Nano Cell vs QLED: o que são e qual a melhor tecnologia de tela?

Melhores que OLED? Entenda as principais tecnologias (NanoCell e QLED) da Samsung e LG para TVs

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 4 min. de leitura.

Compartilhe:

As grandes marcas estão cada vez mais apostando em novas tecnologias e tipos de tela para melhorar a qualidade de imagem de suas TVs. Pensando também no custo-benefício, a NanoCell e a QLED, duas tecnologias consideravelmente novas no mercado, chegam em TVs que unem o que se tem de mais avançado no quesito tecnologia com imagens de qualidade, principalmente para as grandes telas.

Mas, com tantas tecnologias diferentes no mercado, é normal ficar em dúvida na hora de encontrar a TV ideal para você. Quer entender as principais diferenças e vantagens desses tipos de telas e escolher entre NanoCell ou QLED? Pode deixar que a gente explica. Confira a seguir!

Quer entender melhor sobre os diferentes tipos de tela? Confira as diferenças entre LCD, LED, QLED e OLED.

Confira as principais diferenças entre as telas de TV QLED e NanoCell (Imagem: Divulgação/Samsung)
Confira as principais diferenças entre as telas de TV QLED e NanoCell (Imagem: Divulgação/Samsung)

Como funcionam QLED e NanoCell?

Antes de mais nada, é preciso entender o surgimento dessas tecnologias no mercado. Tanto a NanoCell quanto a QLED utilizam de nanocristais na tela que, embora necessitem de iluminação traseira, podem ser ativados ou desativados individualmente. Na prática, isso quer dizer que a tela pode controlar cada pixel isoladamente, criando uma profundidade maior de cores, sombras e luzes - o que aumenta o brilho e o contraste das imagens.

Um problema de outras tecnologias é a dificuldade para mostrar a cor negra de maneira fiel - muitas vezes a tela ilumina demais a área, transformando o negro profundo em um cinza escuro. Para corrigir, é necessário escurecer toda a tela. Com os nanocristais, o problema é reduzido drasticamente, evitando que a luz “vaze” para as áreas escuras.

Você sabe o que é HDR? Entenda a tecnologia que otimiza a qualidade de imagem em TVs.

QLED

Reprodução: Samsung
As TVs QLED contam com pontos quânticos formando as imagens. (Imagem: Divulgação/Samsung)

Falando especificamente das smart TVs QLED, algumas marcas já chegam com essa tecnologia aqui no Brasil, como a TCL e a Samsung, por exemplo. O nome, QLED, é uma referência aos quantum dots, ou pontos quânticos, que são justamente os cristais que podem ser iluminados individualmente.

É verdade que, em comparação com as telas OLED, as QLED não costumam ter o mesmo preto perfeito e 100% fiel. Em compensação, elas são bem mais baratas. Além disso, ao contrário das OLED, as QLED têm muito menos propensão a sofrer com o temido efeito burn-in, que cria manchas em algumas partes da tela quando uma imagem estática fica muito tempo sendo reproduzida.

A Samsung Q60T é um exemplo do QLED em ação. Com modelos de 50 e 55 polegadas, ela é um lançamento de 2020 e um dos aparelhos com melhor custo-benefício da Samsung, especialmente considerando que se trata de uma tela 4K com tecnologia de pontos quânticos. O modelo ainda conta com o Modo Ambiente, que busca tornar a tela uma espécie de obra de arte enquanto está em stand by.

NanoCell

Reprodução: LG
A TV NanoCell traz a iluminação traseira com faixas de luz no lugar de uma placa inteiriça. (Imagem: Divulgação/LG)

A resposta da LG às TVs QLED das outras marcas é a tecnologia NanoCell, que utiliza a mesma ideia da sua rival, mas com algumas diferenças. A primeira delas é o tamanho de cada nanocristal, levemente menor que os pontos quânticos do QLED. A empresa também se dedicou a implementar o Full Array, que trabalha a luz na tela através de zonas em vez de faixas. Isso evita que a luz vaze para os pontos escuros, garantindo tons escuros mais fiéis.

Um dos modelos da LG que traz esta tecnologia é a NANO81. Embora essa tecnologia tenha fama de ser mais cara, a marca conseguiu trazer um produto mais barato no lançamento de 2020, a NANO81, modelo de entrada da linha LG NanoCell. Embora seja considerada um modelo intermediário, ficando entre as TVs LED e as OLED, ela tem excelente qualidade de imagem.

Para saber mais sobre as telas LG Nano Cell, confira esse artigo.

Qual a melhor tecnologia?

NanoCell vs QLED

A verdade é que o QLED e o Nanocell são tecnologias muito parecidas, com resultados similares. As pequenas diferenças são discretas e, embora as smart TVs Nanocell tenham uma tecnologia mais recente, o custo de produção elevado se reflete no valor de venda, enquanto as QLED apresentam um custo-benefício bem mais interessante.

Por isso, a escolha da melhor tecnologia vai depender do seu objetivo. Se você busca a tecnologia de tela mais moderna e com tons escuros mais puros, as TVs LG NanoCell são a escolha certa. Já para quem busca um aparelho com ótima qualidade de imagem e preço mais acessível, as TVs QLED são a melhor opção.

Quer montar um cinema em casa? Confira nessa matéria como fazer isso.

OLED é melhor que QLED e NanoCell?

Como já falado nessa matéria, o OLED é a tecnologia mais avançada de tela de TV. A principal diferença entre ele e o QLED e NanoCell é que no OLED os pontos são orgânicos e emitem luz própria. Ou seja, não é necessário ter uma fonte de luz atrás da camada de cristais.

Com isso, a qualidade de imagem é ainda maior, já que é possível conseguir um maior contraste entre as imagens e tons escuros ainda mais puros. É claro que, para isso, o custo das TVs OLED é mais alto.

Descubra a distância ideal entre o sofá e a TV para melhorar sua experiência.