Os 14 Melhores Celulares Xiaomi em 2019

A fabricante chinesa rouba a cena com boa ficha técnica e preço baixo. Veja se vale a pena comprar um celular Xiaomi!

Os 14 Melhores Celulares Xiaomi em 2019
Ricardo BergherEditor(a)

Publicado e atualizado 12 min. de leitura.

Qual é o melhor celular Xiaomi em 2019? O Mi 9 e o Mi 9T Pro são os grandes representantes do segmento avançado da marca chinesa, mas modelos intermediários premium, como o Redmi Note 7 e o Mi 9T, têm roubado a cena no Brasil. Os smartphones impressionam por unir preço baixo e uma ficha técnica de qualidade, com processador avançado e câmeras potentes – o famoso bom custo-benefício.

Leia também: Lançamento Xiaomi no Brasil: chinesa anuncia Mi 9, Redmi Note 7 e 'centenas' de outros produtos

Qual é o melhor celular Xiaomi em 2019?

Veja o nosso ranking de melhores celulares Xiaomi, que leva em consideração quesitos como desempenho, câmeras e recursos para fotos, bateria, tela, armazenamento e design.

Os Melhores Celulares Xiaomi em 2019
1. Xiaomi Mi 9O melhor celular Xiaomi em 2019
2. Xiaomi Mi 9T ProCelular avançado com câmera pop-up
3. Xiaomi Mi 8O melhor celular Xiaomi em 2018
4. Pocophone F1Celular Xiaomi com Snapdragon 845
5. Xiaomi Mi 9TCelular intermediário com câmera pop-up
6. Xiaomi Mi 9 SEVersão mais barata do top de linha da Xiaomi
7.Redmi Note 8 ProCelular gamer com bom custo-benefício
8.Redmi Note 8Celular Xiaomi com câmera quádrupla
9. Redmi Note 7O celular mais buscado no Zoom
10. Xiaomi Mi 8 LiteIntermediário com visual de top de linha
11. Xiaomi Mi A3O melhor entre os modelos Xiaomi com Android One
12. Xiaomi Mi A2Android One e selfies com 20 MP
13. Redmi 7Celular de entrada com boa capacidade de bateria
14. Redmi GoCelular barato com Androi Go

Celular Xiaomi é bom?

A Xiaomi tem smartphones entre os mais poderosos do mundo. Seu carro-chefe em 2019, Xiaomi Mi 9, superou o Galaxy S10 em testes de benchmark feitos pelo AnTuTu. O conjunto de câmeras também é um trunfo do aparelho, que está entre os melhores celulares para fotos na nossa seleção, com base na análise feita pelo DxOMark.

Cuidados ao comprar um celular Xiaomi para usar no Brasil

O primeiro passo é garantir que o modelo escolhido é desbloqueado e aceita chips de operadoras de telefonia brasileiras. Outro é entender sua origem, pois somente os produtos distribuídos pela DL Eletrônicos têm assistência técnica oficial e garantia da marca no Brasil. Os demais aparelhos tratam-se de importações feitas por terceiros, e não contam com assistência oficial em território nacional.

Leia mais sobre riscos e dicas na hora de comprar um celular importado para usar no Brasil.

Conheça detalhes sobre os melhores celulares Xiaomi em 2019

1. Xiaomi Mi 9: o melhor Xiaomi em 2019

Anunciado em fevereiro de 2019, o Mi 9 vendeu mais de 1 milhão de unidades no mundo todo até o final de março, e chegou ao mercado brasileiro em maio, pela parceria com a DL Eletrônicos.

Entre os destaques do Xiaomi Mi 9, separamos a câmera tripla traseira, com sensor principal de 48 MP. Além disso, esse smartphone tem processador Snapdragon 855 da Qualcomm, um dos mais avançados da fabricante, que junto à memória RAM de 6 GB garante desempenho veloz, sem travamentos até ao executar jogos e outros aplicativos pesados.

