Zoom indica em Celular e Smartphone

Os 13 Melhores Celulares Xiaomi em 2019

A fabricante chinesa rouba a cena com boa ficha técnica e preço baixo. Veja se vale a pena comprar um celular Xiaomi!

melhor celular xiaomi
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

Comprar um celular Xiaomi no Brasil pode ser uma boa opção para quem procura alto desempenho por um preço em conta.

Geralmente mais baratos do que a maioria dos smartphones top de linha das maiores fabricantes, os aparelhos da marca chinesa são campeões em custo/benefício, mas é preciso ter alguns cuidados, já que ainda não existem lojas oficiais da Xiaomi no país.

Leia também:

Cuidados ao comprar um celular Xiaomi para usar no Brasil

O primeiro passo é garantir que o modelo escolhido é desbloqueado e aceita chips de operadoras de telefonia brasileiras. Outro é cuidar bem do smartphone, pois não há assistência técnica oficial da Xiaomi no Brasil.

A boa notícia é que as lojas nacionais disponíveis no Zoom dão 3 meses de garantia, o que já dá uma tranquilidade a mais na hora da compra.

Vale lembrar também que a marca chinesa fez uma parceria com a DL, que passa a ser a única distribuidora Xiaomi no Brasil, trazendo alguns produtos para o mercado nacional, como o Redmi Note 6 Pro e o Pocophone F1.

Dito isso, vamos ao que interessa: qual o melhor celular Xiaomi para usar em 2019? Dê um Zoom na nossa seleção com os melhores smartphones e aproveite as promoções!

13. Xiaomi Redmi Go é um smartphone básico com Android otimizado

O Redmi Go é um celular Xiaomi com Android Go, o sistem do Google desenvolvido para smartphones com ficha técnica básica. Esse celular tem apenas 1 GB de memória RAM e processador de entrada (Snapdragon 425), sendo indicado apenas para usuários pouco exigentes, que querem um aparelho principalmente para ligações e troca de mensagens.

O visual ainda remete aos celulares antigos, com formato 16:9 e muitas bordas. O Redmi Go tem tela de 5 polegadas com resolução HD (1280 x 720 pixels), que deve entregar uma experiência agradável para a faixa de preço.

Ficha técnica do Xiaomi Redmi Go:

  • Tela de 5 polegadas HD (1280 x 720 pixels)
  • Processador quad-core de até 1,4 GHz (Snapdragon 425)
  • Memória RAM de 1 GB
  • Armazenamento de 8 GB, expansível via microSD de até 128 GB
  • Câmera frontal de 5 MP (f/2.2)
  • Câmera traseira de 8 MP (f/2.0)
  • Bateria de 3.000 mAh
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Android 8.1 Oreo (Go Edition)

12. Xiaomi Redmi 5 Plus permite assistir vídeos com resolução Full HD+

Se a potência do Redmi 5 não era o suficiente para você, o Redmi 5 Plus pode ser do seu agrado. A configuração dos dois aparelhos é quase a mesma, a diferença fica no processador que é um pouco mais rápido nesse caso (além do Plus não ter versão com 2 GB de Memória RAM).

O que separa os dois de verdade é a tela. O Redmi 5 Plus tem um visor maior (5,99 polegadas) e uma resolução melhor também (Full HD contra a HD do Redmi 5). Na prática, isso significa que o usuário pode ver vídeos e filmes com maior nível de detalhes.

Ficha técnica do Xiaomi Redmi 5 Plus:

  • Tela de 5,99" Full HD+ (18:9)
  • Processador octa-core de 2,0 GHz (Qualcomm Snapdragon 625)
  • Memória RAM de 3 GB ou 4 GB
  • Armazenamento de 32 GB ou 64 GB (expansível até 128 GB via microSD)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Câmera traseira dupla de 12 MP e frontal de 5 MP
  • Bateria de 4.000 mAh
  • Sistema operacional da fábrica: Android 7.1.2 Nougat

11. O Redmi Note 5 Dual é um celular Xiaomi com bateria poderosa

Para quem tem uma rotina corrida, o Redmi Note 5 Dual pode ser uma boa pedida. A bateria tem capacidade para até 4.000 mAh, o que deve aguentar com folga a um dia inteiro de uso.

Esse também é um celular com câmera dupla que tem preço relativamente baixo. Sua câmera traseira tem dois sensores: um deles tem 12 megapixels e o outro tem 5, mas com um sensor de profundidade. O software combina as imagens registradas pelos dois sensores para melhorar o resultado da foto.

Além disso, o aparelho aguenta bem os afazeres do dia a dia com seu processador octa-core de 1,8 GHz (Snapdragon 636) e memória RAM que vai dos 3 GB aos 6 GB.

Ficha técnica do Xiaomi Redmi Note 5 Dual:

  • Tela de 5,99" Full HD+ (18:9)
  • Processador octa-core de 1,8 GHz (Snapdragon 636)
  • Memória RAM de 3 GB, 4 GB ou 6 GB
  • Armazenamento de 32 GB ou 64 GB (expansível até 256 GB via microSD)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Câmera traseira dupla de 12 MP + 5 MP (com sensor de profundidade) e frontal de 13 MP (com flash LED)
  • Bateria de 4.000 mAh
  • Sistema operacional da fábrica: Android 8.0 Oreo

10. O Redmi Note 6 Pro é um celular Xiaomi intermediário com câmera dupla traseira e frontal

Outro smartphone intermediário com ótimo custo/benefício, o Redmi Note 6 Pro promete um bom desempenho para tarefas intermediárias graças ao Snapdragon 636. Além disso, a fluidez deve ser uma característica do smartphone devido à memória RAM de 3 GB ou 4 GB, a depender da versão escolhida.

O Xiaomi Redmi Note 6 Pro tem câmera dupla traseira na parte traseira e frontal, que permitem fotografar com o Modo Retrato (efeito que desfoca o fundo da imagem, deixando um objeto ou pessoa em evidência).

Outro ponto de destaque é a bateria, que em uso moderado promete aguentar um dia longe da tomada sem problemas.

Ficha técnica do Xiaomi Redmi Note 6 Pro:

  • Tela de 6,26" Full HD+ (19:9)
  • Processador octa-core de 1,8 GHz (Snapdragon 636)
  • Memória RAM de 3 GB ou 4 GB
  • Armazenamento de 32 GB ou 64 GB (expansível até 256 GB via microSD)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Câmera traseira dupla de 12 MP + 5 MP e frontal de 20 MP + 2 MP
  • Bateria de 4.000 mAh
  • Sistema operacional da fábrica: Android 8.1 Oreo

9. Xiaomi Mi Max 3 tem tela grande de 6,9 polegadas

Esse smartphone intermediário é ideal para quem curte assistir a filmes e séries pelo celular, já que conta com um display de 6,9 polegadas, oferecendo bastante espaço para exibir seu conteúdo favorito na palma da mão. Além disso, ele promete um bom desempenho para a faixa de preço com o processador Snapdragon 636, o mesmo do Moto G7 Plus, e memória RAM de até 6 GB.

As câmeras também devem entregar bons resultados com um conjunto duplo de 12 MP + 5 MP na traseira, que permite fazer fotos com o Modo Retrato, e 8 MP para selfies na parte da frente. Para dar conta do telão, a Xiaomi investiu em capacidade de bateria de até 5.500 mAh.

Ficha técnica do Xiaomi Mi Max 3:

  • Tela de 6,9 polegadas Full HD+ (2160 x 1080 pixels) IPS LCD
  • Processador Snapdragon 636 (octa-core de até 1,8 GHz)
  • Memória RAM de 4 GB ou 6 GB
  • Armazenamento de 64 GB ou 128 GB
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Câmera traseira dupla de 12 MP (f/1.9) + 5 MP (profundidade)
  • Câmera frontal de 8 MP (f/2.0)
  • Bateria de 5.500 mAh
  • Sistema operacional de fábrica: Android 8.1 Oreo

8. Xiaomi Mi A2 tem 20 MP para selfies e Android One

Quando o assunto é selfie, poucos celulares no mercado batem o Mi A2. O aparelho tem uma câmera frontal com sensor de 20 megapixels, o que quer dizer que as suas fotos serão grandes o suficiente para serem editadas sem grande perda de qualidade. Além disso, o smartphone tem recursos como o Auto-HDR e o flash LED frontal para garantir a melhor foto.

Na câmera traseira, o Mi A2 também está bem servido com dois sensores, um de 12 megapixels e outro com 20 megapixels, que trabalham em conjunto e permitem fotografar com o Modo Retrato.

Além das excelentes câmeras e de uma configuração balanceada, o Mi A2 tem Android One, versão do sistema sem as tradicionais modificações feitas pela Xiaomi. A promessa, segundo o Google, é de um uso mais fluido e atualizações mais frequentes.

Se preferir uma tela menor e com notch, além de economizar um pouquinho, o Xiaomi Mi A2 Lite é uma opção interessante para você.

Ficha técnica do Xiaomi Mi A2:

  • Tela de 5,99" Full HD+ (18:9)
  • Processador octa-core de até 2,22 GHz (Snapdragon 660)
  • Memória RAM de 4 GB
  • Armazenamento de 32 GB, 64 GB ou 128 GB (não expansível)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Câmera traseira dupla de 12 MP + 20 MP (com flash Dual LED) e frontal de 20 MP
  • Bateria de 3.000 mAh
  • Sistema operacional da fábrica: Android 8.1 Oreo

7. Redmi Note 7 é um intermediário premium com câmera de 48 MP

O Redmi Note 7 é um celular lançado em 2019 que se destaca por uma câmera dupla traseira com sensor principal de 48 MP que é capaz de capturar muitos detalhes, resultando em fotos ideais para quem curte brincar com filtros do Instagram ou editores de imagens.

Além disso, ele promete um bom desempenho mesmo para tarefas exigentes com o processador Snapdragon 660, que tem oito núcleos e consegue atingir velocidade de até 2,2 GHz. A bateria de 4.000 mAh é outro trunfo que permite tranquilidade para passar bastante tempo longe das tomadas.

Ficha técnica do Redmi Note 7:

  • Tela de 6,3 polegadas Full HD+ (2340 x 1080 pixels) (19,5:9)
  • Processador octa-core de até 2,2 GHz (Snapdragon 660)
  • Memória RAM de 3 GB, 4 GB ou 6 GB
  • Armazenamento de 32 GB ou 64 GB expansível via microSD de até 256 GB
  • Câmera traseira dupla de 48 MP (f/1.8) + 5 MP (f/2.4)
  • Câmera frontal de 13 MP (f/2.2)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Bateria de 4.000 mAh
  • Android 9.0 Pie

6. Xiaomi Mi 8 Lite é um smartphone intermediário com cara de top de linha

Entre os modelos intermediários da Xiaomi, o Mi 8 Lite é o que mais chama a atenção. E não só por seu design premium, com metal e vidro, mas também pela câmera dupla capaz de tirar fotos muito boas até mesmo à noite ou em ambientes com pouca iluminação.

A frontal de 24 MP também manda muito bem, registrando resultados até melhores que a do Xiaomi Mi 8, o modelo top de linha da marca chinesa.

No desempenho, em testes que fizemos aqui no Zoom, o aparelho foi capaz de rodar até mesmo jogos mais pesados, além de abrir aplicativos normais do dia a dia de forma muito rápida.

Outro detalhe que é importante frisar é a tela grande de 6,26 polegadas com ótimo aproveitamento da tela. E para quem não gosta do entalhe, há a opção de esconde-lo.

Ficha técnica do Xiaomi Mi 8 Lite:

  • Tela de 6,26" Full HD (19:9)
  • Processador octa-core de 2,2 GHz (Qualcomm Snapdragon 660)
  • Memória RAM de 4 GB ou 6 GB
  • Armazenamento de 64 GB ou 128 GB (expansível até 256 GB)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Câmera traseira de 12 MP + 5 MP e frontal de 24 MP
  • Bateria de 3.350 mAh
  • Sistema operacional da fábrica: Android 8.1 Oreo

 

5. Xiaomi Mi Mix 2S: desempenho top de linha em um dos celulares mais potentes da fabricante

Se a potência do Mi Mix 2 ainda não era o suficiente para a suas demandas, o Mi Mix 2S com certeza dará conta do recado com o processador Snapdragon 845 e memória RAM de 6 GB ou 8 GB, a depender do modelo escolhido.

Outra diferença para o Mi Mix 2 é que o Mix 2S tem um design que visa aproveitar mais a parte frontal do aparelho, com a câmera na parte debaixo. Isso deixa a tela (que tem resolução Full HD+) com 81,9% de área útil e perfeita para ver filmes e vídeos. Por outro lado, impossibilita alocar um sensor de reconhecimento facial.

Ficha técnica do Xiaomi Mi Mix 2S:

  • Tela de 5,99" Full HD+ (18:9)
  • Processador octa-core de até 2,8 GHz (Snapdragon 845)
  • Memória RAM de 6 GB ou 8GB
  • Armazenamento de 64 GB, 128 GB ou 256 GB (não expansível)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Câmera traseira dupla de 12 MP + 12 MP (com flash Dual LED) e frontal de 5 MP
  • Bateria de 3.400 mAh
  • Sistema operacional da fábrica: Android 8.0 Oreo

4. Xiaomi Pocophone F1 tem sensor de reconhecimento facial

Também com o processador top de linha da Qualcomm em 2018, o Pocophone promete ótimo desempenho em qualquer tarefa, mesmo ao executar os apps mais pesados disponíveis na Play Store. No entanto, diferentemente do Mi Mix 2S, o Pocophone chega com o visual que foi tendência no último ano, com o notch na parte de cima da tela.

Desse modo, o smartphone abriga o sensor de reconhecimento facial, que permite desbloquear a tela apontando o celular para o rosto, de forma prática. Além disso,

Ficha técnica do Xiaomi Pocophone F1:

  • Tela de 6,18 polegadas Full HD+ (18,7:9)
  • Processador octa-core de até 2,8 GHz (Snapdragon 845)
  • Memória RAM de 6 GB ou 8 GB
  • Armazenamento de 64 GB ou 128 GB (expansível em até 256 GB via microSD)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Câmera traseira dupla de 12 MP + 5 MP (com flash dual LED) e frontal de 20 MP
  • Bateria de 4.000 mAh
  • Sistema operacional de fábrica: Android 8.1 Oreo

3. Xiaomi Mi 8: tela Super AMOLED e uma das melhores câmeras do mercado

O Mi 8 tem Super AMOLED com 16 milhões de cores e resolução Full HD+ para assistir filmes e vídeos com a melhor qualidade possível, uma configuração potente para bater de frente com os melhores celulares do mercado, uma enorme capacidade de armazenamento de dados e bateria potente com tecnologia de carregamento rápido.

Seu maior destaque, porém, é a câmera. Na parte traseira, são duas lentes: uma grande angular de 12 megapixels e uma telefoto também com 12 megapixels. Graças ao software de processamento de imagens e esses dois sensores, o Mi 8 consegue gerar fotos com cores ricas e vivas, que ganharam notas altíssimas nos principais rankings de avaliação de câmeras de celulares.

O Xiaomi Mi 8 tem uma versão mais potente (e mais cara também) com leitor de digitais na tela, é o Xiaomi Mi 8 Pro.

Ficha técnica do Xiaomi Mi 8:

  • Tela Super AMOLED de 6,21" Full HD+ (18:9)
  • Processador octa-core de até 2,8 GHz
  • Memória RAM de 6 GB ou 8 GB
  • Armazenamento de 64 GB ou 128 GB (não expansível)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Câmera traseira dupla de 12 MP + 12 MP (com flash Dual LED) e frontal de 20 MP
  • Bateria de 3.400 mAh
  • Sistema operacional da fábrica: Android 8.1 Oreo

2. Xiaomi Mi 9 SE é a versão mais barata do top de linha da Xiaomi

O Mi 9 SE é um smartphone intermediário premium derivado do carro-chefe da Xiaomi em 2019, o Mi 9. A ficha técnica do celular inclui o processador Qualcomm Snapdragon 721, de 8 núcleos e velocidade máxima de 2,3 GHz, e memória RAM de 6 GB – conjunto que deve garantir bom desempenho para a maioria das tarefas, mesmo as mais exigentes.

Assim como o Mi 9, a versão SE também tem câmera tripla com sensor principal de 48 megapixels, no entanto os demais sensores são diferentes. Para selfies, o aparelho traz 20 MP. A tela tem 5,97 polegadas e tecnologia Super AMOLED, o que deve agradar aos usuários que gostam de cores vivas e contrastes intensos.

Ficha técnica do Xiaomi Mi 9 SE:

  • Tela de 5,97 polegadas Full HD+ (2340 x 1080 pixels) Super AMOLED
  • Processador Qualcomm Snapdragon 721 (octa-core de até 2,3 GHz)
  • Memória RAM de 6 GB
  • Armazenamento de 64 GB ou 128 GB
  • Câmera traseira tripla de 48 MP (f/1.8) + 13 MP (f/2.4) ultrawide + 8 MP (f/2.4) telefoto
  • Câmera frontal de 20 MP (f/2.0)
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Dual chip
  • Bateria de 3.070 mAh
  • Sistema operacional de fábrica: Android 9.0 Pie
 

1. Xiaomi Mi 9: lançamento já vendeu mais de 1 milhão de unidades

Anunciado em fevereiro de 2019, o Mi 9 é sucesso absoluto. O smartphone vendeu mais de 1 milhão de unidades no mundo todo até o final de março, e olha que ainda nem chegou ao mercado nacional.

Entre os destaques do Xiaomi Mi 9, separamos a câmera tripla traseira, com sensor principal de 48 MP. Além disso, esse smartphone tem processador Snapdragon 855 da Qualcomm, o mais avançado da fabricante, que garante desempenho veloz até em tarefas mais complicadas, como em multijanela e games.

Ficha técnica do Xiaomi Mi 9:

  • Tela de 6,39 polegadas Full HD+
  • Processador Snapdragon 855
  • Memória RAM: 6 GB, 8 GB ou 12 GB
  • Câmera tripla traseira de 48 MP + 16 MP + 12 MP
  • Câmera frontal de 20 MP
  • Armazenamento: 128 GB ou 256 GB
  • Internet 4G, 3G e Wi-Fi
  • Bateria: 3.300 mAh
  • Sistema operacional de fábrica: Android 9.0 Pie

Confira também o vídeo do nosso canal do Youtube, o Dando um Zoom:

 

 
O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone