Zoom indica em Celular e Smartphone

Os 4 Melhores Celulares com Processador Qualcomm Snapdragon 660 em 2019

Veja por que o processador Snapdragon 660 equipa três ótimos aparelhos intermediários.

melhor celular com snapdragon
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

O processador Snapdragon 660 é um chipset intermediário com desempenho superior ao da versão 630. Essa característica garante que os aparelhos equipados com ele tenham uma performance praticamente avançada com aplicativos menos complexos e até alguns jogos um pouco pesados.

Assim, um celular com Snapdragon 660 é capaz de atender a um público mais exigente, mas que não quer investir em um top de linha. Entre os melhores smartphones com esse processador estão o Redmi Mi A2 e o Mi 8 Lite, da Xiaomi, o Zenfone 4, da Asus, e o Galaxy A9 (2018), da Samsung. Neste artigo, compare os três e veja qual é o melhor intermediário para você!


Leia também: Os Melhores Celulares Asus Zenfone do momento

4. Com câmeras surpreendentes, o Xiaomi Redmi Mi A2 chama atenção

Esse é o nosso primeiro celular com Snapdragon 660, um smartphone com bom desempenho em tarefas menos complexas, como o uso de aplicativos bancários e de redes sociais, a navegação na internet e a reprodução de áudios e vídeos. A memória RAM de 4 GB permite o uso de vários apps ao mesmo tempo.

Um ponto negativo que merece atenção é o armazenamento interno, que é de apenas 32 GB e não permite expansão com cartão de memória. O aparelho é capaz de suportar alguns aplicativos sem grandes problemas, no entanto, a restrição acaba atrapalhando na hora de salvar muitos arquivos.

A bateria do smartphone também deixa um pouco a desejar, com apenas 2.910 mAh. Dessa forma, embora o celular consiga permanecer ligado por grande parte do dia em uso moderado, as tarefas com maior gasto energético podem levar ao rápido descarregamento.

Em contrapartida, o Redmi Mi A2 tem um grande destaque: sua câmera. Se você gosta de tirar fotos, esse é o ponto alto do aparelho. A câmera traseira tem duas lentes com abertura focal de f/1.7, uma com 20,0 MP e a outra com 12,0 MP. Nada mal, não é?

A frontal também surpreende com 20,0 MP, excelente para selfies. Mesmo não sendo dupla, a câmera conta com um processador capaz de desfocar o fundo da imagem, o que garante um resultado profissional. Na gravação de vídeos, é possível optar pela resolução em 4K ou em Full HD.

Apesar de as câmeras serem boas, lembre-se da restrição de memória e sempre descarregue os arquivos em nuvem para não perder as capturas por falta de espaço!

Em relação à tecnologia de sensores, o smartphone conta com leitor biométrico, sensor de proximidade, acelerômetro, giroscópio e bússola. Já no que se refere ao design, as bordas fininhas do aparelho costumam agradar bastante, pois facilitam o manuseio.

De um modo geral, podemos dizer que esse celular com Snapdragon 660 é rápido, eficiente e muito útil para a fotografia. No entanto, a capacidade da bateria e de armazenamento interno surgem como aspectos negativos que precisam ser bem ponderados.

Ficha técnica:

  • tela 6 polegadas Full HD (2.160 x 1.080 pixels);
  • processador Snapdragon 660 (Octa-Core de até 2,20 GHz);
  • memória RAM de 4 GB;
  • memória interna de 32 GB;
  • câmera traseira dupla de 20,0 MP + 12,0 MP;
  • câmera frontal de 20,0 MP;
  • bateria de 2.910 mAh;
  • filmadora em 4K.

3. O Xiaomi Mi 8 Lite, com design elegante e ótimas câmeras

O Xiaomi Mi 8 Lite é um intermediário bastante abrangente e com características avançadas, por isso, está em segundo lugar no nosso Top 3 de celulares com Snapdragon 660. O desempenho do processador garante uma ótima fluidez para tarefas básicas e até mais complexas.

A capacidade desse smartphone também permite que várias abas no navegador sejam abertas ao mesmo tempo, assim como diversos apps rodando simultaneamente, sem prejuízos na performance.

Um dos maiores destaques do Mi 8 Lite é o seu design elegante: um dos aparelhos mais bonitos da chinesa Xiaomi. Ele é bastante fino, com apenas 7.5 milímetros de espessura, então, é muito confortável para segurar e manusear.
As câmeras também são um ponto forte. A traseira é dupla, com 12,0 MP + 5,0 MP e abertura focal de F 1.9 + F 2.

Enquanto isso, a frontal surpreende com 24,0 MP de resolução, ainda mais do que o Redmi Mi A2. Para completar, esse celular com Snapdragon 660 também filma em 4K, com uma riqueza de detalhes impressionante.

Se você usa o smartphone sobretudo para navegar pela internet, o Mi 8 Lite certamente não decepcionará. Ele conta com alguns recursos muito interessantes para melhorar a navegabilidade e a transferência de dados. Inclusive, é equipado com a tecnologia LTE, que permite o uso da rede 4G em ótimo desempenho.

Por fim, a memória interna também merece ênfase. O aparelho já vem com 64 GB diretamente da fábrica e é expansível. Além disso, há o modelo alternativo com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento para quem já quer adquirir um celular com mais capacidade de memória.

Ficha técnica:

  • tela 6,26 polegadas Full HD (2.280 x 1.080 pixels);
  • processador Snapdragon 660 (Octa-Core de até 2,20 GHz);
  • memória RAM de 4 GB;
  • memória interna de 64 GB;
  • câmera traseira dupla de 12,0 MP + 5,0 MP;
  • câmera frontal de 24,0 MP;
  • bateria de 3.350 mAh;
  • filmadora em 4K.

2. O Asus Zenfone 4 têm configurações poderosas para um intermediário

Em comparação ao modelo da chinesa Xiaomi, o Zenfone 4, da Asus, fica em desvantagem na resolução das fotos. Mas isso não quer dizer que as câmeras não sejam boas! Muito pelo contrário: com 12,0 MP + 8,0 MP na traseira e 8,0 MP na frontal, o aparelho é capaz de ótimas capturas!

Além disso, o Zenfone 4 conta com algumas possibilidades muito interessantes, como os sensores Sony IMX362 e o Wide Angle. O primeiro é responsável por capturar mais luz ambiente e proporcionar uma maior riqueza de detalhes. O segundo permite a angulação de até 120º, bastante ampla.

Isso quer dizer que, mesmo à noite, as fotos saem com boa qualidade. Além disso, paisagens ou capturas com um grande número de pessoas normalmente não perdem nada nas laterais. O HDR (que melhora as cores, o brilho e o contraste) e o PDAF (que estabiliza imagens tremidas) finalizam o pacote de fotografia.

Como esse é um dos celulares com Snapdragon 660, a velocidade para inicializar e executar diversas funções não decepciona. A memória RAM de 4 GB também auxilia bastante na rapidez. Mesmo alguns jogos um pouco mais pesados podem responder sem grandes problemas no aparelho.

Sobre a bateria, embora existam outros celulares intermediários com desempenho muito melhor, há uma vantagem em relação ao modelo da Xiaomi. Afinal, a capacidade é de 3.300 mAh, suficiente para manter o aparelho em funcionamento por até 18 horas consecutivas em uso contínuo.

Um último detalhe importante é que o Zenfone 4 tem um ótimo espaço de armazenamento. O smartphone já vem com 64 GB de memória interna da fábrica, mas é expansível até 2 TB com catão MicroSD. Em resumo, é um aparelho mais completo que o Redmi Mi A2, embora tenha um desempenho de câmeras inferior ao da marca chinesa.

Ficha técnica:

  • tela 5,5 polegadas Full HD (1.920 x 1.080 pixels);
  • processador Snapdragon 660 (Octa-Core de até 2,20 GHz);
  • memória RAM de 4 GB;
  • memória interna de 64 GB (expansível até 2 TB com cartão de MicroSD);
  • câmera traseira dupla de 12,0 MP + 8,0 MP;
  • câmera frontal de 8,0 MP;
  • bateria de 3.300 mAh;
  • filmadora em 4K.

1. Primeiro lugar é também o único celular com 4 câmeras do mundo até o momento: Galaxy A9 2018!

Na primeira posição está o mais novo lançamento da Samsung aqui no Brasil, o novo Galaxy A9! O grande destaque do aparelho é, sem dúvida, as quatro cameras localizadas na parte traseira, cada uma com uma função diferente na hora de tirar fotos.

A lente principal de 24MP com abertura F1.7 possibilita capturar imagens mais nítidas, em altíssima resolução, seja em ambientes com muita ou pouca luminosidade, como um parque ou balada, pois permite a entrada de mais luz automaticamente. Com ela, é possível tirar fotos magníficas em qualquer hora ou local.

A lente de profundidade possui 5MP (F2.2) que, no modo Foco Dinâmico, cria o chamado efeito bokeh, um dos recursos mais famosos e conhecidos entre os fotógrafos profissionais, que ajusta a profundidade de campo da imagem e permite, em um só comando, desfocar o fundo das fotos, em diferentes níveis de intensidade, antes ou após o clique, deixando em destaque na imagem apenas o tema em que o fotógrafo deseja ressaltar.

A lente ultra wide possui 8MP e 120º, que permite que o usuário capture o mundo em sua plenitude e sem limites. Essa lente possibilita que o usuário tenha um campo de visão mais amplo, com fotos mais expansivas, já que sua abertura se parece com o que o usuário vê com seus próprios olhos.

A quarta é última lente serve para dar zoom óptico de 2x para tirar fotos nítidas mesmo que à distância. Com 10 MP, as fotos tiradas com a lente zoom possuem um nível extremo de detalhes.

Ficha técnica:

  • tela 6,3 polegadas Full HD+ (2220 x 1080 pixels);
  • processador Snapdragon 660 (Octa-Core de até 2,20 GHz);
  • memória RAM de 6 GB;
  • memória interna de 128 GB (expansível até 512GB com cartão de MicroSD);
  • câmera traseira quádrupla de 24MP (f1.7) + 5MP + 10MP + 8MP
  • câmera frontal de 24 MP;
  • bateria de 3.800 mAh;

 

E aí, qual chamou mais sua atenção? O Redmi Mi A2, o Mi 8 Lite, o Zenfone 4 e o Galaxy A9 são excelentes celulares com Snapdragon 660. O processador potente garante aos três modelos um desempenho que nada deixa a desejar nas tarefas básicas e até intermediárias. Portanto, são excelentes opções.


Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone