Qual a diferença entre ar-condicionado e climatizador de ar?

Você sabe como escolher entre climatizador ou ar-condicionado? Vamos explicar as diferenças para te ajudar nesse momento

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 4 min. de leitura.

Compartilhe:

A dúvida entre comprar um climatizador ou ar-condicionado para refrescar os dias quentes é muito comum no verão, mas pode acompanhar o momento de compra de diferentes pessoas durante todo o ano. Geralmente, isso acontece porque muita gente acha que eles são iguais, mas não é bem assim. Apesar de servirem para deixar a temperatura do ambiente mais agradável, os dois aparelhos têm diferenças importantes no funcionamento.

Afinal de contas, quais são os prós e contras de cada um deles? Para te ajudar a decidir qual é a melhor opção para a sua casa ou apartamento, hoje o Zoom vai comparar o climatizador de ar e o ar-condicionado. Dá uma olhada!

Temperatura

Enquanto o ar-condicionado resfria a temperatura do cômodo, o climatizador só ventila o ar

Uma das principais diferenças entre climatizador e ar-condicionado tem a ver com a diferença de conforto térmico proporcionado pelos dois aparelhos. Enquanto o ar-condicionado trabalha para diminuir (ou aumentar) a temperatura ambiente de forma brusca de acordo com a sua necessidade, o climatizador de ar só refresca e ventila o cômodo e pode ser insuficiente em dias muito quentes. Ou seja: mesmo que você encontre modelos de climatizador de ar que se parecem com um ar-condicionado portátil, no fim das contas, os dois têm resultados completamente diferentes.

Quer saber como calcular a potência certa de um ar-condicionado para quarto? Veja as nossas dicas aqui!

Umidade do ar

O climatizador de ar usa água para refrescar o ambiente e, por isso, ajuda a umidificar o ambiente

Outra diferença marcante entre os dois eletrodomésticos tem a ver com a umidade do ar no ambiente em que ele são usados. O climatizador de ar usa água num reservatório para refrescar o cômodo em que estiver funcionando - você pode colocar, até mesmo, algumas pedrinhas de gelo no para potencializar o efeito.

Por isso, ele aumenta a umidade do ar e essa diferença ajuda muito no dia a dia de pessoas com problemas respiratórios, já que ameniza o desconforto causado pelas mudanças de temperatura. Além disso, alguns modelos de climatizador também têm a função de purificar o ambiente.

O climatizador de ar é recomendado para refrescar espaços menores (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
O climatizador de ar é recomendado para refrescar espaços menores (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

O ar-condicionado, por sua vez, deixa o ar mais seco - a ponto de ressecar a parte interior das narinas de quem é mais sensível. E fica a dica: nesses casos, é recomendado deixar um recipiente aberto com água durante o tempo de uso do aparelho.

Capacidade

Ar-condicionado pode ser adaptado para espaços de todos os tamanhos e o climatizador funciona melhor em cômodos pequenos

Por ser um aparelho que tem com objetivo apenas refrescar e umidificar o ar dos ambientes, o climatizador é indicado para cômodos pequenos e médios, já que não costuma ter alcance suficiente para fazer efeito em espaços maiores. O ar-condicionado, por sua vez, está disponível em diferentes modelos e capacidades e pode se adaptar à sua necessidade: desde pequenos quartos a salões de grandes empresas, a alternativa de climatização é eficiente - basta ser bem escolhida. A quantidade de BTUs do aparelho é o que vai determinar o espaço em que ele deve ser usado, nesse caso.

Economia

O climatizador de ar consome menos energia e é mais barato que o ar-condicionado

Como já era de se esperar pela diferença de resultados, o climatizador de ar é um eletroportátil muito mais econômico do que o ar-condicionado: a diferença de gasto na conta de luz pode ser de até nove vezes menos. Ainda assim, ele pode não ser a opção mais adequada para algumas situações.

Por isso, se você for apostar no ar-condicionado mesmo com essa condição, vale a pena ficar de olho em dois detalhes. O primeiro é o Selo Procel, que, quando tem a classificação A, garante que um eletrodoméstico funciona consumindo a menor quantidade de energia possível. Depois disso, busque por modelos que funcionem com a tecnologia Inverter, que muda o funcionamento do compressor para que ele seja mais econômico.

O ar-condicionado inverter pode ser super econômico e causar um impacto menor na sua conta de luz (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
O ar-condicionado inverter pode ser super econômico e causar um impacto menor na sua conta de luz (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Ao falar de economia, também podemos apontar a diferença de preço: o investimento para a compra e um ar-condicionado é bem maior do que para o climatizador. Por isso, se os dois forem funcionais para você, vale a pena decidir pelo que couber no bolso de forma mais confortável.

Procurando um ar-condicionado Inverter em 2021? Confira os melhores modelos para os próximos meses

Instalação

Enquanto o climatizador de ar só precisa de uma tomada, o ar-condicionado quase sempre necessita de uma instalação mais trabalhosa

A não ser que você opte por um ar-condicionado portátil, que tem a instalação mais simples do que a dos modelos de parede, é impossível usar um ar-condicionado sem precisar se preocupar com a instalação. Seja quebrando um buraco para encaixar o eletro ou precisando de ajuda profissional para conectar as duas partes do split, o ar-condicionado dá um trabalhinho maior nessa fase anterior ao uso, já que o climatizador só precisa de uma tomada para ser usado.

Ar-condicionado ou climatizador de ar: qual dos dois é melhor comprar?

Mesmo com uma comparação bem breve, já deu para perceber que a dúvida entre climatizador ou ar-condicionado pode ser facilmente resolvida: basta você analisar a sua necessidade.

Enquanto o ar-condicionado serve para espaços de diferentes tamanhos para resfriar o ar em dias muito quentes, oferecendo o conforto térmico desejado em dias de temperaturas mais altas, o climatizador é uma mão na roda para quem tem problemas respiratórios, um orçamento menor ou só precisa refrescar partes menores da casa.

Ou seja: o climatizador de ar é bom, sim, mas entrega um resultado diferente do ar-condicionado. Escolha o melhor de acordo com o que você precisa!

Leia mais: