Apple compra 36 mil hectares de florestas para preservar meio ambiente

De olho no meio ambiente, Apple compra florestas para produzir papel sustentável.

Apple compra 36 mil hectares de florestas para preservar meio ambiente
Ricardo BergherEditor(a)

Publicado e atualizado 1 min. de leitura.

Quando o assunto é avanço tecnológico, muito também se fala sobre como o desenvolvimento de fábricas prejudica o meio ambiente. Mas que tal a gente destacar boas atitudes de empresas que estão de olho no meio ambiente?

Uma dessas empresas é a Apple. E quando a gente fala o nome "Apple", o que você lembra? Um iPhone, um iPad, um Macbook...? Pois é, mas a empresa também quer ser reconhecida como uma marca que atua para preservar o planeta.

Empresa sustentável: Apple vai além da tecnologia

A marca da maçã anunciou uma parceria com a organização The Conservation Fund, com o objetivo de proteger as florestas dos Estados Unidos. Ao todo, foram mais de 36 mil hectares, isso nas regiões de Maine e Carolina do Norte. E só para você ter uma ideia do tamanho dessa área, ela é maior que São Francisco, cidade também dos EUA.

A ação da Apple pretende proteger a área, mas também será uma região para a produção de embalagens sustentáveis para os diversos produtos da marca. E, de acordo com a Apple, o impacto ambiental promete ser bem menor.

Como você sabe, são muitos os produtos que a Apple vende. E, a cada produto vendido, uma embalagem de papel. Imagine, durante 1 ano, a quantidade de papel utilizado! O objetivo da marca, então, é passar a produzir papel 100% reciclável.

A proposta da Apple é de ter, nessa vasta região de 36 mil hectares, material renovável. Uma coisa é a gente comprar um produto com embalagem que veio de uma floresta desprotegida. Outra coisa, bem mais consciente, é comprar um produto que tenha embalagem de material renovável, de uma área protegida.

Aumentar a quantidade de material reciclável e se reconhecida também como empresa sustentável. A Apple, com essa nova iniciativa, mostra que está dedicada a ir além da tecnologia. Bom para o meio ambiente, e para a gente!