Ficha técnica do Xiaomi Mi 9:

  • Tela de 6,39 polegadas Full HD+
  • Processador Snapdragon 855
  • Memória RAM de 6 GB
  • Câmera tripla traseira de 48 MP + 16 MP + 12 MP
  • Câmera frontal de 20 MP
  • Armazenamento: 64 GB ou 128 GB
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Bateria: 3.300 mAh
  • Sistema operacional de fábrica: Android 9.0 Pie

Voltar ao índice

2. Xiaomi Mi 9T Pro: celular avançado com câmera pop-up

Mais smartphone com Snapdragon 855, o Mi 9T Pro também devem garantir um desempenho bastante acima da média, sendo capaz de rodar qualquer app da Play Store sem problemas. Seu grande diferencial é a câmera pop-up, que fica escondida sob a tela e aparece apenas na hora de tirar uma selfie. O recurso permite que o display tenha maior aproveitamento da área frontal do celular, no entanto há questões sobre o quão frágil pode ser o sistema motorizado.

O painel do Mi 9T Pro usa tecnologia Super AMOLED e tem resolução Full HD+, o tamanho é de 6,39 polegadas, como no Mi 9. A bateria é ligeiramente maior em capacidade: 4.000 mAh.

Ficha técnica do Xiaomi Mi 9T Pro

  • Tela Super AMOLED de 6,39 polegadas Full HD+
  • Processador Snapdragon 855
  • Memória RAM de 6 GB ou 8 GB Armazenamento de 64 GB, 128 GB ou 256 GB (sem espaço para microSD)
  • Câmera tripla traseira de 48 MP (f/1.8) + 8 MP (f/2.4) telefoto + 13 MP (f/2.4) ultra-wide
  • Câmera frontal pop-up de 20 MP (f/2.2)
  • Bateria de 4.000 mAh
  • Sistema operacional de fábrica: Android 9.0 Pie

Voltar ao índice

3. Xiaomi Mi 8: o melhor Xiaomi de 2018 ainda vale a pena

O Mi 8 tem Super AMOLED com 16 milhões de cores e resolução Full HD+ para assistir filmes e vídeos com a melhor qualidade possível, uma configuração potente para bater de frente com os melhores celulares do mercado, uma enorme capacidade de armazenamento de dados e bateria potente com tecnologia de carregamento rápido.

Seu maior destaque, porém, é a câmera. Na parte traseira, são duas lentes: uma grande angular de 12 megapixels e uma telefoto também com 12 megapixels. Graças ao software de processamento de imagens e esses dois sensores, o Mi 8 consegue gerar fotos com cores ricas e vivas, que ganharam notas altíssimas nos principais rankings de avaliação de câmeras de celulares.

O Xiaomi Mi 8 tem uma versão mais potente (e mais cara também) com leitor de digitais na tela, é o Xiaomi Mi 8 Pro.

Ficha técnica do Xiaomi Mi 8:

  • Tela Super AMOLED de 6,21" Full HD+ (18:9)
  • Processador octa-core de até 2,8 GHz
  • Memória RAM de 6 GB ou 8 GB
  • Armazenamento de 64 GB ou 128 GB (não expansível)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Câmera traseira dupla de 12 MP + 12 MP (com flash Dual LED) e frontal de 20 MP
  • Bateria de 3.400 mAh
  • Sistema operacional da fábrica: Android 8.1 Oreo

Voltar ao índice

4. Pocophone F1: mais uma opção com Snapdragon 845

Também com o processador top de linha da Qualcomm em 2018, o Pocophone promete ótimo desempenho em qualquer tarefa, mesmo ao executar os apps mais pesados disponíveis na Play Store. Esse celular chega com o visual que foi tendência no último ano, com o notch retangular na parte de cima da tela.

Desse modo, o smartphone abriga o sensor de reconhecimento facial, que permite desbloquear a tela apontando o celular para o rosto, de forma prática.

Ficha técnica do Xiaomi Pocophone F1:

  • Tela de 6,18 polegadas Full HD+ (18,7:9)
  • Processador octa-core de até 2,8 GHz (Snapdragon 845)
  • Memória RAM de 6 GB ou 8 GB
  • Armazenamento de 64 GB ou 128 GB (expansível em até 256 GB via microSD)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Câmera traseira dupla de 12 MP + 5 MP (com flash dual LED) e frontal de 20 MP
  • Bateria de 4.000 mAh
  • Sistema operacional de fábrica: Android 8.1 Oreo

Voltar ao índice

5. Xiaomi Mi 9T: celular intermediário com câmera pop-up

Esse celular é uma variante da linha Mi 9 com processador menos potente do que o top de linha da marca. Ainda assim, promete um ótimo desempenho em tarefas exigentes. O grande destaque fica por conta da câmera frontal pop-up de 20 MP, que fica escondida sob a tela, proporcionando maior aproveitamento do display, e aparece apenas quando a o modo de selfies é acionado.

Outros pontos positivos são a tela AMOLED Full HD+ com leitor de digitais embutido e a bateria de 4.000 mAh, que promete bom fôlego para uma jornada de trabalho longe das tomadas.

Ficha técnica do Xiaomi Mi 9T

  • Tela AMOLED de 6,39 polegadas Full HD+
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 730 (octa-core de até 2,2 GHz)
  • Memória RAM de 6 GB
  • Armazenamento de 64 GB ou 128 GB
  • Câmera frontal: 20 MP
  • Câmera traseira tripla: - Sensor principal de 48 MP - Lente grande-angular com sensor de 13 MP - Lente teleobjetiva com sensor de 8 MP
  • Bateria: 4.000 mAh
  • Android 9.0 Pie
  • Leitor de impressões digitais

Voltar ao índice

6. Xiaomi Mi 9 SE: versão mais barata do top de linha da Xiaomi

O Mi 9 SE é um smartphone intermediário premium derivado do carro-chefe da Xiaomi em 2019, o Mi 9. A ficha técnica do celular inclui o processador Qualcomm Snapdragon 721, de 8 núcleos e velocidade máxima de 2,3 GHz, e memória RAM de 6 GB – conjunto que deve garantir bom desempenho para a maioria das tarefas, mesmo as mais exigentes.

Assim como o Mi 9, a versão SE também tem câmera tripla com sensor principal de 48 megapixels, no entanto os demais sensores são diferentes. Para selfies, o aparelho traz 20 MP. A tela tem 5,97 polegadas e tecnologia Super AMOLED, o que deve agradar aos usuários que gostam de cores vivas e contrastes intensos.

Ficha técnica do Xiaomi Mi 9 SE:

  • Tela de 5,97 polegadas Full HD+ (2340 x 1080 pixels) Super AMOLED
  • Processador Qualcomm Snapdragon 721 (octa-core de até 2,3 GHz)
  • Memória RAM de 6 GB
  • Armazenamento de 64 GB ou 128 GB
  • Câmera traseira tripla de 48 MP (f/1.8) + 13 MP (f/2.4) ultrawide + 8 MP (f/2.4) telefoto
  • Câmera frontal de 20 MP (f/2.0)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Bateria de 3.070 mAh
  • Sistema operacional de fábrica: Android 9.0 Pie

Voltar ao índice

7. Redmi Note 8 Pro: celular gamer com bom custo-benefício

Lançado globalmente no segundo semestre de 2019, o Redmi Note 8 Pro tem ficha técnica desenevolvida para usuários gamers que buscam um ótimo custo-benefício. Seu processador G90T trabalha em conjunto com sistema de resfriamento líquido, o que permite o alcance de máximo desempenho sem superaquecimento do sistema. Além disso, esse smartphone conta com memória RAM de 6 GB, que promete fluidez para rodar qualquer aplicativo da Play Store.

Para os apaixonados por fotos, o Redmi Note 8 Pro conta ainda com câmera quádrupla traseira, que tem sensor principal de 64 megapixels. O conjunto tem tecnologia Pixel Binning que combina vários pixels em um para proporcionar os melhores níveis de brilho e contraste.

Ficha técnica do Redmi Note 8 Pro:

  • Tela de 6,53 polegadas Full HD+
  • Processador Helio G90T (MediTek) octa-core de até 2,05 GHz
  • Memória RAM de 6 GB
  • Armazenamento de 64 GB ou 128 GB
  • Câmera traseira quádrupla de 64 MP (f/1.9) + 8 MP (f/2.2) + 2 MP (f/2.4) + 2 MP (f/2.4)
  • Câmera frontal de 20 MP (f/2.0)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Bateria de 4.500 mAh
  • Android 9.0 Pie

Voltar ao índice

8. Redmi Note 8: celular Xiaomi com câmera quádrupla

Sucessor do popular Redmi Note 7, o Redmi Note 8 é uma versão do smartphone intermediário premium que conta com algumas melhorias pontuais em câmera e desempenho. Ele mantém sensor principal de 48 MP para fotos, mas dessa vez traz mais duas lentes para aumentar as possibilidades em composições. O conjunto inclui uma lente macro, para capturar detalhes próximos, e um sensor de profundidade, para aprimorar o Modo Retrato, além da lente grande-angular com sensor de 8 MP.

O processador do Redmi Note 8 é o Snapdragon 665, que promete bom desempenho para a maioria dos usuários, e deve lidar bem com tarefas exigentes do dia a dia. A memória RAM de 4 GB deve ser o suficiente para evitar travamentos a executar apps em segundo plano ou simultaneamente.

Ficha técnica do Redmi Note 8:

  • Tela de 6,3 polegadas Full HD+
  • Processador Qualcomm Snapdragon 665 octa-core de até 2 GHz
  • Memória RAM de 4 GB
  • Armazenamento de 64 GB
  • Câmera quádrupla traseira de 48 MP (f/1.8) + 8 MP (f/2.2) + 2 MP (f/2.4) + 2 MP (f/2.4)
  • Câmera frontal de 13 MP (f/2.0)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Bateria de 4.000 mAh
  • Android 9.0 Pie

Voltar ao índice

9. Redmi Note 7: o celular Xiaomi mais buscado no Zoom

Desempenho eficiente devido ao Snapdragon 660, câmera dupla com inteligência artificial e bateria para um dia inteiro: o Redmi Note 7 reúne tudo isso a um visual moderno, com notch em forma de gota e revestimento sofisticado.

Esse smartphone é vendido em opções com memória RAM de 3 GB ou 4 GB, sendo a segunda a mais indicada para quem não quer dores de cabeça com travamentos ou lentidão.

Ficha técnica do Redmi Note 7:

  • Tela de 6,3 polegadas Full HD+ (2340 x 1080 pixels) (19,5:9)
  • Processador octa-core de até 2,2 GHz (Snapdragon 660)
  • Memória RAM de 3 GB ou 4 GB
  • Armazenamento de 32 GB, 64 GB ou 128 GB expansível via microSD de até 256 GB
  • Câmera traseira dupla de 48 MP (f/1.8) + 5 MP (f/2.2)
  • Câmera frontal de 13 MP (f/2.0)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Bateria de 4.000 mAh
  • Android 9.0 Pie

Voltar ao índice

10. Xiaomi Mi 8 Lite: um celular intermediário com ‘cara’ de top de linha

Entre os modelos intermediários da Xiaomi, o Mi 8 Lite é um dos que mais chama a atenção. E não só por seu design premium, com metal e vidro, mas também pela câmera dupla capaz de tirar fotos muito boas até mesmo à noite ou em ambientes com pouca iluminação.

No desempenho, em testes que fizemos aqui no Zoom, o aparelho foi capaz de rodar até mesmo jogos mais pesados, além de abrir aplicativos normais do dia a dia de forma muito rápida. Outro detalhe que é importante frisar é a tela grande de 6,26 polegadas com ótimo aproveitamento da tela. E para quem não gosta do entalhe, há a opção de escondê-lo.

Ficha técnica do Xiaomi Mi 8 Lite:

  • Tela de 6,26" Full HD (19:9)
  • Processador octa-core de 2,2 GHz (Qualcomm Snapdragon 660)
  • Memória RAM de 4 GB ou 6 GB
  • Armazenamento de 64 GB ou 128 GB (expansível até 256 GB)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Câmera traseira de 12 MP + 5 MP e frontal de 24 MP
  • Bateria de 3.350 mAh
  • Sistema operacional da fábrica: Android 8.1 Oreo

Voltar ao índice

11. Xiaomi Mi A3: o melhor entre os modelos Xiaomi com Android One

O Xiaomi Mi A3 impressiona a um primeiro olhar pelo visual. Com cores chamativas e revestimento com efeito gradiente, esse celular é ideal para usuários que buscam por estilo. Ele também é um smartphone com Android One, o sistema do Google que não traz modificações da Xiaomi, entregando visual limpo, parecido com o que é visto nos celulares Motorola.

A capacidade de bateria é de 4.000 mAh, e deve ser o suficiente para aguentar a um dia inteiro longe das tomadas. O Mi A3 tem câmera tripla traseria, com sensor principal de 48 MP. A tela, no entanto, tem resolução máxima HD+, e pode deixar a desejar em definição de imagem.

Ficha técnica do Xiaomi Mi A3:

  • Tela Super AMOLED HD+ de 6,01 polegadas
  • Processador Snapdragon 665
  • Memória RAM de 4 GB ou 64 GB
  • Armazenamento de 64 GB ou 128 GB
  • Câmera traseira tripla de 48 MP (f/1.8) + 8 MP (f/2.2) ultra-wide + 2 MP (f/2.4) profundidade
  • Câmera frontal de 32 MP (f/2.0)
  • Bateria de 4.000 mAh
  • Android 9.0 Pie (One Edition)

Voltar ao índice

12. Xiaomi Mi A2: Android One e selfies em 20 MP

O Mi A2 é um bom celular para selfies: o sensor frontal é de 20 megapixels, o que quer dizer que as suas fotos serão grandes o suficiente para serem editadas sem grande perda de qualidade. Além disso, o smartphone tem recursos como o Auto-HDR e o flash LED frontal para garantir o melhor registro. Na câmera traseira, o Mi A2 também está bem servido com dois sensores, um de 12 megapixels e outro com 20 megapixels, que trabalham em conjunto e permitem fotografar com o Modo Retrato.

Além do bom conjunto de câmeras e de uma configuração balanceada, o Mi A2 tem Android One, versão do sistema sem as tradicionais modificações feitas pela Xiaomi. A promessa, segundo o Google, é de um uso mais fluido e atualizações mais frequentes. Se preferir uma tela menor e com notch, além de economizar um pouquinho, o Xiaomi Mi A2 Lite é uma opção interessante para você.

Ficha técnica do Xiaomi Mi A2:

  • Tela de 5,99" Full HD+ (18:9)
  • Processador octa-core de até 2,22 GHz (Snapdragon 660)
  • Memória RAM de 4 GB
  • Armazenamento de 32 GB, 64 GB ou 128 GB (não expansível)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Câmera traseira dupla de 12 MP + 20 MP (com flash Dual LED) e frontal de 20 MP
  • Bateria de 3.000 mAh
  • Sistema operacional da fábrica: Android 8.1 Oreo

Voltar ao índice

13. Redmi 7: celular de entrada com boa capacidade de bateria

Apesar do nome ser semelhante ao do Redmi Note 7, o Redmi 7 é um celular menos avançado da Xiaomi que concorre na categoria de entrada. Alguns destaques ficam por conta da inteligência artificial para fotografias e da bateria de longa duração, com capacidade para 4.000 mAh.

A tela tem resolução HD+ no formato 19:9, o que pode acabar resultado em imagens com serrilhados e pouco nítidas.

Ficha técnica do Redmi 7:

  • Tela de 6,26 polegadas HD+ (19:9)
  • Processador Qualcomm Snapdragon 632 (octa-core de até 1,8 GHz)
  • Memória RAM de 2 GB ou 3 GB
  • Armazenamento de 16 GB, 32 GB ou 64 GB
  • Vídeo: Full HD (1080p) @ 60 fps
  • Câmera frontal de 8 MP (f/2.0)
  • Câmera traseira de 12 MP (f/2.2) + 2 MP
  • Leitor de digitais
  • Reconhecimento facial
  • Bateria de 4.000 mAh

Voltar ao índice

14. Redmi Go: celular barato com Android Go

O Redmi Go é um celular Xiaomi com Android Go, o sistema do Google desenvolvido para smartphones com ficha técnica básica. Esse celular tem apenas 1 GB de memória RAM e processador de entrada (Snapdragon 425), sendo indicado apenas para usuários pouco exigentes, que querem um aparelho principalmente para ligações e troca de mensagens.

O visual ainda remete aos celulares antigos, com formato 16:9 e muitas bordas. O Redmi Go tem tela de 5 polegadas com resolução HD (1280 x 720 pixels), que deve entregar uma experiência agradável para a faixa de preço.

Ficha técnica do Xiaomi Redmi Go:

  • Tela de 5 polegadas HD (1280 x 720 pixels)
  • Processador quad-core de até 1,4 GHz (Snapdragon 425)
  • Memória RAM de 1 GB
  • Armazenamento de 8 GB, expansível via microSD de até 128 GB
  • Câmera frontal de 5 MP (f/2.2)
  • Câmera traseira de 8 MP (f/2.0)
  • Bateria de 3.000 mAh
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Android 8.1 Oreo (Go Edition)

Voltar ao índice

Leia também: