Zoom indica em Celular e Smartphone

Review Galaxy A50: o melhor custo-benefício entre os intermediários Samsung

Bom desempenho para jogos, bateria para uma jornada de trabalho e câmera ultra-wide são destaques do smartphone.

Galaxy A50
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

Vale a pena comprar o Samsung Galaxy A50? Lançado no Brasil em abril de 2019 pelo preço inicial de R$ 1.999, o celular intermediário já é vendido por ofertas a partir de R$ 1.232 no comércio eletrônico, aliando bom desempenho, visual moderno e bateria para um dia de trabalho.

Entre os destaques de ficha técnica, a fabricante evidenciou a câmera tripla, com lente ultra-wide, o sensor de digitais sob a tela e a bateria de 4.000 mAh. São muitos atrativos que o colocaram no ranking de celulares mais vendidos aqui, no Zoom, em agosto de 2019.

Leia também: Redmi Note 7 vale a pena? Conheça ficha técnica e preço do celular Xiaomi

Mas será que, na prática, o smartphone entrega o que promete? O conjunto de câmeras é bom mesmo? E a bateria – aguenta um dia inteiro longe das tomadas? Para tirar essas e outras dúvidas sobre o telefone, usamos o Galaxy A50 por cerca de duas semanas e o resultado da nossa análise completa você confere nas linhas a seguir.

Avaliação do Zoom:

avaliação do zoom

Prós:

  • Bom desempenho para jogos
  • Bateria para um dia inteiro
  • Câmera tripla com lente ultra-wide
  • Tela Super AMOLED
  • TV Digital
 

Contras:

  • Vídeos com resolução máxima Full HD (1080p) @ 30 fps
  • Modo noturno para fotos pouco eficiente
  • Fotos em com luz fora do ideal apresentam muitos ruídos e pouca nitidez
 
Galaxy A50 TelaFoto: Mão segura Samsung Galaxy A50 com a tela virada para a frente, mostrando apps da Home e notch discreto, em formato de gota. Créditos: Ana Marques/Zoom

Uso fluido no dia a dia e bom desempenho em jogos

Um dos principais destaques do Galaxy A50 é a sua ficha técnica. Apesar de intermediário, o processador Exynos 9610 (octa-core de até 2,3 GHz), que trabalha em conjunto com memória RAM de 4 GB, entrega um resultado bastante eficiente mesmo ao executar aplicativos mais exigentes.

As tarefas do dia a dia, como uso de mensageiros, gerenciadores de e-mail e execução de apps em segundo plano, são feitas de forma fluida e não houve engasgos ou travamentos durante nossos testes.

Ao rodar PUBG Mobile, um dos títulos mais jogados na categoria de FPS para smartphones, o Galaxy A50 definiu automaticamente as configurações para qualidade máxima, o que representa a alta capacidade do hardware desse aparelho.

Galaxy A50 PUBG MobileFoto: tela de configurações do PUBG Mobile indica alto desempenho do Galaxy A50. Créditos: Ana Marques/Zoom

 

Esse smartphone foi lançado inicialmente em uma versão com 64 GB de memória interna, mas a Samsung anunciou posteriormente um modelo com maior capacidade de armazenamento, de 128 GB, que é indicado para quem costuma baixar muitos aplicativos, fotos e vídeos no celular.

Bateria para um dia inteiro longe das tomadas

Com capacidade para 4.000 mAh, o Galaxy A50 consegue fornecer energia para uma jornada de trabalho. Na prática, retiramos o smartphone do carregador, com 100% de carga, às 8h32min e ele chegou ao fim do dia, às 22h20min, ainda com 15% de bateria.

O uso incluiu troca de mensagens via WhatsApp/Telegram, checagem de e-mails, navegação moderada em redes sociais (Instagram, Twitter e Facebook) ao longo de todo o dia, uso do app de câmeras por cerca de 10 minutos (totais), reprodução de música no Spotify (cerca de 3 horas) e uso da TV Digital por 20 minutos.

O resultado foi considerado satisfatório, tendo em mente o segmento e o preço do smartphone. Normalmente, fabricantes que oferecem bateria com maior capacidade tendem a investir em extremos: ou celulares mais baratos, com poucos recursos extras, ou os topo de linha, com preços mais salgados. É bacana ter uma opção intermediária que não vai te deixar na mão ao longo do dia – ponto pra Samsung!

Câmera tripla oferece versatilidade, mas não entrega os melhores resultados no segmento

O conjunto de câmeras traseiras do Galaxy A50 inclui uma lente wide com sensor de 25 megapixels (f/1.7), uma lente ultra-wide que acompanha sensor de 8 MP (para fotografar paisagens, arquiteturas e grupos grandes de pessoas) e um sensor de 5 MP que atua como auxiliar no mapeamento de profundidade, para melhorar a precisão do efeito bokeh (Modo Retrato).

Zoom Explica: Como funciona o Modo Retrato na câmera do celular?

No geral, essas câmeras cumprem seu papel em ambientes bem iluminados, entregando fotos com cores vivas e bons contrastes. O nível de detalhes é eficiente para o segmento, mas não chega a surpreender.

foto tangerinasFoto mostra tangerinas em banca de feira com bom nível de detalhes e cores fiéis à realidade. Créditos: Ana Marques/Zoom

 

A lente ultra-wide é um destaque, já que concorrentes na mesma faixa de preço, como o Redmi Note 7 e os Motorola One Vision e One Action não contam com essa possibilidade.

A50 CâmeraFoto: paisagem urbana mostra torres de igreja, parte de dois prédios e o topo de dois coqueiros (fotografia realizada com a câmera principal do A50). Créditos: Ana Marques/Zoom

fotografia galaxy a50Foto: mesma paisagem urbana da fotografia anterior, dessa vez feita com lente ultra-wide, exibe totalidade da fachada da igreja e dos dois prédios, além de mais coqueiros. Créditos: Ana Marques/Zoom

 

A situação complica na hora de tirar fotos à noite ou em locais escuros. É basicamente impossível utilizar a lente ultra-wide nessas condições e, mesmo a lente principal (wide), também não faz bons registros no modo automático.

Fotografia 2 Galaxy A50Foto: Paisagem noturna mostra estação iluminada, porém há ruídos e instabilidade que prejudicam bastante a qualidade da imagem. Créditos: Ana Marques/Zoom
 
Fotografia 3 Galaxy A50
Foto: Mesma paisagem do registro anterior, porém com a lente ultra-wide, englobando mais da estação e passarela. Qualidade é ainda pior, com menos nitidez, cores mais lavadas e muitos ruídos. Créditos: Ana Marques/Zoom


Uma atualização de software trouxe ainda o modo noturno para auxiliar nas fotos com pouca luz. O recurso, no entanto, é pouco satisfatório frente ao One Vision, da Motorola, entregando cores mais artificiais e menos detalhes. Veja a comparação a seguir.

Fotografia 4 Galaxy A50Foto: À esquerda, foto tirada com Galaxy A50 em ambiente escuro clareia demais a paisagem e acaba tornando as cores menos fiéis à realidade. Na direita, modo noturno no One Vision entrega mais detalhes e cores mais reais. Créditos: Ana Marques/Zoom


Nas selfies, o que mais surpreendeu foi o processamento de imagem, que tratou bem até os retratos com fundo bastante iluminado, evitando superexposição. No entanto, vale ficar atento aos recursos de embelezamento, que tendem a “apagar” demais as linhas do rosto, dando ar artificial à foto. A câmera frontal tem 25 megapixels com abertura de lente f/2.0.

Zoom Explica: O que é a abertura de lente da câmera do celular?

Fotografia 5 Galaxy A50Foto: selfie com Galaxy A50 em local com muita luz conseguiu bom processamento de cores e evitou superexposição. Créditos: Ana Marques/Zoom
 
Fotografia 6 Galaxy A50
Foto: Aproximando a imagem anterior, é possível perceber que o Modo Retrato reconheceu de forma eficiente o foco da cena, respeitando o contorno do cabelo sem entregar um recorte artificial para o efeito bokeh. Créditos: Ana Marques/Zoom


Uma bola fora da Samsung é a resolução máxima de gravação: Full HD (1080p) @ 30 fps. Smartphones de outras marcas, na mesma faixa de preço e até mais baratos, já contam com a possibilidade de gravar em 4K @ 30 fps. Na linha Galaxy A de 2019, apenas o A70 e A80, lançados por mais de R$ 2 mil, chegam a essa resolução.

Visual moderno e recursos premium

Para quem não abre mão do estilo, a nova linha Galaxy A traz acabamento em um material plástico reflexivo, que lembra vidro e transmite um aspecto sofisticado ao celular intermediário. O Galaxy A50 está disponível em três opções de cores: preto (gradiente), azul e branco.

As bordas finas e o notch discreto, em formato de gota, também proporcionam um “ar moderno”, além de maior aproveitamento da área frontal do smartphone. A dobradinha contribui para uma experiência mais imersiva na reprodução de vídeos e jogos.

Fotografia 7 Galaxy A50Foto: Galaxy A50 tem tela com bordas finas e notch em formato de gota. Créditos: Ana Marques/Zoom

 

A tela do Galaxy A50 tem 6,4 polegadas e resolução Full HD+ (2340 x 1080 pixels). A tecnologia é a Super AMOLED, que confere cores vivas e contrastes intensos ao display, além de ser mais econômica do que painéis LCD.

O uso desse tipo de tela permitiu à Samsung a implementação do sensor de digitais sob o display. Não é tão rápido quanto a tecnologia ultrassônica da tela do Galaxy S10 e Note 10, mas ajuda na praticidade e segurança do dia a dia.

Fotografia 8 Galaxy A50Foto: ícone de digital sinaliza leitor embutido na tela do Galaxy A50. Créditos: Ana Marques/Zoom

Galaxy A50 é um celular com TV Digital

A TV Digital é um recurso comumente empregado em smartphones mais baratos. No entanto, desta vez, a Samsung apostou em incluir a função no Galaxy A50, apesar de sua ficha técnica mais robusta. A decisão é bastante acertada, já que sai da velha “mania” de segmentar ao extremo as necessidades do consumidor e o proporciona mais possibilidades em apenas um aparelho com preço acessível e bom desempenho.

Desse modo, ao optar pelo Galaxy A50, é possível passar o tempo da viagem para o trabalho ou esperando por uma reunião ligado na programação da TV aberta, poupando seus dados de internet móvel.

Custo-benefício: vale a pena comprar o Galaxy A50?

Como o título entrega, o Galaxy A50 tem, atualmente, o melhor custo-benefício entre os modelos intermediários da Samsung. Lançado por R$ 1.999, ele já custa R$ 1.699 no site oficial da marca, e é encontrado por ofertas ainda melhores em outras lojas de e-commerce.

Por esse preço, o celular se destaca principalmente pelo bom desempenho (devido ao processador Exynos 9610 e aos 4 GB de memória RAM). A bateria e os recursos “extras”, como leitor de digitais embutido e TV Digital, são outros atrativos.

Para quem tem como foco principal a fotografia e a gravação de vídeos, esse celular tem seus pontos de atenção: apesar da versatilidade que a lente ultra-wide traz, é possível encontrar modelos com algumas especificações mais interessantes no mercado nacional, como o Motorola One Vision. Talvez seja o caso de dar uma pesquisa a mais antes de fechar negócio.

Zoom Indica: Melhor Câmera de Celular: 10 smartphones bons de foto em 2019

 

Ficha técnica do Samsung Galaxy A50:

  • Tela de 6,4” Full HD+ (2340 x 1080 pixels) Super AMOLED
  • Processador octa-core de até 2,3 GHz
  • Memória RAM de 4 GB
  • Armazenamento de 64 GB ou 128 GB expansível via microSD de até 512 GB
  • Câmera traseira tripla:
    - 25 MP (f/1.7) wide
    - 5 MP (f/2.2) profundidade
    - 8 MP (f/2.2) ultra-wide
  • Câmera frontal de 25 MP (f/2.0)
  • Grava em: Full HD (1080p) @ 30 fps
  • Bateria de 4.000 mAh
  • TV Digital
  • Sistema operacional Android 9 Pie
  • Leitor de impressão digital sob a tela
  • Dimensões: 158,5 x 74,7 x 7,7 mm
  • Cores: preto, azul e branco
  • Início das vendas no Brasil: 22 de abril
  • Preço de lançamento: R$ 1.999
O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone