Produtos e novidades em Celular e Smartphone

Figure 1: o aplicativo “Instagram dos Médicos” chegou ao Brasil

Compartilhar imagens e discutir casos clínicos. Conheça o aplicativo Figure 1.

Figure 1
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

Não há dúvidas de que o Instagram é uma das redes sociais mais famosas: lá a gente pode compartilhar fotos e vídeos feitos pelo smartphone, receber curtidas e comentários dos nossos seguidores... mas você já pensou em um Instagram para médicos? Pois é, ele existe, e seu nome é Figure 1.

O Figure 1 um é um aplicativo em que médicos podem compartilhar várias imagens relacionadas à Medicina. E a novidade é que o Figure 1 chegou ao Brasil! Será que médicos por aqui vão curtir essa nova rede social?

Como é o aplicativo Figure 1?

Se você ficou curioso, aqui no Brasil o app está disponível para smartphones com Android, tablets com Android e também para dispositivos com sistema iOS: iPhone e iPad.

A rede social reúne mais de 100 mil profissionais da área, como enfermeiros, estudantes de Medicina e médicos, claro. No Figure 1, os profissionais publicam fotos de pacientes ou alguns dos seus exames. Ao compartilhar essas imagens, outros profissionais podem avaliar, e o aplicativo acaba se tornando um meio para buscar o tratamento eficaz de várias doenças.

Por que essa rede social pode ser interessante para os médicos?

Só para você ter uma ideia, todos os dias surgem não apenas imagens, mas também milhares de comentários sobre os casos clínicos. Se um médico publicar uma imagem no Figure 1 e ainda falar os sintomas de um paciente, pode receber comentários de profissionais da área médica de várias partes do mundo. A vantagem de reunir perfis de vários países é que um médico pode explorar doenças que nem são comuns no lugar onde ele vive.

Com isso, Figure 1 vai além do compartilhamento de fotos – é compartilhar informações importantes também, principalmente quando é um caso raro e precisa ser melhor investigado. E por falar em casos raros, essa rede social reúne as mais variadas imagens. Muitas delas, aliás, podem ser fortes para quem não é do meio.

Mas e a privacidade do paciente, como fica?

Figure 1 foi pensado para compartilhar experiências profissionais e também diagnosticar doenças, até mesmo as mais raras e com difícil tratamento. Mas não pode ser muito invasivo publicar as imagens dos pacientes nas redes sociais?

De acordo com os desenvolvedores, o Figure 1 tem essa preocupação em preservar a identidade dos pacientes. Para isso, quando uma foto é publicada, uma função da rede social é capaz de bloquear automaticamente o rosto do paciente. E até outras partes do corpo podem ser bloqueadas. Por exemplo: o paciente tem uma tatuagem no braço? A função também bloqueia a tatuagem, tudo para que a identidade do paciente não seja revelada. Além disso, é preciso preencher um formulário para a publicação da imagem ser autorizada.

Agora o Figure 1 chegou à América Latina, e o primeiro país a contar com esse app vai ser o Brasil. Então, o que você achou dessa rede social? Deu para perceber que é uma rede social que vai além das imagens... e também cria uma rede de informações para a área médica discutir vária doenças e, o melhor, buscar a cura dos pacientes.

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone