Entenda antes de comprar em Celular e Smartphone

Como saber se o celular é original?

Os celulares piratas podem enganar até o mais atento dos compradores. Então, é importante saber reconhecer um pirata.

Celular
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

Em novembro de 2017, a Agência Nacional de Telecomunicações anunciou o bloqueio de todos os celulares piratas no país. Até 2019, é esperado que não haja nenhum outro aparelho sem a devida regularização. Além desse inconveniente, adquirir um celular pirata traz muitos outros problemas.

Ter uma réplica gera riscos à segurança, compromete o desempenho e pode causar a perda de dinheiro, por não ter garantia ou assistência técnica regularizada. Então, é essencial entender como fugir de ciladas na hora de comprar um novo smartphone.

Mas como saber se o celular é original? Configura algumas dicas de como identificar um celular falso e descubra!

Desconfie de preços muito baixos

A primeira regra é estar atento ao preço cobrado pelo aparelho. Se um smartphone nas lojas custa por volta de R$ 2 mil e você o encontra a venda por R$ 500, é muito provável que ele não seja original ou novo.

Entenda que os gastos envolvem a tecnologia, a regularização e todas as etapas que até a venda. Se o custo parece bom demais para ser verdade, provavelmente você está diante de uma réplica.

Caso queira aproveitar ofertas e pagar menos, use um comparador de preços, cupons de desconto e espere as promoções. Esses são jeitos seguros de economizar sem terminar com um celular pirata nas mãos.

Verifique as especificações técnicas

Outro meio de identificar um celular falso é ficar de olho nas especificações. Todos os modelos originais são padronizados — o que significa que as câmeras, dimensões e design são iguais.

Se um aparelho é apresentado como um modelo, mas é um pouco maior ou menor, então não é original. O mesmo vale para o posicionamento diferente da câmera ou a qualidade da tela. Diante de qualquer alteração, saiba que você está no meio de uma cilada.

Consulte se o IMEI é cadastrado

O IMEI do celular é um número de identificação única — é como se fosse o "documento" do seu aparelho. Para achá-lo, normalmente é preciso procurar na caixa, em um adesivo da bateria ou ligar para *#06#.

Depois de identificar o número, faça uma pesquisa na base de dados Celular Legal. Mantido pela Anatel, o sistema identifica se existe alguma restrição de uso ou se ele está liberado e totalmente regularizado.

Faça as compras em lojas oficiais

Para não correr nenhum risco de sofrer com a falsificação, o melhor é escolher lojas oficiais ou reconhecidas. Você pode comprar um iPhone diretamente na loja da Apple, por exemplo. Também é viável recorrer a lojas físicas e virtuais que já são famosas pela qualidade e pela segurança.

Isso diminui muito as chances de levar gato por lebre. Evite negociar com pessoas físicas ou com lojas que não são oficiais e que não emitem nota fiscal. Além de terminar com um celular falso, ficará sem a quem recorrer após fechar negócio e perderá os seus direitos.

Com essas dicas, você já aprendeu como saber se o celular é original. Antes de fazer a próxima compra, use esses métodos para não cair em uma cilada.

Já que essa é uma das orientações para a sua segurança, aproveite e aprenda com mais detalhes como descobrir o IMEI do celular.

 

Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone