Entenda antes de comprar em TV

Resolução, Brilho e Contraste: entenda as diferenças

Saiba qual é a função e a importância de cada um desses itens na sua TV!

TV, Smart TV
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

TVS EM OFERTA:

Você sai para comprar uma TV nova e deseja um aparelho que ofereça imagem de alta qualidade, mas ao se deparar com uma série de especificações fica em dúvida sobre se vale mesmo a pena ou não levar o produto para casa?

Não se preocupe, porque nós aqui do Zoom vamos te explicar qual importância desses três atributos para imagem de sua TV.

Resolução da TV

É uma característica muito importante que você deve considerar na hora de comprar uma televisão ou monitor.

As imagens são formadas por pequenos pontos chamados pixels, que são exibidos em linhas e colunas, portanto, a resolução indica o volume de informações que a tela é capaz de exibir. Ou seja, quanto mais pixels, melhor será a qualidade da imagem.

Muita gente confunde resolução com tamanho de tela, porém esse atributo está relacionado a dimensão física do aparelho e não a sua capacidade de transmissão de dados.

Essas são as principais resoluções que encontramos ao procurar uma TV:

  • HD (1280x720) - A tela HD tem cerca de 1 milhão de pixels.
  • Full HD (1920x1080) - Essa resolução está presente na maioria dos aparelhos e exibe aproximadamente 2 milhões de pixels.
  • 4K ou Ultra HD (3840x2160) - Conhecida também como UHD, tem qualidade 4 vezes maior do que a Full HD, com 8 milhões de pixels.
  • 8K (7680x4320) - A 8K possui 33 milhões de pixels que garantem uma imagem bem definida.

Brilho da TV

Sua tarefa é gerar luminosidade e quanto mais brilho uma imagem possuir mais realista ela parecerá, por isso também é um item importante.

Seu nível é medido em candela por metro quadrado (cd/m²) ou nits (1 cd/m² equivale a 1 nit). Para se ter uma ideia, a média das TVs varia de 500 a 1000 nits e as telas QLED podem atingir de 1500 a 2000 nits.

Mas vale lembrar que não basta ter um excelente nível de brilho se o contraste não for bom para harmonizar a imagem. Portanto, cada característica deve ser analisada observando o conjunto.

Brilho de alto nível exibe tons mais intensos e vibrantes / Shutterstock

Contraste da TV

O contraste estabelece uma comparação entre o branco e preto em uma imagem, ou seja, é responsável por determinar quantas vezes o nível de pontos pretos mais escuros é maior do que nível de pontos brancos mais claros.

A escala da taxa de contraste estático pode chegar a 600:1. Mas algumas marcas oferecem um recurso de contraste dinâmico e esse valor pode ultrapassar dos 10.000: 1, que significa 10 mil pontos para 1, quanto maior o primeiro, melhor será o contraste.

Uma alta taxa indica uma capacidade maior de exibir detalhes e de fazer contraposição ao brilho para entregar uma imagem mais detalhada e sutil, além de oferecer uma boa experiência ao usuário que não vai ficar com a vista cansada.

O contraste ideal equilibra as cores e revela os detalhes / Shutterstock

O que levar em conta na hora de comprar uma TV?

Como vimos anteriormente, o mercado oferece uma série de opções de resolução de tela que atendem a todo bolso e gosto.

Além disso, oferecem efeitos especiais que são capazes de ajustar os níveis de brilho e contraste para que a imagem seja visualizada em alta definição.

Presente em muitos aparelhos, a tecnologia HDR (High Dynamic Range) tem feito a diferença na qualidade de exibição da imagem, por ser capaz de equilibrar brilho e contraste, e deixar os tons da cena mais fiéis e realistas.

Portanto, esse também pode ser um ponto a se considerar na hora da compra.

Saiba mais:

Conheça nosso canal no YouTube:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em tv