mechas ou teste de sensibilidade. Essa etapa garante que os fios irão aguentar a química da tintura, além de testar se você não possui alergias aos ingredientes do produto. É um processo indispensável!

Para isso, dois dias antes de colorir o cabelo, aplique uma pequena quantidade do produto já preparado atrás da sua orelha, na nuca ou na parte interna do seu antebraço. Aguarde 48h e, caso você não tenha irritações ou coceiras decorrentes da coloração, pode seguir com o plano de tingir os fios.

Outro ponto importante é certificar-se de que você tenha coloração suficiente para colorir o cabelo por completo, especialmente se o seu cabelo for mais longo ou volumoso. Nem sempre uma caixinha é o suficiente. Por isso, confira se você não ficará sem coloração durante o processo. Imagina só?

Acessórios também são indispensáveis. Um pente largo, luvas, espelho para conferir se a coloração está em todas as partes do seu cabelo e um pincel para a aplicação são itens essenciais. Outra dica é usar uma camiseta mais velha e que você possa sujar. Dessa forma, você evita estragar qualquer peça de roupa.

Por último, Anna desvenda o mito de que o cabelo precisa estar sujo para proteger o couro cabeludo da coloração. "O cabelo sujo, ou com excesso de oleosidade/sebo, impede o preenchimento da coloração em muitos casos, podendo não colorir os fios adequadamente. Toda química deve ser feita em cabelos limpos", explica.

Como escolher a tinta de cabelo?

Mudanças no visual são sempre impactantes e, por isso, é essencial entender um pouco sobre o seu cabelo, as diferentes colorações e se é possível atingir o resultado que você deseja em casa. Tinturas ou tonalizantes são recomendados para quem quer mudar o tom das madeixas, escurecendo-as ou clareando-as, ou cobrir os fios brancos. No entanto, o resultado pode variar caso o seu cabelo já tenha alguma química ou procedimento.

Para isso, conferir as sugestões dos fabricantes é bastante útil, pois as instruções costumam mostrar o resultado da aplicação da tinta em diferentes tons de cabelo. De qualquer forma, pesquise quais tonalidades combinam com o seu tom de pele. Se você possui dúvidas quanto a isso, realizar um teste de coloração pessoal pode ajudar.

Na sequência, escolha uma boa tinta de cabelo para apostar nessa mudança. Existem tonalizantes, tintas temporárias ou tintas permanentes. Entre as tantas opções existentes no mercado, prefira sempre marcas de qualidade. Um cabelo tingido bonito é um cabelo vibrante, com saúde. Então, não tenha medo de investir nesse tipo de produto!

E se você preferir utilizar um tonalizante, nós preparamos um artigo para listar os melhores tonalizantes do ano!

Como pintar o cabelo?

Confira o passo a passo de como pintar o cabelo (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
Confira o passo a passo de como pintar o cabelo (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Pintar o cabelo em casa pode parecer uma tarefa complicada, mas a realidade é que é preciso conquistar a prática e, sobretudo, seguir as instruções. Uma vez que estamos habituados com o processo recomendado pela marca escolhida, a aplicação da tintura nos fios se torna uma função menos complexa. Veja o passo a passo:

  • Para começar, comece dividindo o cabelo em quatro partes: da testa à nuca e de orelha a orelha. Assim, você consegue ter maior visualização de toda a raiz dos seus fios e do couro cabeludo, o que ajuda a não deixar nenhuma parte para trás.
  • Para que a cor fique uniforme e a aplicação seja perfeita e livre de manchas, é essencial seguir as instruções do fabricante. Dependendo do resultado desejado, do tipo de tintura ou se existem químicas prévias no seu cabelo ou não, a forma de aplicação muda. Algumas começam pela raiz, outras pelas pontas. Consulte sempre as recomendações da marca na embalagem e siga as orientações indicadas.
  • Agora, é hora de aplicar o produto e ver a mudança acontecer!

Como pintar o cabelo com tinta?

Tintas de caixinha costumam acompanhar vários acessórios, como luvas, aplicadores ou até shampoos específicos pós-tintura, e manuais com recomendações de uso do fabricante. É essencial que você leia as informações da tintura escolhida e, logo após, é só partir para a aplicação.

Para isso, distribua o produto de forma uniforme no cabelo e massageie bem as mechas, deixando a tinta agir pelo tempo recomendado. Você pode usar a ponta do seu pincel de aplicação para dividir as mechas e ir aplicando o produto nas áreas mais segmentadas do seu cabelo.

Como pintar o cabelo com tonalizante?

O uso do tonalizante é indicado para cabelos de tons mais claros, e é uma opção para quem quer mudar o visual sem usar tinta permanente. A forma de aplicação é parecida, e também é aconselhado seguir as instruções do fabricante.

No entanto, o efeito da cor tonalizada nos fios tende a durar menos do que outras tinturas. Por isso, a manutenção é essencial. E assim como na tintura, é importante usar produtos que auxiliem na pigmentação das madeixas para que a cor dure mais.

Como pintar o cabelo com creme de pentear?

Se a sua dúvida é sobre como pintar o cabelo com creme de pentear, saiba que, na verdade, esse processo é feito para deixar a cor dos fios mais vibrantes. O famoso "banho de brilho" é indicado para quem já tem o cabelo totalmente tingido e quer deixá-lo com a cor mais vibrante, brilhosa e um aspecto saudável. Ele não é recomendado para quem tem mechas ou coloração parcial.

Para fazer, é fácil: você vai precisar da tintura que você costuma usar e de um creme de sua preferência, desde que seja branco, hidratante e maleável para a mistura com a tintura escolhida. A aplicação é um pouco diferente. Primeiro, você deve lavar o cabelo com shampoo e, depois, aplicar a mistura por toda a extensão dos fios, incluindo a raiz. Deixe agir por meia hora, remova no banho, e aí é só aproveitar o brilho.

Como pintar o cabelo branco?

Depois que os fios brancos aparecem, a maioria das pessoas optam por tingir os fios para escondê-los. Nesse caso, é preciso fazer uma coloração na raiz para preencher os brancos. Caso o cabelo esteja todo grisalho, aí o ideal é aplicar a coloração em toda a extensão das madeixas, com uma aplicação satisfatória para que a cor fique uniforme.

Para cobrir os fios brancos, prefira usar uma cor de tonalidade base, ou seja, cuja marcação termina com ".0" (exemplo: 5.0, 6.0, 7.0). Isso é necessário pois cabelos brancos são mais porosos, e sua cobertura será mais eficiente com esse tipo de tinta.

Como pintar o cabelo colorido?

Para os amantes de cabelos coloridos, usar marcas de tinta de qualidade e produtos para manutenção da cor são as dicas mais úteis. Quem quer ter o cabelo ruivo, por exemplo, deve se acostumar com a ideia das tintas ou tonalizantes serem os melhores amigos dos seus fios, assim como os shampoos que ajudam na fixação da cor e desaceleram o desbotamento.

A Schwarzkopf Igora Royal é uma marca de tinta excelente para ruivas, pois conta com uma extensa variedade de tons avermelhados e sua fórmula é à base de óleos nobres, o que garante cores mais vibrantes. As cores fantasia, como rosa, roxo, azul ou verde também estão cada vez mais populares, e as tintas coloridas têm ganhado espaço no mercado. Destaque para a Keraton Hard Colors, que entrega cores intensas e conta com ativos hidratantes na composição.

O único porém para ter cabelos coloridos é que a base do cabelo precisa estar descolorida antes da aplicação da tinta, já que essas tonalidades só pigmentam em bases loiras e claras, entre os tons 10 e 12. Outra questão sobre pintar o cabelo colorido são as manchas de tinta que podem impregnar na pele após o uso da tintura na raiz, nuca ou ao pegar o produto com as mãos. Para isso, o ideal é usar pomadas protetoras, que são aplicadas nessas regiões comumente manchadas pela tinta e protegem a testa, nuca e orelhas desse probleminha.

Qual é a melhor técnica para pintar o cabelo em casa?

Perguntamos à Anna qual a técnica infalível para quem quer ou precisa pintar o cabelo em casa. Ela dá a dica de ouro: "A melhor técnica para pintar o cabelo em casa é separá-lo em sessões, começar pela parte da frente, pois a coloração vai oxidando com o tempo e perdendo as propriedades de colorir".

A hair designer explica que, se você demorar para chegar na parte de trás, a frente já estará bem mais colorida. Ela destaca:

"Uma dica é sempre aplicar um condicionador na testa, orelhas e nuca, para evitar manchas. E também sempre respeitar o tempo de pigmentação de cada marca, pois isso varia muito. E após colorir, sempre hidratar os fios, já que as colorações costumam ressecar os fios".

O que fazer depois de pintar o cabelo?

Não se esqueça de cuidar dos fios após pintá-los (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
Não se esqueça de cuidar dos fios após pintá-los (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Uma vez que o cabelo já foi tingido e o produto já fez efeito durante o tempo indicado, é hora de lavar os fios. Prefira usar água morna para o enxágue, e siga as instruções da tinta utilizada para o procedimento a seguir. Algumas marcas indicam o uso de um shampoo próprio que acompanha a tinta na caixinha, por exemplo.

Após qualquer processo químico, o cabelo vai precisar de cuidados (e não é diferente na hora de pintar o cabelo). A hidratação ajuda não apenas na manutenção da cor, mas na revitalização dos fios após a química, evitando, assim, danos decorrentes do procedimento, como madeixas ressecadas ou quebradiças.

O ideal é hidratar os fios, ao menos, três vezes por semana. Invista também em óleos capilares de alta qualidade e um bom protetor térmico antes de usar secador ou chapinha. Para uma boa manutenção, invista em shampoos fixadores de cor ou que promovem um cabelo mais brilhante e menos opaco. Usando um bom kit de produtos após pintar o cabelo, os fios tingidos agradecem!

Veja mais: