Semana do Brasil 2020: 10 dicas para economizar e fazer boas compras

Confira dicas do Zoom de como fazer uma compra acertada durante a Semana do Brasil de 2020!

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 7 min. de leitura.

A Semana do Brasil 2020 chegou e, pensando na segurança dos nossos consumidores, preparamos algumas dicas para uma compra mais acertada! Essa iniciativa do Governo Federal promove descontos em lojas físicas e virtuais de todo o Brasil, e acontece entre os dias 3 e 13 de setembro.

Assim como a Black Friday, a Semana do Brasil foi criada para aquecer a indústria e o comércio, e só no ano passado mais de 2.800 empresas participaram dessa ação. Dê um Zoom nas nossas dicas e saiba como aproveitar os melhores descontos:

1. Pesquise para aproveitar a Semana do Brasil 2020

Pesquisar os produtos que você gosta e detalhes sobre a Semana do Brasil é o primeiro passo para aproveitar melhor as promoções. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
Pesquisar os produtos que você gosta e detalhes sobre a Semana do Brasil é o primeiro passo para aproveitar melhor as promoções. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Buscar informações sobre a data e as categorias com maiores descontos é a melhor maneira para não agir por impulso, e acabar comprometendo um orçamento que não estava nos planos. A Semana Brasil 2020 acontece entre os dias 03 e 13 de setembro, portanto faça um levantamento de quais produtos seriam interessantes achar com desconto e em quais lojas.

A ferramenta de busca do Zoom é um excelente meio, e pelos filtros é possível achar produtos de acordo com suas necessidades. Já adiantamos que categorias como celulares, eletrodomésticos, televisores e eletrônicos em geral apresentam maior busca e, por isso, tendem a ter descontos maiores. Então se você está precisando de uma geladeira ou televisão, já pode selecionar os modelos desejados para ser mais assertivo e objetivo na hora da compra.

Leia mais: Melhor TV Box: confira opções para comprar na Semana do Brasil 2020

2. Esteja atento aos horários e duração das promoções

Saber os horários e o tempo de duração da Semana do Brasil ajuda a achar os melhores preços. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
Saber os horários e o tempo de duração da Semana do Brasil ajuda a achar os melhores preços. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Como mencionado no tópico anterior, a Semana do Brasil ocorre do dia 03 ao dia 13 de setembro. Serão 10 dias de ações, então é legal ficar atento aos dias de promoção e horários de cada loja. Mas como fazer para não esquecer a data?

Basta anotar no calendário que se tem na geladeira, ou outro espaço visível, e até criar alarmes no calendário do celular. Vale inclusive pregar post-it pela casa ou no ambiente de trabalho para não se esquecer das promoções!

3. Faça uma lista de compras para não se perder entre os anúncios

Fazer uma lista dos produtos evita perder as promoções das compras que serão feitas. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
Fazer uma lista dos produtos evita perder as promoções das compras que serão feitas. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Sabemos que muitos produtos que já temos em casa podem ser anunciados com descontos, e por isso é fundamental ter uma lista de compras para não se perder entre tantas promoções. Dessa forma será ainda mais fácil achar as promoções relevantes para você, já que o risco daquele produto desejado se esgotar em minutos.

4. Formas de pagamento: saiba quais são e suas possibilidades

Estar por dentro das opções e formas de pagamento torna o processo da compra mais rápido e assertivo. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
Estar por dentro das opções e formas de pagamento torna o processo da compra mais rápido e assertivo. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Saber escolher a melhor forma de pagamento pode facilitar na hora de comprar um produto com uma promoção mais limitada. Muitos produtos apresentam valores diferentes dependendo do tipo de pagamento. Pagamentos à vista costumam dar mais descontos que os parcelados, por exemplo, os quais cobram taxa de juros dependendo da quantidade de parcelas. Outro exemplo é o pagamento via boleto bancário, que geralmente dispõe de um número menor de parcelamento - quando permitido.

5. O Histórico de Preços do Zoom ajuda a saber qual produto está realmente mais barato

Histórico de preços do Zoom indicando alta no preço de um produto dentro do período de 6 meses. (Imagem: Reprodução/Zoom)
Histórico de preços do Zoom indicando alta no preço de um produto dentro do período de 6 meses. (Imagem: Reprodução/Zoom)

A famosa frase “tudo pela metade do dobro” é mais comum do que a gente gostaria, isso porque muitas lojas vendem produtos dizendo que o preço está baixo quando, na verdade, ele continua o mesmo (e até mais caro) que antes.

O Histórico de Preços do Zoom monitora as variações de preços que um produto teve durante os últimos 40 dias ou 6 meses. Essa ferramenta é muito importante no momento de pesquisa e da compra para saber se as promoções durante o evento realmente valem a pena, ou se são fraudulentas e enganosas.

Para saber como o histórico funciona, é só clicar aqui.

6. Ative o Alerta de Preços para todos os produtos desejados durante a Semana do Brasil 2020

Para criar um Alerta de Preço na página do produto basta clicar nesse botão em destaque. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
Para criar um Alerta de Preço na página do produto basta clicar nesse botão em destaque. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Assim como o Histórico de Preços, nós também desenvolvemos outra ferramenta para facilitar a pesquisa de preço dos produtos: o alerta de preços. Por meio dela, você ativa alertas nos produtos escolhidos previamente e determina o preço que você gostaria de pagar. Quando o produto atingir aquela oferta, nós te avisaremos sobre o momento certo para uma compra mais em conta e dentro do seu orçamento. Portanto, não tenha medo de usá-la durante a Semana do Brasil 2020, pois será muito útil e você ganhará tempo de pesquisa.

Para aprender a criar um Alerta de Preços no Zoom, clique aqui!

7. Entrega: confira os prazos e taxas durante a Semana do Brasil 2020

Fique atento aos prazos e taxas de entrega durante a Semana do Brasil 2020. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
Fique atento aos prazos e taxas de entrega durante a Semana do Brasil 2020. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Estamos próximos das festas de fim de ano e muitas pessoas vão aproveitar para adiantar alguns presentes. Mas atenção ao prazo de entrega e também à taxa - que geralmente não vem inclusa na oferta - para saber se realmente vale a pena comprar em determinada loja.

Para as compras online, busque comparar as entregas de cada loja e saber de qual região sairá o produto para entrega, um fator que muitas vezes pesa no valor total a ser cobrado. A distância também interfere no prazo da entrega, então leve isso em consideração.

8. Busque lojas confiáveis e fique ligado nas SUPERLOJAS!

O selo de SUPERLOJA identifica as lojas mais bem avaliadas pelos usuários. (Imagem: Reprodução/Zoom)
O selo de SUPERLOJA identifica as lojas mais bem avaliadas pelos usuários. (Imagem: Reprodução/Zoom)

Para evitar fraudes de cartão de créditos e roubo de dados, é importante selecionar lojas confiáveis para realizar as compras durante a Semana do Brasil 2020. Por isso, verifique sempre se o site tem dados blindados, ou seja, fique atento ao desenho de um cadeado que aparece no canto esquerdo do local onde você digita o nome do site, e verifique se o endereço começa com https://. Evite comprar em computadores de terceiros ou de acesso público, e não acredite em ofertas que sejam extremamente discrepantes do preço médio praticado pelo mercado.

Procure, também, o nome da loja em sites de reclamações ou até mesmo em órgãos de proteção ao consumidor, como o Procon, SERASA e Reclame Aqui. A boa notícia é que nosso time de qualidade está sempre acompanhando cada uma das lojas e verificando esses dados constantemente. E a partir desse monitoramento, aliado às avaliações dos usuários, algumas lojas recebem o selo Zoom de SUPERLOJA, garantindo segurança para nossos clientes.

9. Busque saber sobre os Direitos do Consumidor

Busque as leis que protegem o consumidor antes e depois da compra, caso algo dê errado nesse processo. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
Busque as leis que protegem o consumidor antes e depois da compra, caso algo dê errado nesse processo. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

As compras pela internet propiciam as trocas, já que não é possível tocar ou experimentar o produto antes de comprá-lo. Nesses momentos, saber sobre os Direitos do Consumidor pode evitar muita dor de cabeça. Para substituir produtos defeituosos, como objetos quebrados ou com mau funcionamento, existe respaldo pelo Código de Defesa do Consumidor.

Atente-se aos prazos para reclamar com a loja virtual caso receba algo que você não esperava, já que variam de acordo com o tipo de produto. A partir desse período, fica valendo a garantia do fabricante, que muda de acordo com a marca. Caso o problema não seja resolvido depois de 30 dias da reclamação, é possível trocar o produto por outro igual e também solicitar a devolução imediata do valor pago.

10. Trocas e devoluções: segundo o Código e cada loja

Busque entender como funciona o processo de trocas e devoluções dos produtos. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
Busque entender como funciona o processo de trocas e devoluções dos produtos. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Cada loja tem uma regra para trocas e devoluções, mas elas também devem seguir algumas leis fixas. Primeiro: o prazo de devolução para qualquer produto é de sete dias, contados a partir do dia do recebimento do produto. Essa devolução garante o ressarcimento imediato do valor atualizado do pedido, incluindo os custos com frete. E nesses casos, é responsabilidade da loja comunicar a instituição financeira ou administradora de cartão de crédito que a compra foi cancelada em função do prazo de arrependimento.

No caso da troca de produtos já encontramos outras regras, que podem variar de loja para loja. Segundo o Código de Defesa do Consumidor, as lojas não são obrigadas a trocar os produtos caso não apresentem defeito ou propaganda enganosa. Mas muitas aceitam trocas de cores e tamanhos dentro de um prazo pré-estabelecido por elas. E lembre-se que, nesse caso, os custos do frete ficam a cargo do consumidor.

Leia também: