Entenda antes de comprar em Adega Climatizada

Saiba a temperatura ideal da adega para cada tipo de vinho

Veja qual temperatura sua adega deve ter para garantir a qualidade das garrafas de vinho.

Adega para vinhos
por Catarina Monteiro - Especialista em Casa.

A principal razão para se adquirir uma adega climatizada é a maneira como o vinho é suscetível à temperatura. Um descuido nesse quesito pode comprometer o gosto da bebida, então o cuidado é dobrado. Antes de comprar uma adega, atenção nas temperaturas ideais de cada tipo de vinho.

Adegas com compressor para você

Problemas com a temperatura prejudicam diversos aspectos do vinho. O gosto adocicado e o aroma, por exemplo, podem ser prejudicados se a bebida não tiver em condições ideais de preservação.

Fatores como o corpo, a tenacidade da bebida e o sabor da casta (uva) também sofrem mudanças de acordo com a temperatura. Por isso, a adega climatizada é necessária para manter o equilíbrio adequado.

Um detalhe importante é que, em lugares mais quentes, uma adega termoelétrica pode não atingir temperaturas tão baixas como as necessárias para manter um espumante. Se for esse o caso, o melhor é investir em uma adega com compressor.

Veja a seguir a temperatura ideal aproximada para guardar cada tipo de vinho:

Tipo de vinho

 Temperatura ideal da adega

Espumante

 4ºC a 10ºC

Vinho Branco

 6ºC a 12ºC

Vinho Tinto Leve

 12ºC a 15ºC

Vinho Tinto Encorpado

 16ºC a 18ºC

Espumantes e vinhos brancos, como o Sauvignon Blanc e o Chardonnay, devem ficar na adega climatizada em temperaturas bem baixas, entre 4ºC e 12ºC. No caso do espumante, essa temperatura conserva suas propriedades, enquanto para o vinho branco, evita um forte sabor de álcool.

De 12ºC a 15ºC, temos uma linha intermediária. Aqui se encaixam os vinhos rosados e tintos mais leves. Na escala de 16ºC a 18ºC, ficam os tintos, seguindo a lógica que quanto mais leve for, menor é a temperatura de manutenção na adega para vinhos. Nessa faixa podemos ter vinhos como o Bordeux e o Shiraz, por exemplo. Isso porque os tintos são mais ácidos e ricos em tanino, fatores que não funcionam bem em baixas temperaturas, deixando o vinho sem sabor.

Quanto maior o grau de acidez, maior deve ser a temperatura no interior da adega para vinhos. A faixa de 18ºC é a temperatura considerada limite por alguns especialistas para qualquer tipo de vinho ser bem servido. Nessa linha, podem ser mantidos os tintos considerados mais encorpados, como o Cabernet Sauvignon.

Por esse número de detalhes, é importante reparar na variação de temperatura oferecida pelas adegas. Se você consome apenas um tipo de vinho, procure um modelo que atenda especificamente a temperatura ideal para o seu favorito.

No caso de uma coleção mais ampla, a necessidade é por uma adega climatizada mais abrangente. Coleções maiores precisam também de organização cuidadosa, já que alguns vinhos têm temperaturas ideais tão opostas que não se encaixam. Talvez seja o caso de uma adega menor para cada tipo, como uma adega para 8 garrafas.

Guardar vinhos tintos e brancos em uma mesma adega é possível?

Quem gosta de vinho sabe que a atenção a detalhes fazem toda diferença no momento de uma boa degustação. Além de comprar um bom vinho, é necessário saber em que condições ele deve ser armazenado, para manter sua qualidade. Pensando nisso, será que é possível armazenar vinhos tintos e brancos em uma mesma adega?

Algumas adegas para vinhos podem manter temperaturas diferentes em seu interior. Isso oferece uma menor margem de erro na hora de estocar vinhos de diferentes tipos. Por exemplo: você pode programar a temperatura da adega para ficar entre 14°C e 18°C para guardar seus vinhos tintos, que requerem maior temperatura de armazenamento, e caso você tenha um vinho branco nessa mesma adega climatizada, um outro termômetro permite deixar algumas prateleiras com uma temperatura mais baixa, entre 6°C a 14°C, ideal para manter esse tipo de bebida.

Mas se uma adega para vinhos não conta com diferentes possibilidades de personalização, ainda é possível manter as garrafas de vinho tinto e branco juntas. A principal dica é dispor os tintos nas primeiras prateleiras, já que o ar quente fica na parte superior do ambiente. Os brancos, por sua vez, podem ser armazenados nas prateleiras de baixo, onde há maior concentração de ar frio.

Esses pequenos detalhes certamente irão ajudar a adega climatizada na melhor conservação das bebidas e proporcionará mais tempo de armazenamento até que o vinho seja consumido.

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em adega climatizada