Zoom indica em Celular e Smartphone

Free Fire: os melhores celulares para jogar em 2019

Modelos potentes, com poder de processamento gráfico e áudio diferenciado; confira!

melhor celular para jogar free fire
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

Enquanto os impressionantes Razer Phone e o Xiaomi Black Shark ainda não chegam ao nosso país, podemos nos virar muito bem com outras opções de gigantes da indústria. Os jogadores brasileiros estão muito bem servidos com o que já temos no Brasil para mandar bem no Free Fire.

Para garantir uma experiência incrível de imersão e a representação fiel de gráficos que deixam os fãs boquiabertos, preparamos uma seleção de celulares top de linha que possibilitam horas de boa jogatina em seu smartphone. São aparelhos com processadores potentes, telas finas e otimizadas, ótima autonomia de bateria e placas gráficas de alto nível. Confira!


Leia também: Os Melhores Celulares Para Jogos

6. Qualidade de som otimizada com o Xperia XZ2

A qualidade de som desse carro-chefe da Sony é o seu principal diferencial, oferecendo uma qualidade elevada de áudio até para quem não quer depender ou está sem fones na hora do jogo. Mesmo sem eles, o som do Xperia, com duas saídas frontais, possibilita a imersão total na hora de percorrer velozmente o campo de batalha.

A tela de 5,7 polegadas em alta definição e a bateria garante uma autonomia de 3.180 mAh, suficiente para algumas horas intensas de Free Fire mesmo longe do carregador. O processador é o Snapdragon 845, bastante resistente a travamentos e bugs.

Mas é mesmo o áudio o principal atributo desse modelo. A tecnologia Clear Bass possibilita um excelente trabalho com graves, eliminando as distorções. O controlador próprio de frequência também garante ajustes bem-vindos de acordo com as preferências do jogador, garantindo essa opção como um dos melhores modelos de celular para jogar Free Fire.

5. A Asus mostra a que veio com o Zenfone 5Z

A taiwanesa Asus chegou com força ao mercado nacional, com versatilidade suficiente para ingressar no exigente mercado de celulares para gamers. O Zenfone 5Z chega com impressionantes 8GB de RAM (empatando, no quesito, com o Galaxy Note 9) e com uma tela otimizada para jogos: 6,2 polegadas Full HD de pura nitidez e definição.

A bateria de 3.300 mAh garante boa autonomia para mandar ver no Free Fire até naquelas horas em que o trânsito simplesmente não anda.

O processador Snapdragon 845 suporta até 2,8 GHz, com sistema Android e suporte à inteligência artificial dedicado a otimizar o consumo de energia, completam essa ótima opção.

4. A Apple mostra sua versatilidade com o iPhone 8 Plus

Apple, como sabemos, é sinônimo de alto desempenho. A prova disso é que os celulares da companhia garantem jogos de alta qualidade até em equipamentos que não foram pensados como aparelhos puramente gamers.

O iPhone 8 Plus é um exemplo desse poder, já que o processador A11 Bionic confere uma eficiência impressionante com quatro núcleos de desempenho e GPU de três núcleos até 30% mais rápida do que o mesmo desempenho do iPhone 7 Plus.

O A11 Bionic foi especialmente desenhado para otimizar todo tipo de tarefa executada, o que garante que o Free Fire vai rodar tranquilamente no aparelho e a tela retina HD com 5,5 polegadas vai possibilitar a representação de todos os detalhes pensados pelos designers do game — e com menos gasto de energia. O nível de realidade aumentada desse equipamento é muito bem aproveitado para jogos.

3. Uma opção potente, mas acessível com o Galaxy S9

O Galaxy S9 é uma boa opção para quem não quer desembolsar tanto com o Note 9. Apresenta um custo-benefício bem atrativo e uma tela apenas ligeiramente menor para quem não quer perder um segundo sequer de imersão no Free Fire. O processador da Qualcomm, já estabelecido entre os favoritos do mercado, garante um desempenho de até 2,8 GHz, promovendo uma jogatina de alto nível.

O armazenamento de 128 GB também é um benefício significativo, assim como a tela Quad HD+ com tecnologia Super AMOLED, que possibilitam nitidez inigualáveis e um trabalho de cores para destacar todos os mínimos detalhes desse grande game.

É importante lembrar que os smartphones Samsung contam com o Game Launcher 3.0, um hub único e exclusivo para organizar todos os games armazenados no equipamento, além de fornecer opções customizáveis para que o próprio usuário defina como o smartphone vai se comportar durante as suas horas de jogo. Uma adição importante para quem não quer ser interrompido de maneira alguma.

2. O iPhone X ainda reina absoluto entre as opções da Apple

Esse carro-chefe da Apple aposta na tela quase sem bordas, oferecendo design diferenciado e otimização em um mesmo pacote. A tela de 5,8 polegadas apresenta super retina em HD e consome menos energia que os equipamentos em LCD.

Os seis núcleos de processamento do A11 Bionic posicionam o modelo bem alto na hierarquia geral de desempenho. Esses núcleos têm poder o suficiente para garantir que até os jogos mais exigentes, como o querido Free Fire, rodem sem problemas.

O som é estéreo, garantindo uma imersão diferenciada e total em seus games. A placa gráfica foi desenvolvida pela própria Apple, garantindo a potência que já conhecemos da cultuada marca.

1. O Galaxy Note 9 é a melhor opção atual do mercado

A tela AMOLED de 6,4 polegadas, a bateria de 4000 mAh, o processador octa-core de 2.8 GHZ... se fosse para ficar apenas na ficha técnica mais básica, já teríamos argumentos suficientes para justificar a aquisição de um Galaxy Note 9, já que esse é, de fato, o melhor celular para jogar Free Fire.

Mas podemos falar também do poder do alto-falante estéreo, com uma riqueza de graves e detalhes para que você se sinta no próprio campo de batalha. As 6,4 polegadas, cerca de 16,5 centímetros, incrementadas pelo AMOLED confeccionado especialmente para que o alto poder de resolução oferecido represente todos os gráficos em sua exatidão.

E o processador ainda é o mais avançado no mercado, garantindo uma resistência quase intransponível contra travamentos.


Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone