Celular com defeito na quarentena? Marcas estendem garantia no Brasil

Motorola, LG e Samsung têm medidas para amenizar os impactos do isolamento social causado pelo Covid-19.

Ana MarquesEditor(a)

Publicado e atualizado 4 min. de leitura.

O seu celular apresentou algum defeito durante a quarentena? Com as recomendações de isolamento social feitas pelo Ministério da Saúde devido à pandemia do novo coronavírus, muitas lojas físicas não estão funcionando – e você, se puder, não deve sair de casa.

Esse cenário acaba fazendo com que os usuários não possam levar seus smartphones e outros eletrônicos à assistência técnica. A situação se agrava quando se trata de um produto que está no prazo final da garantia.

Leia também: Os melhores smartphones para comprar no Brasil em 2020

Pensando nisso, algumas das principais marcas de celulares e eletrônicos no mercado nacional já se posicionaram, garantindo uma prorrogação de garantia em função dos impactos causados pela crise do Covid-19. A seguir, veja o plano de ação de cada fabricante.

Motorola

(Imagem: N.Z.Photography/Shutterstock)
(Imagem: N.Z.Photography/Shutterstock)

Em nota, a Motorola afirma que vem fechando assistências técnicas físicas gradualmente, desde o dia 18 de março, visando o bem-estar e saúde de seus clientes. A medida não prevê data de reabertura. Se o prazo de garantia de um produto vencer durante este período de isolamento social por conta do Covid-19, a empresa se compromete a realizar o atendimento em garantia, assim que os serviços forem regularizados.

É importante ressaltar, porém, que a empresa continua atendendendo de forma remota. Os clientes que não quiserem esperar a normalização dos serviços podem encaminhar seus aparelhos para reparo pelos Correios. O serviço pode ser feito pelos canais de atendimento da Motorola neste link.

Para resolver problemas simples e tirar dúvidas, a fabricante também conta com uma assistente virtual disponível 24 horas por dia em seu site oficial.

Samsung

(Imagem: Vytautas Kielaitis/Shutterstock)
(Imagem: Vytautas Kielaitis/Shutterstock)

A Samsung divulgou em seus canais de comunicação a extensão do período de garantia para todos os produtos da empresa, o que inclui smartphones, TVs, notebooks, tablets, aparelhos de linha branca, entre outros. Desse modo, garantias que teriam vencimento durante durante o período de quarentena, que teve início em 15 de março, passam a valer até o dia 31 de maio deste ano.

A fabricante ainda reforça que conta com suporte online via chat, disponível 24 horas por dia. Consumidores poderão ainda utilizar o Serviço Remoto, que permite a um especialista treinado se conectar e resolver dúvidas em produtos como smartphones, tablets, notebooks e TVs sem custos extras. Para isso, o usuário deve ligar para 4004-0000 (capitais e grandes centros) ou 0800-124-421 (demais cidades e regiões), solicitar e autorizar o serviço.

LG

(Imagem: StockStudio Aerials/Shutterstock)
(Imagem: StockStudio Aerials/Shutterstock)

Em nota enviada por e-mail, a LG informa que está gerenciando solicitações de atendimento neste período para suporte posterior, quando houver necessidade. A empresa afirma que prestará atendimento em garantia para aqueles consumidores que entraram em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor da empresa solicitando atendimento durante este período de restrições, mesmo que sua garantia se encerre neste mesmo período.

Os serviços de atendimento telefônico, e-mail e WhatsApp continuam funcionando normalmente. A fabricante garante que os serviços de atendimento remoto será realizado por técnicos capacitados, visando a solução de problemas que podem ser resolvidos à distância.

O serviço LG Collect, para envio de celulares com defeito à empresa pelos Correios, continua operando. As demandas estão sendo direcionadas para Assistências Técnicas Autorizadas que não tiveram suas atividades suspensas.

Asus

(Imagem: Tada Images/Shutterstock)
(Imagem: Tada Images/Shutterstock)

A Asus informa que o atendimento via Central de Reparo está funcionando normalmente. Mas caso o consumidor queira aguardar para fazer a abertura do atendimento balcão (presencial nas assistências técnicas), e nesse período perder a garantia, a ASUS aprovará o atendimento baseado na data de seu primeiro contato, reportando o problema dentro do período de garantia.

Xiaomi

(Imagem: THINK A/Shutterstock)
(Imagem: THINK A/Shutterstock)

Procurada pelo Zoom, a Xiaomi não se manifestou sobre a extensão da garantia de celulares da marca em território nacional até a data de publicação desta matéria. No entanto, vale lembrar que, caso decida aumentar este prazo, como as demais empresas citadas neste artigo, a garantia dos celulares Xiaomi só são válidas aos modelos vendidos em parceria com a distribuidora DL Eletrônicos.

Aparelhos importados, que ganharam bastante popularidade no último ano por serem mais baratos do que os produtos vendidos de forma oficial, não entram nesta lista.

Leia também: