Moto G10 é bom? Ficha do Motorola traz tela HD+ e 4 câmeras traseiras

O Moto G10 é um celular intermediário que traz o preço como destaque

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 4 min. de leitura.

Compartilhe:

O Moto G10 faz parte dos lançamentos que agitaram o final do mês de março para os fãs dos celulares Motorola. Além dele, o Moto G30 é a novidade da linha de celulares intermediários lançados no dia 25 pela marca. A Motorola anunciou ainda o Moto G50 e o Moto G100, que traz as configurações mais poderosas para a linha Moto G. Dos quatro modelos anunciados pela empresa, apenas o Moto G50 não virá para o Brasil e será exclusivo para o mercado europeu. A propósito, nós testamos o Moto G100 e deixamos nossa avaliação aqui!

Para quem busca por uma opção mais básica no mercado e preços mais em conta, mas com boas configurações, o Moto G10 surge como a nova alternativa entre os celulares Motorola anunciados para a linha intermediária. Entre os destaques da sua ficha técnica, vale destacar o conjunto de quatro câmeras traseiras e a tela de 6,5 polegadas com resolução HD+.

Veja mais análises dos lançamentos da Motorola

Quer saber mais sobre o Moto G10? Confira abaixo as especificações da ficha técnica do celular da Motorola e os menores preços do novo smartphone intermediário.

Para os fãs de celulares Motorola, vale saber quais são os melhores modelos da marca atualmente. Se você não quer gastar mais de R$ 1.000, mas ainda quer um celular da marca, veja também os modelos mais baratos. Caso você esteja pesquisando também outras fabricantes no mercado, vale ainda conferir a lista dos melhores celulares de 2021 e os smartphones com melhor custo-benefício.

Parte da frente do Moto G10, novo celular Motorola (Foto: Divulgação/Motorola)
Parte da frente do Moto G10, novo celular Motorola (Foto: Divulgação/Motorola)

Ficha técnica do Moto G10

  • Tela: 6,5 polegadas, Max Vision, com resolução HD+ (1600 x 720 pixels) e taxa de atualização de 60 Hz
  • Processador: Snapdragon 460 (octa-core de até 1,8 GHz)
  • Sistema Operacional: Android 11
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento: 64 GB (expansível via microSD de até 512 GB)
  • Câmera traseira: 48 MP + câmera ultra-wide 8MP + macro e sensor de profundidade de 2 MP
  • Câmera frontal: 8 MP
  • Bateria: 5.000 mAh com carregamento de 10 W
  • Dimensões e peso: 165,22 x 75.73 x 9,19 mm e 200 g
  • Cores: Cinza Aurora e Branco Floral

Desempenho

O lançamento do Moto G10 segue as características que a Motorola tradicionalmente disponibiliza e faz sucesso com a linha Moto G. O Moto G9 Play, por exemplo, está na lista dos celulares mais vendidos no Zoom em janeiro de 2021. Com a chegada da décima geração, o modelo traz bons recursos intermediários para quem quer um desempenho acima do básico para um smartphone.

O Moto G10 tem um processador Qualcomm Snapdragon 460 (saiba mais sobre isso), um pouco inferior ao celular antecessor da Motorola, acompanhado por um octa-core com velocidade de 1,8 GHz trabalhando ao lado de 4 GB de memória RAM. O armazenamento interno do smartphone é de 64 GB com possibilidade de expansão para 512 GB por cartão de memória.

Veja também:

O celular Motorola conta ainda com conexão via Bluetooth 5.0, Wi-Fi e NFC. O Moto G10 vem com o Android 11, versão mais recente do sistema, e terá atualizações para correções de segurança por dois anos (veja outros que vão atualizar também).

Saiba mais: Qual a diferença entre celular top de linha, intermediário e básico?

Design e Tela

Com a tela IPS LCD de 6,5", o Moto G10 apresenta um visual alongado, que vai facilitar o uso do smartphone para leituras e acesso às redes sociais, por exemplo. A resolução é HD+ (1600 x 720 pixels) e sua taxa de atualização é de 60 Hz. Saiba mais sobre essa tecnologia de display.

O novo celular da Motorola pode ser encontrado em duas cores: Cinza Aurora e Branco Floral.

Moto G10 na cor Branco Floral, que se assemelha a um lilás (Foto: Divulgação/Motorola)
Moto G10 na cor Branco Floral, que se assemelha a um lilás (Foto: Divulgação/Motorola)

Câmera

O que mais pode chamar a atenção para o smartphone Moto G10 é o seu conjunto de câmeras traseiras. São quatro, sendo uma principal de 48 megapixels, uma ultra-wide de 8 MP, uma lente macro de 2 MP e um sensor de profundidade de 2 MP, que possibilita fotos em Modo Retrato, que destacam o primeiro plano e desfocam o fundo.

Para fotos em ambientes com pouca luz, a Motorola destaca o Flash LED e a Visão Noturna para caputrar imagens à noite. A câmera principal também possui recursos como foto panorâmica, captura automática, timer, HDR, modo manual, entre outros.

Para vídeos, o celular filma com resolução em Full HD e até 60 quadros por segundo (FPS). Com a câmera frontal, seus usuários poderão tirar selfies com resolução de 8 MP.

Veja também: Melhor câmera de celular em 2021: 7 opções de celular bom para tirar fotos

Bateria

A Motorola promete que a bateria de 5.000 mAh do Moto G10 dá a autonomia de até dois dias sem que o celular seja colocado para recarga. O carregador de 10 Watts não é dos mais rápidos encontrados no mercado. Segundo a marca, a performance da bateria pode chegar ao uso de 186 horas ouvindo música, 20h assistindo a vídeos e 17h navegando na internet.

Motorola diz que celular poderá ficar até dois dias sem recarga de bateria (Foto: Divulgação/Motorola)
Motorola diz que celular poderá ficar até dois dias sem recarga de bateria (Foto: Divulgação/Motorola)

Leia também: Celular com melhor bateria: veja modelos para comprar em 2021

Preço e custo-benefício

O Moto G10 chega ao mercado brasileiro pelo valor de R$ 1.699, mas já pode ser encontrado com descontos oferecidos pelas lojas para clientes que realizarem o pagamento à vista. Para quem busca celulares de nível intermediário, pode ser uma boa opção de compra disponível entre os lançamentos de smartphones em 2021.

Leia mais: