Zoom indica em TV

Samsung Q60 vale a pena? Veja a ficha técnica e compare preços da smart TV QLED

A Q60 está disponível nas versões de 49 a 82 polegadas.

review, análise, samsung, qled, q60
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

A linha Q60 de smart TVs Samsung chegou ao mercado em abril de 2019 com aparelhos de ultra resolução 4K, tela grande, recursos de inteligência artificial e muita qualidade com as telas QLED.

Como se isso não bastasse para chamar a atenção dos consumidores, os preços também são mais interessantes dentre o segmento top de linha, em especial se comparados com as smart TVs OLED, que embora tenham uma qualidade um pouco superior, têm o custo mais alto.

Bom, vamos ao que interessa? Afinal, vale a pena (ou não) comprar uma Samsung Q60? Veja a nossa análise e tire as suas conclusões!

Ficha técnica da Samsung Q60

  • Ano de lançamento: 2019
  • Tamanhos: 49” | 55” | 65” | 75” | 82”
  • Tela: QLED com resolução 4K (3840 x 2160 pixels)
  • Frequência: 120Hz (nativo) *a versão de 49” tem 60Hz nativo
  • Processador: Quantum Processor 4K
  • HDR: HDR 500 (brilho de 500 nits)
  • Modos: Modo Filme, Modo Natural, Modo Game Automático e Modo Ambiente 2.0
  • Áudio: 2 canais 20W com Dolby Digital Plus
  • Conectividade: 4x HDMI | 2x USB | 1x Ethernet (LAN) | 1x RF para TV aberta | 1x RF para TV a cabo | 1x Áudio Digital (óptico) | 1x Áudio e Vídeo Composto | 1x Vídeo Componente
  • Recursos extras: Controle Remoto Único, Única Conexão, Modo Game Automático, Bixby e SmartThings
  • Recursos integrados: Wi-Fi | Conversor Digital integrado | Bluetooth | Upscaling com IA
  • Sistema operacional: Tizen
  • Dimensões e peso: 1237,2 x 790,9 x 263,9 mm | 18,9kg

Tamanhos: opções para todos os gostos

Além da Q60, a Samsung também lançou em 2019 também as smart TVs Q70 e Q80. A principal diferença entre essas “famílias” é o brilho.

A Q60 leva desvantagem nesta comparação, com uma taxa de brilho de 500 nits, que já é um valor bem interessante, porém abaixo das “irmãs” Q70 e Q80, que tem 1.000 nits e 1.500 nits, respectivamente.

Claro, mais brilho representa uma experiência mais completa, no entanto também representa um custo mais alto. Mesmo assim não é preciso se assustar com os números. Na verdade, o brilho da Q60 é suficiente e não deve causar incômodo ao usuário.

A linha Q60 conta com cinco tamanhos de tela:

Atenção! Há uma diferença importante nos modelos da Q60: a versão com 49 polegadas é o único da linha com frequência de 60Hz.

Isso significa que em cenas mais agitadas de games e filmes de ação ela pode perder um pouco da fluidez em relação aos demais aparelhos da linha, que têm a taxa de atualização de 120 Hz.

Outro ponto importante é que todos os modelos contam com garantia de dez anos contra o efeito burn-in, aquela mancha causada pela exibição de imagens estáticas por longos períodos.

Tela: QLED oferece bom custo-benefício

O display da Q60 tem resolução 4K de 3840 x 2160 pixels, entregando uma imagem com maior nível de detalhes que os displays Full HD.

Mesmo não sendo top de linha, as imagens da Q60 impressionam (Divulgação: Samsung)

Contudo, uma vantagem importante em relação a outros modelos com mesma resolução, como a série RU7100 da própria Samsung, é que a tela da Q60 é do tipo QLED, uma tecnologia baseada em pontos quânticos que deixa as cores mais brilhantes e vívidas, considerada evolução dos antigos displays LED LCD.

Além disso, a Q60 utiliza recursos que ajudam a melhorar ainda mais a imagem e a experiência de assistir televisão. Entre eles está o HDR 500, que realça os detalhes e o contraste de qualquer imagem

Em tempo: o mercado já oferece TVs 8K, mas que ainda são muito caras e os produtores de conteúdo, em geral, ainda não migraram para essa nova tecnologia. O custo-benefício de uma TV 4K QLED como a Q60 é muito maior neste momento.

Design: Modo Ambiente e Visual Livre de Cabos fazem diferença

No quesito design, as smart TVs Q60 seguem a tendência de bordas superfinas, o que melhora a sensação de imersão nos conteúdos, e têm dois grandes destaques.

O primeiro é o Visual Livre de Cabos, que consiste em uma série de canaletas instaladas por dentro da base que “leva” os cabos para a parte de baixo da TV, de forma que eles não apareçam.

O outro destaque é o Modo Ambiente. Funciona assim: quando em stand by, em vez de ficar com a tela preta, o aparelho exibe fotos de pontos turísticos ou obras de arte como quadros mundialmente famosos, facilitando a integração da TV com o ambiente.

Em Modo Ambiente, a Q60 reproduz fotos e sensação de invisibilidade (Divulgação: Samsung)

Há ainda a possibilidade de tirar uma foto da parede que fica atrás da TV. A exibição dessa foto na tela dá uma aparência de invisibilidade para o aparelho. Bem legal!

Sistema Operacional: Tizen é bem amigável!

A Q60, assim como todas as Smart TVs Samsung, conta com o sistema operacional Tizen, que já vem com aplicativos como Youtube, Netflix, Amazon Prime e Globo Play pré-instalados.

Outras vantagens do Tizen é o Espelhamento de Tela, que permite, por exemplo, jogar e assistir um vídeo simultaneamente.

Por falar nisso, se você tem um iPhone ou iPad, pode ficar despreocupado(a), pois a Q60 tem compatibilidade com o  AirPlay 2, que permite assistir a vídeos, sejam eles do iTunes ou gravado com seu aparelho, na tela da TV e em resolução UHD.

Recursos Extras: centro da casa inteligente

Com o Controle Remoto Único, a Q60 se torna um centro de controle da casa inteligente. Você pode, por exemplo, criar uma rotina que liga as luzes, a cafeteira e faz com que um aspirador de pó robô comece a funcionar, desde que eles sejam aparelhos smart, é claro.

Os controles podem ser feitos por voz, uma vez que a linha Q60 tem suporte para o assistente virtual Bixby.

Outro destaque é o Modo Game, que reduz o tempo de resposta da tela para 6.8ms assim que o vídeo game é ligado. Dessa forma, as imagens dos jogos ficam bem fluídas e sem erros, mesmo em momentos de maior ação.

A Q60 pode controlar aparelhos que integram a casa inteligente (Divulgação: Samsung)

Conclusão: a Samsung Q60 vale a pena?

Definitivamente a Samsung Q60 tem muitos recursos interessantes para agradar desde quem procura um televisor mais básico, ao público gamer ou que gosta de assistir cenas de ação. Tudo isso, é claro, a um preço muito competitivo no mercado e toda qualidade da Samsung.

A imagem, que no fim das contas é a principal característica de uma TV, tem muita qualidade proporcionada pelo display QLED de pontos quânticos e não deve praticamente nada aos modelos OLED.

Claro, até por ter um preço mais baixo, a linha conta com algumas desvantagens, como um brilho mais baixo se comparado a modelos mais avançados da própria série Q da Samsung. Isso sem falar que a versão de 49 polegadas infelizmente não conta com 120Hz nativo como os maiores.

A conclusão final é de que sim, vale a pena comprar a Samsung Q60! Essa TV tem tudo para ficar na sua sala por 10 anos ou mais, porém se você tiver fôlego para fazer um investimento um pouco maior, a Q70 e Q80 da Samsung ou ainda a família OLED da LG podem ser mais interessantes.

Compare os preços da Samsung Q60 aqui no Zoom:

 

Veja também as versões de:

Conheça nosso canal no YouTube:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em tv