Lançamento iPhone 12: o que esperar de ficha técnica, design e preço

Próximo celular da Apple deve ter desempenho de MacBook pro com chip de 5 nm, além de câmera 3D de longo alcance.

Lançamento iPhone 12: o que esperar de ficha técnica, design e preço
Ricardo BergherEditor(a)

Publicado e atualizado 5 min. de leitura.

iPhone 12 é o nome esperado para o próximo celular da Apple, com lançamento previsto para setembro de 2020. Segundo os primeiros rumores, o smartphone – que deve ocupar o lugar do iPhone 11 no portfólio da marca – traria ficha técnica de ponta e proporcionando o melhor desempenho da já visto em um telefone da empresa, equiparável ao de um MacBook Pro.

Algumas informações antecipam ainda a possibilidade de maiores avanços no conjunto de câmeras, para competir com os celulares Android já disponíveis no mercado. Em tese, envolveria a adição de um sensor 3D na traseira, para mapeamento de profundidade.

Leia também: iPhone 'barato' em 2020: cinco modelos antigos que ainda valem a pena

Câmera com sensor ToF

Como tem acontecido nos lançamentos da Apple, as câmeras do próximo iPhone devem receber melhorias pontuais. A geração de 2019 já é capaz de capturar imagens com altíssima qualidade, mas o iPhone 12 deve chegar com câmera 3D (ToF) – algo já visto em smartphones com Android, como o Huawei P30 Pro, por exemplo.

Basicamente essa câmera seria capaz de mapear um local até 4,57 metros de distância. Um dos recursos que se beneficiaria dessa câmera 3D seria o Modo Retrato, que deverá ficar ainda mais preciso e parecido com o desfoque de uma câmera profissional do que o atual.

Imagem: Huawei P30 Pro é um celular Android que há conta com a câmera ToF 3D. Créditos: Karlis Dambrans/Shutterstock
Imagem: Huawei P30 Pro é um celular Android que há conta com a câmera ToF 3D. Créditos: Karlis Dambrans/Shutterstock

Mas a área que mais se beneficiaria de uma câmera 3D de longo alcance seria mesmo a de realidade aumentada. Esse recurso tem ganhado cada vez mais espaço nas apresentações da Apple e, em 2020, poderá ser um dos principais recursos presentes nos celulares da marca.

Desempenho de MacBook Pro

O chip Apple A14 deverá ser construído em processo de manufatura de 5 nanômetros (nm), o que resultaria em maior velocidade e menor consumo de energia, aumentando a duração da bateria do smartphone.

Além disso, rumores indicam que esse processador seria capaz de fornecer desempenho parecido com o de um MacBook Pro de 15 polegadas com i7 hexa-core, da Intel, além de um salto de 50% na GPU.

Imagem: iPhone 12 pode ter desempenho equiparável ao do MackBook Pro. Créditos: Lastroll/Shutterstock
Imagem: iPhone 12 pode ter desempenho equiparável ao do MackBook Pro. Créditos: Lastroll/Shutterstock

Dessa forma, acredita-se que a Apple esteja se preparando para reduzir o uso de chipsets fabricados pela Intel também nos MacBooks. Se isso der certo, a empresa pode começar a usar seus próprios processadores em seus próximos laptops.

Junto com um chipset mais poderoso, os iPhones 12 Pro e 12 Pro Max também devem contar com nada menos que 6 GB de memória RAM, contra 4 GB dos modelos atuais. Já o iPhone 12 comum deve permanecer com 4 GB de memória RAM.

Design parecido, mas com pequenas diferenças

Imagem: Design do iPhone 11 Pro deve ser mantido na próxima geração, com pequenas modificações. Créditos: NYC Russ/Shutterstock
Imagem: Design do iPhone 11 Pro deve ser mantido na próxima geração, com pequenas modificações. Créditos: NYC Russ/Shutterstock

Um ponto que não deve mudar muito é o design. Espera-se que o iPhone 12 tenha um visual bastante parecido com o do iPhone 11 Pro – que tirando a moldura das câmeras, se parece muito com o iPhone XS, que é idêntico ao iPhone X.

Como mudança mesmo deveremos ver um notch menor, o que resultaria em maior aproveitamento de tela, e uma nova cor azul-marinho, que entraria no lugar do atual verde que foi lançado com o iPhone 11 Pro.

Novos tamanhos de tela e taxa de atualização de 120 Hz

Rumores indicam que a Apple vai reduzir o tamanho do display iPhone 12 Pro e aumentar o do iPhone 12 Pro Max. Já o iPhone 12 convencional continuaria com o mesmo tamanho de tela do iPhone 11.

O modelo “Pro” teria uma tela de 5,45 polegadas (contra 5,8 polegadas do iPhone 11 Pro). Já o iPhone 12 Pro Max teria um display de 6,7 polegadas (contra 6,5 polegadas do iPhone 11 Pro Max). Por fim, o iPhone 12 continuaria com uma tela de 6,1 polegadas.

Mas o que mais chama atenção é o rumor de que os próximos iPhones contarão com displays com taxa de atualização de 120 Hz, assim como o Samsung Galaxy S20. Essa é uma novidade muito aguardada pelos fãs da marca, em especial os gamers, já que resultará em movimentos mais fluidos e uma experiência gráfica mais suave.

A volta do Touch ID?

O Face ID, tecnologia de reconhecimento facial da Apple, é o único método de desbloqueio biométrico dos iPhones de 2019. No entanto, acredita-se que a marca esteja pronta para trazer de volta o leitor de digitais (Touch ID) em 2020, mas de uma forma bem mais discreta e segura do que antes. Isso seria possível com o sensor abaixo do display, como já é visto em diversos aparelhos da Samsung, Xiaomi e até da Motorola.

Compatibilidade com 5G

Seguindo o que parece ser uma das tendências de 2020, os próximos iPhones também podem ser anunciados com suporte para o 5G, que resultará em conexões de redes móveis muito mais rápidas e estáveis do que o atual 4G.

Claro que esses são apenas os primeiros passos do 5G no mundo – a previsão de chegada das novas redes no Brasil, de forma efetiva, é para 2023. Mas de qualquer forma é interessante que as empresas já estejam se preparando para a popularização dessa tecnologia.

O fim da entrada lightning e a chegada da porta USB-C

Assim como aconteceu no iPad Pro, é possível que a Apple mate de vez a entrada lightning nos próximos iPhones e passe a oferecer o USB-C no lugar, o que abriria portas para muitas possibilidades, incluindo um carregamento mais rápido de bateria.

No entanto, há especulações de que a fabricante esteja se preparando para lançar, nos próximos anos, um iPhone sem qualquer entrada – lightning ou USB. Caso isso aconteça, a única forma de carregar o celular será através de um carregador por indução.

Preço e data lançamento do iPhone 12

Ainda é cedo para estimar um preço para o iPhone 12, mas para fins de comparação, vale mirar no último ano: o iPhone 11 convencional chegou ao Brasil por R$ 4.999.

O lançamento do iPhone 12 deve acontecer durante o Apple Event, que ocorre tradicionalmente em setembro, nos Estados Unidos.

Fique atento ao nosso canal de conteúdo para ter acesso a todas as novidades sobre o próximo iPhone.

Via: Forbes e MacRumors

Enquanto o iPhone 12 não chega ao Brasil, encontre os melhores preços para outros iPhones no Zoom:

Leia também: